quarta-feira, 17 de junho de 2015

Investimento a galope

Mlynarczyk. Zé Beto. Barrigana. Helton. Vítor Baía. Américo. A nossa história é rica em grandes e marcantes guarda-redes. E o mais caro de todos chama-se Raúl Gudiño e tem 19 anos.

Está comprado, de contrato assinado, e agora pertence aos quadros do FC Porto. Uma surpresa é que o investimento seja de 3,5 milhões, segundo se escreve no México. Os clubes nunca confirmaram o valor publicamente, logo não se sabe, publicamente, quanto era a opção. Por exemplo, Paco Palencia chegou a anunciar que era de 2,5M€ e que o Chivas estava insatisfeito, pois queria ter conseguido uma cláusula maior. E agora subiu para 3,5M€. Pela totalidade do passe? Teremos que esperar para ver.

Três anos é muito pouco
Raúl Gudiño vale os 3,5M€? Vai ter que valer. O FC Porto torna Gudiño o guarda-redes mais caro da sua história. Isto diz algo muito claramente: que vai ter que ser o futuro número 1. Que não faz sentido que, sobretudo após renovar com Helton, se volte a contratar outro guarda-redes. Há ainda Fabiano, que foi o titular em grande parte da época e o guarda-redes menos batido das ligas europeias, Andrés Fernández, com um investimento superior a 1M€, Ricardo e Bolat, que foram contratados para fazer números (o plural não é acaso), e os jovens Kadú, Caio, Andorinha e Filipe Ferreira. Chega e sobra de guarda-redes nos nossos quadros profissionais, para todos os gostos e planos.

Neste momento deixemos de nos preocupar em contratar mais um guarda-redes e preocupemo-nos em lançar Gudiño para ser o número 1. Não vai ser titular em 2015-16, claro que não. Mas o plano terá que ser fazê-lo evoluir nesse sentido. Não se falou do trabalho de Juan Arévalo durante a época, mas trata-se de um treinador que trabalhou com guarda-redes como Oscar Ustari, Miguel Moya ou Abbondanzieri, material de seleção espanhola ou argentina. Agora há que preparar Gudiño.

O jogador não tem culpa de quanto custa. Não podemos nunca colocar sobre Gudiño a responsabilidade de ter que estar à altura do estatuto de guarda-redes mais caro da história do clube. O que temos que esperar é que Lopetegui e a sua equipa técnica potenciem Gudiño na parte desportiva e que a estrutura, assumindo o grande investimento em Gudiño, perceba que agora é a hora de prepará-lo. Mas uma questão: um contrato de 3 anos para o guarda-redes mais caro da história do FC Porto? Apenas 3? Se não vai ser titular esta época, vai começar a ser titular quando faltar 1 ou 2 anos de contrato para o final? O investimento não está bem defendido com um contrato de apenas 3 anos. 

E agora um salto ao Liechtenstein, onde vamos ter Mauro Caballero a jogar na liga suíça. Vamos só recapitular um pouco do que já foi dito sobre o jogador há um ano. 

«É sabido que Gonçalo Paciência é o único ponta-de-lança para começar a pré-temporada. Onda está Caballero? Tal como Bolat, nem na lista apresentada pelo FC Porto se encontra, e no Olival nem sinal dele. Só para refrescar a memória. Estamos a falar de um jogador que envolveu um litígio e a FIFA; um jogador que fez capas de jornais a ser apresentado como alternativa imediata a Jackson; e que mal chegou relegou logo André Silva e Gonçalo Paciência, os dois mais promissores avançados portugueses, para segundo plano. 

Investimento sem
aposta sequente
Mais um refresco: em janeiro de 2013, o advogado Gerardo Acosta garantia que o FC Porto ia pagar 365 mil euros, apenas por direitos de formação. Chegou o Relatório e Contas e o que se viu foi 1,53 milhões de euros pagos à MHD, S.A.»

O Google ajuda como pode e diz-nos que a MHD é provavelmente um escritório situado em Chardonne, em Vaud, na Suíça. E agora Caballero vai jogar no... Vaduz. É esta a melhor solução para fazer evoluir um jogador que, quando chegou, começou a ganhar páginas de jornais como futura alternativa a Jackson ainda antes que um tal de Gonçalo Paciência (que vai para o Europeu a um ano do fim de contrato com o FC Porto)? Quem é sequer o treinador do Vaduz? Que experiência tem ele na evolução de jovens? Que tipo de futebol joga o Vaduz que possa ajudar Caballero? Se calhar até fica pertinho do escritório, mas não havia melhor para uma grande aposta da SAD, na medida em que até um litígio e a FIFA envolveu?

Teve números razoáveis no Aves. 15 golos na segunda liga, ainda que grande parte de penalty, que é sempre uma boa forma de valorizar um ativo (por exemplo, Abdoulaye marcava os penaltys no Covilhã - e assim conseguiu vender-se o jogador com o rótulo de central goleador, o que torna sempre um defesa mais apetecível). 

Caballero vai para o 3º de 5 anos de contrato com o FC Porto. Ansiamos pelo dia em que vejamos Rui Pedro, André Silva ou Gonçalo Paciência assinarem um contrato de 5 épocas. Até agora, de Caballero retemos um bom momento com a camisola de FC Porto, que foi um grande golo em Viseu. De resto, nada e nem para a pré-época contou. Marcou golos na Libertadores com 16 anos? Assinalável. Mas vejamos aqui o que aconteceu a alguns dos mais jovens goleadores da Champions.

Caballero não está condenado a ser um mau investimento. Mas não terá sido dado o melhor passo para evitar o contrário. Melhor das sortes da Gudiño e Caballero na sua evolução em 2015-16.

Pergunta(s): Gudiño justifica o investimento/contrato? O empréstimo de Caballero ao Vaduz foi uma boa solução?

28 comentários:

  1. Gosto muito deste blog. É fantástico. Parabéns. Aprendo muito aqui.
    Quanto ao Gudiño: acho que vai ser um craque. Guarda-Redes de Top. Ainda lhe faltam mais alguns anos para estar no ponto de rebuçado. Mas tem um potencial enorme. Desconhecendo eventuais comissões etc... como gestor arriscava pagar 3,5 M para recuperar anos depois. E nesta perspectiva celebrava contrato de 4/5 anos.

    Quando ao Caballero: confesso que fui enganado. fui na onda do "puto maravilha". Acompanho o campeonato da Segunda Liga (sou de Aveiro e sócio do Beira-Mar) e não acho que este jogador consiga algum dia ser titular do Porto.

    Chamo-me Jorge Augusto mas não conta em lado nenhum. Tenho de comentar como anónimo. Espero que o meu comentário seja publicado. Não estou a provocar ninguém. Apenas estou a dar a minha opinião.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se quiser que o seu comentario apareça com nome antes de escrever clique em responder como: "Nome/Url" e escreve o seu nome.

      Eliminar
  2. Gudino já é craque quanto ao futuro? Ninguém felizmente o conhece, mas concordo contigo, 3 anos é muito, muito pouco...

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. 4/5 anos seria o indicado, mas parece mais uma decisão ruinosa por parte da direçao do Porto, já tem sido habitual nestes ultimos anos...

      Eliminar
  3. Quando há discussão do R&C o portal assiste e participa?

    ResponderEliminar
  4. Mostrou que tem condições para se tornar um excelente GR, isso não invalida que ache que 3,5M por um jogador que veio para os juniores é um preço alto, muito alto. Outra questão que se falou e com a qual concordo inteiramente é o contrato ser de 3 anos! Paga-se 3,5M por um miúdo de 19 anos que por sinal até é o GR mais caro do clube e o contrato só tem esta duração? Sinceramente não entendo... esta duração está feita para corrermos o risco de quando for a altura de se afirmar esteja a pensar sair... sabemos bem como é!

    Este ano não contamos com as suas pequenas informações, é uma pena! Circula o rumor que o Porto está perto de trazer o Maxi o que seria para mim, lamentável, sobretudo depois de ouvir as declarações de á 2 dias que punha em causa a forma como o Porto tem ganho os campeonatos.

    Lucas Lima, Darder e Guido parece que estão muito perto do Porto... as primeiras contratações de qualidade.

    ResponderEliminar
  5. Gudiño devia ter sido "amarrado" por mais épocas. Concordo em absoluto com o TdD.

    Off-topic:

    O árbitro Marco Ferreira foi despromovido por alegadamente "ter coagido um observador" no Setúbal-FCP (que aparentemente foi apanhado pelo árbitro a perguntar via telemóvel de um lance de Alex Sandro teria sido penalty - não marcado).

    Curiosamente, na actual época, 2 das 3 derrotas averbadas pelo Benfica foram em jogos dirigidos pelo Marco Ferreira. Há coincidências tramadas!!

    Desengane-se quem acha que a Liga Aliança não vai continuar na(s) próxima(s) época(s).

    ResponderEliminar
  6. TdD quando poderá dizer alguma coisa sobre a questão dos patrocinios nas camisolas ? Os outros ja assinaram com a Fly Emirates..nós ainda nada..

    ResponderEliminar
  7. Por muito talento que tenha o puto não justifica pagar mais de 1M por cada ano de contrato.
    Comissões, comissões everywhere..

    ResponderEliminar
  8. A pré temporada é feita de muita especulação, dai até se designar..silly season...mas a piada é podermos dar nossa opinião, baseada na nossa percepção e não em factos, li há semanas q a cláusula opção do gudino era 2 milhões, e o nosso fcp queria baixar para 1,5m... não sei valor final, concordo q o mexicano tem potencial enorme ( elasticidade e reflexos espantosos para quem tem 1,92, mas tb o vi sofrer alguns golos em q deixou a desejar, esperança é q o posto de guarda redes é especifico, e precisa maturação, mas quando me lembro da idade do Baía titular....enfim, deixemos o muchacho crescer...a ser verdade, não gostei da decisão de irmos emprestar Hernâni ao Guimarães, logo quando dava sinais de crescimento, e pelas suas carateristicas únicas. Preferia Danilo ao Darder pelo menor risco investimento, e porque ter cabedal na posição 6 é fundamental...mas percebo q o espanhol seja mais completo e box to box, mas 10 milhões é muita pasta....a minha maior expectativa é fecharmos de vez o Lucas Lima...sei q o futebol brasileiro é lento sem pressão e táctica europeia, mas este não me engana...craque com todas as letras, precisamos de um tipo no meio campo, q rasgue defesas com ultimo passe, mas com rotatividade ( o q faltava ao Quintero) este Lucas tem tudo, raramente perde bolas e falha passes, passes verticais e 90%certos...top...atacante, gostei do q vi do Guido, e do Bou (um portento fisico) e gosto dos argentinos na garra...venham de lá estes q já não é mau...lateral direito , sem precisar de adaptação o tipo do Torino, marcos rocha já tem 27 mas está maduro e devia encaixar logo, maike caro mas rentável a médio prazo

    ResponderEliminar
  9. Eu sou da opinião que se deve investir a sério em guarda-redes e por isso, não são os 3,5M€ que me fazem qualquer espécie - é se Gudiño os vai realmente valer.

    O FC Porto já tem experiência com guarda-redes que enquanto novinhos pareciam grandes promessas mas que nunca passaram a certezas: Bruno Vale, Ventura (meio Baía e meio Buffon, dizia-se) e até Kadu. Gudiño vai ter que ser uma certeza e bem precisamos de um sucessor para o Helton, temos muitos guarda-redes em número mas poucos em qualidade.

    Quanto ao Caballero, nem comento.

    ResponderEliminar
  10. Boas...

    Não me parece que seja uma má compra do FC Porto. Os 3,5 milhões de euros, creio, não serão difíceis de recuperar daqui a um ano ou mesmo dois, mesmo que não seja na totalidade. Quanto aos 3 anos de contrato também me parece uma questão de compromisso, isto é, se o Gudino for mesmo o que se espera dele, dentro de uma ano nada impede a SAD de renovar o contrato e prolongar o mesmo.

    Cabe agora ao treinador e à equipa técnica o trabalho de potenciar o jovem guarda-redes que a meu ver terá de fazer alguns jogos na equipa principal, para se aferir melhor a capacidade deste muito jovem guarda-redes.

    Eu acredito neste miúdo e acho que esta fadado para grandes voos.

    ResponderEliminar
  11. Caro TD, costumo ler aqui as suas análises o qual admiro e gosto muito, mas não deixo de reparar uma coisa. O R&C que já saiu à quase 1 mês ainda não disse uma palavra, no entanto este Guarda-Redes que foi fechado esta semana já se pronunciou... Não tem mesmo tempo ou está pessimista quanto às contas do nosso clube? Fico com muitas dúvidas, porque depois de vender o Danilo por 31,5 M€ e só termos lucro de 500 Mil Euros é um pouco estranho, e mais o caso Herrera... Gostava de ver uma reflexão sua!!!!

    ResponderEliminar
  12. A duração de 3 anos de contrato deve ter sido por questões burocráticas, estou certo que no contrato assinado pelas partes haja a possibilidade do prolongamento por mais anos

    ResponderEliminar
  13. Penso que devemos esperar pelo RC para sabermos exactamente quanto Gudino custou mas uma coisa é certa 3 anos é ridiculo.

    Um jogador desta idade, que requer um investimento externo, tem de ter sempre um contrato de 5 anos.

    De resto, o jogador mostrou potencial para assumir o galinheiro em breve... agora esta compra tem de ter sido articulado com o Lopetegui senão isto não faria qualquer sentido.

    Falta agora resolver o Leonardo Ruiz.

    ResponderEliminar
  14. Em relação ao custo do Gudino é melhor aguardar por fontes mais fidedignas.
    O Hernani também foi dado como emprestado e o Adrian teria custado 11M ...
    Esperar para ver.

    O que neste momento parece certo é o valor desportivo do Gudino

    ResponderEliminar
  15. Estas duas estórias fazem-me lembrar a dierença entre a moeda de 200 escudos e a moeda de um euro.

    Para bom entendedor...

    Imbicto abraço!

    http://imbictopoema.wordpress.com

    ResponderEliminar
  16. Por outro lado, os mexicanos consideram-se "roubados"....

    http://laaficion.milenio.com/guadalajara/Escandalo-Raul-Gudino-Palencia-Porto_0_538746171.html

    ResponderEliminar
  17. Quanto ao empréstimo ao Vaduz... no comments!

    Quanto ao Gudino trata-se de um negócio confuso. A SAD investiu recursos para o trazer do México, portanto já conhecia o seu potencial. Porque razão não assinaram logo com ele, quando tinha 18 anos e era um perfeito desconhecido?

    Na wikipedia encontro isto: Pero no debutó en Primera División. Estamos a falar de um jogador que tinha um valor de mercado residual quando chegou, mas digamos que já lhe reconheciam muito talento. Um jogador (GR!) com 0 jogos na Liga do México vale quanto? 0.5M€? 1M€ já esticando imenso a corda? Estamos a falar de no mínimo dos mínimos um terço do valor que terá sido pago.

    Independentemente do seu valor, este negócio parece-me ter sido muito mais oneroso para a SAD do que podia e deveria ter sido. Posso estar errado, mas é a ideia com que fico.

    Cumprimentos.

    ResponderEliminar
  18. TdD se anda a por fotos no facebook, bem que podia vir aqui num comentário acabar com esta especulação toda sobre o Maxi...

    ResponderEliminar
  19. O Gudino é a cara chapada do Keylor Navas mas em mais novo...
    Logo so pode ser mega craque :)
    Com esse teriamos sido campeoes este ano...

    abraço
    Hugo

    ResponderEliminar
  20. pergunto mesmo por ignorância (ou ingenuidade, ou ambas); será que existe alguma regra da fifa que não permita contratos mais longos com jovens dessa faixa etária?

    ResponderEliminar
  21. Na verdade os jornais mexicanos dão conta de um valor de 1,5M , menos de metade do que aqui é escrito. se por 3,5M me parecia uma boa contrataçao, por 1,5M parece me um pechincha.

    ResponderEliminar
  22. E TdD, como disse ontem, temos que esperar... agora no méxico já se fala em 1,5M€ o que me parece bem mais real dos que os 3,5M€ que avanças-te como possibilidade ontem aqui.

    ResponderEliminar
  23. Porque não Maxi Pereira?? Compreendo que não seja a situação ideal pagar 4 milhões brutos por ano a um jogador de 31 anos, especialmente quando o suposto contrato tem duração de 4 anos.

    Contudo, seria uma jogada de mestre. O Porto necessita, indubitavelmente, de um DD. A seguir a Danilo, Maxi Pereira é o melhor da Liga Portuguesa e sub-capitão dos campeões em título. Não só assegurávamos o melhor lateral direito disponível a jogar em Portugal, como ainda enfraquecíamos bastante os rivais.

    Compreendo o seu ponto de vista no FB quando refere o absurdo que é pagar um salário ridículo a Maxi. Contudo, não nos podemos esquecer que, caso venha, é a custo 0. Prefiro claramente comprar um jogador experiente e de qualidade a custo 0 (mesmo com um salário astronómico), do que pagar 3/4 milhões por um jogador sul-americano que pode ser uma incógnita.

    PdC sabe que este tem de ser o nosso ano, sem qualquer tipo de desculpa. Contratar Maxi ao Benfica, nestas condições, é um passo de gigante para o título. Um jogador experiente, que conhece bem a liga, e com muita qualidade tanto a atacar como a defender. Fisicamente, apesar dos seus 31 anos, corre como se tivesse 24 e nunca, nunca, tem lesões. Com sorte ainda faz uma excelente campanha na Liga dos Campeões e conseguimos rentabilizar o investimento no final do ano….

    Isto é só a minha opinião claro, respeito a sua também.

    Miguel

    ResponderEliminar
  24. Se o Moya do atletico madrid vier para o FCP só mostra que o clube está descontroladissimo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Porquê? É melhor do que qualquer um dos GR que temos.

      Eliminar
  25. O gudini custou 1.5 milhões. Alias esse valor esta a gerar grande polemica no mexico, dado que acham k o porto comprou barato. O tribunal enganou-se.

    ResponderEliminar

De e para portistas, O Tribunal do Dragão é um espaço de opinião, defesa, crítica e análise ao FC Porto, que aborda a atualidade desportiva e financeira de clube e SAD, bem como do futebol português.

Quem confundir liberdade de expressão com injúria, insulto, mentira ou difamação não passará pelo lápis azul. Todo o spam será apagado. Comentários anónimos são susceptíveis de não serem publicados. Nicknames são permitidos.