quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Muito mais do que 45 minutos

- 1955/56, Dorival Yustrich
- 1987/88, Tomislav Ivic
- 1995/96, Bobby Robson
- 2003/04, José Mourinho
- 2010/11, André Villas-Boas
- 2012/13, Vítor Pereira

O que têm em comum estes 6 treinadores? Foram os únicos, na história do FC Porto, a chegar à 23ª jornada da I Liga invictos. E foram todos campeões nacionais. 

Os 45 minutos que faltam disputar frente ao Estoril valem, por isso, muito mais do que um acerto de calendário, muito mais do que três pontos, muito mais do que uma vantagem reforçada sobre Benfica e Sporting.

São 45 minutos que podem recolocar o FC Porto num trilho de sucesso histórico e tornar Sérgio Conceição o 7º treinador da história do clube a atingir esta meta de invencibilidade. 

São 45 minutos para alcançar aquilo que só por seis vezes foi feito em 84 anos de história de Campeonato português. No pressure, kids

3 comentários:

  1. que o árbitro dê 10 ou 15 minutos de descontos se aos 45' ainda não estivermos a ganhar. e que ninguém se magoe nas bancadas

    ResponderEliminar
  2. Espero nao ter razao, quando achei um disparate emprestarem o Layún e nao terem reintegrado o Rafa Soares. Este último daria um jeito enorme agora, em vez de estar a aquecer o banco em Portimao.

    ResponderEliminar

De e para portistas, O Tribunal do Dragão é um espaço de opinião, defesa, crítica e análise ao FC Porto, que aborda a atualidade desportiva e financeira de clube e SAD, bem como do futebol português.

Quem confundir liberdade de expressão com injúria, insulto, mentira ou difamação não passará pelo lápis azul. Todo o spam será apagado. Comentários anónimos são susceptíveis de não serem publicados. Nicknames são permitidos.