sexta-feira, 22 de abril de 2016

Voucher Federação

Fernando Gomes vai, sem surpresa, ser reeleito presidente da FPF no início de junho. Quase numa espécie de périplo do futebol português, foi recolhendo apoios dos clubes pouco a pouco. Pinto da Costa questionou, na entrevista do início de abril, e bem, onde fica a Liga no meio de tudo isto: para que serve a Liga, que supostamente representa os clubes, se depois os clubes andam a conta-gotas a anunciar apoios a Fernando Gomes?

Não há que confundir as coisas. Fernando Gomes foi um bom gestor financeiro do FC Porto, que esteve diretamente associado ao ciclo de maior sucesso do clube e ao crescimento da SAD. Já enquanto presidente da FPF, Fernando Gomes tem contribuído para o tratamento marginal que o FC Porto tem recebido, como foi exemplo o ignorar de duas das maiores figuras do futebol nacional durante a Gala dos 100 anos da FPF, José Maria Pedroto e Pinto da Costa. As águas, pelo menos aqui, não se misturam. Apreço pelo homem que foi administrador da SAD do FC Porto, nada de positivo a dizer sobre o presidente da FPF.

Dito isto, aquilo que mais destaca da lista de Fernando Gomes: José Manuel Meirim passa a presidente do CD da FPF e José Fontelas Gomes é o novo presidente do CA. 

Na primeira entrevista do mês, Pinto da Costa disse que não podia apoiar Fernando Gomes, por não conhecer a sua lista. Já na sua última entrevista, o presidente disse isto, a propósito dos sucessores de Vítor Pereira e Herculano Lima: «Não sei quem vai para lá, porque o FC Porto não interfere nem tem nada a ver com isso». Ficou assim conhecida a posição do clube face a este tema na entrada para o novo mandato da SAD.

José Manuel Meirim foi uma surpresa. Era habitualmente o homem a quem a imprensa recorria para comentários sobre a justiça desportiva. Por hábito, poupa-se a considerações pessoais (uma mais valia) e limita-se a tentar interpretar e enquadrar os regulamentos. Agora vai presidir ao Conselho de Disciplina da Federação. Um grande passo, e desejemos que faça o melhor possível pela justiça desportiva. 

Mas recuemos até 2013 e a uma competição que não tem grande apreço por parte do FC Porto, a Taça da Liga. Todos se recordam do caso das 72 horas, a envolver Fabiano, Abdoulaye e Sebá. O CD concluiu e deliberou que o FC Porto não infringiu nenhuma regra. Mas se José Manuel Meirim fosse na altura presidente do CD da Federação, se calhar esta célebre capa do jornal A Bola já teria sido verídica.


Com isto podemos passar para a célebre história dos vouchers. A defesa do Benfica - aliás, de benfiquistas, pois o clube esteve sempre calado em todo o processo - que alternativa lhe sobrava? - insistiu sempre no tal limite de 200 francos, omitindo que esta norma é aplicada pela UEFA às competições europeias, não à liga portuguesa. Já os regulamentos da FPF, esses sim, indicam que só eram admitidas ofertas de valor simbólico e não-comercial. Mas as ofertas do Benfica, conforme foi analisado aqui, tinham valor comercial e não tinham defesa em quaisquer regulamentos. Ora e o que pensa José Manuel Meirim de tudo isto?


Com isto chegamos ao sucessor de Vítor Pereira, José Fontelas Gomes, o protagonista da palhaçada fresquinha, para quem oferecer jantares e artigos de valor comercial aos árbitros é normal, mas ceder material de banho a um árbitro - algo que segundo o CM o FC Porto fez a Artur Soares Dias - já deve ser passível de uma averiguação. Igualmente, Fontelas Gomes também sempre defendeu a prática do Benfica ao longo de todo o processo.

De recordar o seu papel na época 2014-15. Quando Lopetegui, praticamente o único elemento do FC Porto a contestar as arbitragens, se atreveu a dizer que não podiam ser o árbitros a decidir o campeonato, José Fontelas Gomes ficou ofendido. Curiosamente, a APAF nunca ficou ofendida com nenhuma das afirmações de Jorge Jesus ao longo dos últimos anos, nem quando João Gabriel falou de um campeonato que era «um tributo aos árbitros».

Nos últimos anos nenhum treinador do FC Porto acusou diretamente um árbitro de errar deliberadamente, de querer prejudicar o FC Porto ou beneficiar o Benfica. Jorge Jesus, não raras vezes, proferiu declarações bem mais graves em torno das arbitragens. Mas nunca mereceu nenhum reparo. Limpinho. Descubra as diferenças:


Fontelas Gomes conseguiu o apoio de ilustres árbitros como João Capela, Manuel Mota, Jorge Ferreira, Bruno Paixão ou Carlos Xistra, e enquanto presidente da APAF habitou-se a condenar publicamente o FC Porto sempre que falava das arbitragens; já sobre os ataques do Benfica, nem uma palavra. Quando João Gabriel disse que o título do FC Porto era um tributo aos árbitros, ninguém da APAF se revoltou; já aquando Pinto da Costa criticou Soares Dias em 2014, Fontelas Gomes levou de imediato as declarações do presidente do FC Porto ao Conselho de Disciplina.

Isto para concluir: José Manuel Meirim e José Fontelas Gomes. O que têm em comum? Ambos já se manifestarem publicamente de forma desfavorável em relação a FC Porto, ao mesmo tempo em que defenderam a legitimidade da prática do Benfica no caso dos vouchers. Condenaram o FC Porto, defenderam o Benfica, agora chegam a dois dos cargos mais importantes do futebol português.

Mas «o FC Porto não tem nada a ver com isso».

21 comentários:

  1. Caro Tribunal e Portistas,

    Espero que nao seja mais do mesmo. Mas estou a ver o caso mal parado. Sao 3 figurinhas, fernando gomes, meirim e fontelas, em que a minima situacao em que se ponha FCPorto vs benfica nao terao duvida nem pejo nenhum em prejudicar o FCPorto e benefeciar o benfica. Mas como é que o FCPorto pode mudar isto? Isto é tudo cozinhado por eles. O Fernando Gomes está nitidamente contra nós porque saiu a mal do clube e quem tem o presidente da FPF nas maos como é o caso do benfica, reina a bel-prazer. Este Fernando Gomes é bem pior que o mario figueiredo, esse declarou-nos guerra, lembro-me uma vez dizer publicamente na televisao que o benfica nao devia seguir o caminho do FCPorto no futebol português. Desculpe? Um presidente da liga a dar dicas a um clube em beneficio de outro? Isto só em Portugal. Por muito que um clube nao o tenha apoiado, ele, o presidente da liga tem que ser institucional e pugnar por todos os clubes. Ele é o presidente da liga e de todos os seus sócios (clubes) e nao apenas de quem o elegeu. Era como se agora o presidente da republica ou o primeiro ministro só governasse pros que o elegeram. Inacreditavel. Tivemos um presidente da liga que publicamente fez isto. Nao pode faze-lo. Se nao sabe isso, tem que se demitir ou alguem o demitir, como se tentou, mas o benfica tinha la o gajo da assembleia que manteve aquilo o tempo que pôde, que era um ex jogador deles. Mas como dizia o Fernando Gomes é mais cinico, nao declara publicamente, nao afronta directamente, mas faz pela calada. aí temos a sua lista, perfeitamente escolhida a dedo. Gajos que agradam ao benfica e que se preparam pra manter o poder instalado pelo vieira. Ou muito me engano ou está preparado um caldinho pra levar o colinho ainda mais longe do que tem ido.

    Nós Portistas se a nossa comunicacao, maneira de actuar nao mudar, e os resultados esses, se mantiverem, terao que ser tomadas medidas sérias. Espero que as palavras do presidente sejam a sério. Para já nao mudou nada.

    VIVA o Futebol Clube do Porto

    Cumprimentos.

    ResponderEliminar
  2. Não tenham dúvidas, este reinado será tão mau ou pior do que o anterior. O colinho vai continuar em força!

    ResponderEliminar
  3. andamos a dormir na forma...
    valera de muito termos Porto a Porto, e mais carisma e mais nao sei que, quando nestes bastidores que seria importante ter "musculo" andamos a ser comido de cebolada.
    reneguem-se, pro ano mais do mesmo
    Luis Pais

    ResponderEliminar
  4. Parece que afinal LFV vai ganhar outra batalha.

    Saudações Portistas

    Paulo Almeida

    ResponderEliminar
  5. Meus caros PORTISTAS, não foi JNPC que disse, que o FCPORTO não precisa de ter a obsessão de vencer campeonatos?
    Não foi JNPC que disse, que não lhe interessava falar muito, nem se preocupar em saber quem vai para o conselho de arbitragem?

    Luís (O do José Peseiro)

    ResponderEliminar
  6. Boas

    obrigado TDD por mais um belo post, mas que na minha opinião merece mais um pouco de investigação pois existe ainda mais coisas estranhas nesta lista do Dr.Fernando Gomes.

    vamos por partes

    Conselho fiscal
    Ernesto Ferreira da Silva, Sportinguista

    Conselho de Arbitragem
    Fontelas Gomes, apoiado pelo aquele restrito grupo de árbitros que são conhecidos pela sua cor avermelhada e do qual certo clube gosta que eles apitem os seus jogos sem os prejudicar e que apitem os dos rivais e os prejudiquem.Bruno Paixão, Manuel Mota, Jorge Ferreira, Carlos Xistra, só para citar estes. Desconfio que Jorge Sousa vá passar mal e paira no ar um novo caso "Marco Ferreira". Todos apoiaram o Fontelas menos 4 ou 5 que fazem parte do quadro da primeira categoria.

    Conselho de Arbitragem Secção Profissional
    João Francisco Lopes Ferreira ou melhor João Ferreira,ex.arbitro, o tal que foi apanhado nas escutas a ser escolhido por LFV. O tal que nos lixou no túnel da Luz no caso Hulk

    CA Secção Não Profissional
    Paulo Manuel Gomes da Costa, que é só o irmão de um dos árbitros que mais nos prejudica ou perdemos pontos e falo do árbitro Rui Costa

    CA Secção de Classificações
    Aurélio Dias Pinto Afonso, ainda arbitro de 3ºcategoria da AFLisboa

    Conselho de Disciplina
    José Manuel Martins Meirim da Silva

    Conselho de Justiça
    Manuel Fernando dos Santos Serra

    visto que o FcPorto diz nada ter a ver com esta lista e com estas escolhas, logo se por acaso as coisas em termos arbitrais
    nos correrem bem, os rivais não podem vir dizer que foi o FcPorto que interferiu nas suas escolhas.Como eu não acredito que sejamos beneficiados, pois até acho que ainda vai ser pior, penso que temos mesmo que estar bastante atentos ao que se vai passar.

    não coloquei aqui algo sobre aqueles que fazem parte da Lista do Dr.Fernando Gomes e que são responsáveis por promover árbitros muito rapidamente e que os podem levar de repente da 4º ou 3º categoria à primeira em dois a 3 anos.Isto tem muito a ver com aquilo que Jorge Coroado disse sobre um projecto conjunto com o Inatel eu que se recruta e se dá cursos a certas pessoas escolhidas dentro de um clube de fans de um tal clube.


    Fernando Gomes + Fontelas Gomes + João Ferreira + Aurélio Afonso + José Manuel Meirim = SLBatota


    já disse e vou voltar a dizer, para se vencer tudo isso é preciso vencer os 17 jogos em casa e pelo o menos os 15 jogos fora para sermos campeões.











    ResponderEliminar
  7. Boas TDD

    deixo aqui 3 notas para o TDD aprofundar

    Nota 1: sobre o caso Farense e Harramiz era oportuno o TDD pronunciar-se sobre este caso novamente tendo em conta o que disse o presidente do Farense, pois chamou a si a incompetência por esse erro, mas ressalvou que a capital algarvia nada pode reclamar ou exigir o quer que seja pois não ajuda ou dão apoio e que ele não se demite pois o clube está de pé à sua custa.Estranho estas palavras.

    Nota 2: na primeira volta André Horta(V.Setúbal) conhecido jogador adepto benfiquista, não jogou contra o Benfica por causa de um jogo de suspensão, pois viu um 5 amarelo na jornada anterior.Na segunda volta sem estar lesionado ou castigado, nem sequer saiu do banco e o seu treinador a perder nem o meteu no jogo e preferiu meter outro jogador que nem sequer tem sido opção recorrente. Hoje eis a noticia em jornais que o Benfica e o V.Setúbal estão a negociar o jogador. Tudo normal

    Nota 3: o Benfica protelou a meia final da Taça da Liga para depois do Rio Ave-Benfica e depois do Benfica-V.Guimarães e FcPorto-Sporting, ou seja nessa altura o campeonato presume-se já estará decidido.Este jogo se não fosse o estratagema de marcar jogos para certos dias para inviabilizar outros, esta meia final deveria ter-se jogado antes do Benfica-FcPorto e não aconteceu.Sabem porquê? podiam haver lesões inesperadas ou cartões vermelhos que tem de ser cumpridos no jogo seguinte.comparem os dias de descanso do Benfica no mês de Abril e comparem-no com o do FacPorto em Abril da época passada e depois talvez se perceba porque é que falhamos em alguns jogos.Ainda fazem birra com a data da final Taça CTT, a tal em que foi o presidente do Benfica que ajudou Luis Duque a arranjar patrocinador.Em vez de dizerem que jogam com a equipa B se a data for 26 de Maio. Já agora porque não jogam a meia final com a equipa B? até podem ameaçar mas penso que os regulamentos obrigam a manter vários jogadores que fizeram parte da ultima convocatória e que foram a jogo.Enfim triste cena de uma Taça criada para eles não ficarem a seco em outros anos.

    TDD se precisar de ajuda é só dizer

    contra eles não temos medo

    Biba o Porto!!!

    Joana

    ResponderEliminar
  8. Quando Pinto da Costa diz que o FCPorto não interfere nem tem nada a ver com isso apenas está querer disfarçar uma realidade : actualmente Pinto da Costa não tem qualquer crédito junto dos poderes desportivos e não mais voltará a ter "aliados " como Pinto de Sousa ou Adriano Pinto. Com ou sem razão a realidade é esta e quer se queira ou não os efeitos do apito dourado ainda perduram. Alguém acredita que o Pinto da Costa de outros tempos tempos era insultado como foi pelo Presidente do Maritimo? Infelizmente o FCPorto vai continuar afastado dos centros de poder do futebol e de nada vai valer fazer "barulho" se por dentro das estruturas federativas não houver os apoios convenientes, e não será com ataques à Federação eao seu Presidente que Pinto da Costa vai reverter a situação. Saudações portistas. Jorge Monteiro

    ResponderEliminar
  9. Depois de feita a leitura deste post o resultado é arrepiante. Tudo que aqui se diz é factual. Coloca-se assim a questão pertinente que se prende com a postura destas figurinhas em relação ao Futebol Clube do Porto. Será que vale a pena continuar ? Mais um ano que aí vem prenhe de manobras de árbitros, fiscais de linha, 4º árbitro, os famosos observadores, o jornalixo alfacinha e pior a postura complacente duma Direcção atada de pés e mãos, encomendando a tarefa maior ao panfleto DRAGÕES DIÁRIO. Tenham dó!
    Não fossem os blogs portistas e já tinha desistido.
    Parabéns pela postagem.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  10. Excelente texto.De facto com estas sinistras figuras e o comodismo, ou será impossibilidade?, de quem nos dirige mais tempos se anunciam para as nossas cores.O imobilismo que atualmente revelamos só demonstra que atualmente não temos força nenhuma, os Xitos agora são dados ao contrário e a nossa Sad é impotente para reverter a situação. Perante esta realidade não seria altura de entrar gente nova sem rabos de palha que não tivesse medo de fazer ouvir a sua voz? É com os antiquados e ultrapassados AH,RT e outros que vamos reverter esta situação? Mas alguma vez se ouviu qualquer um destes vir a público defender o clube? Só fazem número é levam o dinheiro no final do mês, agora darem a cara não é com eles. Preparemo-nos para mais 4 anos de conformismo,de silêncio e de dualidade de critérios além de arbitragens que de tão descartadas em nós prejudicar até caem no ridículo. Como pode dizer aquele que tem a máxima responsabilidade no clube que não quer saber nem tem nada com isso de quem vai ou faz parte da lista da federação? Assim não vamos lá e a prova está à vista no que se tem passado nos últimos anos.

    ResponderEliminar
  11. A estratégia "do homem na liga" é isto mesmo, é ganhar os jogos inclinando o campo com recurso a um exército de "árbitros" e outro de "doutores". E isto não se passa só no futebol, é em todas as modalidades, veja-se o que aconteceu no andebol!
    A “verdade desportiva” vai de mal a pior em Portugal. Por cá não ganha quem é melhor, ganha quem é esperto e sabe como corromper!
    Os títulos para o FCP serão cada vez mais uma miragem. Ao presidente e aos atletas do FCP pede-se o milagre de ganhar um jogo que tem os dados viciados! Convém que os adeptos percebam que essa tarefa não é nada fácil. E se julgam que bastará substituir Pinto da Costa por Vítor Baía, António Oliveira ou outro qualquer para voltar a ganhar, então, julgo eu, estarão muito enganados.


    Ventura.

    ResponderEliminar
  12. Mas vocês ainda não compreenderam que neste país de mega atraso cultural, intelectual e até moral, o clube do regime está ao nivel de Fátima, do fado e de todas as merdas possiveis e imaginárias que a triste cultura portuguesa tem para oferecer?
    Eles são intocaveis, eles são o Panteão da nossa vida vivida.
    Querem um exmplo? O maior tripeiro ilustre está votado ao abandono como de um pária se tratasse, quando é o maior orgulho da nossa história: o infante D. Henrique!!!!
    O museu em S. Nicolau, se fosse na capital deste império de caca, não seria assim tão sombrio, tão desdenhado e... tão esquecido!
    Só seremos um dia realmente fortes e ao nivel deles, quando todo e qualquer vestigio salazarista, cerejeirista e pidesco tiver desaparecido. Até lá, vamos fazendo como podemos, o que significa cisões entre nós próprios!

    ResponderEliminar
  13. Sejamos claros. Fernando Gomes tornou-se persona non grata para Pinto da Costa, quando discordou do rumo que o Clube/SAD estava a seguir (a vários níveis) e decidiu sair do FC Porto.

    A partir daí e muito antes de ser presidente da FPF, passou a ser alvo de vários ataques, diretos e indiretos, vindos de Pinto da Costa ou da “estrutura”.

    Ou seja, independentemente das escolhas A, B ou C que fazem parte da sua lista para o próximo mandato na FPF, já há muito tempo que o Fernando Gomes entrou no “Index azul-e-branco” e é um alvo a abater.
    E porquê?
    Deixo esta questão para reflexão.

    ResponderEliminar
  14. Faço minhas as palavras de um comentário acima.

    O FCP perdeu outra batalha.

    O SLV / vulgo Estado Lampiónico cada vez mais domina, manda, se espalha e entranha em tudo.

    O FCP continua a dar tiros nos pés e com a cabeça na areia. No FCP ainda não compreenderam que estamos na Era da Comunicação. E que dar ao desprezo, fazer ouvidos, orelhas moucas, não é a solução.

    FPF, LPFP, CA, CD, CJ, Mass Media, Poderes Institucionais.. está tudo minado, dominado, endrominado pelo SLV / EL.

    ResponderEliminar
  15. oh tribunal li agora mesmo a noticia no zerozero que ha interesse no diego reyes, até aqui tudo bem é um tipo novo fez uma boa epoca logo clubes interessados nele deve haver, agora dizerem que ele tem uma clausula de 50 milhoes mas o negocio se deve fazer pelos 20/25 milhoes, fogo o jornal A Bola anda generoso, ainda para mais diz que é a propria real sociedad a dar isso ao porto, eu só nao digo que até o levava ao aeroporto porque ele já la está, mas se ele quiser cá vir para eu o levar ao aeroporto e voltar a ir por mim na boa... assim já acredito naquela noticia do jornal O Jogo dos 30 milhoes com exedentarios mas acho que conseguiriamos fazer até 50 milhoes, 20 com o reyes a bocado li outra noticia engraçada de 10 milhoes pelo ghillas para a china, mais 10 pelo maicon, 8 pelo adrian, 3 pelo hernani e mais 3 pelo josué assim vamos lá (sim eu acho que isso do josué e o hernani voltarem é conversa fiada)

    ResponderEliminar
  16. Só me assola uma questão. O que fazer???

    É a arbitragem, são os farenses, os marítimos,os belens, os bragas, os tondelas... É muita coisa...

    Abraços

    ResponderEliminar
  17. Alguém me sabe esclarecer o que se passa com as análises de doping lá para os lados da capital do império? O modo como o caso tem sido (não) explorado pela imprensa faz me desconfiar de algo...
    Obrigado!

    ResponderEliminar
  18. Caro Tribunal e Portistas,

    http://www.dn.pt/desporto/interior/couceiro-e-evangelista-na-lista-de-fernando-gomes-5136059.html

    Cá está ela.

    Até o sporting já mete gajos. Nós andamos andormecidos e depois queremos resultados. Se tivermos uma equipa à prova de bala, se nao dermos hipoteses tudo bem, venceremos. Se estiver equilibrado, não tenhamos a minima dúvida. Estamos sem o minimo poder nas instituições e os nossos adeversário o oposto. O vieira mete quem quer, e o sporting a pouco e pouco vai metendo. Vocês acham que alguém nos vai em caso de dúvida dar alguma abébia?

    Cumprimentos.

    ResponderEliminar
  19. Fernando Gomes foi um bom Basquetebolista? Foi. Foi um dirigente do Porto? Foi. Se era bom ou não dirigente nunca poderei dizê-lo ou confirmá-lo, porque nunca o vi a trabalhar.
    -Foi um bom dirigente da Liga? Não foi.
    -Está a ser um bom dirigente da FPF? Também não, atendendo aos interesses de todos os Clubes e não apenas dos Clubes de Lisboa.
    Aquilo que sabemos é que saiu do Porto Clube para ir quase directo para dirigente da Liga e com o apoio do Benfica.
    Aquilo que parece ser indiscutível é que desde que ele está na direcção do Futebol Português, o Benfica ganhou dois Campeonatos seguidos e prepara-se para conquistar um terceiro ou em alternativa ceder este ao Sporting e ambos estão satisfeitos com o seu trabalho.
    O Porto ficou entretanto a ver navios.
    -Outra coisa indiscutível é que ele está bem da vida. Ganha bem, veste e come bem e está bem de saúde. O Porto não.
    Mais palavras para quê?...

    ResponderEliminar
  20. Observem bem a quantidade de ex-jogadores dos Clubes maiores de Lisboa que estão incluídos nos lugares de gerência da FPF...Em todos os sectores, dirigismo, representação, treino.
    Agora até fizeram um Centro de Treinos nas margens do Centro Prisional, ex-Cadeia de Caxias. Deve ser para quando ela for totalmente ocupada com ex-dirigentes do Benfica -os actuais não podem, para já são intocáveis-, estes poderem entreter-se durante o dia e fazerem apostas...

    ResponderEliminar
  21. A todos os que aqui dizem mal do Meirim, demonstram uma memória curta gigantesca.
    Esquecem-se, com certeza, que o Meirim foi dos maiores defensores do FCP no caso Apito Dourado. Dos maiores... já para não dizer que foi mesmo o principal.

    E agora tornou-se persona non grata por causa das 2 tretas irrelevantes dos vouchers e da Taça da Liga.

    ResponderEliminar

De e para portistas, O Tribunal do Dragão é um espaço de opinião, defesa, crítica e análise ao FC Porto, que aborda a atualidade desportiva e financeira de clube e SAD, bem como do futebol português.

Quem confundir liberdade de expressão com injúria, insulto, mentira ou difamação não passará pelo lápis azul. Todo o spam será apagado. Comentários anónimos são susceptíveis de não serem publicados. Nicknames são permitidos.