sexta-feira, 15 de abril de 2016

O outro teste

«Excedentários vão render 30 milhões». Esta capa do jornal O Jogo é de um otimismo e convicção que se saúda, pois já era tempo de o FC Porto receber tão positiva garantia. Num país onde os Renatos se vendem por 60M€ e os Nicos por 45M€, finalmente sentimos alguma justiça em prometerem um encaixe de 30M€ com excedentários.

Da capa do jornal ao texto, O Jogo passa da certeza à especulação, enumerando uma série de jogadores que podem «render entre 25 a 30 milhões de euros». Basicamente, é o exercício especulativo que todos os adeptos fazem todos os anos, de calcular quanto cada jogador pode render. Mas por experiência própria, é mais do que sabido que os excedentários raramente dão bons encaixes financeiros.

Ainda assim, e repetindo o mesmo que vem sendo dito em todos os finais de época, é tempo de o FC Porto deixar de ter um plantel emprestado. Um clube que tem uma equipa B, que tem uma folha salarial altíssima e que ainda assim tem carências no seu plantel principal não pode ter mais de 30 jogadores emprestados - sobretudo quando a maioria desses jogadores nunca mais vão vestir a camisola do FC Porto. É insustentável e injustificável.

Com isto, algumas considerações sobre as metas até 30 de junho. Como era sabido na apresentação do orçamento para 2015-16, a SAD precisava de um resultado com transação de passes de jogadores de 72,59M€. Entretanto a saída de Alex Sandro gerou uma mais-valia de 21,36M€, o que já abateu o valor para pouco mais de 50M€. Imbula também saiu, mas terá uma mais valia muito reduzida (só cerca de 18M€ servem para abater o valor contabilístico do passe, pois Imbula não esteve sequer meio ano no FC Porto), sendo que ainda haverá a calcular as outras operações de inverno do FC Porto.

Na possibilidade de alguns excedentários serem vendidos, há que ter em atenção a relação preço de venda vs. mais-valia. Por exemplo, imaginando que Adrián López conseguia a proeza de ser vendido por 8M€ - 6,6M€ deste valor não seriam considerados na mais-valia, pois Adrián só cumpriu 2 dos 5 anos de contrato. Se a isso tivermos que deduzir mecanismos de solidariedade, comissões ou prémios/indemnizações, basicamente Adrián López não gera mais-valia, apenas para dar este exemplo. 

Uns foram contratados sabendo-se (ou prevendo-se) de antemão que não tinham qualidades/características para singrar no FC Porto, como Sami ou Hernâni. Outros tinham valor mas a contratação falhou por diversas razões, como Ghilas. E outros não são ainda casos perdidos, como Reyes. Mas há a garantia de que a SAD tem que arrumar a casa antes de atacar o mercado. Não podemos pensar em comprar um guarda-redes quando já temos 5 emprestados a outros clubes. Primeiro limpar os quadros do clube, depois reforçá-los se necessário, mesmo que a saída dos excedentários não impeça a venda de dois ou três titulares da equipa A.  

Não vale a pena falar de Quintero pois, a partir do momento em que renova até 2021, então é porque a SAD sabe que pode contar com ele - felizmente o absurdo empréstimo ao Internacional foi abortado. O FC Porto podia errar na sua contratação, mas não podia errar quando renova com ele por mais 4 anos, sobretudo no mercado de inverno, de onde o plantel saiu ainda mais enfraquecido. Quando O Jogo escreve que Quintero vai estar «em exame até ao fim da época», não faz o menor sentido - então depois de renovar por 4 anos é que vai a exame? O exame já tinha que ter sido feito, logicamente. Renovar com um jogador para depois concluir que não tem caráter não se enquadraria numa gestão competente. 

Além da necessidade de fazer mais cerca de 50M€ com mais-valias de jogadores (é dado quase adquirido que Brahimi sai, restando saber quem lhe faz companhia - Herrera, Danilo e Rúben Neves são os jogadores que aparentam ter maior valia no mercado, mas sobretudo os dois últimos deveriam ser considerados intocáveis), há a necessidade de colmatar a ausência da Champions.
As metas a cumprir até 30 de junho
A SAD orçamentou 27,437M€ de ganhos na Champions. No primeiro semestre conseguiu apenas 11,698M€, mas a diferença seria reduzida se a equipa se apurasse diretamente para a Champions 2016-17. Como à partida não o vai fazer, são mais 12M€ que têm que se encontrar até 30 de junho.

A SAD orçamentou um resultado líquido de 1,793M€ para a época 2015-16, mas não seria inédito, nem tampouco a coisa mais grave da sua história, fazer com que algum prejuízo transitasse para 2016-17. Mas há um problema chamado fair-play financeiro, que impede a SAD de apresentar mais de 8,6M€ de prejuízo, caso contrário enfrenta o risco de sanções. O Sporting também falhou o fair-play financeiro e não foi a coisa mais grave do mundo, pois as sanções não foram particularmente pesadas, mas no caso do FC Porto falhar o FPF depois da operação Euroantas de 2014-15 seria algo absolutamente inqualificável e injustificável. 

Faltam dois meses e meio para o fim da época financeira e, mais do que testes de caráter ao plantel, vai haver testes à capacidade da SAD nas movimentações no mercado, com a necessidade de gerar pelo menos mais 40 a 50M€ em mais-valias e encontrar forma de colmatar os 12M€ da Champions que já não vão entrar nas contas. As últimas semanas de 2015-16 não servem apenas para que alguns jogadores mostrem se merecem ficar no FC Porto: serve também para ver como é que a SAD vai lidar com este grande, chamemos-lhe, desafio. Há o teste de caráter ao plantel e haverá o teste de competência de gestão financeira da SAD para a época 2015-16.

Pergunta(s): Que emprestados têm lugar no FC Porto 2016-17 e quem pode gerar as mais-valias necessárias no mercado?

64 comentários:

  1. Só um reparo: Hernani tem mais qualidade do que Corona, Marega ou Varela.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mais qualidade que Corona ? Pelo amor da Santa...

      Eliminar
    2. Não sei mesmo o que as pessoas viram quando ele cá esteve. É por ser Português...?
      Goste-se ou nao deles, comparado com o Marega todos concordam, Varela já hesito, Corona fico incrédulo com a comparação...

      Eliminar
    3. Hernani melhor que Corona?

      por amor de deus...

      Eliminar
    4. Na minha opiniao conta mais o que o hernani faz no Olimpiakos do que o que o corona faz na seleccao do Mexico.
      Mas se evoluir de acordo com o potencial o corona será muito superior ao hernani (que considero uma versao MELHOR de Tello, visto saber minimamente cruzar ao contrario de tello e ter melhor visao de jogo que o tello)

      Eliminar
    5. Corona é um grande jogador, já provou no twente, na seleção mexicana e vai provar aqui. A fase que a equipa atravessa não ajuda e parece me também fora da posição onde rende mais. Quanto à comparação, Hernâni/corona nem merece comentário, em relação ao marega e varela, prefiro 10x o Hernâni. Aliás, para deveria estar no próxima plantel, plas suas características seria um Boa solução a partir do Banco.

      Neves

      Eliminar
    6. Nem tanto ao mar, nem tanto à terra.
      Hernâni não é comparável a Corona, porque Corona é um craque e tem tudo para ser uma estrela no FC Porto inserido num bom colectivo.
      Mas também discordo do tribunal do dragão, acho-o muito melhor do que o Marega e Varela, é bom jogador, e seria sem dúvida uma excelente alternativa aos titulares, é muito rápido, bom tecnicamente e no drible, e que marca golos.

      Eliminar
  2. TdT,

    O que espero é que este ano se limpe mesmo o quadro completo e se aproveite para vender os jogadores que não tem qualquer perfil.

    Eu acho que apesar de tudo, só precisamos de contratar 4 jogadores após a limpeza e retorno de emprestados.

    Porque para mim:
    Casillas, José Sá + 1 jovem da equipa B
    Maxi, Vitor Garcia
    Reyes, Chidozie, +2
    Layun, Rafa
    Danilo, André André, Rúben Neves, Otávio, Josué, Sérgio Oliveira (?)
    Corona, Ismael Diaz, Ricardo Pereira, +1
    Suk, Bueno, +1

    Para tal assumindo as saídas de Helton (reforma ou Brasil), Indi, Marcano, Angel, Herrera, Quintero, Evandro, Brahimi, Marega, Varela, Aboubakar.

    O não retorno dos emprestados não mencionados e tentar as saídas de definitivo nomeadamente de Ghilas, Hernani, Maicon, Licá, Tiago Rodrigues, Fabiano, Abdoulaye, Andrés Fernandes, Ricardo(GR), Sami, Kelvin, Bolat e Adrian Lopez.

    Voltar a emprestar a equipas da 1ª Liga PORTUGUESA Kayembé, Ivo Rodrigues, Gudino, Lichnovsky, Quintero(se não o conseguirmos vender), Kelvin (o mesmo que Quintero), Mauro Caballero, Gonçalo Paciência, Leandro Silva, Roniel.

    Os restantes emprestados (que posso estar a esquecer-me de algum) seriam para dar (50% do passe nosso se aceitarem)/rescindir contrato nomeadamente Brahima Candé, Anderson Dim, David Bruno, Kadu, Fidelis, Mikel entre outros que dificilmente serão mais valias para o plantel.

    Depois é pegar nos maiores talentos desta época na B e emprestar a clubes da 1ª Liga e estou a falar de André Silva, Gleison (adquirir ontem), Omar Govea (adquirir ontem), Francisco Ramos e mesmo o Graça.

    So Easy...

    ResponderEliminar
  3. O porto neste caso pode contar com os "amigos" empresarios para colocar jogadores de modo a lhes dar algum lucro tambem. Penso que o Aboubakar será vendido juntamente com o Brahimi, encaixaremos bom dinheiro e desportivamente nao ficaremos a perder. Apostaria no André Silva e no Otavio para os substituirem ( ou o Diaz), se bem que O Rafa encaixava muito bem. Relativamente ao Quintero, renovou para que nao se perca totalmente o investimento; nao concordo e acho que um emprestimo a um clube brasileiro iria rentabilizar muito, pois com as suas caracteristicas Quintero brilharia no Brasil.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Diz-me 1 jogador, apenas 1, que tenha ganho capacidade com um empréstimo no Brasil.

      Eliminar
    2. O Kelvin e o Maicon têm jogado bem no São Paulo

      Eliminar
    3. O Kelvin? Pouco jogou até agora e menos ainda em jogos importantes (libertadores...)

      Eliminar
    4. O Sousa por exemplo; nao so o Porto o vendeu ao fim de uns meses como ainda lucrou com a transferencia para o Fenerbace. O jogo do Quintero é sobretudo passe e desmarcações, sem correr muito...no Brasil tens muito espaço e futebol lento, agora faz a conta. Pelo que vi ate agora um emprestimo no futebol europeu nao o valorizaria, talvez em Portugal, mas no Brasil de certeza que se conseguiria rentabilizar e o Porto is buscar o que pelo menos pagou por ele.

      Eliminar
  4. Gostei bastante do artigo de opinião de hoje do Pedro Marques Lopes e dos seus 8 pontos.
    Cinco estrelas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Em que órgão de comunicação social ? Já gosto dele no eixo do mal :)

      Eliminar
  5. menos que entre aqui uma conjugação dos fatores Mendes e mercado chinês, não vejo forma de esses montantes serem alcançados, especialmente quando avaliadas as épocas que muitos desses jogadores estão a realizar.

    ResponderEliminar
  6. "Mas por experiência própria, é mais do que sabido que os excedentários raramente dão bons encaixes financeiros."

    Ora vamos lá desmontar a vossa tese dos tais excendentários, e trago à colação os encaixes com excendentários do ultimo defeso:

    Souza 2 M€ 25% do passe que o FC Porto ainda detinha!
    Kleber 3 M€ 70% do passe!
    C Eduardo segundo o R&C rendeu cerca de 5,5 M€!

    Cerca de 10 M€ em excendentários, não me parece mal!

    A talhe de foice, a capa do Jogo de hoje, não refere que cada um dos excedentários possa gerar 25/30 M€ de encaixes, como aqui vocês referem, mas sim, o conjunto de excedentários, como Adrian, Maicon e Ghilas. Convirá talvez serem mais rigorosos, sem inquinarem informação, não concordam?

    Quintero? Houve também um Iturbe que deu uma enorme "menos valia", não foi?

    O Casemiro, gerou cerca de 7 M€ ter sido activada a sua opção de compra, não é verdade? Será que esses 7 M€ foram suficientes para comprar os passes do Danilo, André André e do Sérgio Oliveira?

    Perdão pelas minhas contas de merceeiro, mas andarei longe da verdade, ou da vossa verdade?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. «A talhe de foice, a capa do Jogo de hoje, não refere que cada um dos excedentários possa gerar 25/30 M€ de encaixes, como aqui vocês referem».

      Ninguém referiu tal coisa, só mesmo o Paulo, até porque seria demasiado surreal considerar 30M€ por cada jogador. Só o Paulo pareceu ter ficado confundido com um português tão claro.

      Algumas notas:
      - Souza não foi um jogador transferido pelo FC Porto, mas sim pelo São Paulo; o FC Porto limitou-se a beneficiar pela parte do negócio a que tinha direito. Neste caso, o São Paulo não nos vai vender o Adrián, o Abdoulaye ou o Reyes, terá mesmo que ser o FC Porto.

      - Sobre Kléber, não é conhecida a mais-valia que gerou, pois não foi revelada no R&C. Não interessa o valor da venda, interessa sim a mais-valia que gerou. Infelizmente saiu por menos do que custou (total de 4,2M€ por 70%).

      - Carlos Eduardo não rendeu 5,5M€, pois saiu em pacote com o Djim. Carlos Eduardo rendeu 2M€. Se quiser considerar Djim um excedentário, tudo bem, 3,5M€ é bem razoável. Mas seria interessante saber quanto custou comprar parte do passe de Djim antes da transferência para as Arábias. De qualquer forma, o R&C não revelou a mais-valia desta operação.

      - Iturbe entrou no R&C de 2014-15 e gerou uma mais-valia de 4,736M€, sensivelmente o preço de compra.

      - Estamos a falar de excedentários e fala de um jogador emprestado (Casemiro)? De qualquer forma, Casemiro entrou em 2014-15, logo o dinheiro já não entra esta época.

      Face à necessidade de gerar mais-valias de 72,5M€, o Paulo pode então dar exemplos de jogadores excedentários que tenham saído na mesma época e que cubram sequer 10 a 20% destas necessidades.

      Eliminar
    2. Que equipas pagariam por Adrian, Maicon e Ghilas 25M€? Qual deles vale 8 a 10M€? Mesmo com o Maicon a valer 10M€ quem pagaria 5M€ por qualquer um dos outros dois? Quanto ao resto o é melhor veres quanto, em M€, precisamos de fazer até 30 de Junho.

      Eliminar
    3. segundo o jornal o jogo ghillas tem mercado no medio oriente

      Eliminar
  7. Este artigo do O Jogo é uma encomenda e se fosse um jornal de lisboa para um qualquer clube de lisboa era um pasquim qualquer coisa negativa :)
    No futebol tudo que aos outros acusas normalmente em tua casa vive na mesma medida! Ora encoberto pelo sucesso ora exposto pelo insucesso...
    "Casa onde não há pão, todos ralham e ninguém tem razão” e no FCP o pão esta a ser comido por poucos e os que ralham parecem não ter razão.
    Falidos com um plantem sem ponta de valor.. só mesmo a china e o mendes para fazer qualquer coisa de positivo.. vai ser um verão quente no dragao.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não te preocupes que o nosso plantel gera transferências maiores que outro qualquer, depois se isto fosse encomendado diria ali pela sexta vez que o brahimi vai para o United por 45M, todos conhecemos esta historia.
      Já agora se estamos a ser comidos por poucos, será pelos amigalhaços do lampião Pereira, que depois de nos afastar do 1 e 2 lugar, parece agora querer ajudar o amigo salvador.
      Outro aviso, quando o verões são quentes no Dragão, sabemos quão frias costumam ser as épocas de Leiria para baixo.

      Eliminar
  8. Primeiro de tudo parabens Ao TdD pelos artigos que publica.
    Em relaçao à analise que fez sobre os excedentarios discordo totalmente do Hernani considerando-o como o melhor extremo que FC Porto tem sob contrato.
    Plantel para 2015/2016

    GR- Manter Casillas e Helton
    Escolher entre José Sá e Gudino (um para emprestar outro para 3o GR + Titular da equipa B)
    Andres Fernandez- Vender nem que seja por 500m € objectivo baixar folha salarial
    Fabiano Freitas - Vender por 1M ou 2M ou envolver na compra de algum jogador
    Sinan Bolat - Tentar coloca-lo nem que seja a custo zero (nao emprestar)
    Ricardo - De preferencia a mesma situacao do Bolat, mas se nao for possivel emprestar, seu salario nao deve ser tao alto quanto o de Bolat.

    DEF
    Tentar vender Marcano e Maicon (cerca de 3M cada 1) + Abdoulaye nem que seja por 1M ou usar com moeda de troca.
    Manter Indi Chidozie e dar oportunidade a Reyes (COMO CENTRAL).
    Contratar 1 central (Pepe sera impossivel, Carvalho se aceitasse baixar o salario seria bom, ou tentar outro negocio possivel com 1 jogador ja feito, mais na linha dum Coates do que na linha dum Diego Carlos), emprestar Lichnovsky de preferencia a 1 equipa da Primeira Liga em que seja provavel a sua titularidade.
    Resgatar Ricardo (tb devido a poder jogar como extremo), Manter Maxi e Layun, e ficar com Rafa Soares. Emprestar Victor Garcia a equipa da primeira para ser titular idealmente imitando caso de Rafa Soares.
    Jose Angel nem que seja colocado a custo zero (nao emprestar)

    MED
    Preferencialmente manter Danilo, Ruben, André, Sergio.
    Vender Herrera pelo maior valor possivel penso que podera valer 20M no minimo, visto q ha necessidade de gerar milhoes.
    Bueno vender se nao entrar nas contas do treinador, talvez gere 4M/5M.
    Evandro vender ou usar como moeda de troca se nao entrar nos planos do treinador, nao deve valer muito mais que 1M.
    Manter Otavio, se Josue nao entrar nos planos vender ou tentar usar como moeda de troca, se Quintero nao acordar fisica e psicologicamente vender nem que seja por 2M.
    Manter Hernani, Corona, usar Ricardo,contratar 1 bom extremo sem ser muito caro (leia-se abaixo dos 10M, de preferencia bem abaixo).
    Colocar nem que seja a custo zero ou usar como moeda de troca Sami, Varela, Marega, Lica, Kelvin (principalmente os 3 primeiros).
    Vender Brahimi pelo valor possivel, minimo 20M
    AVA
    Contratar bom PL a bom preço para titular se nao for possivel manter os 3 actuais.
    De preferencia vender Aboubakar se negocio bom ou se tiver contratado PL para titular.
    Emprestar Andre Silva a clube da 1a liga para titular se nao houver possibilidade de jogar regularmente no FC Porto.
    Indiscutivelmente manter Suk.

    ResponderEliminar
  9. além desses (40 a 50)+12 Milhoes em vendas ainda deviam garantir mais uns milhões para reforçar convenientemente o plantel, ou seja, uma revolução completa do plantel.
    quem é o maluco que orçamenta 72M em vendas? andam a arriscar demasiado

    ResponderEliminar
  10. GR
    Fabiano Freitas, Andrés Fernández, Sinan Bolat, Ricardo, Kadú e Raúl Gudiño.
    - Só ficar com o Gudiño, o resto vender ou rescindir.
    - Mais valias nenhum infelizmente.
    Defesas
    Abdoulaye Ba, Diego Reyes, David Bruno, Ricardo Pereira, Igor Lichnovsky e Maicon
    - Só ficar com o Ricardo Pereira (depois do emprestimo de 2 anos) , o resto vender ou rescindir.
    - Mais valias só Maicon provavelmente.
    Medios
    Mikel Agu, Josué, Tiago Rodrigues, Leandro Silva, Otávio e Juan Quintero.
    - Só ficar com o Otávio e o Leandro (par emprestar mais um ano) resto vender ou rescindir apesar do Quintero...
    - Mais valias nenhum infelizmente.
    Avançados
    Kelvin, Licá, Sami, Hernani, Joris Kayembe, Ivo Rodrigues, Adrián López, Mauro Caballero, Nabil Ghilas e Gonçalo Paciência.
    - Só ficar com o Ivo e o Gonçalo para os emprestar mais um ano, o resto vender ou rescindir.
    - Mais valias nenhum infelizmente.

    Conseguir 30M€ a 40M€ por estes jogadores era excelente.
    No final da epoca de tranferencias para os que não houvesse propostas o FC Porto podia propor rescisão.
    O Opare preferiu essa solução a ser emprestado indefenidamente.

    Depois ainda temos o Angel, o Evandro, o Varela e o Marega a juntar a este lote.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. comentarios muito "coise" reyes nao dara mais valia? andres fernandes tambem nao? lichnovsky vender já? kelvin, sami, hernani e adrian nao terao mercado? ivo e gonçalo que sao da formaçao nao renderao nenhum?

      Eliminar
    2. Podemos não perder tudo, mas muito dificilmente serão mais valias.
      O Ivo e o Gonçalo, na minha opinião, não seriam para vender mas sim para emprestar.

      Eliminar
  11. Plantel 16/17
    GR Casillas Helton Jose Sa
    DL Maxi Layun Rafa *Ricardo
    DC Indi Chidozie Reyes + Pepe/B.Alves/R.Carvalho
    MC Danilo R.Neves A.André S.Oliveira Otavio + Josue/Bueno/J.Moutinho/Herrera/Evandro/Mikel/Equipa B
    EXT/MA Hernani Corona *Ricardo + P.Santos/Rafa/Zivkovic
    PL Suk, A.Silva + A.Milik/V.Janssen/Mitrovic/Derdiok/Necid/Aboubakar

    "/" = ou

    ResponderEliminar
  12. Parece-me notícia de pré-eleições. Se fizerem metade desse valor já será muito bom. A menos que entre a China ao barulho.

    ResponderEliminar
  13. Não sei em que parte do texto é referido que cada um dos excedentários irá gerar encaixes de 25/30 milhões de euros. E sim, os referidos excedentários que mencionou foram exceções que confirmam a regra que é os excedentários não representarem encaixes financeiros, mais-valias, o que quiser, relevantes. Para ajudar a esta equação é importante comparar as épocas que Souza, Carlos Eduardo ou mesmo Kléber, com a época que, por exemplo, Ghilas está a fazer.
    De entre os atletas que estão emprestados pelo Fc Porto talvez o Maicon, Diego Reyes e Ricardo sejam aqueles que têm maior potencial de gerar mais-valias relevantes. Os djalmas e os Samis da vida dificilmente não darão prejuízo.

    ResponderEliminar
  14. O problema com a venda de jogadores do atual plantel é a sua desvalorização.

    - O Brahimi está muitos furos abaixo da época passada e continua sem jogar na sua posição. Quem o comprar tem de ter uma "fezada", quer para pagar o mínimo que o Porto aceite, quer para acreditar que vai mostrar muito mais do que mostrou até agora, seja no meio ou a extremo;

    - O Herrera não evolui mais. Tem fases muito boas, outras sofríveis, até tenho gostado dele como capitão mas nunca renderá mais de 20M.

    - O Rúben Neves caiu a pique. Vendê-lo neste momento era crime de lesa pátria. Temos de o recuperar primeiro, dar-lhe a oportunidade de fazer uma época ao nível da que fez com Lopetegui. Esse Rúben Neves vale 3 ou 4 vezes mais do que o atual;

    - Aboubakar é como Brahimi, só com muita "fezada" do treinador / equipa que o quiser, porque o nível de jogo que apresenta está a ser sofrível. Depositei grandes esperanças nele, mas é assim a vida.

    - Danilo é o único jogador do plantel que está muito melhor agora do que quando entrou no clube. Vale muito. Mete William num bolso. Espero que o Porto o mantenha, mas a ter de vender, é daqui que pode vir o valor mais alto.

    Quanto aos emprestados, o ideal é vender TODOS os que não têm futuro no clube, mas tendo consciência que em muitos casos não vão render grande coisa. Duvido que alguém dê 8M pelo Adrián, já nem falo nos 11M.

    Por fim quanto a regressos, eu procuraria levar um grupo algo alargado (sem exageros) para estágio em pré-época, dar oportunidade ao treinador (seja quem for) de os observar diariamente e tomar decisões. Por exemplo e falando outra vez no Adrián, caso as ofertas de compra não compensem, não seria de lhe dar nova oportunidade? Toda a gente sabe a qualidade que ele tem e quão superior pode ser a alguns dos avançados que temos agora. O mesmo com Quintero. Estes jogadores recuperados psicologicamente têm capacidade de ser estrelas em Portugal, acho que vale pelo menos a tentativa.

    ResponderEliminar
  15. Respondendo à pergunta elaborada pelo TDD e iniciando a minha resposta pela primeira parte, penso que além dos referidos pelo Presindente, embora ache que dos 3 Josué não tem qualidade para ingressar no plantel,já lá temos 3 ou 4 como ele, penso que Diego Reyes é um excelente jogador, ( alguém se lembra do jogo da taça contra o Benfica em casa ? ) para além de estar a realizar uma boa época numa boa equipa, ao contrário do Igor que não joga 1 minuto numa má equipa. Quanto aos restantes entre ter Varelas, Maregas e afins, mais vale recuperar Hernâni ou Kayembe, mas nunca os podemos considerar como titulares, quer Brahimi, quer Corona são incomparavelmente superiores, teriam de ser sempre considerados como 4ª opção para extremo. Relativamente ao caso de Ricardo Pereira o empréstimo é de 2 anos, o jogador está evoluiur, não é superior a Victor Garcia, mais vale deixá-lo estar e esperar que alguém o compre.
    Respondendo à segunda parte da pergunta, e considerando Danilo peça fulcral e imprescindível no próximo plantel, Herrera parece-me um jogador com mercado e com bom valor, tal como brahimi, embora ache que brahimi é mais difícil de substituir do que o mexicano, depois, há sempre os espanhóis que apesar não renderem a nível desportivo, têm sempre bom mercado

    ResponderEliminar
  16. Mais do que considerar os emprestados que possam entrar no plantel 2016/2017 será saber que treinador os irá avaliar, pois isso terá bastante influência mediante o estilo e tipo de jogo a aplicar. Rafa parece-me um excelente, já Josué penso que terá mais sentido aplicar no mercado (moeda de troca com o Braga por Rafa??). Fabiano, Andres Fernandez, Maicon penso que também terão valor de mercado, mas partilho da ideia de esvaziar o lote de emprestados nem que seja a custo de saldo e por forma a baixar a massa salarial.

    ResponderEliminar
  17. Parabéns ao TdD pelo post.

    Em relação ao próximo ano, realmente acho que o Porto precisava de investir em nao mais do 4/5 jogadores, e permitir o regresso de outros jogadores.

    Acho importante o regresso de Rafa Soares, Ricardo Pereira, Hernani e Josué. 4 jogadores portugueses, com qualidade, 2 deles formados no FCP.

    Diego Reyes tem sido titular habitual na Real Sociedad, da liga espanhola. Que mais pode ele fazer para merecer um regresso? Seguramente aumentou os níveis de confiança e experiência nesta temporada e seria uma boa adição ao plantel, visto também o valor que o clube investiu nele.

    Otávio sem dúvida que merece regressar, sendo gritante a falta nesta época de um criativo, Otávio pode ser esse elemento no próximo ano, se bem que eu creio que é preciso mais alguém.

    Outro jogador emprestado pelo FCP e não tem merecido, injustamente, a mesma relevância é Ivo Rodrigues. Tem estado a grande nível esta época e merecia, pelo menos, fazer a pré-época no FCP.

    Relativamente a jogadores emprestados que deveriam sair em definitivo, porque já provaram que não são nem virão a ser opção: Andrés Fernandez, Sinan Bolat, Fabiano, Abdoulaye, Tiago Rodrigues, Sami, Licá, Ghilas.

    Este seria o meu plantel de eleição para o próximo ano:

    GR: Anthony Lopes*, José Sá e Ricardo Nunes (Gudiño seria emprestado, precisa de jogar)
    DE: Miguel Layun e Rafa Soares
    DD: Maxi Pereira e Ricardo Pereira (emprestar Vitor Garcia)
    DC: Bruno Martins Indi, Chidozie Awaziem, Diego Reyes, Pepe* e Diego Carlos*
    MDC: Danilo Pereira e Rúben Neves
    MC: André André, Sérgio Oliveira, Otávio, Josué, Francisco Ramos, Óliver Torres*
    Extremos: Jesús Corona, Hernâni, Jeisson Vargas*, Ivo Rodrigues, Hirving Lozano*
    AC: Vincent Aboubakar, André Silva, contratação (?)

    ResponderEliminar
  18. Opiniões, são opiniões, pelo que existirão sempre nomes que causem amores e ódios entre adeptos de um mesmo clube.

    Como tal, e sendo a minha opinião, não posso divergir mais do Tribunal do Dragão quando afirma o défice de valor de Hernâni para o FCP.

    Hernâni é mais rápido do que qualquer um dos nossos actuais (e emprestados) extremos, ao que junta capacidades técnicas e de finalização bastante razoáveis. Mesmo com escassas oportunidades na época passada (apenas 3 jogos a titular, 1 deles completo), conseguiu marcar golos importantes e desequilibrar. Não sei se terá já a envergadura para ser titular, mas tem tudo para ser uma excelente arma de banco.

    Hernâni é igual ou superior ao melhor Tello, com a vantagem de ser mais barato.

    ResponderEliminar
  19. O problema com essas dezenas de milhões é que têm de entrar nos próximos dois meses e meio, com o plantel muito desvalorizado e passes espalhados por várias mãos.

    E isto é só para os próximos 2.5 meses, porque a partir daí será curioso ver como se equilibram dois objectivos contraditórios:

    1. Montar um plantel muito bom (já para a pré-eliminatória da Champions) sabendo à partida que alguns bons jogadores acabaram de ser vendidos nas últimas semanas e outros dispensados.

    2. Reduzir a massa salarial para um valor a rondar os 60 milhões de euros, de forma a evitar um enorme défice operacional.

    E, finalmente, falta o treinador. Tudo indica que o Peseiro não fique, o que é natural. A questão é que nunca se viu uma "pré-época" com um treinador a prazo.

    A caminhar para Maio ainda esse dossier não foi aberto? Se o escolhido fosse o Marco Silva já devia ter sido anunciado, visto que a época na Grécia "acabou". Como referência temos a época 10/11, em que o AVB já tinha sido confirmado na imprensa no dia 20 de Maio: https://www.publico.pt/noticia/andre-villasboas-ja-tem-acordo-com-o-fc-porto-1438151

    E claro que os contactos se iniciaram bem antes de dia 20. Será interessante ver que tipo de treinador será escolhido. Apostava no Marco Silva, mas também nada garante que ele não vá parar a um campeonato mais competitivo depois da época que fez.

    Este mandato terá de ser encarado como se fosse o primeiro, há imenso trabalho pela frente até ao final de Agosto...

    ResponderEliminar
  20. Bem, não sendo eu um especialista no aspeto financeiro da questão, vou tentar fazer a minha análise tendo mais em conta o aspeto desportivo.
    Saídas com potencial lucro- Maicon,Adrian, Andrés Fernandez, Ghilas, Fabiano, Abdoulaye,Ricardo Pereira,Martins Indi, José Angel,Marcano,Sérgio Oliveira(lamento, mas não tem qualidade),Herrera,Bueno, Varela e Aboubakar.(Se aparecer boa proposta, Brahimi também).
    Dispensas/vendas insignificantes:Marega,Mauro Caballero,Mikel Agu,Sinan Bolat,Sami,Celestine Djim,Fidelis Irhene,Kadú,Anderson Dim,David Bruno(Se não provar merecer lugar no plantel), Roniel,Ricardo Nunes,Licá.
    Depois disto, Contratar um treinador-André Villas Boas, Marco Silva, Paulo Sousa ou Leonardo Jardim. Tem de ser um treinador Português, com a inteligência de perceber onde está, e principalmente que saiba, em termos específicos do treino, o caminho para se construir uma grande equipa.
    Plantel Para 2016/17:
    Casillas(Discordo das críticas, é uma mais valia), José Sá, e GR- da equipa B.Helton para a estrutura.
    DD-Maxi e Crontratar- Gino Peruzzi ou Mayke), jovens com potencial porque Maxi dura mais 1/2 anos.
    DC-Contratar 1 Experiente(Ex-Pepe, Bruno Alves),Contratar 1 Jovem com provas dadas-Reyes e Chidozie/Verdasca.
    DE- Layun, Rafa.(Aqui estamos muito bem servidos)
    MD-Danilo, Ruben Neves.
    MC-A.André,Francisco Ramos, Josué(foi metido no mesmo saco do Licá, o que é uma injustiça).
    MO-Quintero, Otávio.
    MOE-Contratar Gabriel Barbosa (Santos)/Zivkovic,Rafa Silva.
    MOD-Precisamos de "Extremos que centrem".(EX: Vieirinha), Corona,+ Miúdos da B.
    PL-Fazer "contratação à Lisandro/Falcão/Jackson", não consigo dizer 1 nome, André Silva (tem que jogar Regularmente), Suk.

    ResponderEliminar
  21. A ser verdade os 30 milhões, vai dar muita comissão.

    Luís (O do José Peseiro)

    ResponderEliminar
  22. Vão ter que vender uns 30 jogadores. Seria mais difícil se não tivessem tantos para despachar.

    ResponderEliminar
  23. Caros amigos,
    a receita para sermos campeões não é so mudarmos metade do plantel. Essa solução articula-se em quatros pontos:
    1) Acentuar a nossa comunicação para o exterior (comunicação social, redes sociais, etc..) ou seja ter cães que ladrem como o Pedro Guerdo, o chouriço e o M. Burns ou como o Otavio Machado. O Presidente não pode ser o unico a aparecer. E não atravès dos dragões diario porque essas ideias têm que ter uma cara bem definida, uma pessoa que assume. Falamos de jogadores à Porto, temos que ter também uma comunicação à Porto para pressionar arbitragens. Caso contrario, continuaremos a ser comidos mesmo no estadio do Dragão.

    2) Avaliar o treinador
    Não quero dizer com isso que o Peseiro deve sair, mas si os jogadores têm meia duzia de jogos para provar que podem ficar no plantel, o treinador tem de mostrar que pode finalmente implantar um modelo de jogo aos jogadores mais teimosos. E temos de ganhar à taça ao Braga, imprescindivel para o treinador continuar.

    3) Reequilibrar o plantel,
    Como todos sabemos, a lateral esquerda é o exemplo perfeito disso:
    - Angel não tem qualidades para nem sequer ser supleente
    - Layun até pode ser um bom jogador, mas nao é um bom lateral esquerdo porque o seu lugar natural é a medio direito.
    - O unico que podia jogar foi emprestado à Academica. Alguns dizem que era para rodar para regressar mais forte.. A defender tão mal como defendemos, o Rafa ia ter as mesmas oportunidades para brilhar que num clube que luta para não descer..
    - Finalmente, Ricardo Pereira, e como se derem conta, sou francês e deixo aqui um link que não merece mais explicações...

    http://www.nicematin.com/football/devinez-qui-est-le-meilleur-arriere-lateral-du-championnat-de-france-38579

    4) Ter jogadores de qualidade
    Não temos de revolucionar tudo mas precisamos de quatro jogadores:
    Um central, um ala, um medio ofensivo e um ponta de lança.

    Na baliza eu penso assim:
    Vendas:
    Bolat (nunca tera hipoteses porque foi um negocio e não um investimento)
    Ricardo Nunes (nunca podera lutar para ser titular)
    Fabiano (um jogador emprestado que não joga e é mesmo muito fraco com os pés)
    Emprestimos:
    José Sà e Gudiño (têm de rodar nas ligas principais)

    Ficamos assim com Casillas, Helton (para o balneario) e Andrés Fernandez. Porqué este ultimo? Porque merece uma oportunidade que nunca teve e caso não a agarasse, aceitaria de certeza ser o numero dois de Casillas, uma lenda para qualquer guarda redes espanhol. E caso encaixe na baliza, para 2017/2018 (Helton e Casillas terminam a ligação) guardaremos o Fernandez, o josé Sà e o Gudiño.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O presidente nao pode ser o unico a aparecer? So se for a ralhar com os adeptos Ou em pseudo campanha eleitoral. Nao o vejo noutras circunstancias ha muito tempo.

      Eliminar
    2. Mesmo assim, é o unico do clube a aparecer. Claro que não está na sua melhor fase, mas quem é o director de comunicação? Será que o presidente não deixa ninguém falar? Será que o Pinto da Costa ainda tem tamanho poder no clube?

      Eliminar
  24. Nas laterais, acho que não estamos assim tão mal. Ficamos com o Rafa Soares a titular e o Layun como jogador polyvalente, sabendo que pode jogar a medio ala, medio direito, medio esquerdo e nas duas laterais. Essa é a razão pela qual devemos comprar o Layun, não por jogar a lateral mas por ser polivalente. A direita, acho que o Victor Garcia merece uma oportunidade, jà que Maxi, com a idade tera jogos menos conseguidos. Vender o Angel como é obvio.

    Os centrais são o centro do problema, mas esse dilema pode ser resolvido com uma contratação inteligente: ir buscar um patrão; O Indi é bom central mas precisa de ter alguém com firmeza ao lado dele (como o Vlaar na seleção), Chidozie tem futuro mas ainda não pode ser titular indiscutivel. Marcano tem um problema de qualidade mas tem entrega e coragem, vai a luta e parece ser alguém de humilde ou seja um optimo supleente.
    Vendas: Abdoulaye (mesma coisa que Fabiano); Maicon pela palhaçada que toda a sua familia fez. Nessa ultima decada, o Porto vendeu centrais que se fartam, esse nunca conseguiu chegar ao ponto de valher os 30 milhões do costume; Reyes, um jogador que disse na imprensa que o Porto foi uma quebra na carreira dele não merece vestir outra vez a nossa camisola. O Lichnovsky deve ser emprestado na primeira liga em vez de ficar no banco do Sporting Gijon.

    Ao nivel dos medios defensivos é que sou mesmo muito optimista.
    Danilo, Ruben Neves são para ficar de certeza. O segundo para no futuro tomar o lugar do primeiro, sem queimar etapas. Eu resgataria o Mikel Agu para terceiro medio defensivo pelo que eu li na imprensa belga, esta a fazer um bom trabalho e disse que o sonho era regressar ao Porto.

    A medio centro, ficamos com o André André, o Sergio Oliveira e o Herrera e acabar uma vez por todas de fazer jogar o mexicano a dez pour que ele não sabe!! O Presidente disse que o Josué ia regressar, por mim não tem velocidade suficiente e não gosta de ser supleente, ja que fica, agora vamos ver. Emprestar o Francisco Ramos e o João Graça para ver se têm chama suficiente e vender o Tiago Rodrigues por não ter essa chama suficiente.

    Precisamos de um medio ofensivo claramente. O Otavio é bom jogador mas crescer ao ponto de ser titular no Guimarães não é a mesma coisa de chegar ao Dragão com o rotulo de novo Deco que a imprensa queira sugerir.
    Um medio ofensivo de alta qualidade para ser titular de caras aliviaria muita pressão ao Otavio; Depois o Quintero??? este jogador até pode ser o tal medio de alta qualidade. A contar com os jogos olimpicos, a pré-temporada de Quintero vai ser de quatro meses. Com a qualidade reconhecida ao jogador e com tanto tempo de preparação.. é sim ou não.
    Guardamos o Evandro porque ser um polivalente, um tipo de 8 e meio, capaz de jogar entre linhas, e com qualidade para esconder a bola. o Bueno tem qualidades mais foi sempre e continuara a ser um corpo estranho nas tacticas do Porto, era bom vendê-lo.

    ResponderEliminar
  25. Para as alas, temos que cortar o plantel nitidamente, temos para jogar nas alas um total de 13 jogadores!!! E mesmo assim falta-nos um verdadeiro ala de qualidade.
    (1) e (2) Licà e Sami não tem qualidades suficientes = vendas
    (3) Adrian Lopez foi um barrete enfiado pelo Jorge Mendes = venda
    (4) Varela jà deu o que tinha a dar = venda
    (5) Kelvin, (6) Ismael Diaz, (7) Gleison devem ser emprestados.
    (8) Brahimi, não sou muito objetivo porque não gosto da sua maneira de jogar. Reconheço-le grandes qualidades tecnicas, mas..
    Não corre sem a bola nos pés, finta a mais e perde muito energia, tem um posicionamento defensivo muito mau, e pior do que isso: JOGA PARA SAIR DO PORTO; Isso é grave e é esse tipo de comportamento que nos levou onde estamos hoje. Se aparecer uma oferta correcta para Brahimi, é vendê-lo logo.
    (9) Corona deve ficar no plantel, tem capacidades para dar muito mais.
    (10) Hernâni deve reintegrar o plantel, respeito todas as opiniões mas não consigo perceber onde é que alguém não viu qualidades suficientes neste rapaz; Era tão rapido como Tello e tinha uns cruzamentos de melhor qualidade. (11) Ivo Rodrigues e (12) Kayembe para ser supleentes e ter oportunidades para mostrar que são apostas. (13) Marega é rapido, luta mais não tem tecnica suficiente, era bom empresta-lo para testar.
    Era bom contratar um ala VERDADEIRO que cruza e que saiba jogar com a bola nos pés e nos espaços, tal como um ponta de lança.

    E dificil encontrar um grande ponta de lança porque é a posição mais cara do mercado mas quando vemos que o Jonas tem 30 golos e o Slimani 23, e quando vemos que o nosso melhor marcador é septimo clasificado e tem 12.. Não a mais nada a dizer.
    o Aboubakar não pode ser titular no Porto, e caso viesse um melhor ponta de lança, acho que não aceitaria perder a titularidade. Se a liga inglesa quer o jogador, era bom aceitar.. Ghilas tem bom jogo de cabeça mas parece que tem também muitos problemas dentro dela, é vender o jogador.
    O Suk luta muito e joga muito bem de cabeça mas falta-lhe muita tecnica na recepção. E um jogador valente que poderia ser um bom supleente.
    Como terceiro ponta de lança, eu acho que O Gonçalo Paciência merece uma oportunidade. Emprestamos o André Silva porque ainda é muito verdinho para jogar sempre colado aos centrais da primeira liga. Tenho esperança nesse jogador que foi queimado por Lopetegui no jogo contra a Academica.. Um miudo de 19 anos a entrar com o jogo ganho não é a mesma coisa que entrar em Alvalade com equipa a perder.
    Peço desculpa pelos erros e muito obrigado por ter lido até ao fim.
    Amitiés portistes.

    ResponderEliminar
  26. Acho injusto para o Hernani. Nunca lhe foram dadas reais oportunidades no FCP. Ele tem feito um grande final de época na Grécia, com grandes golos e assistencias. As estatisticas dele são bastante boas, já para não dizer que ainda é jovem em processo evolutivo. Corona e Hernani para mim seriam os únicos 2 extremos garantidos para o ano. Hernani nem que fosse pela velocidade seria sempre uma mais valia. Os jogadores têm é que ser aproveitados. Ass: Sp

    ResponderEliminar
  27. Uma coisa sei, o problema não é o Peseiro, mas em tempo algum fará parte da solução, é muito fraco, é fraquinho...se começarmos com ele a próxima época começamos coxos...disso tenho a certeza absoluta.

    ResponderEliminar
  28. Dos emprestados, faria regressar Rafa Soares, Leandro (excelente 8 ao estilo de Moutinho) e Ivo R. Penso q seria urgente tb recuperar André Silva para a primeira equipa.

    ResponderEliminar
  29. Boas...

    Antes de mais espero que o FCP já tenha garantido os serviços do Marco Silva para a próxima época. De nada vale a pena esta conversa de jogadores, se o clube não apostar em primeiro lugar num treinador de jeito. Posto isto...

    Baliza - Penso que o Casillas deveria ser vendido ou despachado para os EUA. O salário que ele aufere não pode ser suportado por um clube como o FCP. Os olheiros do FCP têm de descobrir alguém com qualidade e preço baixo. (Ver o que os lampiões fizeram).

    Defesa- Acho que o FCP precisa de um baluarte para central, seja ele velho ou novo, o FCP necessita de qualidade para a zona central da defesa. Nas laterais eu manteria o Maxi e Layun (sem ser pelos valores falados) e daria uma hipótese ao Rafa.

    Meio campo - Talvez a zona mais sensível, pois depende muito do próximo treinador. Penso que é consensual que Danilo será em breve o próximo grande capitão do FCP, tem qualidade e carácter para tal. Teria muta pena de ver o Herrera sair, mas se for daí que vem o dinheiro, lá terá de ser. A não ser que venha uma oferta louca por Ruben Neves. Não esquecer a equipa B que tem boas promessas e que podem ser as segundas linhas da equipa principal.

    Ataque- Bye bye Brahimi e Aboubakar. Tenho pena do camaronês, mas o FCP precisa de dinheiro. O FCP sempre teve faro para bons avançados, espero que o consiga novamente. Marega também deve viajar, quem sabe no negócio Diego Carlos... Suk merece uma chance.

    Regressos/contratações - Não vejo nos emprestados qualidade para jogarem no FCP, tirando os miúdos da B que foram emprestados. Ghilas, Hernani, etc, deveria ser vendidos. Espero que o FCP ataque o Bernard novamente, pois encaixaria no FCP na perfeição. Já de Moutinho nem é necessário falar, pois a sua qualidade e tempo de FCP dizem tudo. Também veria com bons olhos um possível regresso de Pepe.

    Cmpts

    ResponderEliminar
  30. Dos emprestados, é para vender quase tudo ao melhor preço possível de modo a garantir o encaixe financeiro necessário e ao mesmo tempo, reduzir encargos e folha salarial. Os que me lembro e para vender: Sami, Reyes (sem estaleca para o porto, não tem dimensão fisica), Ricardo Nunes,Fabiano, Kadu,Andres Fernandez, Bolat -ridiculo o numero de redes que o porto tem nos quadros, simplesmente inadmissivel- , Abdoulaye, Tiago Rodrigues, Licá, Kelvin, Adrian Lopez, Hernani.

    Vendendo estes emprestados mais Brahimi, Indi e Varela, penso ser possivel atingir os tais 50M.

    Regressos ao olival: Apostava em Ivo Rodrigues, Rafa, Otávio, Josue. Tenho duvidas com Ghillas e Maicon. Talvez vende-los, talvez integrá-los.

    Da b, Francisco Ramos, Graça, Victor Garcia, principalmente este ultimo tem valor para integrar a A.

    Arrumando a casa, integrando bons valores da B e dos quadros e por fim, ir ao mercado contratar jogadores para elevar a equipa a um nivel superior (contrataçoes estilo James, Lucho, Moutinho), penso ser possível construir um plantel competitivo, equilibrado e sem orçamentos faraónicos para a próxima época.

    Ah, contratar Layun como é óbvio.
    Casillas poderá ser para manter ou não mediante os custos para o clube mas há que ter em conta o merchandising que rende. Saindo, Gudiño poderá ser opção também.

    ResponderEliminar
  31. Dos emprestados, é para vender quase tudo ao melhor preço possível de modo a garantir o encaixe financeiro necessário e ao mesmo tempo, reduzir encargos e folha salarial. Os que me lembro e para vender: Sami, Reyes (sem estaleca para o porto, não tem dimensão fisica), Ricardo Nunes,Fabiano, Kadu,Andres Fernandez, Bolat -ridiculo o numero de redes que o porto tem nos quadros, simplesmente inadmissivel- , Abdoulaye, Tiago Rodrigues, Licá, Kelvin, Adrian Lopez, Hernani.

    Vendendo estes emprestados mais Brahimi, Indi, Marega, Angel e Varela, penso ser possivel atingir os tais 50M.

    Regressos ao olival: Apostava em Ivo Rodrigues, Rafa, Otávio, Josue. Tenho duvidas com Ghillas e Maicon. Talvez vende-los, talvez integrá-los.

    Da b, Francisco Ramos, Graça, Victor Garcia, principalmente este ultimo tem valor para integrar a A.

    Arrumando a casa, integrando bons valores da B, dos emprestados e por fim, ir ao mercado contratar jogadores para elevar a equipa a um nivel superior (contrataçoes estilo James, Lucho, Moutinho), penso ser possível construir um plantel competitivo, equilibrado e sem orçamentos faraónicos para a próxima época.

    Ah, contratar Layun como é óbvio.
    Casillas poderá ser para manter ou não mediante os custos para o clube mas há que ter em conta o merchandising que rende. Saindo, Gudiño poderá ser opção também.

    ResponderEliminar
  32. Areia para os olhos.

    Se todos os excedentários saíssem a "custo zero", isto é, rescisão amigável sem que o clube tenha que pagar o restante dos salários previstos nos contratos, já era muito bom.

    O oposto de excedentários são os imprescíndiveis. Neste momento tenho para mim que no plantel existem alguns jogadores que devem ser imprescíndiveis na próxima época, a saber:

    Casillas, Maxi, Layun, Danilo, Rubém Neves, André André, Brahimi, Corona e Aboubakar. Tudo o resto é acessório.

    O Vincent (Aboubakar) está a atravessar um deserto de confiança. Não é o mesmo jogador que andava a marcar uma média de 1 golo por jogo no primeiro terço do campeonato. Discordo diametralmente de todos os que o querem vender.

    Brahimi é um predestinado. Vendê-lo agora seria como vender o Hulk no fim da época dos túneis. É que pode ser a diferença entre jogarmos para ganhar ou para não perder.

    ResponderEliminar
  33. Rafa, Otávio, Josué, reyes, Hernâni/kelvin/Ivo Rodrigues (só um)

    ResponderEliminar
  34. Respondendo directamente à pergunta do tribunal do dragão, Hernâni, Rafa Soares, Otávio.
    O Hernâni ficaria como alternativa aos titulares, é inferior ao Corona, mas é deveras insultuoso metê-lo no mesmo saco do Marega. É bom jogador, rápido, forte no 1 para 1, com boa técnica e algum faro para o golo. Chegou em Janeiro de 2015, e das poucas oportunidades que teve demonstrou utilidade, chegou a marcar dois golos, e entrou muito bem em alguns jogos. Depois na pré temporada, apesar de continuar a demonstrar qualidade, foi dispensado sabe-se lá porquê.
    Otávio tem aproveitado bem o empréstimo, e tem evoluído bem no Vitória, e para o ano tem lugar no plantel, no 11 logo se vê.
    O Rafa depois de uma boa primeira metade ao serviço dos Bês, tem estado em boa forma na Académica, principalmente do ponto de vista ofensivo, onde tem revelado grande influência. Uma boa alternativa ao Layun.
    Na minha opinião são estes os únicos emprestados que se aproveitam, sendo que também incluía aqui Ricardo Pereira, não tivesse ele um contrato de empréstimo com o Nice até 2017, mas vendo as coisas pelo lado positivo, se viesse para o ano seria para ser suplente do Maxi, e assim sendo é bom para ele continuar mais um ano no Nice onde joga com regularidade numa liga competitiva onde tem evoluído bem, e para o ano caso o Porto queira desfazer-se do Maxi(já não caminha para novo), não precisará de recorrer ao mercado para encontrar logo um excelente substituto já muito mais amadurecido e com muito mais rodagem.

    ResponderEliminar
  35. Que emprestados têm lugar no FC Porto 2016-17 e quem pode gerar as mais-valias necessárias no mercado?

    Dos emprestados quem tèm lugar no plantel para 2016/17 são Rafa Soares, Otávio, Ricardo Pereira (está emprestado 2 épocas, espero tenha uma cláusula para vir mais cedo) e Quintero (????? para mim tenho as minhas duvidas mas se tiver treinador certo)

    Para continuar emprestado - Gudiño, Lichnovsky, Mikel(?), Leandro Silva, Ivo Rodrigues, Mauro Caballero(?), Kelvin e Gonçalo Paciência.

    Os restantes para mais valias e diminuir a fola salarial.


    GR: Casillas, Hélton e José Sá

    DD: Maxi, Victor Garcia( tem qualidade para ser 2ªopção e continuar a evoluir)
    DE: Layún, Rafa Soares
    DC: ?, Martins Indi, Marcano e Chidozie

    Mdef: Danilo, Rúben Neves
    MC: André André, Sérgio Oliveira, Evandro, Herrera/?
    MOf: ?, Octávio, Bueno

    Extremo: Corona, Ricardo Pereira, Rafa Silva/?, ?

    PL: ?, Suk, ?

    Nota: - o Josué não acredito que tenha qualidade para o plantel ao contrário do C.Eduardo época passada que merecia ter tido uma chance, Herrera se houver uma boa proposta sai.

    ResponderEliminar
  36. Sou o único que acha que o Ivo Rodrigues merece uma oportunidade séria no plantel?
    Gostava de poder ter a mesma opinião acerca do Gonçalo Paciência, mas acho que já devia ter dado um salto qualitativo no seu jogo. Também foi uma ideia perfeitamente idiota emprestá-lo a uma equipa com um jogo ofensivo tão fraco.

    ResponderEliminar
  37. Para responder à pergunta que foi feita no final, seria mais fácil se tivéssemos a lista dos jogadores emprestados. Se alguém souber que diga, é que eles são tantos que de certeza que me vou esquecer de metade...

    ResponderEliminar
  38. Sem se conhecer o treinador é difícil saber quais os jogadores que formarão o plantel.Por isso eu acho que rapidamente terá de ser tomada uma decisão pois este ano temos play off e não se pode brincar com coisas sérias.

    ResponderEliminar
  39. Considerando que PdC confirmou Josué e Otávio no plantel de 16/17, já devemos considerar que:
    1) um deles será suplente
    2) a posição 10 está preenchida

    Portanto, o que fazer com Quintero e para quê renovar com ele mais 4 anos?


    Saídas: Brahimi e Herrera. O primeiro pelo mercado que tem, o segundo porque o seu ciclo (citando a estratégia de Antero) termina neste Verão. Despachar todos os excedentes acima dos 23 anos que não tenham lugar no plantel da próxima época já seria um bom começo.

    Assusto-me quando vejo portistas a se contentarem com Suk's para titulares duma equipa que se quer forte.


    AA

    ResponderEliminar
  40. Dos emprestados podemos aproveitar o Rafa, que já está assegurado para a próxima época e bem. Agora tem de evoluir é no FC Porto porque ele é um jogador muito talentoso. Tem de melhorar sobretudo a nível defensivo mas não fará pior do que José Angel. Se fizer só têm de manter a aposta e dar-lhe as devidas oportunidades que ele acaba por mostrar o seu valor. Os adeptos que tanto pedem uma aposta forte na formação não podem começar a assobiar ao primeiro erro, têm é de dar ânimo aos jogadores. Isto aplica-se a todos, não só ao Rafa.
    Otávio também está assegurado e também me parece bem. Talento é coisa que não lhe falta e no Guimarães está a mostrar coisas muito positivas. Tanto ele como Rafa não deverão ser titulares mas serão duas unidades muito boas no plantel. Por seu lado Josué não acho que deva regressar. Na minha opinião não tem qualidade suficiente para ser titular no FC Porto e se já temos Otávio (que tem muito mais potencial) não faz sentido manter Josué, até porque se o FC Porto não quiser facilitar tem de contratar um grande médio para a próxima época para atacar o campeonato com toda a força, sendo Otávio o suplente.

    Além destes dois, há Diego Reyes, um jogador que está a fazer uma boa época em Espanha. O problema é que o FC Porto tem de resolver o problema no centro da defesa e não sei se há confiança suficiente em Reyes para este assumir a titularidade. Qualidade ele tem apesar de ainda não ter justificado a quantia investida nele. Outro jogador caro é Quintero. Talento tem a rodos, é um dos jogadores mais talentosos que já passaram pelo nosso país, tendo um pé esquerdo prodigioso. O problema é que lhe faltam muitas coisas para ser jogador da nossa equipa. Se vai conseguir algum dia ser esse jogador não sei mas acho que ele tem de ir para uma equipa onde seja titular e onde puxem muito por ele se mais tarde quiser regressar ao FC Porto.

    Um jogador bom e polivalente é Ricardo Pereira que pode jogar em 4 posições (pelo menos!): extremou ou lateral, na esquerda ou na direita. É um jogador de luxo em qualquer plantel mas parece que tem ainda mais um ano de empréstimo. Se o próximo treinador o quiser, com certeza isso não será entrave no regresso do jogador e até poderá abrir a possibilidade de outro jovem nosso ir rodar para Nice. Há ainda Ivo Rodrigues, um extremo também bom mas o seu regresso ao plantel depende das contratações. Corona deverá ser um dos titulares e com a presumível saída de Brahimi, a SAD terá de contratar um extremo com qualidade indiscutível para ser titular. Posto isto ainda há Varela que pode continuar ou não e Ivo poderia ser um dos suplentes. Na minha opinião ele ainda precisa de mais um ano de rodagem, numa equipa mais ofensiva que o Arouca.
    Além destes há ainda Leandro Silva e Gonçalo Paciência que havendo Sérgio Oliveira, André André e Suk não têm espaço no plantel, pelo que devem continuar emprestados mais um ano.

    Regressavam: Rafa, Diego Reyes, Otávio e Ricardo Pereira;
    Continuavam emprestados: Leandro Silva, Quintero, Ivo Rodrigues, Gonçalo Paciência.

    Os restantes o melhor é vendê-los o quanto antes ou incluir em negócios com outros clubes.

    Vender: Ricardo Nunes, Fabiano, Andrés, Kadu, Bolat, Maicon, Abdoulaye, David Bruno, Mikel, Fidélis, Tiago Rodrigues,Josué, Sami, Hernâni, Djim, Kelvin, Licá, Roniel, Kayembe, Caballero, Adrián, Walter, Ghilas...

    muito jogador para vender...

    ResponderEliminar
  41. Há uma coisa que não percebo o Porto orçamenta 70M em vendas ou mais valias? É em vendas que é o contrário de compras por isso no encaixe final Imbula vale 25M na venda, somando aos milhões do Alex Sandro o valor que tem de se fazer em vendas para cumprir o orçamento é bastante real e alcançável!

    ResponderEliminar
  42. O mais importante passa por tentar aumentar as receitas correntes, como o que ocorreu com a revenda dos direitos de transmissão televisivos à meo ou a renovação do contrato com a UNICER. Mesmo assim, também é urgente baixar as despesas com pessoal, o que pode ser explorado através da saida de activos com salarios demasiado elevados, como o Casillas. O maior problema das finanças do clube é o crónico défice estrutural, que obriga todos os anos, a SAD vender os seus principais activos, o que torna o nosso orçamento perigosamente dependente das receitas extraordinárias e das mais valias geradas pela venda de jogadores. Portanto, o objectivo a médio prazo, passa mais do que tentar gerar receitas extraordinárias com a "prata da casa", por equilibrar o saldo entre receitas e despesa, de forma a que todos os anos, não sejamos obrigados a vender os principais activos do clube, o que coloca em causa a nossa competitividade e vigor desportivo.

    ResponderEliminar
  43. Antes fosse em vendas. Infelizmente é em mais-valias

    ResponderEliminar
  44. Eu apostava no seguinte plantel:
    Guarda-redes: Casillas,Helton e José Sá
    Defesas-direitos: Maxi e Victor Garcia ou Ricardo Pereira
    Defesas-esquerdos: Layun e Rafa Soares
    Defesas-centrais: Danilo Pereira (pode parecer que não,mas é muito bom central),Chidozie,Bruno Alves e Mangala (nem que fosse emprestado)
    Meio-campo: Ruben Neves,Sérgio Oliveira,Fernando (nem que viesse emprestado),João Moutinho,André André,Josué e Otávio
    Extremos: Quaresma (regresso),Rafa Silva,Corona,Varela e Hernani.
    Pontas de lança: André Silva,um bom ponta de lança e Suk

    ResponderEliminar

De e para portistas, O Tribunal do Dragão é um espaço de opinião, defesa, crítica e análise ao FC Porto, que aborda a atualidade desportiva e financeira de clube e SAD, bem como do futebol português.

Quem confundir liberdade de expressão com injúria, insulto, mentira ou difamação não passará pelo lápis azul. Todo o spam será apagado. Comentários anónimos são susceptíveis de não serem publicados. Nicknames são permitidos.