sábado, 23 de janeiro de 2016

Alô, FC Porto? Está aí alguém?

Foi há quase um ano que O Tribunal do Dragão escreveu que o jornal Record era uma espécie de pronto-socorro para Vítor Pereira. Sem surpresa, continua a sê-lo. Bastou saber que Bruno de Carvalho ia falar n'A Bola para chapar logo Vítor Pereira em grande destaque no Record. A fazer o quê? As únicas três coisas que sabe: mentir, sacudir culpas e proteger quem o protege (o Benfica).

Vítor Pereira, o presidente do Conselho de Arbitragem da FPF, começa com esta pérola: «Nem eu nem os quatro membros da secção profissional temos conhecimento das notas dos árbitros».

O pobre presidente do CA diz que não sabe as notas dos árbitros. Se usar o telemóvel para outra coisa que não seja telefonemas a elementos do Benfica, de certeza que encontra por lá as notas todas dos árbitros:


Assim que um jogo acaba, o observador tem 90 minutos para enviar a nota que atribui ao árbitro ao Conselho de Arbitragem. Os árbitros, para quem já se esqueceu, estão profissionalizados. Então, cabe à secção profissional avaliar/acompanhar o desempenho dos seus árbitros.

Sem vergonha na cara
Os elementos são: Vítor Pereira, Antonino da Silva, Domingos Gomes, Luís Guilherme e Lucílio Baptista (não, não é uma piada). O ponto 6 do I Capítulo - as Normas Genéricas - das diretivas para observadores é bastante claro: as notas são enviadas por SMS para o Conselho de Arbitragem. E diz o responsável pela arbitragem em Portugal que não sabe as notas dos árbitros!?

Além disso, Vítor Pereira, em março de 2015, explicava que as nomeações têm em consideração a «graduação de Normal, Médio e Difícil» quanto à dificuldade de cada jogo, tendo sempre em conta «a classificação, a rivalidade e factores recentemente ocorridos». E dizia que para os jogos de «dificuldade acrescida» devem ser nomeados «árbitros internacionais ou classificados até ao 12º lugar da época anterior».

E agora sai-se com isto: «Do grau de dificuldade, da nota ou da classificação, continuamos a não ter conhecimento». Se Vítor Pereira é responsável por todas as nomeações de árbitros, como é que ele diz que não tem conhecimento do grau de dificuldade de cada jogo, se ele supostamente tem que nomear os árbitros considerando o grau de dificuldade de cada jogo!?

Calma, isto piora. Vítor Pereira sai-se ainda com esta: «Vouchers? É ou não normal os árbitros receberem determinadas ofertas? Se é normal, isso não é reportado. E nunca foi reportado».

Para começar, é normal receberem «determinadas ofertas». Só não é normal receberem jantares pagos e ofertas com valor comercial. O máximo responsável pela arbitragem em Portugal continua a defender o indefensável, continua a defender o ilícito. Nem na UEFA, nem na FPF: a prática do Benfica é ilegal e não tem defesa. Quem continua a defender isto, mesmo perante os factos e os regulamentos, defende a mentira e o ilícito só para proteger o Benfica.

But wait, there's more! Vítor Pereira diz que as ofertas aos árbitros «nunca são reportadas». Ora vamos lá recordar o que deliberou a FPF. E vamos fazê-lo com recurso ao jornal favorito de Vítor Pereira, o Record.

Só que voltou a acontecer o mesmo fenómeno que na Robertada: apagou-se a notícia que mostrava o próprio Record a afirmar que os árbitros são obrigados a declarar todas as lembranças. O link original era este, mas cá vai o texto que foi publicado e apagado pelo Record (neste caso, admitindo-se que a notícia pode ter sido eliminada quando criaram o novo site):

«Tem duas leituras o comunicado que a direcção da FPF divulgou e que tem como destinatários os árbitros. Ali se lê que estes podem aceitar recordações dos clubes mas apenas "sem valor comercial", não se especificando este valor, ao contrário do que aconteceu com a UEFA, quando, há uns anos, estipulou como máximo para este tipo de situações 120 euros. Diz ainda a direção da FPF que estas lembranças só deverão ser aceites no final dos jogos e dá alguns exemplos de prendas admissíveis: emblemas, galhardetes, miniaturas de camisolas, medalhas comemorativas ou lembranças regionais. Frisando que estas lembranças devem ser sempre declaradas (...) Com o Conselho de Disciplina da FPF prestes a pronunciar-se sobre as mais de 50 notas de culpas que envolvem árbitros "apanhados" neste tipo de situações e o Gondomar SC (que corre o risco de despromoção), este comunicado tem duas leituras: ou é a FPF a antecipar decisões favoráveis aos arguidos e deixando já um aviso para o futuro; ou é a FPF a pré-anunciar condenações, devido ao facto de o CD ter considerado que os árbitros em causa terem aceite prendas não as declarando no relatório do jogo. Em breve, o Conselho de Disciplina da FPF irá desfazer esta dúvida.»

Só para recordar: Rui Silva foi suspenso por 20 meses por ter aceitado uma oferta que, à imagem dos kits que o Benfica distribui, não estava entre as possibilidades admitidas nos regulamentos. E desde então, a FPF deixou o aviso: todas as ofertas têm sempre que ser declaradas. Que diz Vítor Pereira? Que as ofertas nunca são reportadas.

É o amor sobre o qual Shakespeare nunca escreveu, uma palhaçada provocada pela diarreia e que não há imodium que consiga parar. E perante estes factos e evidências, em mais um dia em que Vítor Pereira volta a ir contra os próprios regulamentos para defender o Benfica, que faz o FC Porto? Nada. Quem não defende os seus interesses não pode lamentar o incumprimento de objetivos. Mas a vítima e os que sofrem são sempre os mesmos: o FC Porto e os seus adeptos.

15 comentários:

  1. É uma vergonha à vista de todos e ninguém faz nada. Nada acontece, é o benfica está tudo bem.

    Muito bom post!!!

    ResponderEliminar
  2. Agora começa a perceber-se porque eram contra o Sorteio...
    Jesus sabe dalguma coisa, daí a "conversa" quando se dirigiu ao 4º árbitro!
    Inoperância do Fcp, com um treinador com o "perfil" de Peseiro, não terá grande sucesso!

    O FCP não ter vindo, a terreno falar sobre o Sérgio Conceição foi um ERRO!
    O FCP não falar e deixar correr a caravana, é um Erro!
    o FCP tem de ser mais ativo e não creio que seja o PC, a pessoa a ter neste momento capacidade para remar contra a maré do # colinho!

    Xistra, está de "castigo", para recuperar o ânimo. O Guimarães achou um piadão, a este servicinho do Xistra!

    ResponderEliminar
  3. toda a razao. O porto comunica mal, sempre o fez, quanto tinha o presidente que controlava isso de forma exemplar nao havia problemas depois do apito dourado mesmo com a absolviçao total, o presidente deixou de ter espaço e a estrutura nao se adaptou e hoje como quer continuar a falar a uma voz nao coloca ca fora as coisas co o deve ser. AGORA MESMO QUE COLOCASSE NAO TINHA O MESMO IMPATO QUE TEM SEJA O QUE FOR DE SPORTI NG E BENFICA QUE CONTROLAM A MEDIA QUE ESTA TODA CONCENTRADA EM LISBOA, O PROBLEMA E ESTRUTURAL MAS DO PROPRIO PAIS, QUEM FALA PELO PORTO OU FALA EM LISBOA E COM AS CONDICIONANTES QUE LHES IMPOEM DECLARADAMENTE OU NAO, OU NAO FALA PURA E SIMPLESMENTE, ex?? otavio, oliveira, rodolfo, guedes, serrao, aguiar, etc e agora ate baia, mesmo os da rtp com estudios no norte tem de se sujeitar ao covil benfiquista que aquilo eh. O porto canal veio ajudar, certo, mas eh curto. TODAS AS NOSSAS QUEIXAS MESMO SENDO TODAS SERIAS E CORRETAS TEM POUCO ECO EM LISBOA, como na politica onde o ps por exemplo tem o controle da media de uma maneira geral, sao situaçoes estruturais e de tradiçao. O FCPORTO SO ESTANDO SEMPRE EM GUERRILHA CONSEGUIRA TRIUNFAR, NA PAZ EH COMIDO E OS ATUAIS DIRIGENTES AINDA NAO PERCEBERAM ISSO Mmuito embora tenhamos perdido ultimamente porque realmente fazemos quase tudo por isso dentro de campo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. a média está toda concertada na capital jornal o jogo incluído.

      Eliminar
  4. Caro TD, o Rival Benfica desde a descida de Marco Ferreira não tem um Penalty contra marcado...
    Só o SCP fala ... o FCP cala-se e ninguém da SAD resmunga!

    ResponderEliminar
  5. As dúvidas levantadas pela posta são pertinentes na sua maioria, mas falha num aspeto: o nosso líder Pinto da Costa disse o nome da figura que, dentro do CA, domina essa vertente das classificações sem disso dar conta a mais ninguém. Tendo em conta que o próprio presidente do FC Porto fez questão de o visar na sua entrevista (basta rebobinar a cassete...) fico mais convencido que, se calhar, há mesmo algo aqui que escapa a Vítor Pereira, sem embargo da sua parcimónia em relação às jantaradas e afins.

    ResponderEliminar
  6. Quando no Torto Canal se diz que não temos sido prejudicados pela arbitragem este ano está tudo dito.Só temos o que merecemos.

    ResponderEliminar
  7. Hoje que foi apresentada a equipa de ciclismo do FC Porto, o Presidente podia lançar uma reacção, mas.... nada.
    Como é possível Pinto da Costa estar num ar tão sereno quanto aos tempos que passam?

    ResponderEliminar
  8. aproposito tem um exemplo clarissimo, RUI RIO para poder aspirar a algo em lisboa nao teve problemas e estar contra o fcp que eh soh a marca mais prestigiada da cidade juntamente com o vinho do porto que ate nem eh do porto. Soh este exemplo diz tudo do que se passa em portugal sendo assim estar a mandar no futebol durante 30 anos temos de considerar que eh obra.

    ResponderEliminar
  9. Cada vez acredito mais que o Porto tem uma "Gag Clause" decorrente dos processos relativos ao Apito Dourado. Não vejo outra razão ou explicação para este silêncio conivente com a roubalheira de igreja a partir lá de Lisboa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O nosso presidente deve ter o rabo preso com alguma situação que não se conhece.
      "Olha que se falas muito, eu digo tudo o que sei"

      Eliminar
    2. Isso é o que eu mais temo.

      Eliminar
  10. Tudo correcto e evidente, mas para os papalvos que lêem esse pasquim ou nem isso (ficam-se pelas parangonas) é palha de primeira categoria.

    O que me surpreende verdadeiramente é o nosso silêncio, a nossa aparente inércia. Não é de todo normal e contrária a nossa história com PdC. Tem que haver um motivo muito forte. Mas qual?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que está na hora do FCP mudar de presidente. Já não é o mesmo de antes. Manter só por manter, poderá vir a ser prejudicial no futuro.

      Eliminar
  11. Não sou portista, mas reconheço muito mérito neste post.
    Excelente post, os meus parabéns pela qualidade.
    Espero que seja um "abre olhos".

    ResponderEliminar

De e para portistas, O Tribunal do Dragão é um espaço de opinião, defesa, crítica e análise ao FC Porto, que aborda a atualidade desportiva e financeira de clube e SAD, bem como do futebol português.

Quem confundir liberdade de expressão com injúria, insulto, mentira ou difamação não passará pelo lápis azul. Todo o spam será apagado. Comentários anónimos são susceptíveis de não serem publicados. Nicknames são permitidos.