segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Culpas e responsabilidades

Não há adepto do FC Porto que perdoe um jogador que não dá tudo. Se não mete o pé ou não puxa mais um bocado no sprint, não é perdoado. Porque todos os adeptos exigem que cada jogador faça o que está ao seu alcance para ajudar o FC Porto a vencer. Se fazemos essa exigência aos jogadores, não era de esperar menos face à exigência perante a administração da SAD.

Começando por aqui: o caso das prendas ilegais do Benfica às equipas de arbitragem. Este caso foi descaradamente arquivado pela Liga, mesmo quando os regulamentos estão chapados e aos olhos de qualquer pessoa. Mas a lavagem pública que foi feita levou muita gente, inclusive portistas, a aceitar este desfecho com naturalidade. 

Culpas e responsabilidades
Inaceitável. Veja-se lá que a comissão de inquérito foi perguntar aos árbitros se eles se sentiam pressionados ou coagidos. Isto é um gozo! Nos regulamentos, o que é punível não é o sentimento dos árbitros: é a oferta de prendas de valor comercial. Não interessa o sentimento do árbitro, o que é ilegal foi a prática do Benfica - que aparentemente deixou de entregar os seus kits (se não havia nada incriminatório, por que deixar de os entregar?). Vítor Pereira mentiu, em defesa do seu clube (por seu, entenda-se o único clube que o segura na instância da arbitragem), e o Benfica só teve que esperar que o caso chegasse a este desfecho.

Que fez o FC Porto perante tudo isto? Nada. Ficou calado, sem uma única reação. Mas porquê? Ficar em silêncio perante isto é a mesma coisa que o Maicon parar de correr, que o Herrera falhar um passe e o Varela perder a bola: é uma gestão que não faz tudo o que está ao seu alcance para ganhar. Indiferença? Reféns de alguma coisa? Ou estratégia? Nada o justifica.

Na perspetiva de um dirigente do FC Porto, não pode haver maior vergonha de que esta: Bruno de Carvalho, indiretamente, fez mais pela defesa do FC Porto neste processo do que todos os dirigentes do FC Porto juntos (o FC Porto é que foi 2º classificado em 2014-15, não foi o Sporting, logo, sem o colinho descarado, o campeão seria o FC Porto) . Não há como aceitar isto.

Sabe-se lá porquê, alguns portistas meteram na cabeça, e cultivaram essa ideia, que o FC Porto tinha que ganhar 34 jogos em 34 jornadas. Como se isso existisse, como se isso fosse possível. Todas as equipas perdem pontos todos os anos, e perdem sempre em jogos teoricamente mais acessíveis; o que não foi normal foi o camião de pontos que o Benfica garantiu à boleia de erros de arbitragens sempre em prejuízo dos seus adversários. 

E perante isto, que fez o FC Porto? Nada. Aliás, despediu a única pessoa, por mais ou menos valias que tenha tido, a contestar todo o desenrolar da última época.

E com isto chegamos ao jogo com o Arouca. Uma equipa que perde em casa com o Arouca não pode ser campeã, como é natural. Não se sabe bem porquê (ou talvez sim), mas gerou-se por aqui um mini-motim nos últimos dias na caixa de comentários. Porque o FC Porto tinha ganho ao Estoril e ao Gil Vicente, e tinha contratado Peseiro, Marega e Suk no mercado de inverno, logo não se podia criticar nada de nada. Ora foda-se. Que FC Porto é este que acha que os seus problemas foram resolvidos por ganhar dois jogos ao Estoril e ao Gil Vicente!?

O erro do auxiliar de Rui Costa (e não é que o FC Porto não mete nome ao sujeito!?) prejudicou gravemente o FC Porto. O problema é que este não é um erro de arbitragem isolado. Acontece na jornada que antecede a visita do FC Porto à Luz. Vamos a seis pontos, podemos sair de lá a nove. A luta pelo título já está longe para o FC Porto, mas até o acesso à Liga dos Campeões já está em causa (e que grande rombo financeiro será falhar o apuramento). E este erro de arbitragem é apenas mais um dos muitos que se acumularam nos últimos tempos, sem que o FC Porto o combatesse declaradamente. 

Todos gozam com o circo que o Sporting montou. Protestam sem razão, preparam comentadores para os espaços televisivos, montaram uma máquina de propaganda similar à célebre do Benfica e fazem o papel de eternos coitadinhos e vítimas. E sabem o que é que também estão a fazer? Tudo o que está ao seu alcance para serem campeões! E a verdade é que podem, à 21ª jornada, ficar já com praticamente irrecuperáveis 8 pontos de avanço sobre o FC Porto, e vergonhosos 11 na jornada seguinte. O Sporting, porra! O Sporting!

Veja-se lá que até meteram Cosme Machado a admitir publicamente um erro de arbitragem, violando a alínea G, do artigo 19 do do subtítulo II do regulamento de arbitragem. Alguém acredita que agora vamos ver o árbitro auxiliar (vá, metam nome ao sujeito) dar uma entrevista a assumir que prejudicou o FC Porto? Veja-se a diferença de tratamento que será feita.

E agora, voltamos a fazer uma piadinha no Dragões Diário e depois volta tudo a esperar que José Peseiro faça o milagre? Esta reação do Dragões Diário é novamente de um amadorismo que não tem descrição. Por acaso viram o árbitro Rui Costa a levantar a bandeirinha quando Brahimi marcou? Não? Pois não, pois quem assinala os fora-de-jogo não é o árbitro principal, é o auxiliar. E o FC Porto achou que o interessante era realçar o parentesco entre Rui Costa e Paulo Costa, nem sequer metendo nome ao responsável pela perda de pontos do FC Porto. Volvidos quase dois anos, tempo de fazer um balanço: que anda Manuel Tavares a fazer no clube? Que política de comunicação é esta levado a cabo desde a sua chegada ao FC Porto? Mudanças, para ontem!

Quanto a José Peseiro, não vale a pena tecer críticas ao jogo de ontem. Se tiver sucesso no FC Porto, é um herói. Se não tiver, quem assumiu a aposta nele só tem que se responsabilizar pelo sucedido. Porque quem, através da análise feita nos últimos 10 anos, julgou que encontrou em José Peseiro o homem para esta «missão impossível» no FC Porto só pode ter uma justificação muito boa.

Culpas e responsabilidades
Além de trazermos um treinador sem o hábito de lutar por títulos (atravessamos uma fase em que é necessário um treinador que faça do FC Porto campeão, não um treinador que venha para o FC Porto para ser campeão - são coisas diferentes), o FC Porto consegue a proeza de sair do mercado de inverno mais fragilizado do que quando começou o mês de janeiro. Todos sabem que as equipas de José Peseiro mostravam-se muito frágeis no momento de transição defensiva. Ok, alguém achou que era no FC Porto que isso ia mudar. Mas além disso saem do mercado de inverno sem uma única tentativa de reforço do setor.

José Peseiro também não tem culpa que Ángel comece o jogo a dormir, que Casillas não saia da baliza, que Indi não ganhe uma bola de cabeça e que Maicon tenha tido mais uma paragem cerebral. É um treinador que sempre teve dificuldades em preparar as suas equipas defensivamente, mas que culpa pode ter um treinador perante estes erros individuais? E que culpa tem o treinador que vê a sua equipa ter um golo mal anulado? Discutam o que quiserem, mas não será por Peseiro que o FC Porto deixará de ser campeão; tal como, cruel realidade, dificilmente será com ele que algum dia o será. Pelo menos não esta época, onde não houve tempo para preparar uma equipa com pré-temporada e devido reforço do plantel.

O FC Porto manteve a aposta assumida de que ia lutar para ser campeão e sai do mercado de inverno com Suk e Marega. Não vale a pena continuar a criticar as contratações, porque já estão feitas e são estes que sobram para ir à luta, mas sinceramente que esperavam? Quem achou que era com Peseiro, Suk e Marega que o FC Porto ia passar do 3º lugar para o título?

E se o FC Porto não conseguir um bom resultado na Luz e for eliminado pelo Dortmund? Também se faz o funeral a José Peseiro ou começa-se, finalmente, a perceber que o problema vai muito além do treinador? Não tarda e o cemitério de treinadores, que ficava mais a sul, muda-se de vez para norte.

Considerem-se estes os «Machados» a atribuir pelo jogo de ontem. «Bonés» nem um, nem sequer um chapéuzito. Podemos alegar que o FC Porto construiu oportunidades de golo, atacou, tentou, e teve um golo mal anulado que mudou toda a história do jogo. Mas de que nos podemos verdadeiramente queixar se Bracalli acaba o jogo com menos defesas do que Casillas?

Esta administração vai ser reeleita dentro de dois meses (Pinto da Costa, na última entrevista que deu, nem sabia ao certo quando eram as eleições), e para um mandato de 4 anos inédito da história do FC Porto. Mas em vésperas de eleições, desejava-se uma postura bem diferente para esta fase débil do FC Porto. Em vésperas de eleições, o máximo que esta administração conseguiu garantir para lutar pelo título foi contratar José Peseiro (isto não é uma crítica ao treinador, é simplesmente questionar o que fez nos últimos 10 anos para merecer receber um telefonema de Pinto da Costa logo após o empate com  Rio Ave...), o 13º guarda-redes com contrato profissional, tornar Marega o jogador mais caro da história de um clube português insular e contratar Suk.

Culpas e responsabilidades
Uma vez mais: Pinto da Costa vai ser reeleito, mantendo a atual administração. E é exatamente por isso que esta exigência é aqui clamada. É por isso que há críticas sempre de sentido construtivo. É por isso que se questionam negócios ou apresentam-se sugestões: porque esta administração vai ficar veiculada ao FC Porto durante mais 4 anos. E de certeza que nenhum adepto do FC Porto quer que os próximos 4 anos sejam um filme dos últimos três. É por isso que este espaço não é de luas, de achar que quando se ganha ao Gil Vicente está tudo bem e que quando se perde com o Arouca está tudo mal. Mas quando se perde com o Arouca, podem ter a certeza de que há muita coisa que está mal. 

Pinto da Costa tem uma remuneração fixa de 520 mil euros. Reinaldo Teles, Adelino Caldeira e Fernando Gomes de 287 mil euros (o salário de Antero Henrique não é conhecido, por não ser administrador). Todo o portista tem o direito de exigir que, perante as condições de que usufruem, os dirigentes lutem cada dia, cada segundo pela defesa dos interesses do FC Porto. Não é ficar calado à espera de encontrar um treinador que engate e que camufle os problemas da equipa.

Não podemos viver de memórias de há 25 anos atrás. Não podemos desculpar o presente com base na gratidão pelo passado. O passado é grandioso, intocável, eterno. Mas chega um dia em que o passado já não é mais do que... passado. Se o presidente dos últimos 3 anos se chamasse Joaquim, de certeza que os sócios pensariam duas vezes antes de elegê-lo para os próximos quatro anos, pois é impossível ficar satisfeito com o desenrolar das últimas três épocas. Temos que pensar nos próximos 4 anos, não nos últimos 30, pois o FC Porto é um clube de futuro, não de passado.

Pinto da Costa, Antero Henrique e Fernando Gomes, sem esquecer a restante administração, são e continuarão a ser os dirigentes que carregam as expetativas de centenas de milhares de adeptos, muitos deles que continuam a confiar cegamente nesta administração e a achar que a culpa é sempre ou do treinador, ou do jogador, ou do árbitro. Precisamos de uma administração que mereça ficar no FC Porto pelo que faz no presente e pelo que planeia para o futuro, não pelo que fez no passado.

Queremos mais e melhor. Isto não é pedir uma nova administração: é exigir mais de quem cá está e de quem cá vai continuar independentemente do que faça!

58 comentários:

  1. li num blog sportinguista o seguinte, escrito por, pasme-se, um sportinguista acerca das estrategias de comunicacao dos 3 grandes:

    "Já o Porto, não consigo compreender, sinceramente . Parecem estar amarrados e com a boca tapada. Não sei se será cansaço da estrutura ou qualquer tipo de dependência que não os permite falar, mas na verdade, há muito tempo que deixei de vislumbrar qualquer tipo de estratégia.
    Lopetegui foi deixado sozinho neste ano e meio. Não quiseram luta com o benfica durante o ano passado. E este ano parece que seguem pelo mesmo caminho. Estão à parte de tudo o que se passa. Ocasionalmente manifestam-se.
    Para quem conheceu o porto nos últimos 20/30 anos, não deixa de ser muito estranho estes últimos 2 anos."

    pergunto eu: pq este silencio? alguma especie de acordo do estilo, ficam caladinhos, nao vao dentro, e deixamo vos continuar a mamar?
    e' que naos e percebe....
    luis pais

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. não foi só nas duas últimas épocas. Paulo Fonseca também foi deixado sozinho, Vítor Pereira idem aspas.
      desde a magnifica época de 2010/11 tem sido sempre a descer sendo que Vítor Pereira teve a arte e o engenho de contornar isso e foi campeão duas vezes.

      Eliminar
    2. Ficam sozinhos porque a SAD não tem tempo para os atender.
      Está a trabalhar na Lista de Atribuição dos Dragões de Ouro em 2016.

      Eliminar
  2. Bonés para layun. 520 mil euros mensais? Sendo assim para além de presidente deveria ser também treinador,adjunto,massagista,jogador.

    ResponderEliminar
  3. E fica tudo dito...e já agora, não ficava nada mal que o Antero deixasse de passar tanto tempo agarrado ao fdp do telemovel e mais tempo a ver o jogo e a berrar com quem tem de berrar. Que deixe os negócios particulares para depois do expediente, que ele ainda é (por enquanto) empregado do FCP. Assim como não ficava nada mal ao Presidente, ir ao balneário e explicar a certa gente o que verdadeiramente é o FCP (caso ainda o saiba, claro). Em relação á "comunicação oficial) do clube, é neste momento um deserto...caro que se farta, mas um deserto.

    ResponderEliminar
  4. Quando ligo a TV aos 60min, vejo o Maicon a fazer aquilo e a sair com o jogo a decorrer, sim, com o jogo a decorrer!!?? Mas está tudo louco? Isto é super gravíssimo!
    Logo a seguir vejo Brahimi a sair, oi? Brahimi?? Para meter Marega.. mas pronto, tudo certo.. menos para brahimi que atirou com o casaco, esbracejou etc..
    E eu sou do tempo em que estas coisas só aconteciam nos clubes de Lisboa.
    Algo vai mal, e começa lá em cima..

    ResponderEliminar
  5. Caro editor do TdD

    Excelente post naquilo que contém mas que fica aquém do que se exige nesta altura. Tanta clarividência e assertividade não se pode resignar a aceitar o mais do que provável desfecho eleitoral. Não, mesmo antecipando-o, nenhum portista esclarecido pode baixar os braços perante a falta de projectos alternativos para o clube. Não pode o realismo amordaçar o nosso idealismo!

    Repito o que já hoje escrevi: está na altura de os portistas voltarem a pegar nas rédeas do nosso destino. E nós, enquanto escribas da nação, teremos um papel a desempenhar.

    Aproxima-se o momento de tomar posição e assumir o que for necessário a bem do clube.

    Tem algum email para continuar este assunto em privado? O meu: lapisazulebranco@gmail.com


    Abraço portista,

    LAeB : Do Porto com Amor

    ResponderEliminar
  6. Ora pois claro. Eu juro, juro que não entendo como é que há adeptos que continuam tão cegos relativamente ao trabalho desta direcção. Não percebo como não entendem o que se está a passar. Acho que, neste momento, o passado já é mesmo passado, porque este FC Porto já não é o mesmo dos últimos 30 anos. E, nesta fase, tenho mais medo de uma direcção COM Pinto da Costa do que uma direcção SEM ele - não quero com isto dizer que a culpa é toda dele, mas ele sabe perfeitamente quem o rodeia e o que se passa, e não tem a menor das intenções de mudar nada, ao que parece.
    Eu fui a favor da saída de Lopetegui, porque nada estava a funcionar (não há culpa da direcção num treinador que não consegue motivar os jogadores nem fazer passar a sua mensagem). Mas é demasiado evidente que os males não estavam centrados nele. E é demasiado evidente que alguém que chegou a Portugal e demonstrou claras faltas de conhecimento do futebol português tinha de ser cilindrado pela imprensa, quando se percebeu que era o único membro do FC Porto que estava a tentar defender publicamente o clube da vergonha que foi o ano passado.
    Por muito triste que seja, parece que já não conheço o meu clube.

    ResponderEliminar
  7. Depois de uma derrota é fácil falar. E se juntarmos as remunerações da administração o êxito é garantido. Só tem um problema... Ultimamente o portal demonstra ter alterado a sua política. Mais do que apoiar, parece ter um objetivo - as eleições. E que tal alguém candidatar-se contra PdC? Se a Administração é assim tão má e o amor ao clube é tão grande, porque não?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh Rui, o problema é mesmo esse, as vitórias disfarçam tudo ou quase tudo. Por exp., não me interessa nada saber quanto ganham os administradores, se há comissionistas, se empregam a filha do Presidente, ou do outro dirigente, desde que não ponham em cheque o futuro do clube, o defendam até "á morte" e nos dêem títulos. Sabe-se ser impossível ganhar sempre, mas quando se entra no desleixo - absolutamente evidente - não há remédio nenhum a evitar vir ao de cima todos estes podres. Acha compreensível esta ausência de protesto (lembre-se da época passada não sermos campeões por pura corrupção vermelha) a que estamos votados há um par de anos? Quanto ao putativo candidato a poder desafiar em quem sempre votei e apoiei...é um drama, pois até poderia ir, mas não quer perder e não tem a humildade de pelo menos aparecer, perder por 1000, mas ter a CORAGEM de denunciar. Por último, peço-lhe desculpa por este "relatorio" todo, mas não vislumbro em PC vontade de perceber o que o rodeia.

      Eliminar
    2. Caro Rui Basto, já tentou alguma vez, numa assembleia geral, "remar contra a maré"....?

      Eliminar

    3. Ontem, o árbitro anulou um golo limpo ao FCP que mudaria por completo o jogo. Estou disponível para insultar o presidente do Clube e da SAD por isto, mas preciso de perceber porquê. É porquê?
      No inicio da época tínhamos um belo plantel. Ou não tínhamos? Ainda não está muito claro para mim se acham que sim ou que não. Eu disse que sim. E mantenho. Mas parece que não. Ou sim. Tínhamos? Ou é melhor assobiar já o próximo jogo?
      Onde deveria o NGP aparecer amiúde para desmascarar a roubalheira que por aí vai e que nos tem impedido de ganhar? Ou não tem? Tem? Se tem, a culpa dele é não pagar mais que os outros? Ou não aparecer a apontar o dedo? E aparecer onde? A assobiar ou em verso?
      Estamos a saque? Entregues às negociatas do filho pródigo? O que se prova pelo erro do Maicon ontem? Caso não seja por isso, está onde a prova? O indício, vá.
      Ou estamos antes encomendados à Doyen? Ou somos uma gaja em condições e vamos prá cama com quem nos dá na real gana? E o que ganha PdC com isso? Campeonatos não tem sido.
      Em 30 anos o FCP ganhou mais do que nas décadas anteriores todas juntas. Fez-se um grande da Europa e do Mundo, às vezes até de Portugal. Com PdC. Porque é que 3 anos são mais significativos que 30?
      PdC está velho, senil e sem vontade? Deve sair? Não vale responder "Não, mas...", nem "Sim, porém...". Sim? Não? Vão votar? Em quem?
      Poderá ser - mera hipótese académica para fecharmos isto num numero par - que as opiniões mudem se, por alguma arte mágica - como por exemplo não substituir o Brahimi quando ele está a jogar bem - ganharmos no galinheiro e depois aos lagartitos do Campo Grande e a todos os que aparecerem pelo meio, incluindo Nazis?

      Eliminar
  8. Artigo absolutamente indispensável para leitura de qualquer portista com 2 dedos de testa. Faço meus estes pensamentos/preocupações/análises. Uma vez mais, parabéns, TdT.

    ResponderEliminar
  9. Peseiro para mim é o menor dos culpados chega e pega numa equipa de rastos e consegue 2 vitórias algo que sinceramente não esperava, a equipa claramente joga melhor mas parece-me que há jogadores em claro sub rendimento e outros que pura e simplesmente não tem categoria para o fcp: Maicon, Indi, Angel, Herrera ( se bem que melhorou com Peseiro), Aboubakar ( falha 10 e marca 1),Corona,Varela, Marcano. Enfim demasiados jogadores maus, a a maior parte contratada a pedido de Lopetegui...

    A época está perdida há muito e sim é muito estranho o silêncio do FCP perante tal cozinho.

    Temos de preparar a nova época com cabeça tronco e membros e na minha opinião Peseiro merece uma oportunidade de começar uma época como treinador principal.

    ResponderEliminar
  10. É o fim de um "reinado".. e infelizmente para nós portistas é um fim triste mas igual a qualquer reinado que reza a historia mundial.. e como a "máquina" está muito bem montada ao ponto de nem sequer haver uma viva alma capaz de se apresentar como oposição, apenas nos resta assistir (em sofrimento) ao fim deste "reinado".. é uma caminhada do que se imaginam ser 4 longos anos. Resta apenas esperar que quando esta Era terminar não sejam necessários outros tantos anos para reparar todos os danos internos e colaterais que quem vier irá herdar..

    ResponderEliminar
  11. Respostas
    1. Boa tarde e nao ha ninguem que preencha os requisitos pra se candidatar apenas para provar e mostrar o que esta de errado .?
      Caramba as assinaturas arranja se facil ou toda a gente fala e ninguem tem tomates para fazer frente.? Infelizmente so tenho 25 anos e nao sou socio se nao tentava e o pouco direito de antena tudo o que acho que ta mal iria vir ao de cima

      Eliminar
  12. Parece ser uma gag order - "Deixem-se estar caladinhos senão..."

    ResponderEliminar
  13. Artigo fantástico, mas não posso deixar para segundo plano o que fez Maicon: se não leva com um processo em cima, se não pede desculpas públicas, se continua a vestir a nossa camisola como se nada fosse, pior ainda se continua com a braçadeira de capitão, então não é preciso ir mais longe: estamos no fundo dos fundos.

    A mim não me interessa se temos de fazer a segunda volta com a dupla de centrais da equipa B, há princípios e valores que têm de ser respeitados. Ou então vale tudo: o Casillas no próximo jogo sofre um frango, amua e abandona o jogo calmamente. Qual o problema?

    ResponderEliminar
  14. Esta palhaçada não tem fim à vista e avizinha-se novo capítulo na sexta. Os jogadores não correm, o banco é miserável. A sad continua a dormir, como é possível? O Sporting por um erro de arbitragem faz trinta por uma linha, pede a exclusão do árbitro que vem assumir o erro. O Porto desde o ano passado que deixa andar estes vergonhas. É tudo uma vergonha, desde dirigentes a jogadores. Não me importo de perder, importo-me de perder e não dar luta, de desistir, de ver isto, estes jogadores fracos, estes treinadores mediocres, esta direção acabada. Que vergonha.

    ResponderEliminar
  15. Não massacrar o Maicon pelo que fez (este, ao contrário do Pintinho, nem sequer passado vitorioso tem), é dar razão ao que a direcção tem feito. Não ver o Maicon a treinar sozinho ou na equipa B, demonstra bem o estado de degredo em que se encontra o meu clube que, por muito menos, emprestou o JCosta por meio ano. Já encostamos jogadores importantes para a equipa A e agora não vamos encostar um que é só um tipo com cabedal que sabe dar uns chutos (e mal!) na bola?!

    De resto, já foi dito aqui, fora os portugueses e os laterais, ia tudo embora, TUDO! Jogadores horríveis, com a mania que são vedetas. Mais, não consigo perceber a atitude do "não vamos lá com Maregas e Suks", não? Porquê? Porque o Suk vai a cada bola como se dependesse da vida? Quantos jogadores há na história do FCP que não eram nada nem ninguém, até chegar ao clube? Querem mais brahimis? Tenho saudades de um FCP com um mágico e 10 trabalhadores e não o contrário.

    Tenho pena que não haja coragem para mais ninguém se candidatar, por mim, perdiam já as eleições (os do costume). Não vivo do passado e andei ano após ano a ouvir os nossos adeptos da treta a ridicularizarem "os outros" por viverem do passado e agora são os próprios a fazerem a figurinha do costume.

    Sou adepto do FCP e não de nenhum lopetegui, peseiro, pintinho, antero e o raio que os parta. Agora, enquanto não vir mão pesada no Maicon, serei o 1º a desejar mal a muita gente no meu próprio clube (mas que isso não implique que o FCP continue a ganhar).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dessa eu gostei. Um mágico e dez trabalhadores, nem mais.

      Eliminar
    2. Curiosamente na época que fomos mais avassaladores (AVB) tinhamos não 1 mas 4 mágicos - Hulk, Falcao, Moutinho e Fernando (e James quando jogava).

      Eliminar
  16. Algo tem de mudar. Penso que o maior obstáculo à mudança é o medo que se instala na mente de todos nós, associados do FCP, que a anarquia que se seguirá à queda desta direcção seja pior do que o que de pior esta direcção possa fazer nos próximos 4 anos. Não vão faltar Lobos na pele de Cordeiros e Abutres para comer os restos, o importante é que os associados não sejam enganados principalmente por alguma Comunicação Social que só nos quer derrubar

    ResponderEliminar
  17. Pessoal ou fazemos boicote ao FCP, ou então nada vai mudar ja xegaaaaaaaaaaa !!!!!! está na altura de nao aparecer no estádio a verdade é esta, eles acham-se donos do clube então enforquem-se com ele !!!!!!!

    ResponderEliminar
  18. 100% de acordo com o post. Mais pertinente e adequado não podia ser!

    Ventos de mudança precisam-se...

    ResponderEliminar

  19. infelizmente para nós, um texto fantástico e uma prosa para se ler com muita atenção (e consternação e preocupação)...

    abr@ço
    Miguel | Tomo III

    ResponderEliminar
  20. concordo, a soluçao e votar branco ou nulo e assim PC perceber que afinal os socios ja nao estao assim tanto com ele.

    ResponderEliminar
  21. a peseiro so desejo a melhor sorte do mundo porque e boa pessoa, honesta e trabalhadora e porque merece, nao tinhamos jogadores para o tipo de jogo de popetegui e nao temos para o tipo de jogo de peseiro, acredito que em portugal basta atacar, atacar em 85% dos jogos e que podemos sofrer 2 que marcamos sempre 4 ou 5 mas e prexciso marcalos. Peseiro nao pode ser um gajo porreiro, abou nao marca banco, brahimi nao se adapta ao estilo de jogo fora, e outros assim, na equipa B existem jogadores que fazem mais do que muitos dos que eastao na equipa A. Se correram com um treinador o que vem a seguir nao pode pensar que esta tudo bem e que basta manter os mesmos jogadores, nao basta, nao acredito em jogadores mexicanos porque nao sao raçudos, O MAL ESTA DENTRO DO CLUBE E PROVAVELMENTE EN CALDEIRA E ANTERO , Pinto da Costa ja nao manda o que devia mandar e tem de se aguentar com estes 2 e mais o teles, nao da para refrescar A SAIR SAIRAO TODOS. hA 5 ANOS QUE SO FAZEM ASNEIRAS, ALGO DEVE EFETIVAMENTE ACONTECER , TEM A PALAVRA OS SOCIOS.

    ResponderEliminar
  22. Boa tarde, TdD e caros leitores,

    desde o apito dourado que me parece que o FCP começou a "falar mais baixinho", caso contrário haveria sérias consequências; na minha opinião, é claro que o clube está refém de alguma coisa.

    Quanto à direcção, sempre seguiu este modelo, ou seja, em primeiro lugar os interesses dos administradores e "amigos" e só depois os do clube. Com a falta de resultados positivos, esta situação atingiu proporcões escandalosas. Por este motivo, esta ideologia que é seguida no FCP há muito tempo e não apenas nos últimos três anos, o clube não apresenta evolução, simplesmente estagnou. A imagem do clube é fracamente potencializada também...
    Sou a favor de eleições para remover os parasitas que vivem literalmente às custas dos sócios, adeptos e clube e para a implementação de uma nova estratégia. Mas ninguém se candidata... haja coragem! Nem que seja só para colocar em sentido a actual administração!

    Quanto ao jogo, o Rafa foi emprestado para ficar J. Ángel, jogador que a defender é fraco e a atacar só faz cruzamentos, cruzamentos e mais cruzamentos... com a agravante de que a maior parte deles é mal efectuado. Quanto a Maicon, se está mal mentalmente (a lesão foi uma treta), se não tem qualidade para ser titular, não pode jogar! Há jogadores que esperam oportunidades, se não na equipa principal, na b!

    Em relação a Peseiro, acho que tirar o Brahimi, foi o maior erro. Estava a ser dos melhores em campo juntamente com Danilo. Deveria ter substituído Corona que não ganhou um duelo individual e que anda repetidamente a fazer a mesma finta, sendo facilmente anulado. Já agora o melhor jogo do Corona foi contra o Moreirense quando passou a jogar na zona central e não na linha. Na primeira parte, acho que o espaço na zona central, especificamente à entrada da área do Arouca foi mal aproveitado. Mas como foi dito, e bem, Peseiro é o menos culpado, precisa de muito mais tempo para melhorar a equipa ofensivamente e para não a expor em demasia defensivamente.

    Outra coisa, eu até tenho defendido o Aboubakar, mas poxa, para pressionar o guarda-redes adversário faz um "frete", sempre, mas sempre lentamente e de má vontade. Isto já ocorre há vários jogos. Haja quem chame a atenção aos jogadores!

    Fica dada a minha opinião.

    ResponderEliminar
  23. «Em casa onde não há pão, todos berram e ninguém tem razão».
    O provérbio popular aplica-se a qualquer clube onde se abata uma crise e o FCP não é excepção. Claro que a crise é desportiva e não financeira; para a estrutura do Porto há pão de chega e sobra e também há muito pão para pessoas e entidades que os portistas nem fazem ideia quem são, o que só faz crescer os berros e a contestação.

    No entanto, ainda que não haja oposição a esta estrutura, há solução e ela parte dos adeptos e sócios portistas: boicotem os jogos, não adquiram lugares anuais, não comprem merchandising do clube... Mas no fim quem sofre é o clube? E quem representa o clube? As mesmas pessoas que vocês tanto criticam. E não são eles que estão a meter dinheiro do clube ao bolso ou a da-lo aos familiares e amigos, e a esbanjar em negócios obscuros e questionáveis que certamente tem a ver com todo o tipo de interesses menos com interesses desportivos e do clube. Deixem os cúmplices da direcção isolados na bancada sul e no camarote VIP a assistir aos jogos do Porto. Só isto ameaçara tanto a estrutura e a segurança financeira da mesma como uma lista opositora à altura. O Pinto da Costa tem um lugar na história do Porto, um lugar muito especial que nunca ninguém há-de partilhar com ele, mas está na altura de o lembrarmos que estimamos muito a pessoa que ele foi, mas não a pessoa que ele é.

    ResponderEliminar
  24. O mais engraçado (que não tem graça nenhuma) é que já só tínhamos três centrais e agora vamos ficar só com dois (três porque o Chidozie é capaz de dar bem melhor conta do recado) porque o Maicon está queimadissimo. Ainda tinha salvação depois do golo e depois de ter saído de campo por iniciativa sua, mas depois dos comentários da mulher dele e do irmão...

    ResponderEliminar
  25. Peseiro não tem cupla nenhuma. Não tem culpa de ter chegado a meio da época já com muitos jogadores de rastos psicologicamente e sem saber jogar em equipa, sem saber defender, sem automatismos alguns. Peseiro até tem feito um bom trabalho, a equipa tem jogado melhor e venceu os jogos importantes até ao de ontem. Peseiro não tem culpa da defesa ser fraca, de Maicon estar sem condições para jogar pelo nosso clube, de Aboubakar estar completamente destruido, muito longe do que mostrou na época passada e nos primeiros meses desta. Nem tem culpa de termos um guarda-redes milionário que nada de extraordinário faz.
    Tivesse Peseiro começado a época e as coisas agora seriam bem diferentes, para melhor. Mas sim, o grande mal está na direcção, na afamada estrutura, a tal estrutura que era tão boa que quando o presidente começou a falhar ruiu completamente. Sem Pinto da Costa não há estrutura nenhuma, a estrutura era Pinto da Costa. O homem que fez do FC Porto o gigante que é hoje. Infelizmente não soube encontrar as pessoas certas para o suceder e estamos a pagar por isso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Tivesse Peseiro começado a época e as coisas agora seriam bem diferentes, para melhor."

      ando a ler muitos comentários deste género...espero que não se defenda a continuidade de um treinador só por ser um tipo porreiro.

      Eliminar
  26. "tal como, cruel realidade, dificilmente será com ele que algum dia o será."

    Isto. O Peseiro parece ser uma excelente pessoa, tem algumas ideias interessantes MAS não pode ser o nosso treinador para a próxima época. Como solução de transição acaba por não ser mau porque tira as amarras à equipa ofensivamente mas precisamos de um treinador completo, e não um treinador que é bom apenas numa parte do jogo e mau em tudo o resto.
    Precisamos de um excelente treinador para a próxima época.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sinceramente não sei como de pode julgar um treinador que chega e apanha uma equipa com maus jogadores mau futebol e mau balneário, muito já fez ele é a derrota de ontem para mim é "normal" pois a equipa está em pré época.

      O problema principal é a direcção do FCP e a actual política de más contratações que ninguém tenha dúvidas que Peseiro com a antiga forte estrutura seria campeão de caras!

      Eliminar
    2. "precisamos de um treinador completo"
      Eu não sei se o Peseiro de 2016 é ou não treinador para o FCP, mas sei que os Guardiolas deste mundo têm outras opções.

      Eliminar
  27. Tribunal qual o motivo deste silêncio por parte dos nossos dirigentes?

    ResponderEliminar
  28. Já tivemos algumas discussões (já nos fizeram uma "visita" ao Planeta Desportivo) e gosto sempre do vosso poder de debate. Acertaram bem em todas as "teclas". A direcção está "podre"... note-se que o Antero Henriques desapareceu... não faz uma declaração, não esbraceja, etc. Pinto da Costa está mais concentrado na nova mulher dele (não será a última) do que levar o clube a um bom rumo - acho fantástico a Fernanda vir para a tv enviar "bocas" a um dos maiores símbolos do clube, que falou bastante bem, infelizmente, naquela tv de lixo a CMTV. Não contestamos arbitragens, não fazemos a mesma pressão que os outros, já não sabemos trabalhar no "mercado" e estamos encostados ao 3º lugar. Deixo esta pergunta: terá PdCosta formalizado algum acordo com o Benfica para os deixar ganhar, uma série de anos, em troca de alguns milhões? Como se perdeu um jogador como o Jonas, que em outra época tinha vindo direitinho para o Porto? E quanto dinheiro terá Antero Henriques e Pinto da Costa Jr. "enfiados" no plantel? Creio que ou algo muda, ou é o fim do Porto como um gigante europeu. Excelente escrita e um artigo fulminante!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. gigante europeu é puxado...
      dps de 2004 só fizemos algo em 2011, infelizmente a gestão efetuada após a glória europeia não foi a melhor :(

      Vitorino

      Eliminar
  29. Depois do apito dourado ficamos comprometidos com algo, se falarmos alguém sofre as consequências.
    Roubo após roubo esta passividade não é normal.

    ResponderEliminar
  30. Sou um seguidor mais que assíduo deste espaço (são aliás muitos os dias em que cá venho à espera de nova publicação), pelo que prezo muito este TRABALHO e SERVIÇO de informação feito em prol do Porto e dos portistas.

    O post é excelente como habitual, não me suscita grandes comentários públicos. O que me suscita comentário público é a ausência de uma palavra sobre a atitude do Maicon.
    Atenção que o defendi até à última, mas basta! Aqui fica a minha opinião.

    As únicas coisas que ainda seguravam o Maicon no Porto eram o perfil de capitão e a antiguidade. Pois bem, ficou visto hoje (com uma atitude deplorável, após uma provação, o erro crasso de prejudicar a equipa tentando driblar um adversário no último terço) que o Maicon não tem nem uma réstea desse perfil. No mínimo retirar-lhe a braçadeira e dar-lhe um bom remédio de banco.

    O único jogador do Porto que tem esse perfil (que não o Hélton) é o André André. Solidariedade, compromisso, inconformismo, entrega e entendimento do jogo. A mim que me importa que só tenha um (ou dois) ano de Porto? Percebe e sente melhor o clube do que 90% dos trastes que lá estão a prazo. O Lucho foi capitão no primeiro ano de porto por reunir a grande maioria dessas características.

    PS1. Alguém concorda que ao contrário do entendimento da opinião pública, o Porto tem um plantel excepcionalmente fraco? Nem estou a falar dos reforços de inverno...

    PS2. Não é escabrosa a atitude do Bracali? O homem sozinho deve ter gasto 15 min de tempo de jogo, alegando lesão no músculo da coxa. Alguém com dores no músculo da coxa consegue bater pontapés de baliza?? Um cão sem honra nem ética... Prefiro perder com honra do que ganhar como um traste.

    Manuel

    ResponderEliminar
  31. O último comentário feito por mim foi no post anterior onde perguntei "...mas você não tem uma boa notícia para dar? ". Eu respondo: não, não tem nem pode ter. Mas questiono-o outra vez: vê alguém que queira ou tenha coragem de desafiar um Homem que sempre apoiei, tanto na votação como na promoção das sucessivas reeleições? Eu gostaria que ele continuasse, mudasse, mandando mudar, rodeando-se de nova gente, de gente que fosse bem paga mas que " sangrasse para querer ganhar " nas diversas empresas do FC Porto. Manuel Tavares até pode adorar o Porto, mas ele dá mais a sensação de impressor de editais necrológicos da Igreja Paroquial de Cedofeita do que Responsável pela estratégia de comunicação do FC Porto. Depois quando ouço Júlio Magalhães, proto-crack da Comunicação Social Portuguesa, dizer que o Clube, este ano, não tem razões de queixa das arbitragens...ok, sinto-me imbecil. Quanto a Antero, não consigo ter uma opinião porque não lhe conheço um pensamento, uma opinião e F.Gomes, sei que fugiu da CMP quando os portuenses precisavam dele, tendo, posteriormente, como prémio, um luxuoso e bem remunerado lugar na Galp. Agora parece que é um bom economista do nosso clube, diz Pinto da Costa. Resumindo, a continuar assim, nesta paz podre, JNPC arrisca-se a que apareça alguém a fazer-lhe o que ele fez a Américo de Sá. Ele não merecerá, jamais, isso, mas quem se, aparentemente, alheia da gravidade da situação do nosso clube, fica muito perto disso. Assume-te Jorge Nuno Pinto da Costa!

    ResponderEliminar
  32. Caro Tribunal, o problema é que, até pelo medo que se criou, não parece existir alternativa para Abril. Que, neste momento, é isso que me preocupa mais. Corremos sérios riscos de seguir por mais QUATRO anos (não três) sem sequer pôr a mão no prato enquanto um grupo muito restrito continua a enriquecer à custa do clube. Do topo da pirâmide, silêncio absoluto. Aliás, só será novamente interrompido caso o Futebol Clube do Porto alcance a liderança isola do campeonato. Nessa circunstância, qualquer um sabe falar.

    Um abraço

    Porta 26, em blogporta26.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  33. Concordo com tudo e é pena que quem devia vir até a estes fóruns ouvir a voz do povo, se ache de tal modo superior que diga que os despreza.Parece impossível no universo portista não haver ninguém que vendo o barco a afundar não venha em seu auxilio. Pinto da Costa desportivamente morreu!Têm medo de quê?

    ResponderEliminar
  34. Isto só pode ser rabo preso. Quem te viu e quem te vê. É inacreditável a postura dos dirigentes do Porto, perante tantas coisas que acontecendo há uns anos a esta parte. Hoje já não digo e não faço nada, só tou pedindo forças e coragem para lidar com o nosso Porto. De zero a dez, dou onze a este artigo, como todos os outros neste blog. Nem precisa comentar pq ta tud aí escrito. Parabens e kel abraço de CV

    ResponderEliminar
  35. repito a pergunta que fiz noutro blog: Angelino Ferreira?

    ResponderEliminar
  36. O mais dificil de perceber continua a ser a estranha passividade da direcao. Nos ultimos anos nunca souberam gerir um plantel.. ta nitido que alguma coisa esta mal (e muito) no FCP. Estamos a falar duma equipa que (ainda) luta em 3 frentes e que em pelo menos duas seccoes do campo nao tem suplentes (nem titulares a altura) !!! Ora vejamos a defesa: DR - temos o Maxi (esse sim e excelente) e o substituto dele nao e nada mais nada menos que o DE titular, Layun.. E esse para jogar na direita tem de passar o Angel (mais uma nodoa) a jogar a DE. Ja por aqui ta visto. Passamos aos centrais: Marcano e Indi (ambos esquerdinos e banais) e dps o Maicon (que esse ao menos nunca mais volte a ser convocado dps daquela cagada e traicao aos companheiros e ao FCP). O meio campo ate nem esta mau, tirando o completo desacerto do Herrera que nao acerta uma. Para extremos temos: Brahimi (que nao e extremo nenhum e tem tido exibicoes muito aquem, embora contra o Arouca ate foi dos melhorzitos em campo) mas nao deixa de ser um jogador muito intermitente. Do outro lado temos Corona que ate e bom jogador, tem pezinhos e finta mas se perde constantemente na areia. E dps o Varela (?!?) O Varela ? Nem para extremo nem para 10 serve... Entao temos (no total obviamente) TRES jogadores para DUAS posicoes ?!? Se um se lesiona, ta tudo fu****. Emprestam e vendem centrais, laterais e extremos e reforcam-se com guarda-redes e avancados ? E as falhas no plantel ? Não são para serem revistas e corrigidas ? Pelos vistos não… E isto para nem falar do Casillas.. ja foi o melhor sem duvida, como golpe de marketing foi genial mas porra.. tem estado francamente mal, ponham la o Helton (que pior nao faria de certeza).
    E com tudo isto a direcao continua a dormir. Chamam a isto planear uma epoca ? So querem comissoes e encher a peid@ de euros.. onde vao os tempos em que punham os interesses do FCP a frente dos proprios ? E o mais incrível ate tem sido o silencio do FCP. Em vez de se dirigirem aos adeptos e sócios para tentar amenizar a situação, vem com declarações tao ridículas (ate chega a ser comico) no Dragoes Diario a inventarem conspirações pq o auxiliar era irmão dum membro da CA, ou pq o adjunto do Arouca era irmão de Vitor Pereira ? Mas o que e isto ? Onde vao as glorias, o orgulho e a garra portista ? Onde esta o murro na mesa daqueles que ainda sentem o que era "ser porto" ? Abram os olhos, peguem na "vassoura" e comecem a limpar a podridao que vai no nosso clube antes que seja tarde de mais... (se ainda nao for)

    ResponderEliminar
  37. Partilho o sentimento, excepto num ponto: os paragrafos dedicados ao benfica deveriam ser destinados ao sporting.
    Este ano nem a isso nos podemos agarrar. Os grandes beneficios este ano foi ao scp.
    Acho é que o benfica foi menosprezado e agarraram-se a isso para se motivar.

    ResponderEliminar
  38. A direcção do FC Porto devia ir à Avenida dos Aliados aprender com o Presidente Rui Moreira como se luta contra o centralismo da capital do império, sem medo, sem tréguas. A actuação de RM no caso Tap é exemplar e uma grande lição para a nosso presidente, que já se esqueceu do que é lutar para ganhar uma batalha todos os dias, para em Maio se ganhar uma guerra. Vá aos Aliados já para aprender ou relembrar, talvez possa ainda um dia lá ir para festejar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá
      Um Post do Tribunal do Dragão, mais um, onde coloca os pontos em todos os iiiis.
      Relativamente a Rui Moreira...que enorme presidente do FCPorto seria...mas até ele foi proscrito pela SAD...
      Cumprs
      Augusto

      Eliminar
    2. Pena o Rui Moreira ter ganho a câmara. Era ele quem eu queria à frente do Clube.

      Eliminar
  39. Nuno de Campos10 de fevereiro de 2016 às 01:42
    A direcção do FC Porto devia ir à Avenida dos Aliados aprender com o Presidente Rui Moreira como se luta contra o centralismo da capital do império, sem medo, sem tréguas. A actuação de RM no caso Tap é exemplar e uma grande lição para a nosso presidente, que já se esqueceu do que é lutar para ganhar uma batalha todos os dias, para em Maio se ganhar uma guerra. Vá aos Aliados já para aprender ou relembrar, talvez possa ainda um dia lá ir para festejar.
    ...........

    O Presidente, a restante SAD, o diretor geral etc.
    Não deve ser só o presidente a falar.

    E quanto à TAP onde andam as elites do Norte ?

    Figuras distintas, autarcas, associações etc ?!

    Tudo calado só RM fala e denuncia . ACOMODADOS!

    ResponderEliminar

De e para portistas, O Tribunal do Dragão é um espaço de opinião, defesa, crítica e análise ao FC Porto, que aborda a atualidade desportiva e financeira de clube e SAD, bem como do futebol português.

Quem confundir liberdade de expressão com injúria, insulto, mentira ou difamação não passará pelo lápis azul. Todo o spam será apagado. Comentários anónimos são susceptíveis de não serem publicados. Nicknames são permitidos.