quarta-feira, 2 de julho de 2014

O treinador e o homem

«No FC Porto, qualquer treinador arrisca-se a ser campeão». Quantas vezes já ouvimos isto? Demasiadas para ter chegado à conclusão que não é verdade. Preferimos outra frase, de Vítor Pereira: «Não há ninguém sem competência que resista no FC Porto».

Vítor Pereira estava a falar dos treinadores. Mas a mensagem não é apenas para treinadores e até pode ser readaptada: «O FC Porto não resiste sem competência».

Lopetegui é uma incógnita no plano técnico-táctico. Porquê? Porque ainda não deu nenhum treino, não fez nenhum jogo, não trabalhou com nenhum jogador. Tudo o que se possa dizer agora é mais uma manifestação de crença do que de conhecimento. Até porque sejamos sinceros: nunca nenhum adepto pediu o nome de Lopetegui para suceder a Luís Castro. No dia em que o seu nome foi anunciado, arrisco que 98% não sabiam quem era. Foi um risco, como seria outro qualquer. Mas foi um bom risco?

Pelo que O Tribunal do Dragão ouviu ao longo das últimas semanas, podemos contar com exigência, autoridade e dedicação acima da média. Acima das próprias expectativas de quem contratou Lopetegui. Num clube de máxima exigência e num contexto de dificuldade, limitações, quezílias e indefinições, nenhum treinador resiste só pelos conhecimentos técnico-tácticos. O treinador começa no homem. E o Homem chegou com H grande.

Temos líder, temos exigência, temos organização. Lopetegui chegou para servir o FC Porto e exige que todos os que trabalham consigo sigam a mesma causa. Uma missão que vamos apoiar. Porque o FC Porto não resiste sem competência. 

Por isso, Lopetegui chegou em boa hora. Se é o treinador de que o FC Porto precisava, não sabemos. Mas é o Homem de que o clube necessitava.

3 de julho: o primeiro dia do resto da vida do FC Porto

6 comentários:

  1. Grande blog que comecei a ler recentemente, mas que me viciei pelo profundidade do conhecimento que transmite e acima de tudo, que expõe factos sem se deixar corromper por rumores sensacionalistas e sem qualquer vertente tendenciosa. A escolha de Lopetegui foi sem dúvida uma estratégia que visa ter um GRANDE HOMEM no leme. Não me deixa assim tão renitente porque penso ser o que necessitamos neste ano FULCRAL.
    Estou desejoso de ver a forma como trabalha no dia a dia, e o que apresentará de novo no plano tático, já que a nível de exigência, organização e liderança podemos obter desde já uma avaliação possitiva.
    Espero que a SAD coopere e que ambos trabalhem de forma equilibrada de forma ambiciosa e sustentável.

    Há alguma novidade ou desenvolvimento nos casos Tello e Brahimi?

    Cumprimentos
    Miguel Ribeiro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Faço minhas as suas palavras!
      Apenas descobri este blog há cerca de 2 semanas, via forum, e fiquei absolutamente rendido!
      Para nós adeptos é muito importante termos acesso a este tipo de informação, permitindo-nos perceber melhor o que se passa no universo portista.
      Um bem haja a todos, em especial ao autor do blog.
      Saudações portistas!

      Eliminar
  2. Excelente, fico extremamente agradado com as palavras sobre o Treinador. É preciso carácter, convicção e já agora qualidade (em deficit no ex.) para estar à frente do Nosso Clube.
    Subiu uns pontos na minha consideração, espero que os conhecimentos técnico-tácticos acompanhem esta postura assertiva, se assim for, estamos no inicio de um Novo Ciclo Vitorioso.
    Força Porto!!

    ResponderEliminar
  3. Segundo o diretor do granada não fizemos proposta pelo Brahimi, cada vez parece mais longe do dragão

    ResponderEliminar
  4. Bem pelo que se vai lendo uns dias parecem certezas, outros dias nem tanto e amanhã já começa a época para nós e reforços que sirvam para entrar no onze/pedidos do treinador nem vê-los, pergunto eu há meses a preparar a época e com a ultima tão má já não deveríamos estar com plantel mais definido?
    Tantas perguntas com tantas incertezas, vamos ver o que vai sair daqui..sinceramente nenhuma boa noticia, tello é uma novela, brahimi ao que parece nem proposta existe e o navas então é para esquecer.

    cumprimentos

    Leonel Alves

    ResponderEliminar
  5. Como o Tribunal tinha dito, ROLANDO de volta!! Excelente, com Rolando, Indi, Maicon e Reyes temos defesa completa!

    ResponderEliminar

De e para portistas, O Tribunal do Dragão é um espaço de opinião, defesa, crítica e análise ao FC Porto, que aborda a atualidade desportiva e financeira de clube e SAD, bem como do futebol português.

Quem confundir liberdade de expressão com injúria, insulto, mentira ou difamação não passará pelo lápis azul. Todo o spam será apagado. Comentários anónimos são susceptíveis de não serem publicados. Nicknames são permitidos.