domingo, 1 de maio de 2016

Um clássico do passado recente

Começando por uma curta comparação. Notaram algo na defesa do Sporting? Schelotto, Rúben Semedo, Coates, Zeegelaar. Que têm todos eles em comum? Foram reforços de inverno do Sporting, contratados através dos mais diversos métodos (jogador livre, regresso após empréstimo, empréstimo e compra).

O Sporting sentiu a defesa desfalcada e reforçou-a convenientemente, a ponto de ter conseguido ir jogar ao Dragão com uma defesa totalmente nova, mas sólida. Já o FC Porto, que tinha muitos mais problemas defensivos do que o Sporting, o que fez em janeiro? Foi buscar o Marega. Por um preço que sustentaria toda a defesa do Sporting. 

Isto é apenas um exemplo do quão mal preparada e gerida foi toda a época. E no final do jogo, após uma derrota dura, ainda temos que ouvir que o Sporting merece ser campeão. Ainda faltam duas jornadas, mas o FC Porto terminou 2014-15 com mais pontos, mais golos marcados e menos sofridos do que este Sporting de Jorge Jesus (que nem passou à Champions), que ganhou uma boa parte de jogos graças a golos nos últimos minutos. Pena que na altura não se tenha ouvido que o FC Porto foi a melhor equipa de 2014-15 e que merecia ser campeão. 

O detalhe chamado competência
Em certa parte, este jogo fez lembrar o FC Porto x Sporting da Taça de Portugal de 2014-15. O FC Porto não entrou mal, mas o Sporting marcou primeiro. O FC Porto chega ao empate, mas leva o 2-1 em cima do intervalo. Na segunda parte, há um penálti que pode mudar a história - a diferença é que há dois anos Jackson falhou-o, enquanto desta vez foi Artur Soares Dias a falhar. E no final, o Sporting lá mata o jogo com o 3-1, depois de o FC Porto ter desperdiçado algumas oportunidades para empatar, num jogo equilibrado mas no qual o FC Porto nunca revelou ter o estofo necessário para se impor. 

Mais uma derrota no estádio que, há 3 anos, era considerado o mais temido da Europa. Tudo o que se possa dizer sobre José Peseiro já soa a repetição, mas resumindo o mais possível: errar não é o que José Peseiro está a fazer: errar foi tê-lo contratado em janeiro, sem razão absolutamente nenhuma para tal, pois Peseiro não fez nada que justificasse a ida para o FC Porto nos últimos 10 anos. Enquanto adeptos do FC Porto e percebendo o quão difícil é treinar este clube, haverá sempre a tentativa de apoiar/compreender o treinador, sobretudo porque ninguém (entre os treinadores ao alcance do FC Porto na altura) viria fazer melhor do que Lopetegui estava a fazer. Mas a comparação é inevitável, pois se B foi contratado para substituir A a meio da época, sabendo que as trocas de treinador dão quase sempre asneira, então A tinha que ser melhor do que B. Mas neste caso não tinha, pois nunca vimos José Peseiro dar sinais de capacidade para chegar, ver e vencer nestas circunstâncias. Não podia, no FC Porto e nestas circunstâncias, revelar-se melhor do que alguma vez foi. E é preocupante que alguém tenha visto o contrário, mas foi este o caminho que (a maioria d)os adeptos do FC Porto escolheram. 





Héctor Herrera (+) - Um FC Porto de Herrera e mais 10. Mesmo que Herrera, por vezes, só jogue a metade das suas capacidades. É sempre o primeiro a atacar e o último a desistir. Honra a braçadeira de capitão que tem no braço, com uma disponibilidade imensa em campo. Farta-se de fazer piscinas, sempre à procura de esticar o jogo, dar apoio aos corredores, na saída de bola, ir à zona de finalização... Ser Herrera, neste FC Porto, é uma trabalheira. Tivessem todos metade da disponibilidade, dedicação e profissionalismo dele. Uma palavra para a exibição de Danilo Pereira, juntamente com Herrera o único a sair com nota positiva.





A defesa (-) - Um desastre absoluto. Maus defesas + um treinador que sempre teve equipas que defendiam mal dá nisto. No primeiro golo, Ángel fica muito mal na fotografia, ao deixar passar João Mário, mas depois Chidozie acusa uma vez mais toda a sua inexperiência. Não há jogo em que o mau posicionamento de Chidozie não dê problemas. Até na Luz o golo do Benfica acontece após uma falha sua, mas a grande exibição de Casillas quase colocou este jovem defesa num pedestal. Erradamente. Chidozie não tem culpa porque está a cometer os erros próprios de um jogador sem escola, que pouca formação tem como central e no qual não se nota grande de evolução do ponto de vista tático. Slimani conseguiu ganhar-lhe dois metros enquanto João Mário deu um passo. E Peseiro andou a meter Danilo à defesa para depois voltar a lançar Chidozie às feras num clássico? Logo contra um dos pontas-de-lança mais difíceis de marcar em Portugal? O que se diria noutros tempos? Bruno Alves, Jorge Costa ou Ricardo Carvalho não jogavam no FC Porto aos 19 anos por um motivo. O mesmo que está a penalizar Chidozie: inexperiência e falta de devida preparação.  

Martins Indi não ganha uma bola de cabeça. Slimani bate-o com grande facilidade no 2x1, mas antes disso vemos Maxi Pereira a escorregar, deixando passar Bryan Ruiz, e Corona a ficar a olhar, quase a dizer «já não chego, vai lá tu». É só fazer a soma: um ponta-de-lança fortíssimo de cabeça contra uma defesa onde um central está muitas vezes mal posicionado e outro não ganha uma bola de cabeça... Pois. Além disso, Indi ainda conseguiu falhar 11 passes, algo impróprio para um central, e não conseguiu desarmar um único jogador do Sporting em lance de bola corrida. 

No 3º golo do Sporting, quem fica mal é Maxi Pereira (parece estar limitado fisicamente nesta reta final de época - Víctor García serve para quê?). Deixa Bruno César entrar entre ele o central e ainda o deixa ganhar 4 metros antes de bater Casillas, que também voltou a deixar escapar o defensável. Neste momento, estavam 7 jogadores do FC Porto em momento defensivo, contra apenas dois jogadores do Sporting nos últimos 40 metros: um para fazer o passe, outro para entrar entre o lateral e o central e acabar com um clássico. Brincamos? Inadmissível. Tivemos a melhor defesa da Europa de 2014-15, esta época temos uma das piores (não necessariamente em termos de qualidade, mas de rendimento) da história do clube. Mas a culpa era de Maicon. Ou se calhar culpa é do Marega, que ao ser contratado em janeiro, em detrimento de reforçar a defesa, devia marcar 4 ou 5 golos por jogo. Só isso justificaria contratar um avançado para a bancada em vez de reforçar uma defesa com carências no 11 titular.

A exibição (-) - É um pouco contraditório destacar as exibições de Danilo e Herrera e, ao mesmo tempo, criticar o meio-campo. Mas há uma justificação: a inoperância do FC Porto na ocupação dos espaços, na pressão ao portador da bola e na marcação. O Sporting conseguia desmontar o meio-campo do FC Porto com o recurso a três ou quatro passes. Adrien, Ruiz e João Mário chegavam. O Sporting quase não precisava de meter os laterais a dar profundidade (ninguém se lembra de uma jogada perigosa dos laterais do Sporting junto à linha de fundo), pois o seu meio-campo já chegava. Curiosamente, os dois golos do Slimani nascem de cruzamentos pelos flancos, mas nem foi preciso os laterais subirem para cruzar: são golos que nascem por Bryan Ruiz e João Mário, que ao mesmo tempo que garantiam a profundidade pelos flancos asseguravam a ocupação do espaço nos movimentos interiores. 

Além disso, o FC Porto voltou a ser muito pouco objetivo no ataque à baliza adversária. Havia sempre alguma hesitação perto da grande área. Ou mais um toque, ou mais um passe, ou a hesitação para tentar mais uma tabela... E as bolas perdiam-se. É certo que o FC Porto enviou duas bolas aos postes, mas a equipa voltou a revelar-se fraca nos remates enquadrados: apenas 4 em 16. Para se ter noção da insuficiência desta estatística, Slimani fez 6 remates à baliza em 7 tentativas. Ou seja, Slimani obrigou Casillas a mais defesas do que toda a equipa do FC Porto perante Rui Patrício. Ninguém ganha clássicos assim. 

Brahimi ainda desenhou alguns dos melhores lances do FC Porto na primeira parte, mas depois veio o eclipse. Já Corona passou ao lado do jogo por completo, além de ter deixado o Sporting subir pelo corredor a seu bel-prazer. Aboubakar sofre o penalty que podia ter mudado a história do jogo, mas de resto foi quase inexistente, dando ares de que funcionaria melhor num 4x4x2 como segundo avançado do que estando sozinho no 4x3x3 - porque Aboubakar não tem presença na grande área para ser um finalizador no FC Porto; é o avançado que mais golos falha no campeonato. Tem muitas valias técnicas, mas pelo menos este 4x3x3 nunca vai favorecê-lo. Sérgio Oliveira já não se pode queixar de falta de oportunidades: 7 jogos seguidos sempre a titular. Dificilmente voltará a repeti-los, sendo de lamentar a falta de intensidade em alguns momentos do jogo e a forma como não conseguiu perturbar o jogo interior do Sporting (se Herrera é o médio mais adiantado e Danilo Pereira o mais recuado, Sérgio Oliveira tinha que multiplicar-se no meio-campo, pois o Sporting envolvia sempre mais gente no jogo interior; não teve foi culpa de José Peseiro não ter nunca percebido que o meio-campo do FC Porto estava sempre em inferioridade). 

Do banco nada saiu para melhorar a exibição do FC Porto. Nem por parte dos jogadores lançados, nem por parte da cabeça do treinador.

De realçar que uma vez mais Jorge Jesus teve acesso, atempadamente, a informações sobre a equipa e a forma com que o FC Porto ia jogar. Já tinha acontecido no Estádio da Luz, na época 2014-15. Se calhar está desvendado o segredo: Varys trabalha para Jorge Jesus, e os seus little birds sobrevoam o Olival regularmente. Parece mais legítimo do que acreditar que alguém do FC Porto possa fazer chegar as informações a Jorge Jesus: primeiro para arrumar com Lopetegui na Luz, agora para fazer o mesmo com Peseiro e/ou dar condições ao Sporting para vencer o jogo e continuar atrás do Benfica. Fiquemo-nos pelo universo de George R. R. Martin.

Jamor is coming. Oxalá o FC Porto também decida aparecer por lá.

62 comentários:

  1. A defesa é confrangedora. Indi continua a acumular erros inaceitáveis, Chidozie tem algum valor mas nota-se que ainda nem sequer sabe ser defesa central. Há uns que dizem que Layun defende mal e como tal não deve ser contratado. E Angel, defende bem?
    Depois há Herrera que é bom rapaz mas não convence minimamente, não tem categoria para o nível que se exige. Corona e Brahimi são muito talentosos mas o seu talento não é aproveitado nem pela metade, passam muito ao lado do jogo. A culpa é da falta de organização da equipa. Aboubakar é bom jogador mas desde Outubro está completamente adormecido. Peseiro não teve capacidade para melhorar nada na equipa.
    Posto isto, repito o que já disse muitas vezes, o FC Porto precisa de uma renovação na próxima época.
    E outra coisa, faz sentido estar a pagar um balúrdio a Casillas? o benfica foi buscar um guarda-redes barato ao Rio Ave e o miúdo está a mostrar qualidade, apesar de tudo longe de ser tão bom quanto o pintam no meu ver mas está pré-convocado para o escrete. Eu acho que mais valia dizer adeus a Casillas e Helton e contratar um guardameta em condições.

    ResponderEliminar
  2. De realçar que uma vez mais Jorge Jesus teve acesso, atempadamente, a informações sobre a equipa e a forma com que o FC Porto ia jogar.

    Em que te baseas para dizer tal coisa?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. convem estar atento...o proprio JJ dixit...ha q ver outside da box e nao comer so a palha...assim e' q somos comidos

      Eliminar
    2. No facto de JJ na conferencia de imprensa antes do jogo ter dito com toda a certeza de que jogaria Angel e não Layun e apesar deste ultimo estar convocado.

      Saudações Portistas
      Paulo almeida

      Eliminar
  3. "De realçar que uma vez mais Jorge Jesus teve acesso, atempadamente, a informações sobre a equipa e a forma com que o FC Porto ia jogar. Já tinha acontecido no Estádio da Luz, na época 2014-15."

    Porque afirma isto? Devido ao facto de JJ ter dito que Angel ia jogar? Isso era relativamente óbvio ...

    ResponderEliminar
  4. Sinceramente não acredito que alguém tenha passado informações ao Jesus. Quem? Queimar os treinadores para quê? E queimaram o Lopetegui para o manterem lá mais uma época? E o Jesus sabia o quê? Que o Layun não ia jogar? É gente do futebol, já conhecem como as coisas se processam.

    ResponderEliminar
  5. De resto, a situação do Porto não me aflige mais. Eu não dou um tostão aos «comissionistas», e eles também só têm mais 4 anos para encher os bolsos de comissões, daqui a 4 anos não me acredito que continue sem haver lista alternativa à dos «comissionistas». Os Portistas não podem estar assim tão dependentes dos «comissionistas», não quero acreditar nisso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tenho a tua certeza. Há muitos portistas que se deixam embalar pela canção do bandido e tb há mtos que de deixam vender por favores e atenções.

      Repara, agora que o campeonato está decidido é que PdC abre a boca para falar de arbitragens.

      Agora que a época termina, e em vez de um mea culpa sobre os mts erros cometidos, assistimos a uma fuga para a frente em que lopetegui é o único culpado.

      Isto além dos portistas que têm tido a coragem de denunciar serem coagidos por via de processos indignos a calarem - se.

      Na boca do presidente quem são os nossos inimigos ? Fernando Gomes, Rodolfo, MSERRÃO etc, etc

      Eliminar
    2. Já somos dois. Sou portista e tenho orgulho em sê-lo. Para mim é mesmo uma forma de estar na vida. Desde 2002 que tenho lugar anual apesar de ter passado por dificuldades económicas alguns dos anos. Pois para mim, enquanto o futebol estiver debaixo da alçada do Sr. Antero, não volto a renovar o lugar anual. É gritante a incompetência e só não vê quem não quer ver. Pouco me interessa para quem vão as comissões porque elas vão existir sempre numa realidade futebolística como a portuguesa. Se ele fizesse um bom trabalho não me importava nada que recebesse as comissões todas. O problema é a incompetência a todos os níveis. E o insulto que é nunca aparecer a assumir responsabilidades. Eu não quero ser injusto mas acompanho a realidade do clube e acho que nunca o ouvi falar (lembro-me de uma entrevista escrita ao Jogo há uns anos atrás). E depois de não ter tido minimamente capacidade para formar um plantel competitivo (e não é apenas esta época... pelo menos já desde o segundo ano de Vitor Pereira que teve que andar a jogar com Hulk a ponta de lança porque não tinha outro que é assim) recebe como prémio ser promovido à administração da SAD.
      Não consigo compreender e acho que o Pinto da Costa é intelectualmente desonesto ao vir falar em arbitragens e ao imputar responsabilidades ao Lopetegui. Eu como adepto do FCP e como apoiante desde sempre do Pinto da Costa sinto-me insultado e envergonhado com este tipo de argumentação. Não me revejo nela. É gritante a incompetência de quem tem responsabilidades ao nível do futebol. E tendo em conta que acabou de ser reeleito para mais quatro anos e promovido a administrador da SAD, a única esperança que tenho é o próximo treinador ser também manager e ser ele a mandar no futebol (tipo Mourinho quando veio e no fundo é que o Jesus faz no Sporting e fez no Benfica). Se a ideia é deixar tudo nas mãos do Sr. Antero, então nem vale a pena acalentar esperanças. O homem é um zero e vai ser sempre um zero em futebol.

      HS

      Eliminar
    3. João Lima Ribeiro, foram 3 anos de crise desportiva. O PdC, com o seu passado, ainda tem muita margem de manobra, mas depois de 4 anos do mesmo, com a idade que ele tem, acho que nem o passado dele lhe vale.

      Eliminar
    4. Anónimo, o PdC com esses ataques à arbitragem só está a preparar a próxima época. Ele no fundo está a fazer o que já devia ter feito há duas época, já vem tarde, porque o colinho era evidente e continua a ser. Repara como o Benfica ficou indignado com a gestão de equipa do Marítimo, como se fosse natural as equipas adversárias facilitarem a vida ao Benfica. Normal é o que o Marítimo fez, e não o contrário. Mas o Benfica está habituado a que lhes estendam a passadeira vermelha para o título, desde a APAF, pela Liga, chegando até aos adversários.

      Quanto às comissões, elas existem, sim, mas não da forma que existem no Porto, em que o dinheiro tem como destino os do clube. O Porto paga comissões aos de fora, e aos seus. Com esta política comissionista não admira que a qualidade dos plantéis não seja a prioridade.

      Eliminar
    5. Caro Paulo Monteiro, normal é o que o Marítimo fez? Poupar 5 titulares num jogo em que a probabilidade de ganhar é elevada (Estoril é do mesmo campeonato) para os poupar para um jogo em que evidentemente a probabilidade de ganhar é reduzida? Acha isto uma situação normal? Bem, se acha, acho que estamos conversados.

      Eliminar
    6. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    7. Sim, Bruno Miguel, acho o que o Marítimo fez perfeitamente normal. Sabendo o histórico que antecede os jogos do Benfica, é perfeitamente normal que um treinador proteja os seus jogadores em risco de exclusão antes de defrontar o Benfica. Como é normal a sua frustração neste caso, porque o Marítimo puxou o tapete debaixo dos pés ao Benfica e à APAF, quando se preparavam para admoestar aqueles jogadores todos, no jogo do Estoril, como tem sido hábito antes dos jogos do Benfica. Nenhum clube tem de abdicar de pontuar num jogo em prol de outro, os clubes podem perfeitamente ambicionar pontuar em todos os jogos, e as probabilidades do Marítimo pontuar com uma equipa de 2ª linha eram maiores contra o Estoril, que como você muito bem disse, é uma equipa do mesmo campeonato.

      O que eu não acho normal é o Marítimo treinar no Seixal quando vai jogar à Luz, ou o seu presidente dizer que não se importa de perder com o Benfica para o clube lisboeta ser campeão. Mas compreendo que para si, estas coisas já devem ser perfeitamente normais, como também devem ser normais os vouchers, as nomeações do Vítor Pereira, os perdões de dívida ao Benfica, entre outras coisas que beneficiam o seu clube e alteram a verdade desportiva.

      Eliminar
    8. Caro Paulo Monteiro, será que me é permitida a liberdade intelectual de ter uma visão das coisas diferente da "versão oficial" sem ter de ser logo catalogado adepto deste ou daquele clube? A assunção que faz, erradamente, de eu ser benfiquista, é sua, e é a partir dessa suposição que desenvolve todo um extenso argumentário (que obviamente respeito mas discordo) que o leva a conclusões, no meu ponto de vista, demasiado frágeis. Frágeis precisamente porque partem de premissas que são, no mínimo, altamente especulativas.

      Teria todo o gosto em discutir consigo premissa a premissa, mas por escrito torna-se demasiado enfadonho. É pena.

      Eliminar
    9. De facto enquanto Antero mandar no FC Porto, os resultados estão á vista. Faço aqui um exercicio diferente. Em vez de criticar o obvio, que é a incompetencia ( no minimo) desse senhor e da sua "estrutura" , em vez disso que é facil, farei diferente, hoje dia 3 de Maio de 2016 aposto que as contratações que o Sr.Antero vai fazer são Brasileiros, Mexicanos e Colombianos. E daqui a 3 meses podem verificar se estou certo ou errado. Já agora e para ser ainda mais concreto e preciso , os empresarios que vão estat envolvidos na vinda dos Brasileiros , Mexicanos e Colombianos, vão ser:
      Afsal ( ex-cunhado de Antero), Simonian / Matias Bunchen ( socios de Antero) e Teodoro Fonseca ( empresario e socio de Antero na SAD do Portimonense)!!' É simples: esperar e ver... Não sendo bruxo, ...acerto 100% de certeza absoluta... A falta de vergonha e cancro do FC Porto está ai...tem um e um só nome! Por favor publique isto hoje...e volte a publicar a 1 de Setembro.

      Eliminar
  6. Aconteceu aquilo que eu acima supus poder acontecer, o Porto perdeu e o Benfica não pôde festejar o título este fim-de-semana. Mas o que ficou foi uma imagem de triste ingenuidade táctica constante. Para além disso o Porto foi infeliz, perdeu golos cantados e foi vítima de erros de arbitragem. E vi três penalties a favor do Porto não marcados, para além do que foi marcado a muito custo por Soares Dias...Na primeira parte num cruzamento de Corona a bola toca dentro da área, no braço de um defesa Sportinguista -parece que ninguém viu, mas eu vi-, e na segunda parte dois lances, um sobre o Corona e outro sobre o Aboubakar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Fc porto tem é de queixar - se de si próprio e de quem nos impinge suks e marega.

      Este tipo de comentários que absolvem os nossos dirigentes de todas as culpas pelas derrotas e pelos negócios escuros são dignos dos lampiões que fizeram de vale é Azevedo herói injustiçado.

      Acordem para a vida antes que reduzam o porto a cinzas e metam o que falta do estádio na sad para esconder a situação financeira gravíssima que vivemos.

      Eliminar
    2. Verdade sim senhor Ribeiro. O Porto perdeu com o Sporting, porque o Suk e o Marega não jogaram um chavelho.
      A culpa é dos comissionistas. Não é isso que queres dizer?

      Eliminar
  7. Aconteceu aquilo que eu acima supus poder acontecer, o Porto perdeu e o Benfica não pôde festejar o título este fim-de-semana. Mas o que ficou foi uma imagem de triste ingenuidade táctica constante. Para além disso o Porto foi infeliz, perdeu golos cantados e foi vítima de erros de arbitragem. E vi três penalties a favor do Porto não marcados, para além do que foi marcado a muito custo por Soares Dias...Na primeira parte num cruzamento de Corona a bola toca dentro da área, no braço de um defesa Sportinguista -parece que ninguém viu, mas eu vi-, e na segunda parte dois lances, um sobre o Corona e outro sobre o Aboubakar.

    ResponderEliminar
  8. O lance da primeira parte que refiro, aconteceu aos 25 minutos e 43 segundos dentro da área do Sporting. Vão à gravação do jogo e vejam. Tentativa de cruzamento de Corona já dentro da área e a bola a bater no braço/mão do defesa mais próximo. Posso estar errado mas pareceu-me claramente que a bola tabela no braço do defesa Sportinguista. Há uma repetição do lance -26,07 minutos- que me deixa dúvidas...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não vale a pena, os portistas gostam de ser roubados desde que possam culpar o treinador e dizer que os jogadores são todos mancos. Siga o cemitério, que os adeptos e a direcção merecem-se um ao outro.

      Eliminar
  9. Mais uma belo texto. Agora só tens de pedir à Daenerys Targaryen para te emprestar os 3 dragões em troca de 3 ou 4 marmanjos que por lá andam no Olival... e ver se todos conseguimos levantar a taça no Jamor.

    ResponderEliminar
  10. O Tribunal do Dragão é o meu blog favorito acerca do FC Porto, mas é surreal a forma como se colocou aqui explícito o demérito de Jorge Jesus na abordagem ao jogo.

    Ele sabia que o Ángel, o Indi e o Chidozie se iam fartar de fazer asneiras dignas de defesas de II Liga? Não me digam que ele também é Deus!

    Já no ano passado surgiu o mesmo mito... O Jesus sabia como íamos jogar na Luz. Então, se sabia, como é que não levámos 2 ou 3 (PELO MENOS)? Deve ter sido por ele ser mau treinador! Pelo menos é isso que os teimosos portistas acham...

    Que o Jorge Jesus venha o quanto antes para o FC Porto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Ele sabia que o Ángel, o Indi e o Chidozie se iam fartar de fazer asneiras dignas de defesas de II Liga? Não me digam que ele também é Deus!"

      toda a gente esperava isso. a nossa defesa mete água em todos os jogos, já a época passada com Lopetegui era assim, se bem se lembram. Os pontos que perdemos à conta disso.

      Eliminar
  11. Eu quando li o onze que o Porto ia apresentar, temi o pior, que os responsáveis do Porto iriam facilitar a vida ao Sporting, o que seria uma vergonha. Numa equipa que ganha os últimos dois jogos e apresenta melhorias de jogo e chega ao clássico e volta a mudar tudo de volta para o mesmo modo de jogo e jogadores que fizeram tanta asneira, só pode ter essas intenções. E no fim do jogo ouvir aquelas declarações do PdC, só fez com que me convence-se disso.
    Em relação ao jogo, não concordo com algumas análises mas cada um tem a sua opinião. Não acho que Herrera tenha sido o melhor, muito longe disso e não concordo em relação ao Sérgio Oliveira.

    Chidozie erra e vai errar muito mais, pois ainda tem muito para aprender, o que para mim é incompreensível é a aposta nele, mas já na altura me admirei que tivesse sido ele a subir quando temos Verdasca, para mim superior, na equipa B.
    Sobre Indi nem vale a pena falar, apenas pensar como é que um jogador fraco e talvez dos jogadores com menos inteligência que já vi jogar custou 9M€.

    Aboubakar e Brahimi para mim é insustentável ficarem para a próxima época pois a paciência dos adeptos esgotou-se, ao mínimo erro serão assobiados e com razão.

    Uma palavra para Casillas, é fácil culpá-lo pelo terceiro golo, mesmo depois das excelentes intervenções que teve durante o jogo, mas para mim ele não tem responsabilidades na jogada. O remate é feito perto e com muita força, muitos guarda-redes nem na bola teriam tocado. Mas isto não quer dizer que concorde com a permanência dele na próxima época, acho que está na altura de José Sá e Gudino.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Criticar a aposta no chidozie por falta de experiência e depois sugerir atacar a próxima epoca com José Sa e gudino... É pouco coerente.
      Acho que o clube precisa é de qualidade individual e competência técnica urgentemente. O slb tem Ederson e lindelof, o sporting tem o Semedo, todos jovens e pouca experiência e a diferença de rendimento é evidente.

      Eliminar
    2. Marque aí nos seus apontamentos que o Chidozie vai ser um grande central... Precisa é de quem o ensine. Para já demonstra uma força muito boa, porque aguentar o estádio da luz e estes jogos complicados, sem um patrão na defesa, não será para qualquer um!

      Eliminar
    3. Eu não critiquei a aposta em Chidozie por ele ser novo e inexperiente, mas sim por achar que havia uma melhor solução, Verdasca.
      Em relação aos guarda-redes, Gudino ainda tem muito que andar, mas para mim, José Sá está mais que preparado para a baliza do Porto, neste momento, não fica nada atrás de Hélton ou Casillas, mas como todos os jogadores, precisa de minutos e estabilidade na baliza.

      Eliminar
    4. Caro reine margot, não duvido que Chidozie tem potencial para ser um excelente central e esse jogo na Luz mostrou isso. Um Jesualdo Ferreira neste momento para trabalhar o material jovem que o Porto tem seria o mais acertado.
      Eu simplesmente acho que neste momento Verdasca estava mais capacitado para tentar responder às debilidades defensivas, sendo ele um central de raiz, ao contrário do Chidozie.

      Eliminar
    5. Quem eu pedia em janeiro era o jesualdo...

      Eliminar
    6. Tavez venha dentro de um mes.

      Eliminar
  12. Precisamos de uma equipa nova, a nossa defesa é das piores de que tenho memória enquanto adepto. Maxi sem pulmao, Indi nunca soube jogar de cabeça, Chidozie muito verde, Casillas fraco nas saidas... dos da frente, Corona que me parecia ser dos com mais potencial, parece me agora um novo Quintero, muita qualidade mas pouca cabeça. Ontem dei por mim a pensar que Reyes seria indiscutivel no 11 que iniciou o jogo ontem, enfim, época para esquecer.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida! Reyes dava um jeito enorme, tanto a Central cono trinco.
      Deixo um sugestão, porque não tentar coates? Parece me que tem mostrado qualidade, a defesa do scp estabilizou bastante com ele..

      Eliminar
  13. não entendo as queixas da arbitragem. o pênalti que nos deu o empate nem existiu para começar.
    o árbitro tem culpa da ingenuidade da defesa no primeiro golo, casillas incluído?
    ou do segundo golo?
    e do terceiro, vaya franguinho à casillas, que de resto já nos habituou?
    também é culpa do árbitro que o peseiro é e será sempre muito fraquinho?

    queixas sobre o árbitro num jogo em que levamos baile de bola, é de clube pequenino.

    a diferença de toque de bola, recepção e domínio da bola, a tranquilidade como trocavam a bola os jogadores do sporting, num clássico, com a pressão de não poderem perder pontos, nunca nós vimos no FCP em toda a época.

    e andamos a vangloriar herreras, coronas e casillas, haja paciência!

    o Jesus com muito menos, está a lutar pelo título!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Banho de bola?????????????
      Meu caro, vc viu o jogo?
      O primeiro penalti não existe?
      O 3º é frango?
      Já reparou que não acertou uma?
      O jesus com muito menos? Quantos jogadores da equipa da época passada tem JJ e quantos tem o FC Porto?
      Por vezes é melhor estar calado.......

      Eliminar
    2. acertei em todas, pois vi o jogo de princípio ao fim.
      se o sampaio acha que jogamos muito bem, deve estar satisfeito com o confortável com o terceiro lugar.

      de facto tem razão num detalhe que disse muito acertadamente, por vezes é melhor estar calado.... ó sampaio

      Eliminar
    3. Os onzes tinham exatamente o número de jogadores que transitavam da época anterior: Indi, Angel, Herrera, Aboubakar e Brahimi do lado do fc porto e Rui Patricio, William, Adrien, João Mário e Slimano do lado do Sporting. A grande diferença está no treinador e na competência que Jesus tem. E sim, você viu um jogo que mais ninguém viu, achar que o 3º golo não é um frango do tamanho do mundo é andar, lá está, noutro mundo qualquer que não este.

      Eliminar
    4. Quem me dera ter mandado 2 bolas ao ferro, ter isolado jogadores por duas vezes em frente ao GR e dois penaltys claros por marcar no Allianz Arena.

      Devem ser as novas definições de banho.

      Eliminar
    5. ter jogadores profissionais que não sabem fazer uma recepção de bola, ou fazer um passe de 10m, uma equipa que não consegue fazer meia dúzia de passes seguidos, criar uma situação de golo em jogada trabalhada, não tem uma oportunidade de lance de bola parada, uma ocasião de perigo de um canto, tem uma defesa que não sabe nem posicionar-se nem marcar o adversário, ter um guarda redes principesco que vai buscá-la lá dentro duas vezes em cada três remates, e muito mais poderia continuar a descrever, no meu entender que joguei futebol, e jogo, é de equipa que leva banho de bola, ainda para mais a jogar em casa.
      haver o descaramento de fazer queixinhas do árbitro, quando o golo do empate surge de uma piscina, não é de FCP equipa poderosa que eu estou habituado.
      sim, é fruto do último ano e meio, o constante sacudir a água do capote e dizer que a culpa é do árbitro.
      e de merda como esta já farta! descermos ao nível dos papagaios queixosas da segunda circular, é muito triste. já agora só falta irmos fazer queixinhas à ufa com algum amiguete de Guimarães é uma operação coração. vão mamar!

      Eliminar
  14. http://www.ojogo.pt/Futebol/1a_liga/Porto/interior.aspx?content_id=5153107

    Este será o próximo a ser enxovalhado ...

    ResponderEliminar
  15. Concordo plenamente com o que aqui escreveu ....o que tem piada nisto tudo é que os culpados do que se está a passar no meu FCP , são os mesmos que agora dizem que vão salvar o clube .....mas atiram sempre as culpas para outros , como se eles só agora tivessem chegado , quando estiveram lá sempre , cometendo erros atrás de erros , que deram no que agora se vê , um clube sem alma ...e uma equipa das piores que me lembra ter visto jogar pelo FCP

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. é, querido homem da estrela, mas esquece que se virmos por esse prisma, também são os culpados de vários anos de conquistas sem precedentes !

      Eliminar
  16. Pinto da Costa disse que tínhamos batido no fundo mas acho que não, na próxima época penso que ainda vai ser pior. Oxalá não me dêem razão.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. com peseiro, casillas, herreras ou maregas, sem dúvida..

      Eliminar
  17. Crónica de muito bom nível, aliás como é costume.

    Só um reparo: "a meio da época, sabendo que as trocas de treinador dão quase sempre asneira, então A tinha que ser melhor do que B..."

    Acho que o "A" e o "B" estão trocados...

    Um bem haja.

    ResponderEliminar
  18. Só uma pergunta:
    Quem é que saía da equipa do sporting para entrar esse craque HERRERA??
    Pois....ninguém !! Fazer do Herrera bom jogador diz bem da qualidade da equipa do,Porto!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. José podes sempre assobiar esse craque. ...

      Eliminar
    2. e ainda para mais capitão, onde chegamos..

      Eliminar
    3. O Herrera é o que é, um jogador com vontade e com raça. Trocava-o sem pestanejar pelo João Mário, esse rapaz nascido no Porto e que até jogou nas nossas camadas jovens.

      Eliminar
    4. É, para os portistas da selfie e da pipoca tudo o que é do Sporting ou do Benfica, é melhor do que os do Porto.
      Cá para mim, não trocava o Danilo pelo plantel inteiro do Sporting, mas isso sou eu.

      Eliminar
  19. A maior parte dos adeptos quis trocar o Lopetegui pelo Peseiro? Comentário no minimo desonesto...deve ser por isso que no dia da contratação do Peseiro as redes sociais e Facebook do Clube se encheram de insultos à administração pela troca...

    ResponderEliminar
  20. Não pela troca mas sim pelo substituo.

    ResponderEliminar
  21. Caro administrador do Tribunal do Dragão,

    Muito bem! A sua análise é correcta porque apontou todas as deficiências da equipa portista e salientou os pontos fortes do Zportem, mas...
    Pergunto: esta situação acontece porquê? Qual deve ser o foco principal?
    Ora, na minha perspectiva, responder a esta questão é que é o principal e fundamental. O resto é importante mas acessório... Não é por acaso que o Vieira definiu como factor principal, ter o "NOMEAÇÕES" no Conselho de Arbitragem da FPF.
    Vejamos: Antero Henrique pode ser bom nos bastidores (não sei) , mas já provou que como comunicador, o seu discurso não é eficaz. Por outro lado, Pinto da Costa perdeu o fulgor de outrora o que não é para admirar... E portanto o que resta? O FC Porto precisa urgentemente dum director de comunicação que seja: competente, incisivo , contundente para defender os seus interesses na imprensa desportiva , e não só... Eu até posso avançar o nome de quem gostaria de ver a ocupar esse cargo: Bernardino Barros, na minha opinião o melhor comentador portista.
    Quero com isto dizer que reforçar a equipa nas posições em que há défice de qualidade é importante, mas importantíssimo é contratar uma equipa técnica com um líder que além de ser exigente e competente, tem de ter um discurso que ponha em sentido toda a imprensa desportiva alfacinha, porque não é indiferente ter a treinar a equipa um Mourinho, um Marco Silva, um técnico vencedor, ou um Peseiro demasiado "soft" para assumir na Comunicação Social as guerras do FC Porto... Não é por acaso que o Sporting que em anos anteriores não dava uma p'rá caixa, esta época com o Jorge Jesus está a dar cartas... Claro que também a estratégia da direcção do Zportem: com Octávio Machado, Bruno de Carvalho... etc...etc, e todo o seu aparato, ruído/agitação (barulho) que faz, produz resultados, é decisiva, porque influencia e muito a opinião pública fazendo-se eco na imprensa desportiva lisboeta, e, com este facto, são notórios os resultados positivos do seu apoio: ao seu técnico, aos seus jogadores e aos seus interesses.

    Abraço,
    Armando Monteiro
    www.dragaoatentoiii.wordpress.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. para ter um "director de comunicação" estilo benfica e sporting, não obrigado. fomentar guerra e ambiente hostil, de baixo nível no futebol e desporto em geral, melhor o silêncio.

      e ter um treinador que se queixa jogo sim, jogo sim do pênalti por marcar, sem fazer auto crítica ao modelo e desempenho da equipa, é de treinador de liga de honra, e é exactamente o que temos de momento.

      já estamos bastante mal para baixarmos ainda mais e adoptar o nível de Octávio ou Mr burns. já temos a ridícula newsletter do dragões diários ou lá como se chama essa porcaria

      concordo, no entanto, que necessitamos de ocupar determinados cargos, com gente capaz e dedicada ao clube, mas com nível (director de comunicação, director desportivo, director para a área de formação)

      Eliminar
    2. Bruno,

      O seu comentário é excessivo.
      Os primeiros parágrafos são desnecessários pois o Bernardino Barros que sugeri não tem nada a ver com o Octávio ou o Mr. Burns.
      Relativamente ao treinador, os que sugeri (Mourinho e Marco Silva) também não têm nada a ver com treinadores queixinhas de que fala...
      Relativamente ao que considera: fomentar guerra entre os clubes, lembro-lhe o início da carreira do Jorge Nuno, em que este mais o saudoso Mestre Pedroto tiveram que desencadear uma guerra das antigas, reclamando dos roubos de igreja para serem ouvidos...

      Armando Monteiro
      www.dragaoatentoiii.wordpress.com

      Eliminar
  22. Parabéns pelo blog. Sou seguidor desde o início, e é sem dúvida o blog com que mais me identifico.
    A minha opinião é simples e sucinta. Acho que nós portistas merecemos passar pela fase horrível pela qual passamos actualmente. Pode parecer quase masoquista da minha parte tirar esta ilação, mas estas aguas agitadas pelas quais navegamos foram, em boa parte provocadas por nós. Falando na situação desportiva apenas. Exigência sem coerência é isto que nós temos. A falta da adaptação á realidade desportiva e a falta de reconhecimento dos méritos dos nossos adversários é outro erro gritante. É verdade que eles são ajudados de forma vergonhosa (viva ao rico colinho) mas também é verdade que os tempos que eles tinham manducas e kikin fonseca, assim como fernando aguiar e beto ja la vai. ( não estou a incluir o sporting pois quero ver se este crescimento é continuo). Os campeonatos são para serem disputados até ao fim, os tempos dos 10 pontos de avanço já acabou a muito tempo e infelizmente nos ainda não aceitamos isto. Só por isso é que conseguimos mandar embora um treinador que perde uma jogo em 2 anos, só por isso é que conseguimos assobiar um treinador que com 16 jogadores novos faz mais de 80 pontos e não é campeão(se calhar era muito pesado para ser levado ao colo). Até o Jesualdo que fez milagres na transformação de jogadores e nos deu 3 titulos, foi assobiado. Aqueles espírito de luta e de sacrifício e de amor a camisola que pedimos ao jogadores? Desta forma não temos moral para cobrar. Nada serve, tudo é fraco. O que vale é que a teimosia de alguns (treinadores e dirigentes também) foi muitas vezes surda perante toda esta critica desmedida e nos deu titulos. Alguns não deram mais porque não os deixaram, outros porque nós não deixamos. Cumprimentos

    Simão Fernandes

    ResponderEliminar
  23. Armando, entendo, mas eu sou defensor de uma gestão mais polida, silenciosa e eficaz (que não temos) do que a velha guarda dos octavios e peixeirada a Bruno de carvalho e Mr burns. isso só acrescenta ódios e fomenta estupidez.
    o grande Pedroto e o grande pinto da costa dessa época, agradece-se, mas eram outros tempos, outras farinhas. continuar a reviver o passado não nos leva a bom futuro.

    o que importa é estruturar o clube de gente capaz para sectores chave, que neste momento ou não existem ou são uns inúteis, e sangue sugas..

    ResponderEliminar
  24. Quem formou este plantel que parece ser o mais caro da liga demonstra uma gritante incompetência.Quem assume a responsabilidade desta vergonha? Ninguem!Mais uma vez a culpa morre solteira.E ganham fortunas para fazerem estas imbecilidades.

    ResponderEliminar
  25. Bom dia colegas Dragões.
    Somos de facto, unicos e diferentes, não só no futebol, como em toda e qualquer organização, seja ela desportiva ou não-desportiva.
    Passo a explicar: em qualquer clube, ou organização, há niveis hieraraquicos, niveis de responsabilidade e niveis de poder de decisão. Seja num governo de um país, numa camara municipal, numa empresa, ou num clube de futebol, seja lá onde for é assim e assim será sempre.
    NÃO!!!
    No FC Porto somos diferentes:
    Os responsaveis pelas falhas, erros e inexitos, são das duas uma, ou externos ( arbitros, jornalistas, "paineleiros de programas TV", um ou outro " Bode expiatório" que se inventa, etc! Ou quando são internos se devem ao Presidente ( "está velho...blá blá, já náo é o mesmo, blá blá...etc", aos treinadores ( um não serve porque joga para o lado, outro não serve porque joga para a frente, um não serve porque é Português, outro não serve porque é Espanhol, etc) mas o curioso, unico, e diferente no nosso Porto é que a hierarquia só tem culpados ou no Topo ( Presidente) , ou em baixo ( treinador-jogadores)! E o grande responsavél pela area do futebol? E o unico que põe e dispõe e manda mesmo no futebol? E o unico que comanda a "inteligente" politica de comunicação? E o unico que numa investigação da PJ lhe são aprendidos milhares de € em casa? E o unico que quando o nosso Porto perde não dá.a cara para defender o Presidente, o treinador , os jogadores ou até o clube? Esse mesmo o Sr Antero, faz do nosso Porto uma organização unica: iliba e esconde a responsabilidade dos verdadeiros responsaveis e ainda os promove. Fantastico!,
    Vamos ter um lindo enterro!
    Rumo ao abismo!
    Enquanto esse submarino Benfiquista estiver a destruir o nosso clube, infelizmente nada vamos ganhar!
    Somos unicos..... Até nisso...
    Saudades do meu Porto de Antonio Vasconcelos....Teles Roxo...Reinaldo Teles... Gente humilde mas Portista de coração que vibravam no nosso banco ao lado do nosso Presidente sem o interesse que esse senhor Antero hoje tem em delapidar o nosso Porto.

    ResponderEliminar
  26. Viva,

    Escrevera, num comenta'rio do "Bibo Porto", ha' uns tempos idos que tinha "pena pelo Herrera e, em certa medida, pelo Casillas".

    Na conferência de imprensa, logo apo's o jogo, Herrera apontou para a falta de concretização enquanto o treinador comentava a arbitragem. Isto é, um faltava de futebol outro de arbitragem. No fundo, duas escolas...

    Ja' imaginaram o Porto de Lopetegui do ano passado com Slimani?

    Quero e tenho gosto em saudar o trabalho deste espaço no que diz respeito ao emprego das estati'sticas - e não so' é claro. Assim, para informação, lembro que o site slate.fr acaba de produzir um interessante texto, mostrando a importância daquelas na construção da elaboração da equipa de Leicester. Método que foi, na altura,comprovado e generalizado com sucesso por Artur Jorge, sendo a contratação de Madjer (segunda divisão Francesa) elucidativa de tal trabalho.

    E Viva o Porto!

    Nuno PortoMaravilha




    ResponderEliminar

De e para portistas, O Tribunal do Dragão é um espaço de opinião, defesa, crítica e análise ao FC Porto, que aborda a atualidade desportiva e financeira de clube e SAD, bem como do futebol português.

Quem confundir liberdade de expressão com injúria, insulto, mentira ou difamação não passará pelo lápis azul. Todo o spam será apagado. Comentários anónimos são susceptíveis de não serem publicados. Nicknames são permitidos.