terça-feira, 29 de julho de 2014

Jackson Martínez, Mangala, o BES, José Ángel e as eleições na Liga

Jackson Martínez disse o politicamente correcto: vai continuar (está contratualmente obrigado a isso, afirmá-lo não é nenhuma declaração de amor ao clube) e está disposto a renovar (possibilidade que lhe foi proposta há mais de um ano, envolveu troca de empresários e que até hoje não se concretizou - lamentável, pois não foi Jackson a exigir uma renovação, mas sim algo que lhe foi sugerido face à elevada cobiça no mercado). A expectativa de uma oferta do Valência mantém-se, mas enquanto Lim não tiver acordo com o Bankia e a Fundacion VCF não há negócio possível.

À espera do Valência
Leonardo Jardim também o aprecia, mas a dupla Pinto da Costa-Lopetegui mantém a posição: Jackson é essencial e para manter. É extremamente difícil imaginar a sustentabilidade da SAD em 2014-15 sem este encaixe, ainda que alguns excedentários possam garantir algumas verbas. A verba líquida a receber de Mangala pode ajudar a esclarecer o ponto de situação para o exercício corrente, sendo certo que é preciso vender mais. Bater 30 milhões de euros limpos por Jackson Martínez, a caminho dos 28 anos e com apenas mais dois anos de contrato, é uma chamada «proposta irrecusável».

Em condições normais, a venda de Mangala terá que ser oficializada até quinta-feira, data em que vence o maior empréstimo bancário do FC Porto: 30 milhões de euros ao BES. Salvo algum acordo que tenha sido alcançado no último trimestre, ou a SAD paga 23 milhões de euros até 31 de julho e mais 7 milhões em outubro; ou terá que liquidar os 30 milhões de euros na totalidade assim que venda Mangala ou Jackson Martínez. Se Mangala não for vendido até quinta-feira, a liquidação do empréstimo deverá entrar por outra via que só os intervenientes conhecerão...

Mangala «vale» tanto como 5 do Benfica na balança da banca

Mangala: quinta-feira
há deadline
Nota: este empréstimo de 30 milhões ao BES é o maior da SAD, ainda que haja outro obrigacionista com maturidade em maio (será quase inevitável renová-lo). De qualquer forma, é de notar que este FC Porto que, dizem, está em «all in» prepara-se para liquidar o seu maior compromisso financeiro recorrendo a uma única venda. Entretanto, na Segunda Circular usa-se a crise do BES como desculpa para a liquidação total do plantel: como se já não se soubesse, atempadamente, que entre empréstimos bancários e obrigacionistas o Benfica tinha a pagar/cobrir mais de 174 milhões de euros só até final de 2014. O Benfica, há um ano, não fez vendas de relevo e gastou 49,3 milhões em reforços. Já o FC Porto, este ano, não ultrapassou ainda os 30 milhões de euros e, contando com Mangala, já fez vendas milionárias. Curiosamente, ninguém ouviu falar em «all in» do Benfica há um ano...

O FC Porto, com Mangala, quase cobre o seu maior empréstimo bancário em vigor. Já o Benfica, para cobrir o seu maior empréstimo com o BES, de 64,3 milhões de euros, com maturidade em abril último, teve que vender quatro titulares (Oblak, Garay, Markovic e Rodrigo) e um jogador que até decidiu uma meia-final contra o FC Porto (André Gomes). E não esquecendo que o melhor jogador (Matic) foi vendido ao valor do Papel Comercial. Adiante.

É cedo para debater as consequências da permanência de Jackson no plantel, uma vez que esta é uma novela candidata até ao final do mercado de transferências, pois não há data para a conclusão do impasse no Valência e a eventualidade do FC Porto falhar a fase de grupos da Champions (para o grupo de trabalho isto nem pode passar pela cabeça, mas para a SAD pode e deve) pode complicar as contas, até porque as previsões para 2013-14 com as receitas da UEFA ficaram oito milhões de euros acima do obtido. E enquanto esta novela não se resolve, outra novela mexicana fica presa. O que seria da silly-season sem isto?

José Ángel até 2018

Como já tinha sido referido, trata-se de uma boa aposta: não só como alternativa como sobretudo como sucessor para Alex Sandro (sim, também há Rafa, a médio prazo). José Ángel assinou por 4 épocas, ficou com cláusula de 30 milhões de euros e é uma garantia de qualidade para as laterais, onde a SAD enfrenta o mesmo dilema que Jackson Martínez: Danilo e Alex têm contrato por mais 2 anos, são dois atletas bem pagos e a renovação impõe-se a curto prazo... ou a saída a médio.

A Roma anunciou que fica com 50% de uma futura transferência e que o negócio foi alcançado a... custo zero. Uma meia surpresa, na medida em que o negócio envolve uma terceira parte famosa neste defeso, que dispensa detalhes.


Novas eleições na Liga

Seara reentra em cena
Há o assassino, há o coveiro... e há o salvador da Liga: o CJ da FPF ditou a repetição das eleições para a presidência da LPFP, um tema quente em altura inoportuna, tendo em conta que há um plantel para fechar e o campeonato começa dentro de 2 semanas. Mário Figueiredo, que de burro e bronco nada tem, não vai largar o osso. Já Carlos Deus Pereira, que já foi apresentado pel'O Tribunal do Dragão neste post, consegue cumprir o sonho de reabrir as portas do Benfica, o clube do coração, após ter violado de forma repugnante e inaceitável o papel democrático que se exige num presidente de uma Mesa da AG.

Fernando Seara conseguiu reunir o apoio do FC Porto (ou, pelo menos, do topo hierárquico) e vai manter a sua lista. É expectável que o sentido de voto não se altere, sobretudo porque mesmo que Rui Alves reentre na corrida não conseguirá competir com os apoios de Seara. E esse sentido de voto pode muito bem condicionar, impedir ou permitir negócio entre os diversos clubes da liga, numa altura decisiva do defeso, onde os excedentários do FC Porto serão apetecíveis. 

PS1: O FC Porto contratou, à data de hoje, 4 espanhóis (vêm mais 2) por 13 milhões de euros (para efeitos contabilísticos, não necessariamente com implicações imediatas na tesouraria): fala-se em espanholização e armada espanhola. O Benfica tem, no seu plantel, 11 brasileiros, dos quais 6 foram contratados esta época (e um já vai ser despachado), por... 13 milhões de euros. «Puxa cara, não é escola de samba não, é normal, né?» 

PS2: O Sporting lamentou que Bruno de Carvalho tenha cumprido um castigo de 29 dias, antes do CJ da FPF ter anulado a suspensão de mês e meio, e crê que isto demonstra que falta «dignificação, transparência, rigor e credibilidade» ao futebol português. Pobres, imaginem como seria se tivessem tido o seu melhor jogador suspenso durante 4 meses, que no final a pena tivesse sido reduzida para 3 jogos e que com isso tivessem perdido um campeonato.

20 comentários:

  1. Algo aqui me mete muita confusão.
    Então estamos a tentar manter o Jackson, que está por um fio no clube, pois se aparecer uma proposta irrecusável, ele vai há vida dele e nós contratamos o Jimenez, mas só nessa eventualidade, segundo percebi.

    Pois nesse caso voltamos a um problema antigo. Ficamos com apenas um avançado. Tendo em conta que o Ghilas não conta e o Gonçalo voltou à B. Vai ser o Sami ou o Adrian o nosso segundo ponta de lança?

    Em termos de contratações também já deve estar a fechar a torneira, não? Com a entrada de um DE, mais tarde a oficialização do GR e do DC, apenas teríamos necessidade de um MD e de um AC - no meu entender - contudo e tendo em conta o passado recente, parece que vai ser o Rúben a assumir o posto nalguma eventualidade ou estarei enganado? e AC só na eventualidade de Jackson sair... estamos perante os últimos apontamentos?


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O FC Porto não pode ter Adrián, Jackson e Jiménez como pontas-de-lança, mas pode ter Jackson, Jiménez e Adrián no mesmo plantel. Perceber o papel do Adrián neste plantel fará toda a diferença. Foi contratado para que posição? É o que resta saber.

      Eliminar
    2. Apesar da importância do assunto, já esboço um sorriso por cada vez que fazes essa interrogação acerca e passo a expressão, 'para que raio de posição veio o Adrian?'.

      Contudo, não estávamos a falar de um novela mexicana relacionada com uma colombiana? Já me sinto confuso.

      Eliminar
    3. Ponderemos o seguinte cenário: o Jiménez não depende da vaga do Jackson no plantel, mas pode depender do dinheiro do Jackson... cuja continuidade pode também depender de outras saídas. Para bom entendedor...

      Sobre o Adrián, já conhecem a minha posição: um jogador avaliado em 18 milhões de euros não pode ter como cartão de visita a polivalência, mas sim saber-se que posição específica é que ele vem melhorar no plantel. Que não seja Danilo v2.0, é o que desejo.

      Eliminar
    4. Na minha opinião, ele tem de ser o extremo direito. Vejo nele capacidades de arranque, finta, ida à linha e cruzamento. Espero que lhe seja dada essa oportunidade.

      Eliminar
    5. eu concordo. vejo o ataque como brahimi na esquerda, jackson (ou jimenez) e adrian na direita.

      Eliminar
  2. TdD, novidades sobre a vinda do outro trinco..ainda nada de concreto ? Para já então, só estão previstas a vinda do redes espanhol, e do central Marcano ? Jimenez para já está dependente então. Estranho, pois pensava que Jimenez viria na mesma, quer Jackson saísse ou ficasse. A dispensa de Ghilas pensei que reflectisse isso mesmo.

    Sobre outro assunto não relacionado com o nosso clube, mas penso que de interesse. É verdade que Rafa pode estar a caminho de carnide ?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não contes com transferências de craques em Portugal para o Porto. Lopetegui está a mandar comprar quem conhece e lhe dá garantias

      Eliminar
  3. Chamar salvador ao Seara? Esperava mais deste blogue, que até estava a ser o meu favorito sobre o NGC...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ninguém aqui chamou salvador ao Seara, o salvador é o Conselho de Justiça da FPF, que permite que haja novas eleições na Liga.

      Sobre o apoio que o FC Porto dá a Seara, não concordo, mesmo não conhecendo profundamente os motivos que levaram o presidente a optar por esta via, mas não me choca.

      Nem percebo como pode isto chocar alguém depois de permitida a reaproximação do sócio do Veiga à gestão diária do FC Porto, mesmo não pertencendo aos órgãos directivos ou sociais. Sobre isto, até digo: meu rico Seara. Este ninguém o viu no Bessa.

      Eliminar
    2. Boa interpretação do estado geral do FCP, no entanto, eu acho que a permanencia do Jackson não é assim tão complicada para as contas portistas, mas tambem defendo que tal só deve ocorrer se houver renovação de contrato.
      Não gosto do estilo mercenário do Jackson ou de quem o agencia, não gosto que tenha dito tantas vezes que queria sair, não gostei da sua falta de motivação e displicencia na temporada passada, mas uma coisa temos que reconhecer, que é que ele tem muita qualidade e é um ponta de lança TOP. Será quase impossivel arranjar outro desta qualidade nos próximos tempos. Falcao e Jackson seguidos, ainda com o Lisandro uns tempos a trás, seria acertar na mouche muitas vezes seguidas, na minha opinião, salvo o caso da época de Kleber, mas pronto.

      Se o FCP vender o Defour, Kleber, Rolando ( Roma? Este custo zero do defesa espanhol... ), Varela, Josué e Abdoulaye, por exemplo, fará sempre mais de 20 milhoes, pois teria que vender cada um no por um valor médio de 4 milhoes, valores perfeitamente acessiveis para o valor de mercado da generalidade destes jogadores.

      Acredito que o Lopetegui quer o Adrian para jogar a PL como falso PL e Jackson como ponta de lança fixo, Jimenez a confirmar-se será para a vertente "Pinheiro", alto, forte, também móvel, mas mais para aposta em jogos fechados.

      Adrian poderá tambem ser utilizado nas alas, pois acredito que as primeiras opções para essa posição serão sempre Tello, Adrian e Quaresma. Brahimi e Quintero serão apostas secundárias nessa posição, pois devem jogar preferencialmente a 10. Herrera, C. Eduardo e Oliver a partilhar a posição 8. Tudo suponhamos, pois só com o decorrer da época é que saberemos as ideias do treinador.

      Parabens e continuação do bom trabalho

      Eliminar
    3. Olá
      Gostei particularmente da alusão que o TdD fez ao «sócio do Veiga» e ás suas movimentações dentro do FCPorto, mesmo sem pertencer à SAD. Movimentações essas «acompanhadas» de muito perto pelos familiares chegados...
      Ai meu Porto.....

      Cumprs
      Augusto
      Augusto

      Eliminar
  4. E se em vez do R Jimenez vier o Alan Pulido???

    Se não diz nada sobre o Rafa é porque há fogo... E agora percebe-se o porquê de não ter confirmado Ghilas no Braga e ter dito para esperar pelo anúncio!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Alan Pulido? Onde assino? ;)

      Jogador superior em tudo e inferior no preço. Opinião apenas.

      Sobre Ghilas, mantém-se que é uma situação que só será comentada quando for oficializada. Não vale a pena especular em antecipação, às vezes corre mal, como vai correr a muita imprensa neste caso.

      Eliminar
    2. Boa noite! Então há mais algum detalhe a faltar com a dispensa de Ghilas! Evandro ficará? Duvido que o mister o conheça....
      Seara na Liga? Ou Rui Alves?
      Jackson parece-me Bluff!

      Eliminar
    3. Começo a temer pelo futuro do Evandro... Espero que se possa mostrar em Inglaterra, é um jogador que aprecio.

      Não acredito que Rui Alves tenha hipóteses. O único candidato a vencer sem o apoio dos 3 grandes só o fez porque prometeu o alargamento (precisamente o Figueiredo). O Seara está numa posição fortalecida desde que absorveu os apoios do Júlio Mendes (aquele que inicialmente íamos apoiar).

      Eliminar
  5. Viva,
    Relativamente ao Jackson acho uma novela com muito fumo e pouco fogo. Não creio que saia, primeiro porque, como foi referido, a venda de Mangala será praticamente suficiente para liquidar o empréstimo que vence em julho: segundo, é um dos jogadores preferidos de PdC (venceu o prémio para Atleta do Ano na época 12/13 e recebeu elogios públicos raros de PDC); terceiro porque é um jogador com mercado, como tal penso que renovará, com a implícita melhoria salarial e jogará a montra da Champions. Para o ano sem dúvida que será vendido (um acordo de cavalheiros tipo Fernando - Se bem me lembro houve, em algumas épocas, novelas que afirmavam a vontade de sair.. e nas épocas seguintes foi sempre um dos nossos melhores jogadores).

    Quanto a novas entradas, penso que para além do Andrés Fernandez, Marcano e Jimenez, o plantel fica fechado. O reforço do meio campo foi abandonado, em minha opinião, por dois motivos: primeiro e principalmente pela «emancipação» do Ruben; segundo porque os alvos Classie (Feynoord já faturou bastante em vendas, deixou de ter necessidade) e Gudelj (referiu não querer abandonar AZ) deixaram de ser hipóteses.

    TdD não sei se tens alguma info relativamente ao fundamento da notícia do Arsenal e do Quintero. É que caso exista, as condições alteram-se bastante.

    Relativamente à questão da liga, tinha ficado com a ideia de que o Seara tinha abandonado definitivamente a candidatura, independentemente do que viesse a ser decidido pelo CJ («Não intervirei, por qualquer forma, neste ato eleitoral ou em qualquer outro que o substitua» comunicado dele aquando da rejeição da candidatura)

    Saudações Portistas!

    ResponderEliminar
  6. Gosto muito do blog, passei a segui-lo diáriamente.

    Em relação ao tema, em preferia a saida do Jackson e a entrada de outro PDL, não vejo no JM vontade, alegria, motivação e seria sempre uma verba muito importante a entrar.

    A Liga está nas mãos de um criminoso, um vigarista, acho que temos sido muito anjinhos nesta história, qualquer Seara será melhor que um criminoso.

    O plantel ficará fechado com um DC (O Marcano não me agrada nada), um Médio (Acho que o Clasie virá cá parar depois da 3ª eliminatória da Champions), um PDL (ou 2 se sair o JM), além do GR que já estará contratado.


    ResponderEliminar
  7. Estou a contar com que o nosso clube faça algum pilim com os excedentários.
    Entre Varela, Josué, Licá, Ba e Ghilas (se bem que este último deva sair por empréstimo, mas nunca se sabe), pode ser que o FCP consiga encaixar uns 10M. É pedir ajuda ao Tio Mendes.
    Isto sem contar com Defour. Parece que está complicado despachar esta figura. Pudera, já nós o comprámos sobre-valorizado na altura...agora após 3 épocas no banco e um Mundial ridículo, vai ser complicado impingi-lo a alguém mais desatento.
    Talvez nao fosse uma má alternativa ao Casemiro, para suplente nao está mau de todo...mas parece que o tempo dele no FCP já acabou - e ainda bem.

    David Hasselhoff

    ResponderEliminar
  8. eu sinceramente nao entendo é a necessidade da vinda de adrian, ele PL nao é, nao é um 9 assim como sami tambem nao é e para mim para o campeonato portugues jogar com um falso 9 nao da e tenho pena de ghillas é aquele tipico jogador que veio quase do nada para o porto (vizela, depois moreirense depois porto) tem qualidade, podia muito bem se afirmar no porto deixa-me triste a sua saida, depois extremos, quaresma, tello, ricardo, adrian, brahimi?, ate quintero?, ha gajos a mais para extremo ainda para mais se depois virmos que brahimi, quintero, oliver, carlos eduardo e evandro fazem todos MO... o tribunal falou ai em cima para adrian nao ser outro danilo pois eu ate certo ponto tambem acho que danilo renderia mais a medio mas... ora com saidas, dispensas e afins o porto tem agora 3 portugueses para o plantel os 3 ricardos e parece que ainda nem estao 100% certos todos como iremos ficar de inscriçoes na uefa?
    ja agora dado aos jogadores falados, os que ja vieram e afins por mim o plantel teria ficado assim... ghillas,jimenez/ quaresma, tello, ricardo, adrian,/ brahimi, quintero, carlos eduardo, evandro, herrera, ruben, casemiro/

    ResponderEliminar

De e para portistas, O Tribunal do Dragão é um espaço de opinião, defesa, crítica e análise ao FC Porto, que aborda a atualidade desportiva e financeira de clube e SAD, bem como do futebol português.

Quem confundir liberdade de expressão com injúria, insulto, mentira ou difamação não passará pelo lápis azul. Todo o spam será apagado. Comentários anónimos são susceptíveis de não serem publicados. Nicknames são permitidos.