terça-feira, 19 de janeiro de 2016

José Peseiro

Pinto da Costa dará uma entrevista ao Porto Canal na próxima quinta-feira, onde se espera que aborde, finalmente, a generalidade das questões que têm inquietado, e com muita razão, os adeptos do FC Porto. Tendo em que conta que faltam dois dias até lá, não há por que não falar já sobre José Peseiro.

Não é o treinador de sonho da generalidade dos adeptos. Mas sinceramente, que esperavam aqueles que pediam a cabeça de Lopetegui? Que a seguir vinha o Mourinho ou o Villas-Boas? Em abono da verdade, não foi ninguém da SAD a prometer esses nomes de sonho. Foram novelas dos próprios adeptos e, em alguns casos, da comunicação social.

Faria todo o sentido sondar Villas-Boas, mas já era garantido de antemão que não seria possível. Oxalá não comecem a desenhar já a novela que é no fim da época que vem. Leonardo Jardim e Marco Silva, além de estarem agarrados a outros compromissos, têm cláusulas anti-FC Porto - o primeiro seria uma boa aposta, o segundo, neste momento, não. Rui Faria não tem experiência como treinador e deve ser riscado de vez desse mapa de especulações, pois se nunca quis treinar a solo é porque não pretende sair debaixo da asa de José Mourinho. Promover Luís Castro não seria cometer um erro: seria repetir um erro. 

Peseiro: ideias e pouco mais
Surgiu então Sérgio Conceição, que estava apalavrado para substituir Rui Barros, mas o calendário foi um problema que as partes não conseguiram ultrapassar. Depois de bater o FC Porto, Sérgio Conceição foi também posto de parte. Sinceramente, o que esperavam? «Ah, ok, vençam lá a minha equipa no domingo, eu sento-me na bancada e na terça-feira apresento-me no Porto». Sérgio Conceição não é um treinador preparado para o FC Porto, mas esteve bem: defendeu as pessoas e o clube com quem tem um compromisso declarado e assumido. No que toca ao FC Porto, possivelmente vão fingir que nunca passou de especulação.

Aparece então José Peseiro. Não era a primeira, nem a segunda, nem a terceira, nem a quarta opção. Fingir o contrário seria gozar com a inteligência dos adeptos do FC Porto. A generalidade dos adeptos pedia a demissão de Lopetegui, pois não tem consciência do quão difícil seria substituir um treinador a meio da época. Mas a administração do FC Porto tinha que ter essa consciência, e não teve. Não havia plano B preparado e foram necessários 12 dias até chegar um novo treinador ao clube.

Agora, José Peseiro vai estar sujeito ao mesmo que estava Lopetegui: vai ser elogiado pelo que de bom fizer e criticado construtivamente pelo que não estiver a fazer tão bem. Veremos que objetivos assume o treinador aquando da sua apresentação. Não lhe vou pedir o título de campeão, pois essa fatura passa a ser responsabilidade da SAD do FC Porto, que decidiu romper o projeto anterior e não tinha solução preparada para ele. A Taça de Portugal tem que ser nossa. Na Liga Europa, o Dortmund não permite pensar em assumir objetivos antes dessa eliminatória. Valorizar jogadores e colocar o FC Porto a praticar um melhor futebol são as metas a alcançar.

Sobre José Peseiro. É um treinador com excelentes ideias, mas que em toda a carreira nunca conseguiu metê-las em prática. Tem 55 anos e vem somando maus trabalhos em todos os clubes desde que deixou o Sporting. De facto, não fez nada nos últimos 10 anos que justifique minimamente assumir este cargo no FC Porto.

Em 2005 foi despedido do Sporting. Foi para o Al Hilal e despediu-se. Em 2007-08, demitiu-se do Panathinaikos quando estava a ser contestado.  Em 2008-09 foi para a Roménia, mas foi despedido pelo Rapid. Seguiu-se o cargo de selecionador da Arábia Saudita, mas foi despedido por maus resultados. Em 2012 foi para Braga. Ganhou a Taça da Liga ao FC Porto, mas a meio da época já via lenços brancos e rescindiu após ficar atrás do Paços de Paulo Fonseca. Depois passou pelos Emirados, nos quais foi despedido pelo Al Wahda.

Com 55 anos e apenas uma Taça da Liga para amostra, Peseiro não tem nada no currículo que justifique esta contratação. Tempos houve que o FC Porto fazia de treinadores sem currículo campeões. Mas estes tempos são outros, são tempos em que o FC Porto necessitava de um treinador com currículo para fazer do FC Porto campeão, e não o contrário.

O FC Porto até pode passar a marcar mais golos com Peseiro, que tem uma ideia de jogo muito ofensiva. Mas há um grande problema: as equipas de Peseiro são péssimas a defender. Quem o diz... é o próprio. Leiam esta explicação de quando ele estava em Braga, onde sofria muitos golos.

«Preocupa, mas não alarma nem perturba. Já se perguntaram porque é que o Manchester United sofre tantos golos? Porque ataca muito! Uma equipa com uma matriz mais ofensiva é natural que sofra mais golos. Outra questão é o processo de organização da equipa, porque quando estamos num momento defensivo, dificilmente nos criam situações de golo, mas o nosso momento de menor fortaleza é na transição defensiva, quando perdemos a bola».

Ora, só aqui há duas coisas que deixam muito a desejar. O FC Porto não tem uma grande dupla de centrais. Então, faria sentido pensar num treinador bom defensivamente (sem subtrair a importância do ataque, claro), mas o FC Porto contrata o contrário. Depois, as equipas de Peseiro são genericamente fracas no momento de transição defensiva. E tendo em conta que a maioria dos adversários vão defrontar o FC Porto em contra-ataque, nada disto faz sentido. Por outro lado, um treinador que privilegia o ataque pode ajudar as nossas unidades mais ofensivas.

As ideias de José Peseiro são sempre agradáveis, mas nunca as conseguiu meter em prática. Já esteve em muitas palestras, com Power Points bonitos, a mostrar planos de jogo que são de facto muito bem pensados. O problema é que nunca vimos as equipas dele fazer isso. Veremos se no FC Porto, com melhor matéria prima, a história muda. O FC Porto é uma equipa que, há anos, nunca prescinde do controlo do jogo. As equipas de Peseiro são sempre mais impulsivas do que controladoras.

O facto de José Peseiro ser um assumido benfiquista não é impeditivo de nada. A competência não tem clube. O último treinador benfiquista que tivemos foi tricampeão e foi sempre aos 1/8 da Liga dos Campeões, e foi quem deu o peito às balas durante o Apito Dourado. Mas obviamente, seria mais fácil para os adeptos ver no banco um treinador com o qual se pudessem identificar mais. Peseiro é um treinador com muitas ideias, mas pouco sucesso e poucas provas dadas.

De qualquer forma, Peseiro não tem que conquistar os adeptos do FC Porto: tem é que montar uma equipa que conquiste os adeptos do FC Porto. O seu sucesso será o sucesso do FC Porto. O seu demérito, será o demérito da administração do FC Porto, com um erro em cima de outro, em cima de outro. E já agora, Peseiro é o tipo de treinador que necessita de uma estrutura forte por trás de si, preocupada com o presente e futuro do FC Porto e não com eleições ou projetos de sucessão. 

Enquanto defender o FC Porto, José Peseiro será, aqui, defendido. O seu sucesso será o sucesso do FC Porto, e para esta época não há outra solução. Assim sendo, mãos à obra. Domingo já há 3 pontos para conquistar.

37 comentários:

  1. "É um treinador com excelentes ideias, mas que em toda a carreira nunca conseguiu metê-las em prática."

    O TdD infelizmente vai pelo mesmo caminho que a maioria dos adeptos, que de futebol percebem muito pouco. Esta declaracao entao e muito infeliz, porque equaciona titulos com meter ideias em pratica. Pode dizer que as suas equipas nunca ganharam titulos, mas isso nao tem nada a ver com as suas ideias serem passadas para o terreno de jogo, o que se passou claramente tanto no Sporting como no Braga em que as equipas jogavam um futebol bom, organizado e com um modelo de jogo moderno e sao.

    O Mourinho so pos as suas ideias em pratica quando ganhou com o Porto? Ou sera que ja o Leiria e o Benfica com ele jogavam segundo as suas ideias? E sera que essas mesmas ideias nao se esbateram nos ultimos anos em que o Chelsea joga um futebol deprimente que tanto lhe deu para ganhar no ano passado como para estar em zona de despromocao?

    De uma vez por todas perceba-se que um treinador nao deve ser julgado pelos titulos que ganha ou nao, mas sim pela qualidade de jogo da equipa...

    ResponderEliminar
  2. Ainda há quem lhe dê com o avb?
    Ainda agora esse "grande" portista disse que não está num futuro próximo a pensar vir para o Maior.
    Alfredo Pacheco

    ResponderEliminar
  3. Aqui se vê o nivel actual do porto e a reputação que perdemos, uma equipa como o porto deveria ter melhores pretendentes e conseguir ir buscar alguém mais competente. A direcção está podre desde a contratação da armada espanhola da qual apenas oliver (que valorizamos) e casillas ( a nivel de marketing) se safaram até a contracção de um menino mimado como imbula são sinais mais que signficativos de que a estrutura está a começar a ruir bem como a reputação do clube.
    Vou apoiar como sempre fiz o nosso clube, mas sem a ilusão de outros anos.

    ResponderEliminar
  4. Concordo com toda a análise, mas acrescento o facto de ser um treinador que, além de "pé frio", é um mau gestor de egos. Não é, nunca foi, e provavelmente nunca será, treinador para dar um murro na mesa, e essa é das características que me pareciam essenciais para esta equipa, neste momento delicado. Ou isso, ou ser um daqueles treinadores que, só pelo carisma, dinamiza uma equipa... que também não é o caso.

    Contudo, tal como o TDD afirma, não foi certamente uma escolha fácil, nem seria nunca a meio da época. Foi o que se arranjou. E muita sorte temos nós de ele aceitar entrar e estar constantemente com a corda no pescoço, porque este Porto dos dias de hoje, com a chefia no estado em que está, com o plantel que temos... basicamente é assim que está toda a gente: de corda no pescoço.
    Para isso, tenho uma teoria, mas isso fica para outras núpcias.
    Cumprimentos,
    Óscar Silva

    ResponderEliminar
  5. Tdd concordo com 75% do que escreveu, mas sinceramente estou muito descrente. Aguardemos. Espero que no final tdd escreva um post onde diga: Luís Claro afinal tu estavas enganado.

    ResponderEliminar
  6. Acho q fica perceptível q a suposta contratação de AVB no final da época condicionou a escolha e o timing da apresentação no novo treinador por parte da SAD. Irresponsabilidade esta que nos fez aparecer em Guimarães sem treinador num campo tradicionalmente difícil e com isso podemos ter hipotecado o título de campeão que já nos foge há 3 anos - nunca visto na liderança de PC.

    É mais q óbvio que não foi a primeira, nem a segunda, nem a terceira e duvido q tenha sido a quarta opção. E a condicionar isto tudo estavam 2 factores:
    - Não havia plano B montado, o que é incompreensível numa estrutura com tamanha experiência ( e que foi o ponto fulcral do nosso sucesso nestes últimos anos), pois era mais que óbvio que Lopetegui estava a prazo..estava apenas preso por pinças, um próximo mau resultado seria o seu fim, foi com o Rio Ave;
    - Por outro lado, a demora só pode ser justificada com a já contratação de AVB no final da época e aqui a SAD tinha uma missão difícil : conseguir arranjar um treinador com capacidades para treinar o Porto e fazê lo lutar pelo título já este ano, mas q aceitasse apenas 6 meses de contrato. Não é fácil. Quem iria subjugar se a isto? Tentativas, tentativas, jogo com o Boavista, tentativas, tentativas, segundo jogo com o Boavista, tentativas, derrota com o Guimarães e o título mais longe e...surgiu Peseiro. Péssimo timing..podes nos ter custado o título.

    Para melhor perceber se Peseiro é ou não uma boa solução é preciso confirmar a duração do contrato. Se realmente for como a imprensa menciona, 6 meses mais um de renovação conforme o desempenho desportivo, parece me uma boa escolha. Quem, com competencia, aceitaria vir treinar o Porto durante apenas 6 meses sabendo q AVB está à espreita? Não era fácil..e por isso Peseiro não me parece desadequado. Verificar a duração do contrato irá portanto elucidar nos melhor qual foi o rumo que a SAD tomou, e desta forma tb poderemos depreender se AVB está cá ou não na próxima época. Se o contrato de Peseiro for superior a 6 meses, vemos q já n se trata de uma solução de recurso e aí a SAD duplica a sua Irresponsabilidade: se Peseiro vem como solução para um novo projecto, desculpem mas a SAD do Porto tem se ter capacidade para conseguir um treinador mais adequado à nossa dimensão.

    ResponderEliminar
  7. Demasiada confiança em Lopetegui, confiança cega até! Depois, despedem-no de uma forma repentina sem saber o que fazer a seguir. Esta indecisão, possivelmente valeu a saída do FCP da luta pelo título (pelo menos a depender de si próprio). Gestão danosa, muito danosa!

    O melhor para o FCP agora seria Jesualdo Ferreira, alguém que certamente conseguia organizar o FCP, mas sem deixar de tentar conquistar títulos. Todos os outros nomes acredito terem sido especulação desportiva, pois todos têm contratos (alguns BONS contratos). Vem Peseiro, alguém com mais currículo que Lopetegui em termos de clubes, e a única coisa que lhe peço é colocar o FCP a jogar futebol, a lutar pela vitória durante todos os minutos de jogo. O único título que se pode pensar em exigir será a Taça de Portugal. Volta FCP!

    ResponderEliminar
  8. Esta sad ta do piorio agora é a Fernanda que responde á matança Baía via instagram?? Eu ja nao sei o que diga mais! Mas o home é apresentado ou nao? Vamos ver como vai gerir Casillas ainda a um par de anos disse que tava acabado po futebol!
    O meu ligeiro entusiasmo pelo Peseiro de ontem para hoje desvaneceu-se e nao é pelo home é mesmo pela onda de negativismo que se instalou na generalidade dos portistas e pelos sinais fracos negativos e inoperantes que esta sad nos transmite! Nao sei por onde caminhamos sinceramente!

    ResponderEliminar
  9. Não houve nenhum comentário relativamente a treinadores estrangeiros que foram falados como Sampaoli o Bielsa. Houve algum fundamento nesses rumores?

    ResponderEliminar
  10. Respeito a sua opinião, mas não acredita que, ao treinar o Porto, o seu modelo de jogo possa ser mais equilibrado? Não tenho ideia do seu Sporting defender mal e lembro-me de ter perdido o campeonato porque tinha Ricardo na baliza e também, na UEFA Cup, o adversário russo ser melhor que a sua equipa, que até esteve a ganhar.

    ResponderEliminar
  11. há dois anos atrás, na época de Paulo Fonseca, o presidente também deu uma entrevista por esta altura, quando as coisas já não estavam famosas, mas não acrescentou nada e acabámos por ficar a seco. Desta vez será mais do mesmo...

    ResponderEliminar
  12. "Leonardo Jardim e Marco Silva, além de estarem agarrados a outros compromissos, têm cláusulas anti-FC Porto"
    Os contractos também podem ser rompidos se fosse mesmo essa a aposta. Implicava pagar uma indemnização ao rival, mas se fosse a resposta certa seriam trocos. Se é que esse tipo de cláusula é aplicável na UE.

    "Já se perguntaram porque é que o Manchester United sofre tantos golos? Porque ataca muito! "

    Também era o que acontecia com AVB e nunca ninguém se queixou.

    ResponderEliminar
  13. 1- "As ideias de José Peseiro são sempre agradáveis, mas nunca as conseguiu meter em prática. Já esteve em muitas palestras, com Power Points bonitos, a mostrar planos de jogo que são de facto muito bem pensados. O problema é que nunca vimos as equipas dele fazer isso."
    Por não ganhar títulos? O que que isso tem haver com saber ou não colocar as suas ideias em prática?

    2- "Ora, só aqui há duas coisas que deixam muito a desejar. O FC Porto não tem uma grande dupla de centrais. Então, faria sentido pensar num treinador bom defensivamente (sem subtrair a importância do ataque, claro), mas o FC Porto contrata o contrário. Depois, as equipas de Peseiro são genericamente fracas no momento de transição defensiva. E tendo em conta que a maioria dos adversários vão defrontar o FC Porto em contra-ataque, nada disto faz sentido."
    O quê que fazia sentido? Contratar alguém que seja forte na organização defensiva quando passamos 99% dos jogos em organização ofensiva?

    Claro que o ideal seria alguém como VP que também é fantástico na transição defensiva, mas esse foi corrido a pontapé pelos adeptos.

    Não sei se terá sucesso, sobretudo porque será mais um abandonado à sua sorte pela direcção, porque os adeptos já o ridicularizam e ao 1º problema vão estar a gritar pedindo a sua demissão e porque o processo dá a entender que ele foi das últimas soluções e estará temporariamente no clube logo mais dificil que os jogadores o ouçam.

    ResponderEliminar
  14. Pelo que o tribunal escreve, dá a impressão que a SAD andou a bater de porta em porta sendo Peseiro o unico a abri-la!
    Para mim e enqaunto portista, e mesmo sendo ao que parece a última e derradeira opção, Peseiro terá todo o meu apoio e, tal como diz e vem o Tribunal o sucesso dele é o nosso sucesso.

    ResponderEliminar
  15. Espero que Domingo não haja já lenços brancos. Temos que dar o benefício da dúvida. Ele, o Peseiro, terá tanta vontade como nos Portistas no sucesso.

    ResponderEliminar
  16. Mesmo falhando a 1ª, 2ª, 3ª e 4ª hipóteses, continua a não haver explicação para a contratação deste treinador. Nem é um treinador com provar dadas, nem com currículo, nem é um treinador promissor... É verdade que estava livre (não treina uma equipa a sério à algum tempo), mas havia outros com maiores provas dadas e com maior potencial. E que não precisaram de ir para equipas de terceiro mundo do futebol para treinar. Aqui há sem dúvida jogo de influencias, seja de empresários, investidores, troca de favores, sei lá mais o que...
    Domingos e Nuno Espírito Santo seriam excelentes soluções, melhores até que Sérgio Conceição.
    Para isto, mais valia terem apoiado Lopetegui em tempo oportuno. Dar a maior protecção possível ao treinador e à equipa. Saudades dos tempos em que o FCP fazia blackouts. . . Depois no final da época tomava-se um decisão com futuro.
    Mas como Peseiro é agora o nosso treinador, por isso precisa de todo o nosso apoio, nos bons e maus momentos. Apenas não concordo com o TdD quando diz José Peseiro não tem responsabilidade de ganhar o campeonato... Depende, se Benfica e/ou o Sporting ganharem todos os jogos aí não terá qualquer responsabilidade. Mas se tando Sporting e Benfica perderem pontos como perderam na 1ª volta, aí José Peseiro terá a responsabilidade de ser campeão.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. peço desculpa mas nao aceito reaçoes destas que nao podem ser de portistas, o amigo diga me um que gostasse e que ja tivesse feito algo de jeito e estivesse dentro do nivel de clube que eh o fcporto de portugal, diga la para ver se eu concordo.

      Eliminar
  17. É um incompetente, sem valor para um Braga quanto mais para o Porto. Não alinho com a carneirada que papa tudo o que lhe servem. O meu apoio não terá e espero que daqui a 6 meses esteja de saída...ele e esta direcção.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sugiro que parta em direção ao sul apoiar os clubes da capital. Com pseudoadepotos como o Jorge estamos conversados.

      Eliminar
  18. O problema maior é o do sr. Pinto da costa fazer um contrato de um ano e meio, logo isto não é uma aposta temporária como todos imaginavamos, isto é uma aposta convicta que este é o treinador certo para o clube. Está decisão fará com que o próximo mandato de pinto da costa chegue a bom porto (como todos queremos pelo bem do nosso clube) ou termine abruptamente, pois creio que neste momento outro erro craso - como este aponta que poderá ser - não seja perdoado. Este é o treinador escolhido pelo PDC para o seu mais que provável último mandato pois o homem assinou um ano e meio mais um de opção. Ora o porto podia e deveria ter escolhido melhor ou arranjar uma solução temporária e com tempo arranjar um novo treinador. Olha se para o peseiro e imagina se o Couceiro ja que são quase iguais fizeram uma ou outra coisa interessante mas no cômputo geral são treinadores de setubeis, paços ou no máximo marítimos. Resta apoiar o homem já que não tem culpa de quem o escolheu mas se falhar serei o primeiro a pedir pela primeira vez a demissão desta sad e PDC.

    ResponderEliminar
  19. Acho que independentemente de tudo, foi o melhor que se conseguiu arranjar. Entre Peseiro, Paulo Bento e Carlos Queirós acho que estamos muito bem servidos.

    Só fico na dúvida entre Peseiro e Domingos. Mas agora é apoiar o homem que ele vai precisar de toda a família portista com ele.

    Abraços

    ResponderEliminar
  20. O Peseiro também não era uma das minhas primeiras ou segundas opções mas agora é treinador do Porto e portanto tem o meu total apoio, se vier e colocar o Porto a jogar um futebol ofensivo melhor, já não aguentava aquele futebol podre onde marcávamos 1 golo e entrava logo 1 médio de contenção para segurar o resultado, portanto se para marcarmos muitos golos também tivermos que sofrer alguns por mim tudo bem, são os golos e futebol espetáculo que levam os adeptos ao estádio e nos fazem apoiar a equipa, portanto prefiro ganhar por 3-2 ou 4-3 a jogar um futebol atrativo do que 1-0 ou 2-0 a jogar um futebol podre e lento!

    Força Porto! #somosporto

    ResponderEliminar
  21. Tinha que ser português. Tinha que ser portista, tinha que ter garra. Tinha que ser educado, tinha que saber discursar bem. Tinha que privilegiar o futebol de ataque, tinha que ser mestre no futebol defensivo. Tinha que apostar nos jovens, tinha que esquecer a idade dos B.I.'s. Tinha que ser um líder de balneário, não precisava ser um lider, a estrutura faz isso. Tinha que ser um homem de consensos mas tinha que saber partir aquilo tudo. Tinha que ser um homem com passado no porto, mas isso traz vícios. Tinha que ser um homem com títulos, tinha que não ter títulos, porque isso tira ambição.
    Como alguém disse, os adeptos do Porto parecem aquelas tias que aos 50 anos estão solteiras e não percebem porquê. Eu sou um desses adeptos.
    Abraço

    ResponderEliminar
  22. Tiro re o chapéu... Concordo ctg os adeptos do porto ( não todos mas muitos deles) querem tudo e mais alguma coisa... Se chove querem sol se da sol querem chuva... Ha que deixar o homem trabalhar... O peseiro é um treinador de ataque com ideias ofensivas... E no campeonato o Porto passa mais tempo ao ataque do que ha defesa... Por isso acho que temos que esperar para ver...
    E mais falam do futebol de AVB mas esquecem se que nenhum treinador esta sozinho... O futebol do AVB era bom sim senhora mas a parte de posse e defesa era tudo trabalho do VP... Por isso esperem e deixem o homem trabalhar e mostrar o que vale..


    Sadseven

    ResponderEliminar
  23. Mais importante que mudar de treinador e mudar esta mentalidade, o homem chegou agora e ja tem gente contra ele, queriam quem? O guardiola? O mourinho?

    Todos falam do avb mas e um treinador mediano abaixo de VP, PF, LJ, MS, teve a sorte de num ano o benfica andar nas nuvens por causa da arrogancia do catedrático, e de tudo lhe correr bem, ate na europa o sorteio era generoso, quem não se lembra do avb a dizer que no dragão nao havia opera? Acham que saiu porque? Sabia que nunca mais ia repetir uma epoca assim, mas os portistas gostam de sonhar alto e queriam o avb, eu ate prefiro o JP que o avb que adorava a cadeira de sonho ate aparecer as libras, alias ele nao precisa que eu lhe bata, o percurso dele depois do porto fala por ele.

    Vocês portistas(os que vivem de ilusoes) tiveram um excelente treinador e quase que lhe batiam, VP, no ano a seguir sem merecerem tiveram outro excelente, e a 5°jornada enquanto era lider ja faziam esperas ao autocarro, agora tiveram o que merecem, 1.5 de lopeteguismo e 11 dias pra conseguir arranjar um treinador, mentalizem se ninguem quer vir para aqui por vossa causa, o JF tri campeao excelentes compras e formação de jogadores, tinha que aturar a vossa arrogancia todas as semanas. Depois a culpa e da sad.

    Eu nao concordo com tudo que a direção faz sobretudo ao nível de compras, como este blog aqui denuncia muitas vezes, mas sinceramente tou muito mais farto deste portismo de arrogancia e de treinadores de bancada que so queimam quem vem para o clube. A cs faz vos a cabeca e caem que nem patinhos.

    Quem representar o meu clube e de o seu melhor irá sempre ter o meu apoio.

    Desculpem mas tinha que desafabar, ando farto desta geração de portismo que nasceu de barriga cheia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Partilhem isto em grupos portistas. A mais pura das realidades.

      Vitorino

      Eliminar
    2. em todos os clubes grandes é assim, o treinador é contestado e sempre será, é imposível agradar a todos. se um treinador não aguenta essa pressão dos adeptos simplesmente não tem condições para orientar um clube grande. só em inglaterra é que aturam treinadores como aconteceu ao Mourinho que mesmo no fundo da tabela tinha pessoas a cantar por ele no estádio. já van gaal não pode dizer a mesma coisa.

      Eliminar
    3. Excelente comentário "Anónimo"! Aliás para quem acredita no karma... o que o Porto fez ao Vítor Pereira (adeptos e SAD) estava a pedir castigo. Vítor Pereira só não se está a rir porque é tão ou mais portista que muitos adeptos.

      Eliminar
  24. nos estamos , felizmente bem, mau habituados. Pensamos que o porto e o real madrid em poderio economico e em prestigio, mas nao eh. No porto em 30 anos so tivemos um tecnico com algum curriculum antecipado digamos assim , o robson e mais em inglaterra todos os outros quando chegaram ao porto tinham ZERO titulos se nao me engano. Ora nesta altura livres e prestigiados so estou a ver capello, ancelotti, mourinho, nao sei mais quem depois temos os medianos tambem sem grandes titulos ou curriculum tipo bielsa e coisas do genero. Couceiro foi o escolhido , na escola era o melhor, nao tem tido muita sorte e fsantos era alguem antes do porto e jesualdo? nao eram ninguem e ja estavam velhotes. PORTANTO TEMOS DE APOIAR E DEIXAR DE CRITICAS COMO SE ESTIVESSEMOS A COMPRAR UMA JARRA OU UM MOVEL, E DESEJAR OS MAIORES EXITOE E SORTE A COUCEIRO. Nesta altura ate scolari era bem vindo e ainda mais porque em relaçao a baia tinha afinal toda a razao, baia nao tem carater como alias eh conhecido em barcelona onde o detestam sabe se porque. METAM NA CABEºA QUE PARA UM TREINADOR ESTRANGEIRO JA COM ALGUMA EXPERIENCIA O CAMPEONATO PORTUGUES MESMO NOS TRES GRANDES NAO EH MUITO ATRATIVO E O ORDENADO EH INFERIOR.

    ResponderEliminar
  25. ah ja agora parece me que desta vez o TD ja tomou o seu partido, isto eh, esta a alinha com os criticos chamemos lhe assim, nao me parece de todo um artigo isento e baseado em fatos porque no porto NENHUM TREINADOR CHEGOU COM TITULOS (PELO MENOS NA EUROPA), NENHUM E EM TRINTA ANOS ACERTAR EM TODOS SERIA UMA COISA DE OUTRO MUNDO.eXEMPLOS MOURINHO ERA UM SIMPRES TREINADOR/tradutorr, vilas boas um pobre adjunto, vpereira idem, fsantos nem sabia bem o que era a nao ser que era do benfica, jesualdo idem, TALVEZ O IVIC ? NAO ME LEMBRO, AJORGE mais um benfiquista sem nada, etc etc etc, depois quais os treinadores portistas andam para ai a fazer algo, o vboas? OK, o vpereira vamos ver, mais algum jcosta, domingos, conceiçao, jpacheco, o nuno(sera portista?) coitado...,nao estou a ver ninguem.

    ResponderEliminar
  26. Cada pessoa tinha a sua preferência para treinador do FCP. Independentemente das razões, a escolha recaiu em José Peseiro. Contestar um treinador que nem aqueceu o banco é de muito mau grado. No final da época tiram-se as devidas conclusões; até lá devemos apoiar.

    ResponderEliminar
  27. Na grécia, o peseiro fez um bom trabalho. Ficou em 3ª na fase normal, depois houve uma espécie de "playoff" onde ganhou batendo o AEK. Na fase normal ficou a 4 pontos do todo poderoso Olympiakos. O que mais me surpreende é a sua média de golos. 104 golos numa época no Sporting. 84 na época do Braga. Mais de 100 novamente na grécia. Apesar dele próprio defender que as suas equipas defendem mal, essa ideia surgiu inicialmente quando treinava o Sporting? Mas é preciso ver quem eram os centrais do Sporting primeiro. Apesar dos nossos serem fracos, o POlga e o outro que nem sei escrever o nome eram muito piores.
    Não peço o campeonato. Só peço a Taça de Portugal e que não adormeça nos jogos do FCP até ao final do jogo. Peseiro pode não garantir resultados (que é mais importante, mas em grande parte dos jogos vamos ter espetáculo)

    ResponderEliminar
  28. "Leonardo Jardim e Marco Silva, além de estarem agarrados a outros compromissos, têm cláusulas anti-FC Porto"

    qual é a validade desta clausulas? se eles rescindirem com os respectivos clubes as clausulas deixam de ter efeito não é?

    na prática é como se não houvessem as tais clausulas da treta impostas pelo urso de carvalho

    ResponderEliminar
  29. Modo de retrospectiva...

    Antigamente a direção do Porto era imbatível, o objectivo era pôr o Porto no topo, destronar os encarnados e simbolizar clube com raça e atitude, contavam-se meia dúzia de contos!!

    Agora o futebol é apenas vertente empresarial, contam-se milhões e tudo se foi.....

    ResponderEliminar

De e para portistas, O Tribunal do Dragão é um espaço de opinião, defesa, crítica e análise ao FC Porto, que aborda a atualidade desportiva e financeira de clube e SAD, bem como do futebol português.

Quem confundir liberdade de expressão com injúria, insulto, mentira ou difamação não passará pelo lápis azul. Todo o spam será apagado. Comentários anónimos são susceptíveis de não serem publicados. Nicknames são permitidos.