sábado, 9 de janeiro de 2016

O futuro treinador do FC Porto

«No dia em que o FC Porto quiser escolher um novo treinador, terá que mudar de perfil. Chega de projetos de apostas de risco. Será necessário um treinador experiente. Habituado a lutar por títulos e a ter vedetas no balneário. Um treinador que saiba que tem que jogar quase sempre contra equipas fechadas, em maus relvados e a deparar-se contra o anti-jogo. Um treinador que saiba potenciar e evoluir jovens e ter que reconstruir a equipa ano após ano».

A isto, escrito no consequências pós-Champions, podemos acrescentar: um treinador capaz de reerguer um balneário com o moral em baixo; capaz de competir com um rival que leva 4 pontos de avanço e que conseguiu já consolidar um coletivo superior ao do FC Porto; capaz de formar essa base numa questão de dias, sem recurso a pré-época ou período de adaptação ao futebol português.

E agora sobra a pergunta: que treinador se encaixa neste perfil? Provavelmente nenhum dos que estão à disposição do FC Porto neste momento. De qualquer forma, é uma solução que tem que ser encontrada por quem assumiu, a meio da época (na verdade, no espaço de menos de duas semanas), uma rutura com o projeto anterior.

O que se depreende é que o FC Porto identificou que Lopetegui era o problema. Só isso explica como se demite um treinador sem já antes ter um sucessor encaminhado. De qualquer forma, Lopetegui era parte do projeto do FC Porto; não podia nunca ser todo o projeto do FC Porto.

Por isso, o FC Porto necessita, para ontem, de um treinador para retomar o caminho. Não precisamos nem de um interino, nem de uma solução de 5 meses só para aquecer o banco até ao verão.

Estamos nos 1/4 de final da Taça de Portugal, que não ganhamos há 5 anos; estamos a recuperáveis quatro pontos da liderança do campeonato; há um apuramento direto para a Champions 2016-17 para garantir; há uma Liga Europa para disputar, e logo contra uma das equipas mais fortes da competição; há uma série de jogadores para valorizar e investimentos em atletas que têm que ser rentabilizados - e muitas vezes, o melhor investimento em atletas não é dinheiro, é um bom treinador.

Ninguém pode pensar em 2016-17 quando ainda há tanto para fazer, tanto para conquistar em 2015-16. Precisamos, para ontem, de um treinador que encaixe no perfil dos dois primeiros parágrafos. Será uma utopia reunir todas aquelas caraterísticas, mas quem toma a decisão de interromper um projeto tem que apresentar uma solução que lhe dê continuidade. Neste caso, que dê melhorias.

Resta aguardar o que decide Pinto da Costa, pois escolher um treinador é algo que requer tempo. Tempo que o FC Porto, neste momento, não tem.

57 comentários:

  1. Tribunal, o Porto Canal tem uma Conf. de Imprensa agendada para as 17H30. Existirá alguma coisa?

    ResponderEliminar
  2. Ha duas questoes a diferenciar:1) um treinador para ganhar essas competiçoes e sair em maio, em que todos estejam de acordo com isso. E nesse caso, so vejo um homem com as caracteristicas desejadas que é Jesulado ferreira. Vem, sabe tudo, ganha e sabe que vai sair em paz.
    2) uma raposa velha que domine o futebol e o campeonato, que nao seja um "jovem promissor, o novo mourinho, o novo guardiola" e que garanta estabilidade e futebol pra duas epocas: Manuel Machado.

    Cumprimentos portistas
    manuel b.

    ResponderEliminar
  3. É bom saber que o balneário está satisfeito com esta decisão.
    Isso já é um ótimo começo!

    Anda Marco, anda cumprir o teu desígnio!

    ResponderEliminar
  4. Tens alguma preferência?

    ResponderEliminar
  5. Caro TDD, qual era a sua sugestão/opinião para o cargo neste momento?

    ResponderEliminar
  6. O que acham da opção Rui Faria? Não sei se estará interessado mas, pelo menos, está sem clube, coisa que não estão Jesualdo, Vilas Boas, Jardim e Marco Silva, nomes falados para suceder Lopetegui. Neste momento não consigo ver outra solução para preencher esses critérios assinalados.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Chega de projetos de apostas de risco", diz o autor, e eu concordo. Rui Faria nunca foi treinador principal em parte alguma e, por conseguinte, ninguém sabe o que dali sairia.

      Eliminar
  7. Agora nem vale a pena a dizer que vem este ou aquele,só nos resta esperar pela resposta da SAD #PORTOATEMORRER

    ResponderEliminar
  8. Para mim o treinador indicado seria o Leonardo Jardim, mas como adepto e só do lado emocional gostava que fosse El Loco Bielsa.

    ResponderEliminar
  9. Meu caro, renovo os meus cumprimentos ao seu serviço público.

    Treinador: Muito muito difícil. Principalmente porque não temos informação privilegiada. Resta-nos os cenários.
    Cenário 1- AVB já está contratado para Julho. Neste caso torna-se muito difícil escolher um treinador, pois ninguém com qualidade sai de um emprego para 6 meses de contrato e adeus. Nem Jesualdo, nem Vítor Pereira. Por outro lado, nem um Mourinho por 6 meses como vi escrito por alguns companheiros Portistas. Assim é tremendamente complicado, porque soluções temporárias e de qualidade assim de repente não estou a ver. Por isso, se calhar, Rui Barros, com inclusão de uns membros de equipa técnica à Porto.

    Cenário 2- Está em aberto quem será o próximo treinador, ou seja, não há nada com AVB. Neste caso é mais fácil, mas não muito, pois treinadores de qualidade disponíveis? Hummm... Outra vez: Um Vítor Pereira ia sair agora do Fenerbache podendo ser campeão? Um Jesualdo ia sair do Al-qualquer coisa quando assinou há pouco tempo? Depois há o problema das supostas cláusulas anti-rival do Leonardo Jardim ou Marco Silva que existindo, praticamente os exclui de opção, pois não vamos pagar 15 milhões ao Sporting... isso era financiar o ordenado do Jorge Jesus...
    Então quem? Até agora só referi nomes que gostava que nos treinassem (Jesus incluído :-) ).
    Agora vou colocar nomes que não gostando até acho bastante provável para este cenário 2: Nuno Espírito Santo e Paulo Bento. Ambos disponíveis. Arranjar um Bielsa seria muita qualidade, mas neste momento, ele não seria propriamente um foco de estabilidade no nosso clube pois é explosivo. Agora precisamos de estabilidade e união.
    Muito difícil a escolha nesta altura.

    ResponderEliminar
  10. Por mim, vinha o Jesualdo.

    ResponderEliminar
  11. Alguma coisa tinha de ser feita... o exemplo PF mostrou quais os prejuízos de manter a aposta numa solução falhada. Compactuar com um problema é permitir que ele se agrave. Um dos problemas passa por escolhas erradas para trinadores pelo Homem do Leme...

    ResponderEliminar
  12. Por ordem de preferência: Villas-Boas, Marco Silva ou Rui Faria

    ResponderEliminar
  13. Para meia época: Jaime Pacheco
    Para continuar: Laudrup

    ResponderEliminar
  14. Sérgio Conceição,seis meses mais dois anos,uma cópia de quando foi contratado Mourinho.

    ResponderEliminar
  15. Uma opinião muito pessoal.

    É lógico e evidente que também sonho como o AVB...mas acho difícil pelo menos no imediato.

    Para o imediato há um treinador em Portugal, experiente e que tenho para mim que percebe muito de futebol e merecia uma oportunidade num clube grande...Manuel Machado.
    Isto é só um gosto e uma opinião pessoal. Consensual nunca.

    Parabéns ao autor do blogue. Sou seguidor assíduo, passo por cá todos os dias.
    Bom trabalho e obrigado.

    ResponderEliminar
  16. A minha escolha seria sem duvida MS.
    Tenho medo que o saudosismo, perfeitamente normal, em torno de AVB possa toldar os adeptos. Aquela época fantástica dele, não irá repetir-se só porque sim. Mas ficarei na mesma contente se for ele o escolhido. Por outro lado, uma escolha que seja outra que não AVB, MS ou LJ será uma desilusão tremenda. Espero que nem passe pelas cabeças pensantes da SAD, NES, Sérgio Conceição, ou outras invenções do género.

    ResponderEliminar
  17. Boas...

    A minha escolha recai sobre o Rui Faria. Penso que num momento em que as "tropas" estão tão em baixo moralmente, nada melhor do que um treinador que tem toda a "escola" de Mourinho e que poderia levantar rapidamente o FCP.

    A dúvida é sempre a mesma, tal como foi com PF ou Lopetegui... Será ele capaz de treinar um clube do nível do FCP?

    Quanto ao AVB, penso que seria um erro o FCP ir buscar um treinador que saiu da "cadeira de sonho" à primeira oportunidade que teve. Além disso, neste plantel não há Falcao, Hulk, James, Moutinho etc... Nem sequer existe o Vitor Pereira para adjunto...

    ResponderEliminar
  18. Meus Senhores, desculpem lá estragar a festa e o romance mas quem menciona Bielsa e FC Porto na mesma frase ou contexto deve começar a pensar sériamente em ir ao psiquiatra.

    Bielsa é um visionário do futebol, um idealista que exige controlo absoluto sobre as suas equipas - acham mesmo que é esse o treinador que vem para o Porto ? e apenas por 6 meses? E para jogar mais crazy que na época do Adriaanse? Se entrasse agora provavelmente nem terminava a época.

    Para outros nomes como Mourinho, Jesualdo ou AVB mais vale ir buscar o Oliveira ou o Bobby Robson (RIP). Acho que tinhamos mais sucesso.

    Sériamente só existem dois candidatos e meio. Jardim e Marco Silva, ambos com contrato e se viessem seria pelo menos por ano e meio e nunca apenas 6 meses.

    O "meio" é Nuno Espírito Santo, porque está realmente disponível e é o 'protégé' de Mendes (o tal super agente de renome). NES foi o primeiro jogador da carteira de Mendes teve no Valência uma carreira mista (idêntica à de Lopetegui no Porto) com uma boa primeira época e uma segunda época sofrida com o plantel e os adeptos contra ele.

    Para os Paulos Bentos, Machados, Martins, etc nem sequer tenho tempo...

    ResponderEliminar
  19. Uau, seja quem fôr o proximo está-se mesmo a ver união em torno dele. Depois e porque toda a gente dá um palpite, então há uns absolutamente hilariantes e que entroncam no que é absolutamente necessário, tal como seria colocar uma raposa a tomar conta de um galinheiro, dou também o meu: Marcelo Rebelo de Sousa!

    ResponderEliminar
  20. Pode ainda haver uma surpresa e irem buscar alguém que ninguém esperava: Mourinho ou Jorge Jesus. No entanto, creio que será Leonardo Jardim.

    ResponderEliminar
  21. Depois de um de vocês escrever "Paulo Bento" tenho a certeza que não vou dormir esta noite. MUITO OBRIGADO!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Durma descansado que PB é impossível so se JNPC não tivesse memória, ou já se esqueceu do que ele disso do nosso Presidente?...

      Eliminar
  22. Eu gostava de Leonardo Jardim, caso a clausula a pagar não seja muito alta, se for os 15M falados em cima nem pensar.
    Caso este não possa, então a minha alternativa é NES por ano e meio.

    Jesualdo, Bielsa, Marco Silva, Manuel Machado, acho que são todos bons treinadores, mas não sei se no momento atual iam vingar no Porto.

    Acho é, que um treinador para meio ano seria um erro, para isso temos o da B, não vale a pena estar a espera de AVB que ele não faz milagres, nem nunca vai repetir a época em que esteve cá, alias nem o considero um treinador superior aos que referi.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pessoalmente preferia o VB ao MS( não me esqueci do Estrela Amadora - Porto...) ou LJ. Por favor nao me falem em PB, NES, e outros que tais senão quem não dorme sou eu...

      Eliminar
  23. Só há duas hipóteses, ou se contrata um treinador até final da época para depois tentar o AVB; Jardim; M. Silva, ou então vem já um treinador para continuar na próxima época. teria que ser alguém no desemprego (NES, Paulo Bento...).
    qualquer que seja a solução, a probabilidade de sucesso é muito reduzida, não me recordo de no FC Porto uma mudança de treinador a meio da época tenha levado à vitoria no campeonato e mesmo nas outras competições aconteceu poucas vezes.
    mirp

    ResponderEliminar
  24. Ao analisar a escolha do treinador pelos adeptos mostra mais do que a simples escolha do treinador. Ao fazer uma votação os adeptos distribuem os votos por vários nomes não havendo uma decisão óbvia e clara, isto pode ser equiparado a uma votação em que escolhe o onze inicial favorito. Por incrivel que pareça isto explica tanto assobio e a instabilidade que criaram a lopetegui, nunca ninguem vai estar ou esteve contente, mas quando se ganha os que nao concordam nao tem fundamento para criticar. Imaginando que vem marco silva, se perde um jogo começa tudo outra vez porque ha sempre os que escolheriam outros. Primeiro de tudo tem de haver coesão ou corremos o risco de nos tornarmos um benfica ou um sporting

    ResponderEliminar
  25. uma das poucas pessoas que imediatamente se insurgiu contra a contrataçao de lopetegui foi manuel serrao e acertou. Quanto ao novo nao sei nem dou palpites nem tenho preferencias, mas sei que desta vez pinto da costa vai ter de pensar muito e a serio.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A única coisa em que o Manuel Serrão acerta, e muitas vezes, é no prato.

      Eliminar
  26. Respostas
    1. Atenção o empresário do Sanpaoli é o Jorge Mendes. Mas não sei se seria bom, porque este Sanpaoli é outro obcecado com a posse de bola. Vi o jogo, há umas semanas atrás, Chile Uruguai de apuramento para o mundial 2018 e o Chile teve 73 % de posse e perdeu 3-0...

      Eliminar
  27. Eu não entendo a dúvida. Estou a ver aqui Sampaolis e Bielsas que não fazem a mais pequena ideia do que é o futebol português (adaptação...). Já vi Paulo Sousa, neste momento a disputar a liderança da Serie A (?). AVB é, neste momento, caríssimo, porque tem contrato. Fica livre dentro de pouco tempo, mas nós precisamos de um treinador agora e não é certo nem sequer crível que ele esteja interessado num regresso a curto-prazo. Marco Silva tem um campeonato grego na mão, de que não acredito que queira abdicar por todas as incertezas que o esperariam aqui. Jardim, a confirmar-se que está insatisfeito no Mónaco, é uma hipótese.
    Mas tendo em conta que há um treinador portista, conhecedor profundo da casa, campeão europeu nesta casa, com provas dadas de boa liderança, já habituado a trabalhar com jovens (Rio Ave) e com estrelas (Valencia, e com um percurso muito interessante como treinador, juro que não percebo como se fale sequer em mais alguém. Só pode ser Nuno Espírito Santo.

    ResponderEliminar
  28. «No dia em que o FC Porto quiser escolher um novo treinador, terá que mudar de perfil. Chega de projetos de apostas de risco. Será necessário um treinador experiente. Habituado a lutar por títulos e a ter vedetas no balneário. Um treinador que saiba que tem que jogar quase sempre contra equipas fechadas, em maus relvados e a deparar-se contra o anti-jogo. Um treinador que saiba potenciar e evoluir jovens e ter que reconstruir a equipa ano após ano».

    Isso é quase IMPOSSIVEL ainda para mais nesta altura. ASSIM só PEDROTO.

    É preciso ter consciencia que os treinadores chamados de SUCESSO são meia duzia no Mundo e não chegam para a Procura que paga balurdios.

    Estrangeiros ? NAO.

    Arranjem é alguem com Competencia, alguma experiencia que conheça a Liga Portuguesa, a Realidade POrtuguesa .

    ResponderEliminar
  29. O treinador, se for solução de 6 meses, nunca será nenhum dos treinadores mencionados porque nenhum deles se sujeita a contratos assim. Esses treinadores querem ser apostas de futuro e não soluções transitórias. Para 6 meses o melhor que se conseguirá é um treinador promissor que não tem nada a perder em aceitar o desafio e se fizer bonito eleva a carreira pra outro patamar.

    Treinadores à parte, porque é que o Porto vai deixar fugir o Diogo Jota do Paços, excelente promessa, para o Benfica?

    ResponderEliminar
  30. Bobby Robson, quando o Sousa Cintra correu com ele...

    ResponderEliminar
  31. Uma possível contratação de AVB seria consensual, é alguém que aprecio, até pela sua paixão ao Club, mas se vai de encontro ao desejo dos adeptos, com isso evitando-se pontos de conflito, também me causa alguma receio, a temporada de sonho que teve por cá dificilmente se repetirá, por outro lado, depois de ter saído não mais foi capaz de se destacar com resultados, que é afinal de contas o que se pretende para ontem.

    ResponderEliminar
  32. Então o Pinto da Costa não jantou com o Paulo Bento na sexta-feira na povoa de varzim... enquanto, e se for esse senhor o treinador do fcp não ponho mais os pés no Dragao.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esperemos que não, mais vale ficar com o Rui até o final da época. Um abraço a todos os portistas

      Eliminar
    2. E não jantaram na casa que o Paulo Bento comprou na Foz há 3 anos atrás quando veio, também, treinar o FCP nessa altura? Estranho...

      Eliminar
  33. Paulo Bento??? Quase que vomito! Convidem também o Scolari ou o Carlos Queirós já agora. Para jogar mal e para o empate ou para o 1-0 já tínhamos o Lopetegui.
    Menos mal que o PDC se incompatibilizou com o Paulo Bento e andaram a trocar acusações o que me garante alguma tranquilidade.
    NES gosto dele como pessoa mas é mais do mesmo como treinador com um futebol idêntico ao do Lopetegui.
    Para mim se para 6 meses apenas ia buscar o Jorge Costa ou o Domingos. Homens da casa que faria com que os "apitadores" da bancada do Dragão se calassem um pouco.
    O meu preferido é AVB já. Não consigo entender como alguém critica uma pessoa que foi garantir a sua independência financeira. Acredito portanto que todos que o criticam se um dia recebessem uma proposta de trabalho a ganhar 5 vezes mais (digamos que ganham 1000 e vos oferecem 5000) todos os que o criticam vão rejeitar a proposta por amor à vossa empresa certo?

    ResponderEliminar
  34. Paulo Bento, Manuel Machado, Pedro Martins, Rui Faria (eterno adjunto), Bielsa, AVB, Marco Silva, Leonardo Jardim, José Mourinho...
    Já agora acrescentem o Rafa Benitez. O homem ficou desempregado...

    ResponderEliminar
  35. Para mim a escolha era Nuno Espirito Santo, mas uma SAD que anda a contratar suk e afins, sinceramente cada vez tenho menos esperança em que tomem decisões de jeito...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. NES..só pode ser brincadeira..um treinador inventado pelo JM que vem aqui fazer?

      Eliminar
  36. Manuel Machado é o melhor. O Suk vai ser um barrete dos grandes, mas enfim !!

    ResponderEliminar
  37. NES não! Para contratar treinador para 6 meses mais vale ficar com o Rui Barros. No final da época então sim talvez AVB pudesse ser o nosso treinador. É preciso comprar já um bom defesa central e se possível também um médio criativo. Pode ser que Suk seja uma surpresa mas não acredito muito.

    ResponderEliminar
  38. LOL! Viva o Lopetegui! Vamos construir uma estátua ao homem à entrada do dragão!

    ResponderEliminar
  39. O autor do blog não acha estranho o treinador ter sido despedido nestas condições? Não é normal este tipo de despedimentos no nosso clube onde todas as frentes, exceptuando a CL, estão abertas.
    Desconfio que houve qualquer coisa extra futebol que originou esta situação, talvez algum conflito interno com a direcção, parece-me que não foi uma situação de todo planeada. Relembro por exemplo quando saiu AVB foi logo apresentado o seu substituto.

    Ao contrario do autor do blog não gostava especialmente do Julen como treinador, mas como pessoa parecia-me uma pessoa correcta pelo que não merecia esta saída desta forma do clube. Acho inclusive que foi um bocado enxovalhado (aqui também critico a massa adepta, podia não ser um treinador ideal mas tenho de dar valor quando era por vezes a única pessoa a defender o fcp).

    Quanto ao seu substituto, não tenho opiniões em concreto, acho no entanto que o FCP vai contratar um treinador para o que falta deste ano e para o outro que ai vêm...não faz sentido ter uma opção de recurso quando ainda não está nada perdido.

    ResponderEliminar
  40. O facto de já se terem passado uma meia dúzia de dias, e ainda não existir um único nome concreto em cima da mesa, para além de pura especulação jornalística, nem sequer qual o caminho a seguir, só prova uma coisa: o despedimento de Lopetegui foi feito em cima do joelho e a quente.

    Todas as características que o texto aponta são correctas. É mesmo isso que precisamos num treinador. Contudo, como se sabe, o mercado de treinadores (com qualidade) é reduzido neste momento. É quase impossível, senão mesmo utópico, contratar um treinador com 75% dessas características. Quanto mais todas.

    Como tal, discordo em absoluto numa solução definitiva a médio/longo prazo no momento. O caminho a seguir deve ser o de procurar um treinador com competência, experiência e, acima de tudo, conhecimento da realidade portuguesa. Até final de Fevereiro, será perfeitamente possível analisar a hipótese, ou não, de manter esse treinador num prazo mais extenso, visto que por essa altura, já muitos jogos, e importantes decorreram (nomeadamente slb e borrussia), pelo que teremos uma visão mais ampla desta época, e do que queremos para a seguinte.

    ResponderEliminar
  41. já fui sócio do porto, deixei de ser quando fiquei desempregado e tive de viver a custa do meu pai, enquanto o porto fazia milhões todos os anos com esta politica de fastfood generalizada na sociedade.. não acho que o problema do porto seja o treinador mas sim as sucessões, os negócios e ganancias de alguns assim como os super egos de alguns que se auto denominam à porto incluindo muitos adeptos jogadores e homens da casa. quando não se rema para o mesmo lado mais vale estar quieto! por este caminho não prevejo um grande futuro para o porto, se as coisas correm mal talvez tenhamos todos um pouco de responsabilidade nisso.. diz se q o porto tem o melhor plantel mas eu tenho alguma dificuldade em escolher algum deste jogadores para o melhor onze dos ultimos 30anos..e digo mais temos os piores centrais de que eu me lembro!mas é só a minha opinião.. em relação ao treinador já que aqui chegamos, é mau irmos a caminho do 2º jogo sem perspectivas de uma solução e estou para ver qual vai ser, pois golear um boavista que teria dificuldades na 2ªliga é fácil ainda mais com o 'tesão do mijo' com que alguns ficaram mas isso passa rápido e depois..

    ResponderEliminar
  42. Boa noite Portistas,

    Na minha opini-ao o treinador do Porto NAO PODE ser nem Marco Silva nem Paulo Bento.
    -Paulo Bento prejudicou gravemente o FC Porto enquanto selecionador nacional e ainda gozou com o Porto como tal nao e bem vindo.
    - A Marco Silva , dizia-se que andava descontente no sporting,...pudera...ele queria era ir para o benfica. A Marco Silva só o vimos 2 vezes exaltado e extasiado por ser treinador do Sporting, foi quando ganhou ao FC Porto...e nao ficou contente poir ganhar mas sim,...por ajudar o benfica. Nao pretendemos meninos ESPIOES no Dragão.

    Quantos aos outros nomes, gostava de ver mesmo André Vilas Boas, ou Leonardo Jardim, sao as primeiras escolhas...Sergio Coneiçao nao me oponho, mas....preferia os outros.
    Saudaçoes Portistas

    ResponderEliminar

De e para portistas, O Tribunal do Dragão é um espaço de opinião, defesa, crítica e análise ao FC Porto, que aborda a atualidade desportiva e financeira de clube e SAD, bem como do futebol português.

Quem confundir liberdade de expressão com injúria, insulto, mentira ou difamação não passará pelo lápis azul. Todo o spam será apagado. Comentários anónimos são susceptíveis de não serem publicados. Nicknames são permitidos.