sábado, 12 de março de 2016

O abono de família

O Benfica vive dias felizes. Depois de ter conseguido, à 24ª edição da Liga dos Campeões (não confundir com a Taça dos Campeões Europeus, tempos onde, nomeadamente nos anos 60, bastava fazer 7 jogos para ser campeão europeu - ou seja, o equivalente, hoje em dia, a um play-off e uma fase de grupos inacabada), fazer aquilo que Jesualdo Ferreira fez em apenas 4 anos de FC Porto (ou seja, ir quatro vezes aos oitavos-de-final), o Benfica chegou aos quartos-de-final pela 4ª vez na sua história.

É naturalmente um motivo para comemorar. Afinal, à 24ª edição da Liga dos Campeões, o Benfica tem uma oportunidade para fazer algo que nunca fez: ganhar um jogo dos quartos-de-final da competição. Acreditem, é muito saboroso. E sendo o FC Porto o único clube português a vencer um jogo dos 1/4 da Liga dos Campeões (ainda há um ano, a um tal de Bayern Munique, mas claramente um clube sem a expressividade de um Nuremberga ou um Aarhus), é o único que pode dar testemunho de facto em Portugal.

«Que taças são estas aqui ao lado?»
O Benfica está então de parabéns e rejubila. Estas palavras do seu vice-presidente Rui Gomes da Silva, o benfiquista que mais próximo esteve de tocar numa taça da Liga dos Campeões e numa Intercontinental, são o exemplo disso. Passando a citá-las:

«É uma lição para os clubes que andaram a dizer que contribuíram com pontos e finanças em épocas passadas. O Benfica, hoje em dia, é o abono de família dos clubes portugueses e, se não fosse o Benfica, tínhamos uma ou duas equipas na Liga dos Campeões. Os nossos rivais vão dar graças por termos conseguido o apuramento».

Esta afirmação não é mais do que uma massagem populista de ego. Mas ajudemos a revitalizar a memória de Rui Gomes da Silva. Podemos meramente começar por aqui: o FC Porto há um ano foi aos quartos da Champions e o Benfica foi eliminado na fase de grupos; este ano aconteceu o contrário. Só há uma grande diferença: o FC Porto acumulou 39.516 pontos para o ranking, enquanto o Benfica tem para já 27.516. Ou seja, com o mesmo percurso desportivo o FC Porto deu mais 12.000 pontos ao ranking do que o Benfica nestes dois anos.

Recordemos a época 2006-07. Foi a primeira vez que FC Porto, Benfica e Sporting estiveram todos juntos na Liga dos Campeões. E agora ajudemos Rui Gomes da Silva a fazer as continhas: nas cinco épocas que antecederam esse histórico triplo apuramento, o FC Porto fez 87.533 pontos para o ranking. Já o Benfica fez apenas 51.533. 

Em 2006-07, FC Porto e Sporting apuraram-se diretamente para a Champions. O Benfica só chegou ao play-off. E chegou ao play-off porquê? Porque o FC Porto fez mais 41% de pontos para o ranking do que o Benfica. Não fosse o trabalho europeu do FC Porto nesses anos e jamais a liga portuguesa teria tido os três grandes na Liga dos Campeões pela primeira vez. E nem o Benfica teria ido à Champions. 

Aliás, podemos fazer uma coisa simples, que é ir ao site da UEFA e ver a pontuação absoluta do ranking desde a sua contagem, em 2000. Cá vai:

2000-2005
FC Porto 93.739
Sporting 55.739
Benfica 36.739

2005-2010
FC Porto 76.659
Benfica 72.659
Sporting 57.659

2010-15
Benfica 118.276
FC Porto 111.276
Sporting 56.276

Total:
FC Porto: 281.674
Benfica: 227.674
Sporting: 169.674

Desde 2000, já agora, o FC Porto ganhou uma Taça UEFA, uma Liga Europa e uma Liga dos Campeões; o Benfica nunca venceu um jogo dos quartos-de-final; já o Sporting só passou uma vez a fase de grupos, para ser afastado com um 12-1 pelo Bayern Munique. Se quiserem falar no verdadeiro «abono de família» europeu, estes números só indicam um clube possível.

De facto, desde 2010 o Benfica aumentou a sua pontuação. E aumentou porquê? Graças à Liga Europa. A UEFA, de modo a não desvalorizar a Liga Europa em relação à Champions (não adianta de muito - veja-se o exemplo do Tottenham, que foi defrontar o Dortmund com uma equipa de suplentes), definiu no coeficiente que a Liga Europa valeria tantos pontos como a Champions. Só isso tem permitido que o Benfica tenha andado no top 6 do ranking, apesar de raramente passar os 1/8 da Champions. De recordar que o FC Porto participou na Liga dos Campeões pela 20ª vez: mais do que Benfica (11), Sporting (6) e Boavista/Braga (2) juntos.

Um outro Jorge Jesus na UEFA
Não há portista que não se tenha alegrado com as finais de Sevilha ou Dublin, mas ninguém pode conceber que a Liga Europa valha tanto como a Champions. Por exemplo, Jorge Jesus gabava-se que foi a duas finais. Mini quiz: quem foi o treinador finalista vencido da Liga Europa 2014-15? Não vale ir ao Google: 99% das pessoas não conhece o nome do indivíduo. Porque ninguém quer saber de quem foi a finais da Liga Europa perder. Ainda hoje, quantos portistas se lembram de quem era o treinador do Celtic na final da Taça UEFA de 2003? Poucos, certamente. Mas toda a Europa do futebol sabe quem foi o vencedor. Porque a história só reza de quem vence.

O Benfica está bem posicionado no ranking sobretudo pelos resultados na Liga Europa, enquanto o FC Porto é o recordista português de pontos no ranking pelos seus resultados na Liga dos Campeões. Com um treinador que, para muitos, não prestava, o FC Porto fez o que o Benfica nunca fez na sua história: ganhar um jogo dos 1/4 da Champions; e Jesualdo Ferreira, sozinho (enquanto treinador do FC Porto, claro), passou tantas vezes a fase de grupos da Champions como o Benfica em toda a sua história. 

Quer continuar a falar de «abono de família», dr. Rui?

De qualquer forma, ficam aqui os parabéns ao Benfica pela sua qualificação para os 1/4 da Champions. A sério. Ganharam 5,5 milhões de euros com o apuramento e certamente que esse dinheiro vai dar muito jeitinho. A saber:

Segundo o Record, o Benfica pagou 1,5M€ aos seus jogadores pelo apuramento para os 1/4.  E Nico Gaitán fez o simbólico golo que valeu o apuramento. Nem de propósito: o dinheiro vai dar jeito para pagar a sua renovação de contrato, nomeadamente o pagamento que terá que ser feito à empresa que intermediou a renovação.


Este método de pagamento progressivo é um fenómeno que interessa a todos os clubes (FC Porto inclusive e sobretudo). Os clubes continuam a pagar comissões altas, mesmo sem terem possibilidades para tal; por isso, em vez de pagarem comissões mais pequenas, pagam comissões em prestações aos empresários. Por outro lado, todos os anos os empresários querem ganhar dinheiro e pressionam para que os seus jogadores sejam transferidos; mas com este método, têm garantido que vão ter receita todos os anos, mesmo que o seu jogador não seja transferido. Veja-se o exemplo de Gaitán: se o Benfica não o conseguir vender no verão, caem mais 400 mil euros na conta do empresário.

Ainda assim, um pagamento de 1,5M€ de prémio ao plantel, potenciais 2,3M€ ao empresário e um salário anual bruto superior a 4M€ para Gaitán... Percebe-se porque é que o Benfica, mesmo tendo acabado de ir aos 1/4 da Champions, necessita de antecipar as receitas da NOS.

Mas não têm nada a temer. Gaitán vai render uma pipa de massa em breve. Tudo aquilo em que Gaitán toca transforma-se em ouro. Isto a propósito da empresa «Admira Partners UK», que intermediou as negociações para a sua renovação de contrato. Que empresa é esta? Vejamos: 


Fazendo a conversão, uma empresa que dispõe de 500 mil euros, um património de 85 mil euros, ativos de 800 mil euros e um passivo de 700 mil euros pode ganhar 2,3M€ com uma só operação? Ou seja, a intervenção desta empresa na renovação de Gaitán faz o Benfica pagar mais do que vale toda a empresa? Melhor ainda, a Admira Partners UK não tem nada a ver com futebol: é uma empresa de consultoria e gestão financeira. Gerida (verdadeiramente) por quem? Santiago Baraibar. Quem é Santiago Bairabar? Um dos empresários envolvidos no escândalo de 2015 com a Confederação Brasileira de Futebol (matéria aqui ou aqui). 

Rui Gomes da Silva, afinal, tinha razão. O Benfica é mesmo o abono de família de muita gente. 

20 comentários:

  1. Meu caro, seja lá quem for, muito obrigado. A sua entrega ao FCP, a qualidade da sua escrita escorreita, e a forma certeira como faz emergir factos e reflexões torna este blogue, de longe, o melhor, mais útil e mais importante blogue sobre o FCP. Em vez da pasmaceira actual, era de si que a nossa comunicação precisava. Talvez um dia isso venha a acontecer. Força, por favor, não se cale, e continue o magnífico trabalho que aqui faz.
    De um leitor fiel.
    Jorge Ricardo Pinto

    ResponderEliminar
  2. Tiro o chapéu (uma vez mais) a este post!! So é pena que a materia sobre os pontos da uefa seja um blog a faze.la pois esse meia leca não vai ver a resposta tao bem dada.

    ResponderEliminar
  3. Contra factos não há comunicação trauliteira que resista...

    ResponderEliminar
  4. Sem dúvida alguma, se o conteúdo do Dragões Diário tivesse conteúdo tão relevante e pertinente quanto o blogue, teria o dobro do impacto que tem.
    Obrigado por ser um farol para os portistas
    pfizzer

    ResponderEliminar
  5. eu até me ria com as contas do benfica se as do meu clube estivessem boas

    ResponderEliminar
  6. Era de si que precisávamos era para dirigir o nosso Porto, isso sim...
    É inegável que:
    - perdemos a hegemonia do futebol
    - os portistas têm estado órfãos de presidente (motivos de saude ou outros, não interessam... o FCPorto não acaba)... e de defesa do clube
    - aparentemente está para acabar o ciclo Pinto da Costa (se já não acabou)


    Alguém Portista, inteligente, atento e com aparente conhecimento do jogo futebol e sua industria... era do que precisávamos...

    Obrigado pelo grande trabalho que faz neste blog!!!


    Parece

    ResponderEliminar
  7. É continuar este caminho pois as verdades são para serem ditas dia a quem doer.

    ResponderEliminar
  8. Excelente Post e mais uma vez o Dragões Diário passou ao lado de ter feito uma intervenção que valesse (podiam ter respondido ao RGS á TdD) mas enfim têm dias... Apesar de ter sido ministro (é a miséria de país que temos) RGS não tem nem nunca terá inteligência para tantas contas... Bastava lhe responder como eu respondi a um colega meu... foi a eliminação do slb no ano passado na fase de grupos que valeu estes pontos todos?

    ResponderEliminar
  9. Boa TD. Rui Gomes da Silva , também conhecido pelo " Chouriço ", teve de facto a oportunidade, enquanto moço de recados de Santana Lopes, de tocar nos troféus ganhos pelo FC Porto, que depois teve de os desinfectar através de pessoas altamente preparadas para tal. É um perigoso ignorante, por isso a informação prestada irá fazer dele ainda mais azedo que uma lima.
    Vou estar atento ao numero de comentários desta vez.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei qual é o seu problema em denunciar aquilo que vai mal no nosso clube.

      Eliminar
  10. Quem é quem que está mais próximo dessa prenda? pois o Dr Guilherme Aguiar.. então ele que leia e se prepare para dar resposta a esse lampione.
    A. Martins

    ResponderEliminar
  11. Francamente, as contas dos outros interessam-me pouco. É evidente que o TdD dá uma resposta bem dada a alguém que, sempre que abre a boca, só sabe dizer asneira. Mas atenção à parte final, em que se diz que o Carnide é um abono de família. Atenção aos telhados de vidro. Ninguém melhor do que o TdD para saber que, por cá, é exactamente a mesma coisa, ou pior.

    ResponderEliminar
  12. Bom trabalho. E pena que nao tivesse sido a resposta dada na hora. Mesmo sendo inverdades, estas cuspidelas mandadas por estes palhacitos ecoam e acabam por se transformar no diapasao dominante. Na praca publica, tornam-se verdades absolutas.

    ResponderEliminar
  13. Nem imaginam a vontade que eu tenho de pegar neste artigo e fazer um copy paste na página do facebook do chouriço.

    ResponderEliminar
  14. O Guilherme Aguiar que leia e diga nas fuças do chouricito.

    Wishful thinking claro, o Aguiar nunca se preparou na vida e até acho que isso é o que tem mantido nesses tais programas (que nunca vejo). Mais um vendido.

    Se esses programas tivessem representantes bem preparados e apoiados pelo FC Porto, até me dava ao trabalho de ver. Assim seria dar audiências à corja centralista e isso como Portista bem informado, obviamente não faço.

    Já agora, o Dragões Diário está à espera de quê, para se apoiar nos blogues do FC Porto para defender o clube?
    Eu sei que a estratégia de comunicação é inexistente e a incompetência nessa área é atroz, mas copiar não deve ser muito difícil. Copy paste meus caros, nem isso sabem fazer?

    ResponderEliminar
  15. Heheheh muito bom mesmo, parabens por mais este artigo.

    ResponderEliminar
  16. Esta foi uma bombshell que caiu mesmo bem no alvo.

    "Espectacular" post.

    ResponderEliminar
  17. Parei de ler quando chamou doutor aquele residuo humano (mesmo que tenha sido de forma ironica) ahah

    ResponderEliminar
  18. Rui Gomes da Silva é um perfeito exemplo do q esta mal neste país.
    Seja politica, futebol, social...o grande problema é sermos um povo q permite q qq Doutor de comporte como lhe apetece, temos decadas de fascismo entranhado no nosso tecido social e esse fascismo domina a psique de muitos sem q saibam, regozijam-se com as vassalagens dum país sem identidade e sem alma...ele é so mais um aproveitador desta mama, um Homem sem nível q faz de papagaio da mesma agenda vendida aos media comprados, é mais um peso duma teia de manipulaçoes cujo objectivo é manter o povo dormente e a prestar a vassalagem à capital, enquanto a capital lhes cospe em cima todos os dias. RGS é um cretino q corrompe e suga este país ha tempo a mais...Aguiar já deixou de contar ha muito.
    Miguel Alexandre.

    ResponderEliminar

De e para portistas, O Tribunal do Dragão é um espaço de opinião, defesa, crítica e análise ao FC Porto, que aborda a atualidade desportiva e financeira de clube e SAD, bem como do futebol português.

Quem confundir liberdade de expressão com injúria, insulto, mentira ou difamação não passará pelo lápis azul. Todo o spam será apagado. Comentários anónimos são susceptíveis de não serem publicados. Nicknames são permitidos.