sábado, 9 de agosto de 2014

A vitória em Inglaterra e o outro triunfo de Lopetegui

Pormenor: o FC Porto nunca ganhou nenhum jogo oficial em Inglaterra. Por isso, a vitória de hoje contra o WBA (3x1) não deixa de ser assinalável, sobretudo num estádio onde Arsenal, Everton, Liverpool, Chelsea e Tottenham não conseguiram ganhar no último ano. Mas o destaque de hoje é outro e vai ao encontro da manchete do jornal O Jogo: Andrés Fernández jogou hoje, mas o titular vai ser Fabiano.

Um recado para todo
o balneário
Uma surpresa. Antes sequer de dar o primeiro treino no FC Porto, Lopetegui convenceu a SAD que era preciso um novo guarda-redes, mesmo tendo sob contrato Bolat, Helton, Fabiano e Kadú. Só faria sentido investir se o nome encontrado fosse melhor do que os que cá estavam. Navas era melhor, mas não se concretizou. Andrés Fernández foi sempre o plano B, resta saber se é melhor do que Fabiano. De qualquer forma, foi uma contratação para ser titular... quando o justificar.

Depois de ter sido aqui comentado o «atestado de incompetência» que foi passado a Fabiano e aos restantes guarda-redes (repare-se que de Ricardo, que foi uma contratação sem intervenção do treinador, ainda não vimos um único minuto), confirmado-se o que diz O Jogo Lopetegui dá uma resposta cabal: não há contratações para o 11 titular, apenas para o plantel.

O erro de Fabiano contra o Everton podia ser facilmente aproveitado como a «desculpa» ideal para lançar já Andrés Fernández, mas Lopetegui valorizou, e bem, quem está há mais de um mês a trabalhar para tentar ser titular. Se Andrés Fernández chegasse e jogasse, Lopetegui daria a pior mensagem possível ao balneário: a de que há titulares predefinidos e que o estatuto pesa nas suas escolhas. Assim, dá outra: querem ser titulares, trabalhem para isso e provem que são melhores do que os que estão a jogar.

É nestes pequenos pormenores que se distinguem os grandes treinadores dos demais. Lopetegui passou em mais um teste.

Bónes:

Pressão alta (+) - Está a ser o ponto alto da pré-temporada. Na saída de bola, o FC Porto consegue colocar cinco homens em pressão nos primeiros 30 metros, o que obriga o adversário a pontapé para frente, caso contrário a posse de bola é recuperada. Hoje, mesmo sem Indi, a defesa já esteve melhor com a linha subida. Casemiro ainda não está adaptado para ser o 6 que tem que estar sempre atento à retaguarda, mas notam-se claras melhorias e fica uma garantia: quando o adversário tiver a bola, não o vamos deixar respirar.

Vimos o melhor RQ7
Quaresma (+) - Não é segredo nenhum que Quaresma nunca conseguiu conviver com o banco de suplentes. Por isso, muitos defendem que um dos grandes desafios para Lopetegui surgirá quando «tiver que sentar o Quaresma no banco». Pois bem, a jogar como hoje, não se senta no banco de certeza. Totalmente integrado na manobra colectiva da equipa, vimo-lo pressionar, fechar o corredor e assistir Jackson com conta, peso e medida. Desta vez não se agarrou à bola, mas sim à titularidade.

À capitão (+) - Jackson, novo capitão do FC Porto, resolveu em quatro minutos um jogo onde o FC Porto até estava a revelar dificuldades para criar perigo. Em três oportunidades fez dois golos e mostra estar em excelente forma (física e moral) antes do início da época. A importância de Jackson é facilmente resumida pelo arrepio na espinha que todos tiveram quando o vimos deitado no relvado, com queixas. É essencial e não tem concorrente à altura no plantel, pelo menos para já.

Outros destaques (+) - Rúben Neves joga como gente grande e já não é um menino tímido, à procura sobretudo de não errar. Joga desinibido, confiante e parece que ele próprio já se esqueceu que tem 17 anos. É uma solução para o plantel principal, ponto. O Alex Sandro da segunda parte é de selecção brasileira, Brahimi é fortíssimo nos movimentos interiores e provou que também pode jogar na ala, embora não dê profundidade no flanco e precise muito do apoio do lateral. Excelente na progressão, tal como Herrera, mas com a vantagem de ser melhor no drible e de poder desequilibrar sozinho.

Machados:

Muita parra, pouca uva (-) - Jackson resolveu o problema em quatro minutos, mas o FC Porto está a ter muito volume de jogo e pouco proveito. A circulação de bola é óptima (sendo que na primeira parte houve muitos erros nas variações de flancos), mas é necessário ser mais incisivo no ataque, colocar mais bolas (e mais gente) na grande área e tentar mais vezes o remate. Sobretudo porque haverá dias em que não poderemos contar com a eficácia de Jackson e outros terão que fazer a diferença.
Ainda não se viu Adrián

Ainda sem render (-) - No mesmo jogo, Adrián passou pela ala e pelo centro do ataque. Em qualquer um dos lugares, não mostrou nada que justifique a titularidade neste momento. Foi a contratação mais cara da época, por isso também é facilmente a desilusão da pré-temporada. Falta-lhe um golo que lhe dê confiança... e aos adeptos também.

PS1: Josué foi emprestado ao Bursaspor, 8º classificado do último campeonato turco. Tendo em conta que o FC Porto estava disposto a transferi-lo a título definitivo (não o fez pela ausência de propostas), não surpreende que tenha permitido um destino para onde os emprestados vão quase sempre sem bilhete de volta. Tem contrato até 2017, qualidade para mostrar numa equipa onde será protagonista e uma oportunidade de abrir outras portas. Seja noutro lado, seja a de regresso. Boa sorte, Josué.

PS2: O Atlético de Madrid apresentou uma proposta superior à do FC Porto por Raúl Jiménez, com quem havia acordo com o jogador mas não com o America. Se a proposta chega aos oito dígitos, é bom que o FC Porto desista do jogador, pois apesar da grande qualidade que apresenta não estamos em condições de investir 10 ou mais milhões de euros por um jogador que não vai ser contratado para ser já titular. O FC Porto deixou o relógio correr e assumiu publicamente o interesse pela voz do seu presidente. O Atlético já aprendeu a lição: «Se o FC Porto o quer, então é porque é bom». Não é tempo para lamentar, mas sim para procurar alternativas, a não ser que haja um golpe de teatro nas próximas horas.

36 comentários:

  1. Sobre a Supertaça nada?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ?

      Não falo da Supertaça pela mesma razão pela qual não falo da terceira divisão do Bangladesh: não é uma competição onde o FC Porto participa, logo seja qual for o vencedor não acrescenta nem subtrai nada ao FC Porto.

      Eliminar
    2. O bangladesh tem terceira divisao? :o

      Eliminar
  2. Qual é, neste momento, a situação em relação ao Raul Jiménez? Supostamente o Atlético vai mesmo contratá-lo pelo mesmo montante que contratámos o Adrián.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Negócios do mesmo montante não significa negócios iguais.

      Nós não «pagámos» 11 milhões pelo Adrián. Esperem pelo R&C para conferir, é o melhor.

      Eliminar
    2. Claramente que não foram pagos 11M € pelo Adrián! O Atlético tem (tinha) "dívidas" para com o Porto, daí que se tenha tratado, provavelmente, de um negócio de conveniência para ambos os clubes. Apesar do Adrián não ter demonstrado o seu potencial, muito menos justificar o investimento "feito", acredito que ainda nos dará muitas alegrias quando dizer golos e assistências cruciais! Lembrem-se do final de época do Atlético no ano anterior, que teve um contributo muito significativo dele!

      Eliminar
    3. Não tem nada a ver com dívidas do Atlético, o pagamento do Falcao terminou em junho e a última tranche era inferior a 4 milhões de euros. Eles têm liquidez, por isso certamente não entraram em incumprimento.

      Eliminar
    4. Eu falei em "dívidas"! Não tenho a certeza e saberá melhor do que eu, mas tenho ideia que a venda do Falcão + Rúben foi acordada em quatro tranches de igual valor (a ultima a liquidar neste verão)! Quanto à liquidez do Atlético tenho dúvidas! Não sei qual foi o acordo da venda do Falcão, mas pelo que li a situação financeira é muito vulnerável (resultado ainda da gestão de Gil y Gil).
      Se realmente não entrou em incumprimento, como iria o Porto buscar o Adrián?! Não é a política do clube, faria muito mais sentido vir por empréstimo com opção de compra (semelhante a Tello)!
      Mas é como diz, aguardemos pelo RC.

      Eliminar
    5. Não, o R&C do 3º trimestre diz que a última parcela era de 3,875 milhões de euros e que seria paga entre março e junho de 2014 (não esclarecem a data ao pormenor).

      O Adrián não é comparável ao Tello porque mais do que um negócio com o Atlético foi um negócio com o Jorge Mendes.

      Eliminar
    6. Olha este Filipe Costa do Relvado também está aqui. LOL

      Eliminar
    7. Não sei quem é esse "Filipe Costa do Relvado", mas quero que saiba que não há exclusividade de nomes!

      Eliminar
  3. TdD o que acha do jogador Alan Pulido...seria uma alternativa de qualidade como o Gimenez?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já aqui tinha dito que considerando todos os aspectos (financeiramente inclusive), preferia o Pulido ao Jiménez, embora para o futebol do Lopetegui o segundo seja mais adequado neste momento.

      Eliminar
    2. Acredito que o Porto tenha alternativas já identificadas para o provável desfecho deste caso mas o que acha que atrasou esta contratação?

      Eliminar
    3. Nada atrasou, simplesmente as exigências do America eram demasiado altas para aquilo que podemos pagar.

      Estejamos bem ou limitados financeiramente, para mim será sempre inaceitável um clube português pagar 10 milhões de euros por um jogador que não chega para ser titular.

      Eliminar
  4. Caro Tribunal Dragao, com o susto que ChaCha deu hoje, se Ghilas não conta têm que vir um ponta de lança!
    Se não é Jimenez, há mais alternativas! Adrián não é ponta de lança!
    Já agora Romero, é aposta?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. (Gonçalo) Paciência, é o que se recomenda.

      Eliminar
    2. Se Ghilas não conta, vamos apostar no Gonçalo? Não me cheira!
      Se Defour interessa ao Anderlecht, que tal mitrovic-:)
      Continuo a achar que falta um DC e um médio!

      Eliminar
    3. Sera que Lopetegui tem Paciencia?...
      É que o Gonçalo ja baixou aos B...apesar da escassez de PdLs.. enquanto que por exemplo o central chileno Igor ficou para prefazer os 4 centrais...e o defour para o meio campo... fica a ideia que o Lopetegui nao tem paciencia em mente...
      E pelos vistos nao tem Ghilas tambem (para pena minha...)
      Terá Andre Silva?... quem aposta em Ruben Neves e Oliver... se calhar prefere as caracteristicas do miudo dos sub19... assim volte ele de ferias...
      Ja agora, se me permite... um par de questoes:
      Lembro-me de o TdD referir que o Lopetegui ficou impressionado com o Mikel... é mesmo assim?...é que vendo o Ruben Neves, o Casemiro e o Classie fica a ideia que o fisico não é assim tao importante (embora acredito que seja valorizado) e o toque de bola esse sim é valorizado. Embora o Mikel seja jovem e tenha margem de progressao, ele nunca foi conhecido pela sua técnica... sera que vai mesmo integrar o plantel quando recuperar ou no proximo ano?

      Em relaçao aos GR... algum comentario ao valor do Kadu? tem hipotese?
      Referiu tambem a possibilidade de uma pequena bomba ("B") nos GRs... ainda esta de pe essa possibilidade?...

      Abraço e parabens pelo blog
      Hugo Valente

      Eliminar
    4. Se jimenez é caro o que dizer de mitrovic...

      Acho pulido interessante mas o perfil nao e o adequado para alternativa a jackson. Para vir um pinheiro com bons pes concordo que seja feita a aposta em goncalo.

      Eliminar
  5. Concordo mas como terceira opção, temo que irá suceder como na época passada com o Jackson a ser sobrecarregado com jogos em todas as competições...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. se nao vier ninguem podera haver (nao sei) a hipoteses de ghillas ser reentegrado, mas julgo que a vinda ou nao de alguem ira depender dos jogos com o lille
      depois se so ficarmos com jackson ele nao sera subcarregado nos jogos de menor dificuldade e nas taças sami, adrian, gonçalo podem jogar a pl

      Eliminar
  6. Boa Noite Tribunal,

    Este atraso com Marcano não começará a ser prejudicial tanto para o jogador como para o clube? Apesar de dependente de Mangala, o que me mete alguma confusão, não seria importante o jogador entrosar-se com a equipa?
    Isto procurando esquecer o facto de, provavelmente, corrermos o risco de perder o jogador para outro emblema.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ninguém em parte nenhuma beneficia com o facto de ter um jogador a treinar sozinho.

      Eliminar
    2. Mas, corremos o risco de perder o jogador?

      Eliminar
  7. Ainda bem que não vem! Por 10M e para ficar no banco? não, obrigado, venha de lá o Clasie ou outro medio de qualidade para entrar no 11 que é o que mais precisamos neste momento!

    ResponderEliminar
  8. Tribunal, as dispensas finais já transitaram em julgado? ;)
    Kelvin, Carlos Eduardo, mais?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gostaria que Kelvin ficasse no plantel...
      O miudo é bom de pes, mas de cabeca...

      Com Lopetegui e mesmo a jogar pouco, poderia aprender muito e mudar mentalidades...
      Ele é novo, ainda há tempo para o Kelvin no Porto!

      Eliminar
  9. Nao achas te que o andres fernandez dá mais segurança a equipa do que fabiano??? o fabiano parece um homem nervoso, quanto ao andres pareceu me muito tranquilo e o ar dele transmitiu me segurança

    ResponderEliminar
  10. Uma coisa que não percebo, o Sporting com bom scouting foi buscar o Slimani por 300 mil euros, nós para irmos buscar um suplente tínhamos que pagar 10 milhões????
    Depois queixem-se com os prejuízos, é inacreditável pensar dar tanto por um jogador

    ResponderEliminar
  11. A questão dos fundos no caso de mangala não pode complicar o caso?

    ResponderEliminar
  12. Tribunal do dragão, não podes elucidar os portistas no que respeita aos negócios lim? 1 foi o Rodrigo e o André Gomes a serem vendidos a preços exorbitantes, agora diz-se que o trio Cancelo, Cavalléro e Bernardo Silva foram vendidos por uns pornográficos 45 milhoes...
    Qts jogos estes jogadores fizeram na Superliga e como é possível atingirem este tipo de valorização?
    São noticias pouco credíveis que ninguém explica. Imagino como seria tratado pela comunicação social o nosso clube se fizesse este tipo de negócios com o toze, Gonçalo paciência e kelvin por exemplo...
    Se o tribunal do dragão tiver a amabilidade de explicar estas negociatas agradeço.

    ResponderEliminar
  13. O Paciência não esta a caminho do Aves?

    ResponderEliminar

  14. O acordo para a transferência de Mangala para o City está fechado há um mês, mas o negócio ainda não foi oficializado. No entanto, Pellegrini confirmou a contratação do francês.


    Manuel Pellegrini, treinador do Manchester City, confirmou que Eliaquim Mangala está contratado pelos citizens para a nova temporada, apesar de o negócio com o FC Porto ainda não ter sido oficializado, embora as negociações já tenham sido fechadas há um mês, como noticiou o DN.

    "Temos uma equipa forte. Os jogadores que trouxemos, Fernando, Caballero, Sagna e Mangala, vão ajudar a equipa e vão-nos tornar mais fortes defensivamente, mas espero que também continuemos fortes ofensivamente. Estou contente com a equipa", disse o técnico, em entrevista à BT Sport.

    Ao que tudo indica, Pellegrini ter-se-á "descaído", uma vez que há dois dias o técnico chileno tinha dito que Mangala não era, ainda, jogador do Manchester City. Algo que, desta vez, já assumiu, mesmo que por aparente lapso.

    A SAD do FC Porto detém 56,67% do passe de Mangala e o negócio será concretizado por uma verba a rondar os 40 milhões de euros.
    in DN

    ResponderEliminar
  15. Consta que houve um perdão(parcial) bancário aos verdinhos . Tem fundamento???

    ResponderEliminar

De e para portistas, O Tribunal do Dragão é um espaço de opinião, defesa, crítica e análise ao FC Porto, que aborda a atualidade desportiva e financeira de clube e SAD, bem como do futebol português.

Quem confundir liberdade de expressão com injúria, insulto, mentira ou difamação não passará pelo lápis azul. Todo o spam será apagado. Comentários anónimos são susceptíveis de não serem publicados. Nicknames são permitidos.