terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Contratações ou reforços

Desviar jogadores de outros clubes não me dá prazer nenhum. Isso só são boas notícias se as contratações acabarem por render no FC Porto, e se em sentido inverso as alternativas encontradas pelo clube que foi ultrapassado não se revelarem melhores (o Sporting falhou Ghilas, em 2013, e foi buscar Slimani por um décimo do preço). O facto de Marega e José Sá terem sido cobiçados pelo Sporting não lhes retira nem acrescenta qualidade. O importante é o que o FC Porto ganha, não é o que o Sporting perde. Jorge Jesus também prometia fazer de Derley, contratado ao Marítimo em 2014, um grande matador no Benfica. Ser alvo de JJ não é sinónimo de qualidade.

Dito isto, a reação às contratações de José Sá e Marega para o FC Porto. São contratações que, neste momento, não deixam o FC Porto mais perto do título 2015-16, e que levantam dúvidas sobre se terão sequer espaço no plantel da próxima época.

O FC Porto ainda não revelou detalhes sobre o negócio, sobre o qual se levantam várias questões. O Marítimo pediu 5M€ pelos dois ao Sporting - o FC Porto aceitou pagar esses 5M€, ou será que foi ainda mais além? À imagem de Danilo Pereira, algum deles também foi dar primeiro um giro a Portimão? É isso que implica que Maurício, que estava emprestado pelo Portimonense ao FC Porto B (e que não revelou qualidades para ficar no FC Porto, diga-se), possa seguir para o Marítimo?

Começando por José Sá. É um guarda-redes que faz lembrar... Mika. Como assim? José Sá começou a ganhar popularidade por causa das suas exibições no Europeu de sub-21. Um pouco à imagem de Mika, que apareceu no futebol português pelo seu Mundial de sub-20. 

José Sá é o habitual suplente de Salin no Marítimo. Na última época jogou quase sempre na equipa B. Tem 23 anos e ainda não fez nenhuma época completa como titular numa equipa de primeira liga. É inexperiente e, apesar de os guarda-redes evoluírem sempre mais tarde, até ao momento não mostrou nenhum potencial acima da média na carreira - também porque ainda não foi aposta em nenhum lado com continuidade. Faz lembrar quando o FC Porto foi buscar Paulo Ribeiro a Setúbal.


O que pode José Sá dar, neste momento, que Gudiño não pode? É bom não esquecer que Gudiño é o guarda-redes mais caro da história do FC Porto, e também ele um jovem de tremendo potencial. Além disso, na equipa B o FC Porto tem Andorinha, que joga regularmente na seleção desde os sub-16 (José Sá só começou nos sub-20) e não joga mais por estar tapado por Gudiño. E é bom lembrar a afirmação de Diogo Costa, que é juvenil mas já é guarda-redes titularíssimo dos juniores.

Poderão lembrar, e bem, a idade de Helton e Casillas. Mas quem diz que com José Sá e Gudiño o FC Porto assegura o futuro esquece-se de um pormenor: o presente. José Sá não poderá nunca fazer parte do plantel do FC Porto, como opção válida para a titularidade, antes de fazer uma época completa como guarda-redes de primeira liga. O mesmo vale para Gudiño, mas Gudiño é quatro anos mais novo. Um deles estará muito provavelmente emprestado a outro clube em 2016-17, se não mesmo ambos. E já agora, o FC Porto tem emprestados Ricardo Nunes, Kadú, Andrés Fernández, Bolat e Fabiano a outros clubes - foi-se contratar mais um guarda-redes sem antes saber o que fazer ao excesso de guarda-redes nos quadros do clube.

Outra grande questão é perceber que tipo de evolução podem ter os nossos guarda-redes trabalhando com Daniel Correia. Não é Peseiro, nem sequer outro treinador principal quem vai ajudá-los a evoluir: o trabalho do treinador de guarda-redes é muito mais importante. Daniel Correia praticamente só trabalhou na equipa B do FC Porto, e nunca foi profissional. Levantam-se questões sobre se esta será a melhor solução para trabalhar os nossos jovens. Por outro lado, estando Helton perto do fim de carreira, por que não abordá-lo nesse sentido? É certo que Helton sente-se capaz de continuar a ser titular numa grande equipa, mas teria todas as valias profissionais, técnicas e pessoais para continuar ligado ao FC Porto.

Nem será de descartar a hipótese de José Sá ser já emprestado a outro clube, caso contrário vai estar ou meio ano sem jogar, ou a aparecer apenas esporadicamente na equipa B, onde já temos quatro guarda-redes (além de Gudiño, que é quem mais joga, há Andorinha, Caio e Filipe Ferreira). O melhor seria José Sá ser já cedido. 

Quanto a Marega... Há coisas que não se percebem. É forte fisicamente, é rápido. E está descrito Marega. Trata-se de um jogador sem escola, que há dois anos estava na terceira divisão francesa. Não é raro vermos jogadores que se afirmam um pouco mais tarde no futebol profissional (vejam o exemplo de Vardy em Inglaterra), mas a contratação de Marega parece estar muito longe daquilo que o FC Porto necessita.

Marega é um jogador muito limitado tecnicamente, o tipo de ponta-de-lança que funciona como referência para a bola longa, para as costas da defesa, e para o jogo aéreo. O FC Porto não costuma ser bem sucedido tendo pontas-de-lança deste perfil. Sem espaço, tal como Suk, tem muitas dificuldades. É certo que Marega pode jogar a partir de uma ala, mas também não tem a qualidade técnica que se possa pedir a um extremo do FC Porto. O FC Porto já contratou 3 jogadores no mercado de inverno e nenhum deles capacitado para pegar de estaca na equipa.

De facto, José Peseiro quer apostar num modelo de transição mais rápida, que é mais adequado a Marega do que o seria, por exemplo, o modelo de posse de Lopetegui. Por esse prisma, faz sentido. Por outro lado, Suk já é uma contratação dentro do mesmo perfil: bom a jogar em profundidade e com 40 metros à frente. Mas Suk ainda teve escola, ao contrário de Marega. Marega tem a valia física, é forte no jogo aéreo, o que poderia ser interessante se o FC Porto procurasse muitas vezes o ponta-de-lança na grande área. Mas custa a acreditar que possa ser essa a estratégia para o que resta da época. Uma coisa é transição rápida, outra é chuveirinho para o ponta-de-lança.

Se custasse um milhão de euros, o risco aceitava-se - mesmo sem o subscrever. Se Marega custa o triplo ou o quádruplo disto, parece ser um mau investimento, inoportuno e que levanta dúvidas sobre se conseguirá ter retorno desportivo a esse nível - ou sequer recuperar o dinheiro numa futura transferência. Dias felizes para Carlos Pereira, que faz o melhor negócio da história do Marítimo e que já deve ter estado mais longe de receber um Dragão de Ouro. Em menos de um ano já leva cerca de 8M€ de negócios com o FC Porto. Mais um bocado e têm o estádio pago.


A partir do momento em que começarem a treinar/jogar, estão sujeitos ao mesmo que qualquer outro futebolista do FC Porto: têm a obrigação de trabalhar ao máximo para evoluir, ter espaço nas opções de José Peseiro e ajudarem o clube a cumprir os seus objetivos. Falando especificamente de Marega, temos vários jogadores muito mais talentosos nos quadros do clube, mas a falta de humildade, de empenho e de disponibilidade para aprender impedem que sejam titulares no FC Porto. Se Marega vier com a atitude correta, já terá algo com que combater e colmatar as suas debilidades técnicas.

As expetativas sobre os jogadores, confesso, estão longe de ser as maiores, ou sequer positivas na relação qualidade/investimento. São contratações caras. Esperemos que cheguem a ser reforços. Que daí saiam boas surpresas. Até porque só podem surpreender pela positiva.

Boa sorte, Sá e Marega.

47 comentários:

  1. Oram nem mais! na mouche....central que é bom? chapéu....médio organizador? não há pilim...enfim! andam todos ás aranhas...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maritimo sempre foi bom a criar Maregas,derleys e Heldons...mas só rendem na ilha..assimq apanha o avião...zasssss.
      obgd PDC por teres levado estes 2

      Eliminar
  2. Eu acho que todos os jogadores podem render e ser úteis com o treinador certo e na equipa certa. Com o Lopetegui nem caviar vindo de Espanha acrescentava nada. O Tello vai-se embora e não deixa saudades, O Adrian Lopez só deixa prejuízo, o Osvaldo foi tipo vai-vem... Por incrível que pareça aqueles que ele trouxe e vão ficar por cá são as contratações que não tiveram impacto nos adeptos. Humildade e empenho acrescentam mais a uma equipa do que só estatuto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Casemiro? Óliver? Danilo jogou o dobro o ano passado, do que noutras épocas. Se os treinadores fossem analisados pelos flops de jogadores, Bobby Robson devia ter sido muito mau treinador, a avaliar por Walter Paz ou Mogrovejo.

      Eliminar
  3. Acho que já estamos na fase que está tudo mal e ninguém sabe o que anda a fazer... vamos com calma!

    ResponderEliminar
  4. Observações correctas. Onde mais se necessita de arranjos é de facto na defesa e no meio campo. Um bom central (tipo Otamendi). No meio campo um médio à João Moutinho. Herrera, Imbula, Sérgio Oliveira e Evandro vendam-nos e comprem um a sério.
    Abraço

    ResponderEliminar
  5. Será que estas contestações tiveram o aval de José Peseiro?

    ResponderEliminar
  6. Não sou tão pessimista com o Marega. É um jogador cujos pontos fortes fazem-me lembrar... Jackson. Encaremos, Jackson nunca foi nenhum portento da técnica.
    Tem remate fácil dentro e fora de área, força para aguentar e arrastar marcações e se aprender a jogar de costas para a baliza, tem tudo para ser um bom ponta de lança como o FC Porto normalmente usa. Precisa dum treinador que o ensine o lado táctico.


    AA

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Respeitosamente discordo. Se há coisa que Jackson tem, é técnica. Marcou golos deslumbrantes, especialmente na primeira época com Vitor Pereira. Pergunta ao Rui Patrício se o Jackson tem técnica ou não :)

      Eliminar
    2. o jackson e dos avancados mais tecnicistas que passou no nosso futebol

      Eliminar
    3. Diz que não tem técnica, no entanto Jackson conseguia receber a bola dentro de uma cabina telefónica, segurar, virar-se e distribuir ou seguir para a baliza. Explique-me como se faz isto? E já nem falo nas capacidades de finalização.

      Eliminar
  7. Sobre os guarda-redes: eu penso que o FC Porto está a precaver a possibilidade de não ter nem Helton nem Casillas na próxima época. Senão vejamos. Casillas veio para jogar a Champions e assim assegurar a presença no Euro 2016, que é este Verão. A presença na Champions foi parca, a época não lhe está a correr bem e o "seu" treinador foi embora. O que o motivará no FC Porto em 2016/2017 acima de uma experiência nos EUA?

    Helton, como já dito aqui várias vezes, não gosta de ser suplente. Se Casillas ficar, ele continua no banco. Mas mesmo que Casillas saia... o FC Porto vai entregar 2016/2017 a um guarda-redes de 38 anos? Não acredito. Portanto é bem provável que saia.

    A questão que se coloca é se José Sá, neste cenário, poderia assumir a baliza. Arriscado, mas temos de assumir que se foi contratado, é porque eventualmente vai jogar (e não desfilar equipamentos como o Ricardo Nunes ou nem sequer entrar no desfile, como Bolat).

    Sobre o Marega: claramente faltava-nos uma opção após a saída de Tello, mas vai tudo depender do modelo de jogo que Peseiro quiser implementar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se o Casillas for embora é um favor que faz. Helton idem. Mas para o seu lugar não contem com José Sá, então ele era suplente no Marítimo e passava a titular no FC Porto? Para isso tenho um amigo nas distritais que não se importava de ser suplente

      Eliminar
    2. Que experiência de 1ª liga tinham Vítor Baía e Rui Patrício quando assumiram as balizas de Porto e Sporting respetivamente? As apostas têm sempre um risco associado, como é óbvio.

      Eliminar
  8. Um defesa central de categoria é urgente e até agora nada.Com está defesa vamos ser humilhados em Dortmund, depois não digam que não avisei.

    ResponderEliminar
  9. Infelizmente as nossas vitórias agora traduzem-se em desviar jogadores do Sporting.

    Sinal dos tempos.

    Ainda vamos ver o Carlos Pereira, à semelhança do Vitor Serpa, na próxima gala dos Dragões de Ouro.

    De qualquer das formas e como são neste momento jogadores do FC Porto boa sorte para o José Sá e para o Marega.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Carlos Pereira até devia receber um Dragão de Ouro. Grande homem!

      Eliminar
  10. Honestamente não compreendo a contratação do Marega.

    Primeiramente do que tenho visto, acho que tem demasiadas limitações para fazer parte de um clube que tem a maior parte das vezes a posse. Depois como o caro já o disse, o nosso clube não é o Maritimo. Jogando num clube como nosso terá obrigatoriamente menos espaço para puder usar uma das suas boas armas, a velocidade. E já todos vimos o que acontece a este tipo de jogador. Se quiser ter sucesso no FC Porto vai sem duvidas ter que se diversificar e trabalhar tecnicamente porque senão não tenho duvidas que será um novo Sami, um Tello, um Djalma ou mesmo um Ghilas.

    O que também acho curioso vindo desta direção, é que se passe ao lado de um grande talento em 2013, jogador com qualidades atléticas mas que as alia também, ao contrario deste rapaz, a qualidades técnicas muito interessantes. Ainda é mais engraçado quando se sabe que este rapaz foi descartado porque segundo alguns não servia, para ir buscar jogadores como o Marega, o Hernani ou o Tello. Jogadores sem metade do seu talento. E vendo o que custaram esses jogadores nem se pode falar do aspecto financeiro.

    ResponderEliminar
  11. Ganhar ao Estoril? Esqueçam...Tiago Martins nomeado!
    Acorda FCP! porra

    ResponderEliminar
  12. É uma opinião respeitavel. Mas pergunto, será que a dita estrutura é assim tão burra, tão irresponsável? OK, isto não anda bem, o presidente só diz o que não interessa nada, mas estamos assim tão mal? Eu penso que se os contratamos é porque o Peseiro pensa poder rentabiliza-los. Vamos lá acreditar, nem que seja a fazer de conta, é que por este andar não precisamos de bloguers Portistas, basta comprarmos os jornais dos Prostíbulos lisbonenses...ás vezes, creiam, não devem existir diferenças.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro ega, aprecio sempre muito os seus comentários, mesmo embora possa discordar em um ou outro ponto. Pauta sempre a sua postura pela sensatez e pela racionalidade mas desta vez, em como nenhuma outra, deixe me agradecer lhe pelo comentário feito. Sem dúvida, uma lufada de positivismo numa atmosfera cada vez mais carregada de negativismo (diria até fatalismo).

      Obrigado
      Cumprimentos

      PL

      Eliminar
    2. Estou farto dessas histórias do Presidente a dizer que foi o treinador que pediu muitos certos jogadores...

      Só lhe fica mal e nós temos que fingir que acreditamos...

      Eliminar
  13. Será que os jogadores que vieram agora não terão sido utilizados para pagar o Danilo Pereira??

    ResponderEliminar
  14. Escrevi um comentário longo e de prosa rica mas era desnecessário.

    O xadrez para mim é outro:

    Peseiro vai implementar o seu 442 móvel, alguém do meio campo terá de sair. Danilo ou aprende a jogar com outro pivot ou o meio passa a pertencer a Herrera e Neves.

    Vamos ver Corona e Brahimi (et tu Bueno?) constantemente em espaços interiores. Faltava um jogador como Marega para arrastar marcações e dominar pelo ar, à imagem de Slimani e Cardozo nas equipas de Jesus. O homem do segundo poste é essencial neste modelo de jogo.

    Casillas findo o Euro faz as malas no espaço de uma época, Hélton não faz por menos e pendura as luvas passando à equipa técnica: ficam Sá com rodagem de 1a liga e Gudino idem em 2017-2018.

    Já quanto ao elefante na sala... Se Peseiro o reabilitar anímicamente, vamos ver Imbula a fazer de Pogba neste esquema táctico cobrindo a esquerda do meio campo a lembrar um ala, qual Herrera circa 2012 com Paulo Fonseca. Só que melhor. Muito melhor.

    ResponderEliminar
  15. realmente ate pode haver razao na descriçao mas entao quem eram slimani? jackson martinez?, mangala? joao mario?, cardoso?, deco?, derley? fernando?, etc etc etc, sao como os meloes as vezes sao bons outras vezes nao sao tao bons. Mas onde estao esses jogadores tao excecionais a 5M ou a 3M ou ate 10M, o imbula foram so 20M e nepia. E se viesse outro sr 20M e fizesse om mesmo de imbula? seera que o porto e o futebol portugues sao assim tao atrativos para craques de 20M? PENSO EU DE QUE.....

    ResponderEliminar
  16. Boas...!
    Reconheço desde já que algumas preocupações que o autor do "post" manifesta são lógicas e aceitáveis, mas...
    Relativamente às recentes aquisições, eu subscrevo quem escreveu isto:
    Eu acho que todos os jogadores podem render e ser úteis com o treinador certo e na equipa certa. Ou seja, bem treinados e orientados...!
    Também concordo com quem escreveu o seguinte comentário:
    Na mouche....central que é bom, chapéu...! Médio organizador precisa-se, mas não há pilim...enfim!

    Agora reflectindo sobre o que se passa no Sporting, chega-se à conclusão que JJ cujo discurso é medíocre, é no entanto um bom treinador de campo, e também muito bom a rentabilizar jogadores...! O homem está a fazer maravilhas com os mesmos jogadores que em épocas passadas não passavam de jogadores vulgaríssimos de lineu...!
    Proponho portanto que se aguarde para ver se José Peseiro tem "unhas para esta guitarra"... Claro está, que estou a torcer para que sim...!

    E por agora bem hajam todos os portistas incondicionais...!

    Armando Monteiro

    www.dragaoatentoiii.wordpress.com


    ResponderEliminar
  17. Boas...!
    Reconheço desde já que algumas preocupações que o autor do "post" manifesta são lógicas e aceitáveis, mas...
    Relativamente às recentes aquisições, eu subscrevo quem escreveu isto:
    Eu acho que todos os jogadores podem render e ser úteis com o treinador certo e na equipa certa. Ou seja, bem treinados e orientados...!
    Também concordo com quem escreveu o seguinte comentário:
    Na mouche....central que é bom, chapéu...! Médio organizador precisa-se, mas não há pilim...enfim!

    Agora reflectindo sobre o que se passa no Sporting, chega-se à conclusão que JJ cujo discurso é medíocre, é no entanto um bom treinador de campo, e também muito bom a rentabilizar jogadores...! O homem está a fazer maravilhas com os mesmos jogadores que em épocas passadas não passavam de jogadores vulgaríssimos de lineu...!
    Proponho portanto que se aguarde para ver se José Peseiro tem "unhas para esta guitarra"... Claro está, que estou a torcer para que sim...!

    E por agora bem hajam todos os portistas incondicionais...!

    Armando Monteiro

    www.dragaoatentoiii.wordpress.com


    ResponderEliminar
  18. Não são muitas a vezes que coloco as coisas nestes termos, em relação a Sá, é uma incógnita, apesar de a aceitar, quanto a Marega, total desacordo com esta opinião, o tempo esclarecerá.

    ResponderEliminar
  19. Concordo...

    Parece-me claramente que foi só para chatear o Sporting...no entanto, muitos adeptos deles agradeceram a gentileza.

    Já agora...Marega foi contratado para PL ou para extremo? Se é para PL...vamos jogar com 2 avançados?
    Espero que o clube saiba bem para que lugar foi contratado e que Peseiro já saiba em que modelo vai jogar.

    Continuo à espera do 4-4-2---não de 4 médios...mas o de 2 médios, 2 extremos e 2 avançados...tal como os rivais usam. Em Portugal é , muitas vezes , meio caminho andado.

    ResponderEliminar
  20. Penso que podera estar enganado em relacao a Suk. Acho que ainda vai surpreender muita gente. Precisa de oportunidades, assim como Bueno, e ainda podem ambos dar muitas coisas boas ao clube!
    Nota a parte, Sergio Oliveira parece que esta a comecar a ser mal amado pelos adeptos. Temos que ter alguma paciencia com ele. Lopetegui recusava se a dar lhe oportunidades porque o Sergio nao concordava com o modelo de jogo pouco vertical. Mas atencao que e um jogador com escola, inteligente em campo e jovem. Num modelo de jogo coerente, e acima de tudo com algum ritmo de jogo, tem tudo para vingar no Porto!

    ResponderEliminar
  21. Marega na ala e Brahimi a construir. Já só falta o central...

    ResponderEliminar
  22. Ridícula esta SAD. O plantel tem 2 carências EVIDENTES já desde o início da época: defesa-central e médio criativo. Tentou-se o Lucas Lima em desespero. Falhou. Não veio ninguém.

    5 meses depois contratam-se 2 pontas-de-lança de qualidade duvidosa para o FC Porto e um guarda-redes que tão cedo não terá lugar no nosso 11.

    Gestão simplesmente danosa....

    Para tornar tudo pior só faltava Diagne e Coates serem craques.

    ResponderEliminar
  23. Era ir buscar o André Martins que acaba contrato daqui a 5 meses e vai sair.

    ResponderEliminar
  24. Antes de contratar, há que saber se existem jogadores para essas posições.
    Conforme escrito em cima temos um excessivo nº de GRs e não sei onde é que isto irá parar.
    Mais complicações para uma posição onde são pedidos no máximo 4 GRs.
    Quanto a Marega, não irei comentar.

    ResponderEliminar
  25. Uma desgraça. Em vez de andarmos atrás das verdadeiras pérolas do mercado nacional como o Rafa e o Jota, andamos entretidos em desviar jogadores dos lagartos. Nomeação de Tiago Martins para o Estoril = silencio total.

    ResponderEliminar
  26. Já temos os 3 mais caros GRs a actuar em Portugal, temos mais 4 ou cinco emprestados e vem o suplente do Maritimo?
    Marega ?!?! se ao menos fosse uma perna do Jimmy Hasselbaink ainda entendia, mas... não sei.

    ResponderEliminar
  27. Em relação ao Sá acho que é um bom GR assim como o Gudiño, esta posição tem sido ocupada por jovens em muitas equipas da Europa, acho que o FCP não deve ser diferente. Lembrar ainda o caso do Baía que entrou na equipa com 18 anos quando o Mlynarczic se lesionou e nunca mais saio.

    ResponderEliminar
  28. Lembrar os mais jovens como o Baía chegou a baliza do FCP com 18 anos quando Mlynarczyk se lesionou e praticamente nunca mais de lá saio, varias equipas na Europa apostaram em GR´s jovens que tem tido muito sucesso, o FCP não deve ser diferente, o Sá e o Gudiño são excelentes GR´s e serão o futuro da baliza do clube. O Marega não vou dar opinião, pode dar como não.....

    ResponderEliminar
  29. Embora concorde que o José Sá poderá dar ao FCP algo de positivo, lembro que temos 5 (cinco!) GR emprestados... e mais Casillas, Helton e Gudino...não faz muito sentido. O Marega pode ser bom (assumindo que vem para o lugar do Tello), mas será que é melhor do que o Kelvin, Ivo Rodrigues, Ricardo Pereira, Hernani, Ghilas...é que estes continuam emprestados e custaram alguns milhões..

    ResponderEliminar
  30. Penso que se está a esquecer que no último mês sairam Osvaldo e Tello, entrando para os seus lugares Suk e Marega. Do ponto de vista do equilíbrio do plantel para o presente e imediato, parece fazer sentido. Se têm ou não qualidade suficiente para vestir a nossa camisola, isso será outra questão. Serem piores do que os antecessores é difícil. Convém primeiro deixá-los jogar, antes de fazer juízos finais. Até porque, do que tenho visto, neste momento preferia muito mais Suk a titular, do que Aboubakar.

    Quanto a José Sá, aparentemente parece uma contratação sem sentido, tendo em conta o excesso de jogadores para esta posição. Acreditemos que já se está a trabalhar a próxima época.

    Não faz grande sentido falar em contratar um novo médio ofensivo, quando já temos nos nossos quadros um jogador capaz de suprimir essa posição. Falo obviamente de Otávio. Qualquer contratação seria retirar espaço a este jogador, o qual nos custa dinheiro, e que parece mostrar capacidades acima da média.

    Quanto a central, penso ser primeira, segunda, terceira, quarta... milionésima prioridade. Primeiro, porque só temos 3 centrais actualmente no plantel, segundo porque necessitamos urgentemente de qualidade no sector.

    ResponderEliminar
  31. Será que ainda ninguém reparou no guarda redes do Vitória de Guimarães.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, para mim esse é muito mais promissor.

      Eliminar
    2. Esse é que era bem contratado! Talvez no final da época ainda se vá a tempo!

      Eliminar
  32. O Porto está a precisar de uma limpeza de balneário. O Varela nunca devia ter voltado. Ninguém o quis e ele foi forçado a regressar à base. Esta equipa do Porto mete-me nojo! Preferia ver o Porto perder com os putos da B a darem tudo em campo do que com este mete-nojo a arrastarem-se em campo.

    ResponderEliminar
  33. Meu caro, deixe-me que lhe diga que ao ler este texto me quer parecer que tudo é mau, tudo está mal, as pessoas são todas imberbes e ígnaras, que não percebem nada de futebol e que os outros são incomensuravelmente superiores e melhores. Então não houve um guarda-redes que saiu dos juniores do F.C.Porto directo para a equipa principal e titular??!! Pergunte a Artur Jorge ou a Vítor Baía e talvez encontre alguma resposta...Qual é o problema de sair directamente para a equipa titular? O Manuel Neuer pegou de estaca no Schalke passando directamente dos juniores para a equipa principal. Meu caro, tendo valor, é para lançar e sem traumas, sem medos!! Sobre o que expressou relativamente a José Sá apenas relembro disto, todos os guarda-redes que foram os melhores do Europeu de Esperanças ou sub-21 são ou foram guarda-redes do Top Mundial..."só" todos!! Portanto, embora isto não justifique tudo, pelo menos deveria valer dos portistas um benefício da dúvida...É verdade que temos muitos guarda-redes mas foi preciso ir buscar o Casillas para passarmos a ter um guarda-redes seguro e que desse confiança (o que não quer dizer que também não possa falhar...), ou seja, tínhamos e temos muitos mas se calhar não muito bons...contudo, confesso que com jovens de elevadíssimo potencial como Gudiño, José Sá e Diogo Costa, o futuro está garantido, é só preciso que os adeptos tenham inteligência e um bocado de paciência. Já concordo consigo no treinador de guarda-redes que, sobretudo, para quem está em formação é fundamental. Aí, se calhar seria melhor ir buscar algum consagrado ou então alguém que se esteja a revelar em equipas técnicas de sucesso. Para mim, José Sá só tem que confiar em si próprio e ter tranquilidade, gosto dele e fez-me lembrar no Euro o Buffon, melhor elogio do que este é impossível fazer-lhe. Quanto ao Marega, desde logo, depois da saída do Tello era imperioso contratar um substituto. Considero que Marega é melhor na ala mas também jogou bem no Marítimo num sistema com 2 avançados. Dêem tempo ao tempo e deixem o treinador e os jogadores trabalharem com calma e consistência. Só precisam de ganhar 3 ou 4 jogos seguidos e passam todos a ser novamente os melhores do Mundo...é assim o futebol!! Finalmente, central, vamos ter e é um craque. Não é barato mas vai valer a espera. Deixem que o negócio se feche, depois falamos...

    ResponderEliminar

De e para portistas, O Tribunal do Dragão é um espaço de opinião, defesa, crítica e análise ao FC Porto, que aborda a atualidade desportiva e financeira de clube e SAD, bem como do futebol português.

Quem confundir liberdade de expressão com injúria, insulto, mentira ou difamação não passará pelo lápis azul. Todo o spam será apagado. Comentários anónimos são susceptíveis de não serem publicados. Nicknames são permitidos.