sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Retificação, precisa-se

A propósito destas palavras de Julen Lopetegui: «Não me parece correto jogar-se num estádio que não o nosso, a não ser por motivos de força maior. Não se pode eleger onde se joga dependendo do potencial do adversário. Todos têm que jogar com as mesmas condições. Isso parece-me inegociável e ilógico».

Em causa, como sabem, está o facto do Arouca ter jogado em Aveiro contra o Benfica e de agora ir jogar no Estádio Municipal do concelho contra o FC Porto. E há aqui uma aparente falha de comunicação grave entre estrutura e treinador. 

O FC Porto tem que partilhar objetivos entre todos os seus pares, mesmo que isso não signifique partilhar as mesmas convicções e ter uma total comunhão de ideias. Por outro lado, estas queixas de Lopetegui foram um tiro ao lado. Por estas razões:


Estas foram alterações que foram discutidas e votadas em Assembleia-Geral. A partir desta época, cada clube pode escolher um estádio alternativo para cinco jogos. É uma medida interessante para clubes que necessitem de potenciar receitas quando jogam contra os três grandes, por exemplo. Só há um problema: o clube escolhe os jogos que muito bem entender.

Por exemplo, o Tondela já avisou a Liga de que vai defrontar Benfica e FC Porto em Aveiro. O União também indicou o Estádio da Madeira para esse efeito. Já o Arouca preferiu indicar apenas o Benfica. 

Há uma desvantagem competitiva? Há, claramente. Mas é algo que está previsto nos regulamentos. Regulamentos esses que o FC Porto teve a oportunidade de discutir em Assembleia-Geral da Liga. E a nova fornada de regras, que incluía a proibição de os jogadores emprestados jogarem contra o clube-mãe e a reformulação do quadro competitivo, foi aprovada.

Alguém esqueceu-se de avisar Lopetegui de que o FC Porto esteve na Assembleia-Geral que ditou que o Arouca podia, perfeitamente, jogar contra o Benfica em Aveiro e contra o FC Porto no batatal municipal? Há um desentendimento claro nas palavras de Julen Lopetegui.

Esta não deveria ter sido a antevisão onde o FC Porto se queixa por ir jogar a Arouca e o Benfica a Aveiro. Esta deveria ter sido a antevisão em que Lopetegui afirmava, com força, que o FC Porto ganha em qualquer campo, com ou sem facilidades de estádio neutro. Marcar uma posição de força. Não deixar de apelar à massa associativa para deixar o Municipal de Arouca a rebentar pelas costuras. Cativar os adeptos, determinar os jogadores.

Ilógico, para recuperar a expressão de Lopetegui, é lamentar uma situação que está prevista em regulamentos que foram apreciados pelo FC Porto. Foi uma má escolha de palavras, uma falha de comunicação, mas perfeitamente superável: basta ganhar ao Arouca. Uma demonstração de força futebolística e associativa, que ateste que o FC Porto é uma equipa a ser temida em qualquer campo, com mais ou menos adeptos, com mais ou menos espaço para jogar e para a bola rolar. 

A ser abordado um problema, seria este, que é mais um exemplo do padrão que desmente todas as diretrizes do Conselho de Arbitragem. Agora, contestar regulamentos que foram aprovados?

Que o final do jogo seja a oportunidade para Lopetegui dizer o que não disse antes: o FC Porto é sempre a mesma equipa em qualquer campo. Uma equipa que só descansará quando recuperar o título de campeã.

19 comentários:

  1. Concordo que a tónica deveria ter estado na nossa capacidade de ganhar em qualquer lado, mas no fundo, no fundo, nem Lopetegui deve acreditar nisso neste momento.

    Já quanto ao jogar em estádio alheio, acho que Lopetegui fez bem em denunciar. Pouco importa se a direção esteve na AG onde o regulamento foi aprovado, porque na realidade é um mau regulamento e mesmo que o sentido de voto tivesse sido negativo (e não acredito que tenha sido), não seria suficiente para impedir a sua aprovação.

    Já dei uma sugestão alternativa de regulamento na antevisão do jogo ( http://doportocomamor.blogspot.pt/2015/09/hoje-joga-o-porto-vs-arouca.html )

    Quanto às nomeações, se não quis abordar o assunto é porque terá(ão) a sua própria agenda, de outra forma não se compreende.

    Abraço portista

    ResponderEliminar
  2. O homem só deu a sua opinião sobre um tema. Na opinião DELE não deveria ser possível essa escolha. Já agora, na minha também não.

    ResponderEliminar
  3. É um regulamento que o treinador não concorda, acho que ele tem direito a ter opinião própria. Deixo só duas perguntas: Será que o FCP votou favoravelmente? Será que isto se passa só em Portugal ou em Espanha, por exemplo, tb existe esta possibilidade?

    ResponderEliminar
  4. TdD,

    Hoje ouvi numa rádio, a TSF, algo do género «Lopetegui critica/ataca Arouca». Agora leio aqui «falta de atenção às leis, falta de comunicação hierárquica e possível desaproveitamento motivacional na comunicação com a equipa».
    Até fico na dúvida sobre quem é pago para “falar” às pessoas e quem é suposto fazer as coisas em cima do joelho apenas por “desporto”!!!
    Enfim, ou melhor, parabéns!
    Acho que, para ser perfeito, só lhe faltou abordar o lado ético “da coisa”, Lopetegui está certo/bem ou está errado/mal?

    Ventura.

    ResponderEliminar
  5. Continuem a ser os primeiros a bater!

    Continuem a mostrar aos outros a "exigência" enquanto os 5lbs vão sustendo a equipa nos momentos difíceis e o Vieira combina jogos para fazer ganhar moral!

    Façam isso e depois queixem-se! Digam que a culpa é do treinador e dos jogadores e da sad e do caraças... queixem-se!

    O pior inimigo é mesmo o portista.

    ResponderEliminar
  6. Estou a 100% ao lado do Lopetegui. Uma lei mesmo sendo lei não significa que seja boa. Depois de aprovada em Assembleia, essa lei pode ser mudada, senão as leis eram imutáveis. E as únicas que (por enquanto se julga) imutaveis, são as leis da fisica.

    ResponderEliminar
  7. É mais uma desculpa para o Lopetegui justificar-se perante SAD e adeptos. Não temos liderança no treinador, não é assertivo nas conferências. Nesse sentido, falta voz firme na SAD...dirigente "à Porto", já que se fala na falta de jogadores "à Porto". Não vejo problema em jogar em Arouca...temos equipa para chegar, ver, vencer e regressar ao Dragão com 3 pontos. Simples!

    ResponderEliminar
  8. Mau regulamento e que provavelmente beneficia "os do costume".
    ZEN MASTER gostei de te LER.

    ResponderEliminar
  9. Achei despropositado o tema abordado neste post. Será agora proibido ao nosso treinador dar a sua opinião para responder a uma questão colocada na conferência de imprensa? Ele até reforçou que era a título pessoal proferindo 2 vezes "com todo o respeito"!!! Ora bem eu partilho a opinião dele, é crime?
    Também não concordo com a percentagem elevada de impostos aplicada ao meu rendimento, ao preço dos combustíveis e no entanto, os preços/taxas também estão regulamentados....
    Com todo o respeito.....

    ResponderEliminar
  10. Concordo com o Zen Master!
    Além do que já foi dito é preciso acrescentar que é necessário saber ler e ouvir e interpretar de forma rigorosa o que está escrito no regulamento e o que foi dito por Lopetegui. No regulamento diz que pode? Diz. Explicita os motivos? Não. Pode entender-se que seria só em casos de força maior? Pode ser uma interpretação. Pode achar-se que tem que se salvaguardar a integridade competitiva (outro artigo do mesmo regulamento)? Pode e DEVE. Foi o que Lopetegui fez, além de dar a sua opinião, em defesa do clube. E fez muito bem, porque este assunto estava a passar ao lado (incluindo os dirigentes do FCP).
    Eu apoio SEMPRE o FCP e sendo assim já assumi que o meu clube vai sempre para ganhar a todo o lado. SOMOS PORTO

    ResponderEliminar
  11. Caro TdD, se agora é possível jogar até 5 jogos em estádio alternativo, o que diziam os regulamentos antes desta época?

    ResponderEliminar
  12. Oh TD, mais papista que o papa? Você?...É que,além de discordar da sua opinião mas de a respeitar, dá origem aos Anónimos valentes, como os das 9,44h que é o tipico adepto das festas----

    ResponderEliminar
  13. escrito no regulamento ou nao o treinador tem razao de principio, se a tal de estrutura aceitou pois que assuma o onus do aceitar agora a estrutura na pode prejudicar a equipa para beneficiar clubes ditos modestos mas que tiram campeonatos. Neste particular dou razao ao treinador porque o clube ao aceitar esta falta de verdade desportiva esta a potenciar colinhos porque em numero de adeptos estamos conversados. Agora temos pelo menos jogadores para ganhar em qualquer campo em portugal, teremos equipa? É uma questao de principios e os principios nao devem ser negociados.

    ResponderEliminar
  14. ja agora os assobios e as criticas dos nossos aos nossos tambem deveriam estar regulamentados no sentido de isso nao ser permitido, sera que o regulamento seria cumprido, nao sendo qual seria a penalizaçao ? PARECE ME QUE MUITA GENTE ESTA COM MEDO DO DESCALABRO E PARA MANTER UMA ESTRUTURA QUE ESTA DESGASTADA E DOENTE ALGUEM TEM DE SER POSTO NA FOGUEIRA, ESTE POST TIPO COMUNICADO É UMA DEMONSTRAÇAO DISSO MESMO EMBORA POSSA TER SIDO COLOCADO SEM ESSA INTENÇAO. Temos jogadores se chega nao sei, temos de estar todos unidos e juntos porque senao nao vamos la mais, repito nao vamos la mais e voltaremos a historia do ganham uns 3 e outros 1 e nos nada. Num clube como o porto e com as carateristicas da regiao onde se insere ou existe uniao ou seremos vilipendiados , nao tenham duvidas.

    ResponderEliminar
  15. O Porto tem de ganhar, não há desculpas....No entanto, o treinador pode contestar uma medida, mesmo que regulamentada, e achar que não abona a favor da verdade desportiva. Fazer mais um artigo à volta disto e da dissociação de comunicação entre clube e treinador acho exagerado, é só mais uma acha para a cabecinha de muitos portistas e para o #todoesculpadelopetegui....

    ResponderEliminar
  16. Oh Ega não me lixes. O treinador tem direito a opinião? Tem. A verdade desportiva poderá ser beliscada? Pode. Não temos obrigação de ganhar ao Arouca, seja em Arouca, Aveiro, na China ou na Lua? Claro que temos! Desviar o foco do rectangulo de jogo é desculpa esfarrapada. O Porto tem que entrar em qualquer campo Nacional, seja no Arouca, na Madeira, em Alvalade ou na Luz, para ganhar e o resto é conversa para boi dormir ou desculpas de gente insegura.

    ResponderEliminar
  17. Poucas vezes discordo mas esta é um delas. Pelo menos parcialmente. Concordo que o final da declaração de Lopetegui deveria ter sido que temos equipa para ganhar em qq campo, que não há desculpa.Isso é ser Porto. No resto não acompanho. Então agora não se podem contestar regulamentos por já terem sido aprovado? Então quando uma lei é aprovada entra a lei da rolha? Mesmo que o FC Porto tivesse votado A FAVOR dela seria sempre um direito de Lopetegui comentá-la (apesar de estrategicamente pouco aconselhável) mas uma vez que o FC provavelmente até esteve contra é perfeitamente lógico que o comente. Pelo seu argumento nunca se mudariam regulamentos pois como estão aprovado, não se podem discutir...

    ResponderEliminar
  18. Os clubes pequenos devem ter chorado para incluir a possibilidade, para terem mais receitas, a pensar na recepção aos grandes, e mais uma ou outra necessidade, mas depois usam-no com outros interesses e para obter outro tipo de proveitos. De qq maneira, isto é tudo teorias. O arouca ganhou em Aveiro e espero que perca hoje em Arouca.

    ResponderEliminar
  19. Sendo eu o tal "anónimo das 9.44" venho aqui dizer que não sou fã de Lopetegui e das suas desculpas, mas como disse: chegar, ver, vencer e regressar com os 3 pontos. Tranquilo. Apesar de não ser fã do treinador, tem o meu apoio porque é o treinador do meu FCP. Faço quase 200km para ir ao Dragão e nunca assobiei a equipa, apoio sempre até ao fim. Entre portistas, não há razão para não se ser sincero. Obrigado TdD por este espaço!

    ResponderEliminar

De e para portistas, O Tribunal do Dragão é um espaço de opinião, defesa, crítica e análise ao FC Porto, que aborda a atualidade desportiva e financeira de clube e SAD, bem como do futebol português.

Quem confundir liberdade de expressão com injúria, insulto, mentira ou difamação não passará pelo lápis azul. Todo o spam será apagado. Comentários anónimos são susceptíveis de não serem publicados. Nicknames são permitidos.