segunda-feira, 7 de março de 2016

Consequências naturais

Aquilo que ia definir se a 25ª jornada seria boa ou má não era o jogo em Alvalade, era o jogo em Braga. Neste caso, foi péssima. O FC Porto perdeu a hipótese de voltar a depender de si próprio para se apurar diretamente para a Liga dos Campeões. E, para muitos, foi desfeita a ilusão de ainda poder lutar pelo título.

É muito difícil explicar a um adepto do FC Porto que não pode ser campeão quando a matemática ainda diz o contrário. Infelizmente, esta é a realidade em que o SC Braga tem uma equipa mais bem preparada do que o FC Porto, o que é um forte aviso para a final da Taça de Portugal.

O Xistrema não facilitou, e todos os lances de dúvida foram assinalados em prejuízo do FC Porto. O Dragões Diário abriu com críticas, mas e depois? Vão ficar por aqui? Que vai fazer a administração que no 13º mandato pouco ou nada fez nada para merecer continuar à frente do FC Porto - se isto fosse uma direção em 1º mandato eram logo corridos por incompetência e por lesar o clube em detrimento de negócios pessoais - e que quase se auto-elegeu para o 14º? O clube é presidido por gente que não luta contra os Xistremas deste campeonato. Isto é uma mera consequência.

O SC Braga tem o que o FC Porto não tem: um plantel equilibrado. Este é o plantel mais caro da história do FC Porto e o pior dos últimos 15 anos. Um plantel que chega ao mês de janeiro debilitado, mas que consegue sair do mercado de inverno ainda mais fraco. Em 42 jogos, o Braga perdeu 5. O FC Porto perdeu ontem o 11º. O Braga faz mais golos do que o FC Porto. 

Não há milagres
O SC Braga está a cumprir os objetivos em todas as competições onde está inserido, enquanto o FC Porto, para já, só está a fazê-lo na Taça de Portugal. O Braga joga um futebol estável e agradável, ao contrário do FC Porto. E tem um treinador melhor, admitindo-se a polémica desta afirmação. Mas infelizmente, continuará a haver portistas a acreditarem que a época 2013-14 foi culpa de Paulo Fonseca; tal como acham que o passado recente foi tudo culpa de Lopetegui (só podem estar satisfeitos com a troca de treinador - a equipa piorou em tudo desde a sua saída, com ou sem relação causa/efeito, ainda que não houvesse tempo ou condições para esperar melhorias); tal como agora vão achar que a culpa é de Peseiro; e tal como provavelmente vão achar que o próximo treinador do FC Porto vai ser o culpado de muita coisa. Assim continuamos até nos tornarmos no maior cemitério de treinadores de Portugal.

Peseiro tem um plantel fraco em mãos e não tem tempo para trabalhar, mas deveriam ter pensado nisso quando despediram Lopetegui, não antes de assumir que mudaram de treinador para ganhar campeonato, Taça e Liga Europa. Nenhum clube é campeão trocando de treinador a meio da época e tendo lacunas em tantas posições. O culpado não é Peseiro: é quem assumiu a mudança e quem tanto a pediu a meio da época. A raíz dos problemas é muito mais profunda.

Faltam 9 jornadas e o apuramento direto para a Liga dos Campeões ainda é possível, mas dependerá da competência da equipa nas próximas semanas. José Peseiro tem tempo para preparar a equipa, ao ritmo de um jogo por semana, e é quase impossível fazer pior do que até aqui. Pelo meio, os sócios vão ser chamados a pronunciar-se sobre a continuidade, para o clube, da administração e gestão que já quase se auto-prolongou para a SAD.

Para já ficamos à espera que Pinto da Costa e restante direção proposta para o próximo quadriénio apresentem o seu programa para o 14º mandato e o balanço do 13º. Uma análise completa em que mostrem por que é que os portistas devem votar em vocês para os próximos quatro anos; uma análise onde mostrem, no seu entender, o que fizeram de bem nos últimos três anos e aquilo que prentendem corrigir para o próximo quadriénio. Não queremos um currículo, queremos um programa. O portista que reeleger uma lista com base no seu passado e não no seu plano para o futuro é o equivalente a atirar um punhado de terra para cima do caixão.






Timidamente, a destacar (+) - A equipa entrou bem. Faz meia hora em que assume o controlo, troca bem a bola, mantém o SC Braga longe da sua grande área. Depois cedeu à pressão e o SC Braga tomou conta do jogo. Maxi Pereira foi sempre a exceção e o inconformismo. Estreou-se a marcar em vão, mas esteve sempre em luta constante pela asa direita. Danilo Pereira, entre uma ou outra má abordagem na saída de bola, voltou a ser dos melhores e tentou sempre dinamizar o meio-campo. Herrera também fez um jogo completo, de constante pressão e intensidade, tendo sido dos melhores a atacar e defender. Pequena nota para Brahimi. Sim, abusa nos lances individuais. Mas sabem que mais? Se não é ele a tentar rasgar, mais ninguém no FC Porto o consegue fazer. Numa equipa quase sem talento individual e que não funciona coletivamente, não dá para censurar o único que pega na bola e tenta desfazer a defesa do adversário. Ainda faz uma assistência e levava sempre com dois homens na marcação.






Sem defesa (-) - Na primeira meia hora, o FC Porto estava a fazer, defensivamente, o melhor jogo desde que Peseiro era treinador. A equipa não deixou nenhuma bola ir às costas da defesa. Tirando uma diagonal de Rafa, o Braga não existiu ofensivamente e a equipa jogava com segurança. Indi parecia uma parede e estava excelente na antecipação e nas dobras. Mas depois tudo se desfez, em particular nos últimos 20 minutos. O último golo sofrido de Casillas é próprio de quem pensa que se lixe isto tudo, e não tem desculpa. Indi estava perto de fazer uma grande exibição, mas depois desconcentra-se e ainda acaba expulso. Marcano foi para esquecer: teve a infelicidade de escorregar, mas oferece um golo a Hassan e não mais se reergueu. Layún não se viu no ataque, nem nas bolas paradas, e teve sempre dificuldades a defender. 

André André não consegue render se não estiver bem fisicamente. O que faz a diferença no seu futebol é a garra, o inconformismo, a forma como se batalha por cada bola dividida e procura logo uma solução mais adiantada para fazer o passe; sem estar bem fisicamente, não está à altura de ser titular no FC Porto.

As três substituições nada acrescentaram ao FC Porto - pelo contrário, a equipa piorou. A maioria das ações de Suk, por mais vontade que mostrasse, acabavam em fora-de-jogo, falta ou perda de bola, mas Aboubakar não trouxe nada ao ataque; Corona não fez um único bom jogo desde a troca de treinadores e é um jogador à parte neste FC Porto; Marega fez o seu 9º jogo consecutivo pelo FC Porto, e ao fim de 500 minutos ao serviço do clube (já jogou quatro vezes mais do que Renteria, não está mau) fez uma boa ação: encostar e marcar frente ao Gil Vicente. Admita-se a curiosidade: será que o seu empresário também ganhará X ao fim de determinado número de jogos? 

Nem tudo foi mau para todos: José Caldeira ganhou mais 100 mil euros com a titularidade de Rúben Neves. E temos que falar de Rúben Neves, em particular pelos comentários que imensos adeptos do FC Porto fizeram na sua página no Facebook. É absolutamente vergonhosa a forma como atacam o rapaz, quase culpando-o por toda a época.

Quando a massa adepta acha que a fatura da derrota em Braga tem que ser apresentada ao menino de 18 anos, culpando-o por erros que vão desde Marcano a Casillas, pela troca de treinadores, pela má gestão do plantel e por tudo aquilo que de mal tem corrido esta época... Então esses adeptos também são parte do problema. Rúben, um conselho, deixa as redes sociais por um momento, pois a internet tem o poder de amplificar grandes doses de estupidez.

Só é pena que toda essa indignação não se dirija aos verdadeiros responsáveis pelo rumo dos últimos três anos: aqueles que de facto tinham o poder e confiança para reerguer o clube que todos amamos e conhecemos, mas cujo silêncio e indiferença só tem contribuído para a sua queda.

43 comentários:

  1. Caro TdD,

    o plantel tem sido desequilibrado desde a segunda época do VP. O golo de Kelvin ainda disfarçou o que estava mal. Concordo com a sua análise na comparação entre Braga e Porto. O braga tem, de longe um plantel mais equilibrado, porque foi pensado. O nosso foi pensado à medida que a época decorria e em função de negociatas. Parabéns à SAD.
    Não creio que o Peseiro fique no próximo ano (não estou a dizer que não devia, apenas acho que não fica). E estamos muito mal se pensarmos que basta vir um novo treinador para dar a volta a isto. Muito mal mesmo.
    E ainda bem que correu bem para alguém, alguém vai embora com mais 100 000 euros no bolso. Em relação ao menino, dei uma volta pelos fóruns e facebook e há um discurso aberrante à volta do R. Neves. Esquecem-se que tem 18 anos e pedem-lhe que carregue a equipa às costas. É simplesmente ridículo. A reação dos adeptos tem sido o primeiro inimigo do Porto nestes últimos anos.

    Que isto sirva para se olhar ao espelho, deixar-se de inutilidade diárias e de hashtag da treta, de somosporto e de roubar jogadores desviados aos rivais. Dispenso bem o campeonato das contratações. MAs tenho consciência que isto é pedir muito.

    DsT

    ResponderEliminar
  2. Mais palavras para quê? Excelente análise. Só tenho pena que não haja alternativas à actual direccão até parece que estamos numa monarquia clubista.

    Um pequeno pedido: que todos os sócios do FCP votem em branco!

    ResponderEliminar
  3. Caro TDD, para quem como eu, vivendo no estrangeiro ,não sendo socio como posso reclamar ou pedir justificações? eles não tem mail ou facebook pessoais, um imenso comprimento pelo teu excelente contributo a todos os portistas!

    ResponderEliminar
  4. Não costumo comentar aqui no blog, mas sou um seguidor habitual e gosto da maneira como esmiúçam alguns assuntos e esclarecem quem, como eu, não tem acesso a alguma informação.
    Se me permitem vou colocar aqui um comentário que deixei nesse grande espaço que é "A Tasca do Silva" e que reflecte, mais ou menos o que um portista com mais de quatro décadas de vida sente.
    Peço desculpa, pela extensão do comentário, mas aqui fica:

    mrfighter7 de março de 2016 às 02:32
    Amigo Silva

    Esta noite não vai ser diferente de muitas já passadas nos últimos tempos, azia e mais azia (tenho que ir fazer uma endoscopia, para tratar isto) ou então ver um filme do David Lynch para me alhear da realidade.
    Quando disse que tinha sido um erro despedir JL, foi porque suspeitava que isso era mais um sintoma de que o caminho que estávamos a seguir era errado. Tudo aquilo que eu aprendi que não se devia fazer, através do exemplo dos nossos rivais, estou a ver a acontecer no nosso clube. Contas manhosas; distanciamento da essência da razão da existência do clube, os adeptos; casos de indisciplina mal resolvidos (caso Rolando); mudança de paradigma nas contratações, não avaliando todos os componentes envolvidos (como era hábito), físico, psicológico, familiar, disciplinar, objectivos de carreira, etc.
    Tivemos em tempos uma estrutura semi-amadora, que fazia dos objectivos desportivos a sua principal recompensa, que era competente em todas as vertentes do clube, dentro e fora das quatro linhas. Temos hoje uma estrutura totalmente profissional, bem remunerada e que tem falhado em toda a linha. Falha na gestão desportiva, com contratações a dar ideia de pertencerem a uma agenda, mais do que às reais necessidades, desaproveitamento do enorme investimento em futebol jovem, com contratações verdadeiramente milionárias para a 2ª equipa que nunca chegam à 1ª, os jovens talentos que pontualmente têm aparecido na equipa principal, têm sido sempre fruto de circunstâncias adversas em que Ruben Neves é o maior exemplo, só aparecendo com a lesão de Mikel Agu. Contratação de jogadores ou em final de carreira, já com pouca ambição (Ismaylov, Pablo Osvaldo, Casillas) ou não identificados com a nossa equipa e o nosso futebol (Tello, Adrian Lopez, Campaña, Opare) ou caprichos de novo-rico à lá lampiões noutros tempos (Imbulla).
    (continua)

    ResponderEliminar
  5. (continuação)
    Acresce a isto a falta de condições, essencialmente em termos de protecção, dada aos últimos treinadores que têm passado por cá, dando normalmente sozinhos, o corpo ao manifesto, perante a evidente falta de peso que temos em termos de apito e que permite todo o tipo de afrontas e maldades sem que ninguém com peso institucional intervenha.
    Perante isto, o que fazer, se as pessoas que comandam são as mesmas que já nos deram tantas provas de competência e superação de dificuldades?
    Só consigo vislumbrar uma possibilidade, mudanças mantendo a continuidade.
    Os tempos mudaram, as circunstâncias mudaram, os adeptos são outros, os jogadores são outros, a industria é outra, portanto há que ir buscar pessoas competentes para estes novos tempos (a comunicação é fundamental), tempos houve em que um simples blackout, poderia mudar o rumo de um campeonato, hoje as técnicas têm que ser diferentes, logo tem que se recrutar os melhores nesta área, bem como noutras que parecendo pouco importantes, podem fazer a diferença, área física, psicológica, planeamento a médio/longo prazo, rentabilização de todo investimento na formação e por fim pessoas que saibam fazer contas e sejam honestas.
    Certamente que os actuais dirigentes têm muitas destas qualidades, com o presidente à cabeça, mas como ele disse um dia, “ o segredo do sucesso é rodear-me dos melhores em todas as áreas”, espero que como pessoa inteligente que é, perceba que neste momento não está rodeado dos melhores em várias áreas, e alguns, se não são, parecem desonestos.
    Voto de confiança a quem tantas e tantas alegrias me deu, mas não confiança ilimitada.
    O próximo verão deverá trazer mais luz sobre para onde caminhamos, independentemente da classificação no final do campeonato.

    P.S. Peço desculpa pela extensa missiva, mas é melhor do que tomar Gaviscon.
    P.P.S. The future ain't what it used to be
    https://www.youtube.com/watch?v=3HJz2Crg3E0

    ResponderEliminar
  6. Partilho do seu comentário. Os adeptos não aprenderam a saber onde é que está o centro do problema no FCPorto. Dar tiros no escuro não leva a nada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os adeptos não aprendem porque continuam cegos. Pinto da Costa é o melhor presidente da história do futebol. Muito, muito dificilmente será igualado. E vai receber votos por isso. E é por isso que não correm contra ele. Mas neste momento, Pinto da Costa é o principal e o maior dos problemas do clube - talvez não por ele próprio, mas por quem o rodeia. E quem o rodeia é quem ele deixou que por lá andasse.

      http://futeboleprognosticos.blogspot.pt

      Eliminar
  7. Pena é nao haver uma lista concorente a PDC ... Nao tenho memoria Curta... Mas o que se passa é demais... E os super dragoes... Silencio... Os bolsos estao cheios é o que conta! O porto é nosso! Votarei em branco se o presidente nao apresentar ideias claras... O nosso clube Sempre foi virado para o futuro... Desde o museu... Vive se do passado... Nao obrigado! Nao adiro a politica de dar tachos a commissionistas , familiares... Delfim 66106

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não se trata de ter memória curta, trata-se de ter vistas curtas. Negar o que está a acontecer agora ao clube é passo e meio para o condenar a um futuro sombrio.

      Eliminar
  8. Grande texto. Continuem sempre assim, pode ser que chegue ao alcance de mais Portistas e percebam a miséria em que estamos metidos

    ResponderEliminar
  9. Resumo da primeira parte:
    10 segundos: Entrada de Djavan. Amarelo por mostrar.
    9 minutos: Entrada de Baiano. Amarelo por mostrar. Ainda deu mais 2 antes de ver o cartão aos 60'.
    15 minutos: Penalty claro sobre Suk não assinalado. Na continuação, a primeira falta do FC Porto com André a ver o amarelo (justo pela falta).
    18 minutos: Fora-de-jogo mal tirado a Suk. De acordo com a Sportv, o árbitro assinala sem consultar sequer o seu auxiliar.
    34 minutos: Falta sobre Danilo não assinalada, na continuação Braga cria a sua única oportunidade de golo. Resultado: Peseiro expulso.
    41 minutos: Danilo vê amarelo por dizer ao árbitro, com razão, que a barreira não estava à distância correcta.

    Todo e qualquer lance de ataque do FC Porto acaba em má decisões de Xistra. Díficil é marcar golos assim.
    A segunda parte começa com 2 faltas do Braga e nada. Minutos volvidos, mão de Rafa na área do Braga. Mais uns minutos e o árbitro vê uma falta ofensiva no facto do guarda-redes do Braga cair em cima dum jogador do Braga. A perder por 1-0, mais uma mão na área do Braga acaba em falta ofensiva de Herrera.

    A equipa entrou bem, teve uma meia hora muito bem conseguida e foi claramente destabilizada por uma terceira equipa. Se há jogos onde os acuso de falta de empenho e de qualidade, este não é um deles. Houve um plano delineado para derrubar o FC Porto, não nos deixar chegar à baliza adversária. O erro de Marcano é clamoroso e infeliz, mas com uma arbitragem normal já nem interessaria pois o resultado estaria feito há muito. A partir daí houve muita intraquilidade e caímos com estrondo. Indi perdeu a cabeça, Casillas perdeu a cabeça, a equipa em geral perdeu a concentração e pouco mais fizemos no jogo.


    Quando a capacidade de comunicação duma SAD resume-se a uma porcaria duma newsletter, estamos conversados sobre este tema.
    O Dragões Diário é bem capaz de ser mais prejudicial ao clube do que aquilo que faz de bem.
    Meu caro, em 2009 a empresa onde trabalhava propôs ao FC Porto um serviço de marketing em toda a linha, desde design de merchandising fora do espectro da Nike até um canal de comunicação agressivo destinado a sócios e adeptos que visava captar e aumentar a sua exposição ao mercado. A resposta na altura foi que estavam atados a certos contratos que os impediam de considerar a oferta. Nunca demonstraram interesse. Nunca fizeram nada do que foi proposto, nunca se percebeu que contratos eram esses. Foram precisos 6 anos para criarem uma newsletter. E por aí ficaram.
    Esta SAD não tem competência administrativa ou financeira, nem resultados desportivos para merecer serem reeleitas. É vergonhoso o que se passa no nosso clube. Não souberam evoluir e, em poucos anos, destruíram tudo o que de bom foi feito nos 30 anos anteriores.


    AA

    ResponderEliminar
  10. Foi uma derrota pesada, mas talvez não fosse tão inesperada quanto isso. O Porto está mal e não é só de agora e muito menos de ontem. O tdd ainda consegue encontar jogadores que mereçam estar nos bonés. Eu acho é que a equipa toda andou aos bonés bem como o treinador e arbitragem. É verdade que na primeira parte a equipa deu um ar da sua graça mas após o lance de perigo do Braga que teve origem numa falta não assinalada sobre Danilo a equipa não mais se encontrou. A segunda parte à semelhança do que aconteceu no Restelo foi simplesmente deplorável. O Porto não equipa. Não tem colectivo. Tdd desculpabiliza brahimi com o seu egoísmo. Não consigo. Se a equipa não funciona como colectivo muito menos vai funcionar individualmente. Maradona que todos nós sabemos era e é um génio um deus do futebol aquando da sua passagem pelo Nápoles jogou sempre pelo colectivo. Resultado? Nápoles campeão. Tal como o Messi. Claro que há sempre um rasgo de genialidade. Mas brahimi nem isso. No final da época que para mim foi perdida com a derrota contra o circo do Lumiar, a sad terá que fazer o seu mea culpa e justificar perante os sócios e adeptos o porquê destes três anos de total e completo fracasso. A seguir terá que limpar o balneário. Marcano, indi, brahimi, Varela, marega, aboubakar, Corona não tem lugar na equipa. Tdd o Corona jogou ontem(?!). O treinador tal como comentei aquando da sua contratação, nunca deveria ter vindo. É certo que tomou conta da equipa sabendo que muito provavelmente não foi a primeira escolha, e por isso Agradecemos lhe, mas mais do que isso não. Esperemos que ganhe a taça. Se o conseguir para mim será uma época excelente. Uma última nota. Havendo vários jogadores que estão há anos no Porto e alguns até são capitães, o único que no final do jogo se lembrou de ir saudar os adeptos foi o que chegou esta época vindo da associação recreativa e cultural do Alto dos Moinhos. De louvar e ao mesmo tempo uma bofetada de luva branca.

    ResponderEliminar
  11. Eu já disse isto no forum que participo, espaço esse que o Tribunaldodragão se calhar também conhece. Ao Porto falta muita massa critica, desde o inicio da época era evidente que o plantel era fraco, mas para muitos adeptos o único problema era o treinador. Eu também nessa altura usei uma expressão usada agora na sua peça. O Porto vai-se tornar um cemiterio de treinadores.

    ResponderEliminar
  12. O Bhraimi atira ao poste, o Marcano pé-frio faz mais um auto-golo, o Casillas mete água, o Xistra faz de novo bosta.. e a culpa é da SAD!!

    Tá certo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As alternativas ao Brahimi são o Marega e o Varela. A culpa é da SAD. O Ponta-de-lança titular é o Suk, a culpa é da SAD. Nenhum dos centrais titulares teria lugar no banco dos últimos portos campeões, a culpa é da SAD. O Peseiro está no banco de suplentes, a culpa é da SAD.

      Eliminar
    2. Quem nao deve , nao teme!! Porque essa mesma SAD nao tem uma reaçao ao nivel do que tem acontecido??! Porque o que conta é os €€€€ ... Commissoes e tachos... O resto esta Tudo na boa! Delfim66106

      Eliminar
  13. Concordo quase em tudo... Menos na apreciação de Herrera. Jogo muito mau, não fez im único lasse em condições, muito lento e em certas ocasiões pouco "aplicado"... Tb me parece completamente desgastado, tal como grande parte dos jogadores... Que preparação física é está?
    De referir a boa primeira parte e a segunda parte desastrosa de toda a equipa... Deste plantel, aproveintam-se meia dúzia... Do plantel... Não do onze...

    ResponderEliminar
  14. excelente analise uma vez mais
    so' nao partilho a mesma opiniao em relaçao ao Danilo, nao gostei nada da sua exibiçao


    quando estamos a perder, olhamos para o banco nao ha ninguém que possa entrar e criar perigo

    Nao percebo como falhamos o negocio com o RAFA, ainda por mais ficaram com o josué
    nao temos 20milhoes pelo Rafa mas temos tanto dinheiro mal gasto em em maregas, suks, djalmas, hernanis,samis enfim

    é pena ninguém ir ao Olival agora........
    ACORDA PORTO, ACORDA

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Podias ter poupado nas letras.... quem dá 30 milhões por um Imbula dá 60 milhões por um RAFA e em termos de comparação acaba por ser até bem mais barato:)
      Cá para mim o que aconteceu para não se ter comprado o RAFA, foi que este negócio em termos de comissões não era atrativo para quem as normalmente as recebe dentro da SAD.

      Eliminar
    2. E contratando o Rafa seriam mais 20 milhões mal gastos.

      boa

      Eliminar
    3. o Rafa é bom jogador, e valia a pena pagar o q fosse preciso por ele
      Mas nao o marega e o varela dao conta do trabalho
      ah e para o ano, volta o sami lica e o ghilas, ai é que vai ser marcar golos
      sam1893

      Eliminar
  15. Boa tarde, alguém me sabe dizer se temos preparador físico? então a situação do A.A. é incompreensível.

    ResponderEliminar
  16. Dia 14, todos na AG. É aí que recomeça o nosso futuro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas que nos deixem ter as explicaçoes que estamos no direito de ter! Porque jà estou a ver quando se tocar nos assuntos sensiveis... Vao logo mandar 3 abrutes dos sd para nos Calar!! Mas que se lixe!! Isto tem de rebentar !! Delfim 66106

      Eliminar
  17. O «lance do Marcano» acontece porque ele tenta cortar a bola com o pé direito. Se às vezes os jogadores falham escandalosamente com o melhor pé por irregularidades do terreno (Brian Ruiz), o que fará com o pé fraco. Isto só prova que a defender também é preciso saber jogar com os dois pés, seja o defesa destro ou esquerdino, e acima de tudo não arriscar o que não se sabe em momentos de aperto (Maicon, Marcano).

    Quanto ás comparações Fonseca-Lopetegui-Peseiro, eu diria o seguinte. O Fonseca não era (e se calhar ainda não é) treinador para o Porto. Tudo bem que ele é bom treinador, mas ele não aguenta a pressão de um clube com uma massa adepta exigente como o Porto, que até ataca o seu «menino de ouro» (vergonhoso!). Nem o Lopetegui aguentou, porque segundo PdC «atirou a tolha ao chão»! E esse é que é o problema (ou mais um problema para além do da direção), os adeptos do Porto tornaram-se especialistas do bota-abaixo! Os Super Dragões estiveram impecáveis ontem e por muitos defeitos e ligações promiscuas à direção que tenham, são só eles (e os Coletivo) que apoiam a equipa. O Fonseca está a conseguir uma boa campanha no Braga porque tem jogadores para isso, mas também porque ninguém lhe exige mais que aquilo, não tem uma pressão constante após cada empate e derrota, ou seja, pode trabalhar descansado e em paz, e com aquele feitio sereno e pacato dele, vê-se logo que só assim é que ele trabalha. No Porto quis-se logo por a andar e hoje vê-se que nem estava assim tão mal. Se nos pusermos na pele de treinadores, rapidamente vemos que não deve ser muito agradável ser treinador do Porto. Tirando quando estão na mó de cima, os treinadores e jogadores são sempre mal tratados no Porto. O Peseiro vê-se que está cheio de entusiasmo e com força. Sabe que a pressão e a exigência ainda não vai cair para o lado dele, pelo menos dos adeptos, porque do trabalho dele depende a pressão dos adeptos à direção, e quando isso acontecer, vai ser a direção a pressioná-lo, de forma direta ou velada. Ou seja, com adeptos assim, o perfil de treinador do Porto tem de ser o de alguém com um feitio muito determinado e impenetrável. Quanto à direção, tem de por a andar os jogadores da era Lopetegui, que só estão cá a tapar as apostas de futuro, e de futuro só treina o clube quem aceitar conhecer e trabalhar com os jogadores que a direção entende que deve contratar. Poderá ser «dado» a pedido do treinador um ou outro jogador, mas a política deve ser feita pelo clube e não pelo treinador, porque ser «manager» é um direito que se conquista, não que se concede, nem todos os treinadores podem ser Alex Fergusons.

    ResponderEliminar
  18. jogadores pagos a peso de ouro que não valem nada!
    faltam portugueses no plantel!
    mística que venha desde a cúpula!
    responsável pela área do futebol!
    treinador credivel!
    direcção com projecto!

    comissionistas fora!
    mamões fora!
    jogadores sem nível fora! casillas, Helton, marcano, indi, angel, herrera, marega, Varela, suk, corona! todos fora! não correm, não têm talento, não mostram empenho, não têm atitude, não têm garra, não têm mística, não têm cultura de clube! fora!
    peseiro, obrigado, mas fora!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Suk? Pronto são opiniões, mas agora Helton? Fora mas é com adeptos destes.

      Eliminar
    2. Isso do não correr e não ter empenho é daquelas tretas que é insistentemente repetida pelos adeptos...

      Parece que no futebol ganha quem correr mais e pronto...o modelo de jogo e o trabalho do treinador não contam...é mandá-los correr 20 km por jogo e ganhamos. Boa.
      Não veja essa falta de empenho...o único jogador em que via isso era no Imbula...de resto...em mais ninguém.

      Eliminar
    3. percebe-se bem que nunca jogas-te futebol. ok, fica com a tua opinião, eu com a minha.

      Eliminar
    4. Tira já o Helton dessa lista!!!

      Vitorino

      Eliminar
    5. o Helton anda lá a fazer o que? acabou a época dele. ganhe a taça e sorte!
      curioso, é chegar à final da taça sem que o casillas tenha jogado.. coincidências..

      Eliminar
  19. Não concordo com esta narrativa que se anda a criar entre Portistas que dizem que o treinador não tem culpa ou é o menos culpado.
    Sendo verdade que o trabalho da direcção é muito importante...ter um bom treinador ou não faz uma diferença enorme. Um bom modelo de jogo faz com que os jogadores sejam melhores. Um mau modelo de jogo resulta nisto: os adeptos a criticarem todos os jogadores (ninguém presta) e voltam logo as frases feitas da mística; xenofobia, etc...

    O que precisamoss é de um excelente treinador...que tenhao poder de escolher os jogadores e o plantel que quer. Evitando assim as compras desnecessárias de Maregas, etc...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. um excelente treinador, com marcanos, angel, indi, herrera, marega, corona, suk, varela, etc não faz muito melhor. quando não há qualidade nem vontade.

      e concordo, é necessário um bom treinador!

      Eliminar
  20. Caro Tribunal,

    Olhando para o jogo, é verdade que Xistra, desde o início do jogo, demonstrou uma certa tendência para o vermelho. Mas, se na deslocação a Belem ainda se falou antes do jogo e o Capela apitou +/- direito, desta vez o silêncio imperou e o resultado foi este. Mas, claro. Não foi só por aí. José Peseiro também não quis arriscar muito e, a precisar de ganhar, só adiantou as peças depois de estar a perder. Parece que estava à procura da sorte.... que surgiu par o adversário.

    Sinceramente, não sei se SETE administradores chegam para o que é preciso fazer no Futebol Clube do Porto. Entretanto, seguem na "mama" que o clube lhes dá.

    Dia 14 há assembleia-geral. Haverá tempo disponível para falar sobre o clube. Não acredito que alguém sequer levante a voz.

    Um abraço.

    Porta 26, em blogporta26.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  21. Precisamos de mais Carlos Abreu Amorins

    Ou seja,cidadãos com peso social e mediático que ponham o dedo na ferida.

    Isto é que apontem a quem se fez multimilionário ã custa da ruína financeira do FC Porto

    E que as autoridades nos ajudem a libertar o Fc Porto das garras desta quadrilha

    ResponderEliminar
  22. Gostaria de ver uma análise do trabalho físico feito esta época. A equipa jogou 20 minutos como Peseiro quer, e jogou bem. Depois...morreu. Estavam de rastos ao fim de 30 minutos???
    Outro aspeto a considerar é a falta de comunicação entre os jogadores. Não há um que grite, incentive o colega. Gritar para o árbitro para quê? Se expulsar o treinador dá cabo de uma equipa é porque ela é fraca. No passado fizeram bem pior (expulsões, penaltis, etc etc) e fomos campeões.

    ResponderEliminar
  23. TdD disse: "Só é pena que toda essa indignação não se dirija aos verdadeiros responsáveis pelo rumo dos últimos três anos: aqueles que de facto tinham o poder e confiança para reerguer o clube que todos amamos e conhecemos, mas cujo silêncio e indiferença só tem contribuído para a sua queda."

    Só é pena que toda esta indignação não leve aqueles que poderiam apresentar uma alternativa credível a ganhar coragem para o fazer.

    com o seu silêncio e indiferença, estão também eles a contribuir para a queda do nosso clube, assim se tornando cúmplices por omissão.

    quem não tem tomates para se apresentar agora a batalhar pelo clube, mesmo que sem garantias de sucesso, também não terá o meu apreço quando quiser aparecer como "salvador da pátria" a recolher os cacos que restarem.

    um Bem Haja ao Tribunal do Dragão :)

    ResponderEliminar
  24. Quais os clubes que apoiaram Vitor Pereira??? Benfica e ...???

    ResponderEliminar
  25. Toda esta situação que não vem de agora e que se agrava, é muito triste para quem ama o FC Porto.como nós amamos. Olharmos para o Porto que já fomos e para o Porto que.somos agora.
    Eu só tenho uma pergunta basilar para a qual não obtenho resposta: Porquê?
    Porque é que esta administração da SAD que no passado recente soube zelar pelos interesses do clube e levou o FC Porto aos patamares cimeiros,que fez do FC Porto o que é hoje, porque é que agora se esconde e assobia para o lado?
    O que mudou? Desaprenderam? O amor deles ao clube não é tão grande como o nosso, que sofremos ao ver tudo isto?
    Será que os interesses pessoais se sobrepuseram aos interesses do FC Porto?
    Alguma coisa mudou e e eu não tenho resposta para isso e para o motivo.
    Um grande abraço ao TdD e a todos os portistas de coração.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que mudou, a meu ver, foi uma de duas coisas:

      i) A cupula de direccao, com todos os exitos, aburguesou e adormeceu a sombra da bananeira e agora nao ha nada a fazer

      ou

      ii) ALguem teve que vender a alma ao Diabo para chegarmos tao alto como chegamos, e o Diabo entretanto veio cobrar, e quem pode fazer alguma coisa para combater tudo o que se esta a passer esta de pes e maos atados...

      Eliminar
  26. Bom dia. Tribunal do Dragão e quem esteja por detrás deste grande blog, porque não dar a cara e ir à luta pelo bem do nosso Grande Clube? Parece(m)-me ter todas as condições para o fazer.
    Nuno.

    ResponderEliminar
  27. O principal problema está na construção do plantel: compras sem critério. Se dissessem a um Portista há 4 anos (tinha o Falcão no ataque) ou há 3 anos (tinha o Jackson), que hoje o Porto teria um Aboubakar+Corona+Suk no ataque, o adepto rir-se-ia. A realidade é que o plantel pode ser dos mais caros, mas a equipa é seguramente a mais fraca.

    A melhor forma de analisarmos o plantel é confrontando-o como dos rivais e fazermos o seguinte exercício analítico: que jogadores do Porto tirariam o lugar no plantel do Sporting e do Benfica? Ou se preferirmos: que jogadores do Porto estariam no 11 ideal?

    O problema reside aqui meus caros: o Porto tem um plantel sem qualidade. Na minha opinião, o Porto só entraria com 2: o Maxi e o Brahimi, e possivelmente com o Layun. É muito pouco.

    O grave é que o Casillas nem lá está, apesar de ser o jogador mais bem pago da história do futebol português, e que é campeão do mundo e da Europa. O grave é que as contratações de inverno não colocam mais camisolas nesse tal onze ideal. E o restante plantel titular do Porto é equivalente ou inferior ao banco dos rivais.

    Culpar Lopetegui, ou Peseiro parece-me por isso um exercício de plena covardia, porque os treinadores trabalham com o que lhes dão, e segundo parece cada vez menos são os treinadores a escolher os jogadores, e mais os administradores a fazê-lo.

    Sejamos sinceros: o Casillas não está a funcionar.
    Sejamos sinceros: o Porto não tem centrais.
    Sejamos sinceros: o André André, não joga porque está sem prep. física. Não pode.
    Sejamos sinceros: o Brahimi não pode fazer tudo sozinho.
    Sejamos sinceros: o Porto não tem um ponta de lança.

    A culpa é de quem: do Lopetegui? Do Ruben Neves? Do Peseiro?
    Parece-me que não.

    ResponderEliminar

De e para portistas, O Tribunal do Dragão é um espaço de opinião, defesa, crítica e análise ao FC Porto, que aborda a atualidade desportiva e financeira de clube e SAD, bem como do futebol português.

Quem confundir liberdade de expressão com injúria, insulto, mentira ou difamação não passará pelo lápis azul. Todo o spam será apagado. Comentários anónimos são susceptíveis de não serem publicados. Nicknames são permitidos.