terça-feira, 15 de julho de 2014

Nada nem ninguém está acima do FC Porto. Sobretudo quem não tem razão

«Nada nem ninguém está acima do FC Porto. Nem mesmo quem tem razão». Nem mesmo quem tem razão. Esta ressalva d'O Tribunal do Dragão, quando foi dada conta de que Rolando decidiu forçar a saída do FC Porto, prendia-se com a versão - que jamais ia ser anunciada por um blogue, dada a seriedade e delicadeza do assunto - de que o jogador teria uma verba em atraso a receber.

Rolando em litígio
O jornal CM (que não representa apenas a falência de escrúpulos em alguma comunicação social - é também o jornal que publica com meias provas aquilo que outros não publicariam com provas concretas) escreveu hoje que Rolando tem salários e prémios (que só podem ser relativos a 2012-13, pois na última época não foi inscrito pelo FC Porto) em atraso e que decidiu avançar para o pedido de rescisão.

Reinaldo Teles e Antero Henrique estão com a equipa em Horst, mas a SAD não está fechada para férias. Ao longo do dia de hoje, nem uma palavra, nem um desmentido face a esta acusação que desonra o nome do FC Porto. Estamos a falar de uma SAD que...

... perdeu tempo a fazer um comunicado a negar o interesse num jogador (Ghazal) que foi efectivamente negociado, que esteve quase a rumar ao FC Porto e que já era tema de imprensa há um mês.

... perdeu tempo para condenar a construção de uma estátua do fundador do Benfica pela CM de Lisboa. Apesar de se tratar de dinheiro público, o orçamento participativo de qualquer CM é um dado importante em democracia e uma vontade da sua fracção de contribuintes, logo esta «queixa» do FC Porto foi desprovida de sentido.

... perdeu tempo a preparar um manual de boas maneiras para viscondes. Ok, neste caso não foi perda de tempo, estavam mesmo a precisar.

... mas que não perde tempo a negar as acusações de que deve dinheiro a um profissional seu e de que Rolando está a ser ameaçado por (citamos) «muita gente ligada ao clube»? Não vamos dizer que o silêncio é assunção de culpa. Mas é mais do que convidativo a esta interpretação e é de uma gravidade que urge ser esclarecida.

Pinto da Costa afirmou que Rolando ia fazer parte do plantel. É absolutamente inconcebível que o presidente tenha afirmado isto tendo o jogador vencimentos em atraso, a não ser que houvesse algum acordo prévio para o pagamento. Alguns portistas até colocaram a hipótese de se tratar de uma posição concertada e de ser uma mensagem para o mercado. Pelo contrário, este litígio fragiliza gravemente a posição negocial do FC Porto, apesar de segundo O Jogo a Roma ter oferecido 5,5 milhões (o Inter nunca chegou ao 5M, que era quanto o FC Porto pedia inicialmente).

«O FC Porto não é uma
monarquia», disse PC
No dia em que Pinto da Costa disse que Rolando ia ficar, o empresário Paulo Teixeira (o mesmo que dá conta da existência de agressões ao CM) escreveu no Twitter (podem ver a sua conta clicando aqui) que o jogador, na véspera, comunicou ao presidente que não pretendia ficar no FC Porto. Então, porquê esta afirmação do presidente, ainda por cima afirmando que não ia ter gente contrariada no clube?

O CM conta também a suposta existência de agressões a envolver Alexandre Pinto da Costa, o sócio Pedro Pinho e o referido agente Paulo Teixeira. Alexandre não é, nem nunca foi, o empresário de Rolando, nem sequer estava mandatado para a transferência de Rolando, o que torna incompreensível como é que apareceu envolvido no assunto. A Pinto da Costa o FC Porto deve tudo, mas a Alexandre não deve nada. E se ele próprio confunde-se com um membro dos órgãos sociais da SAD, então ainda mais importante se torna o esclarecimento deste caso. Porque Alexandre Pinto da Costa até pode negociar em nome do FC Porto, desde que o presidente lhe atribua tais funções (como já o fez diversas vezes), mas não pode intrometer-se em negócios para os quais não está procurado.

Paulo Teixeira diz ao CM que Alexandre acusou Antero Henrique de ser um ladrão (sendo Antero o CEO da SAD, ainda mais urge que a SAD se defenda publicamente destas acusações) e que desafiou Mohammed Afzal a apresentar uma proposta de 10 milhões ao FC Porto por Rolando. Tanto Alexandre como Afzal jamais seriam empresários de renome se não tivessem ligações familiares aos dois nomes fortes do FC Porto (Pinto da Costa e Antero Henrique), o que só torna lamentável que envolvam o bom nome do clube numa lavagem pública de roupa suja.

Paulo Teixeira deu voz (e a
sua versão) à polémica
Mas nada disto, apesar de não ser um caso virgem, se aproxima da gravidade das acusações que são feitas ao FC Porto. Se a SAD está em incumprimento com um profissional dos seus quadros, deve imediatamente chegar a acordo com o próprio, porque os sócios não pagam quotas para ver os jogadores (que são quem levam os adeptos ao estádio, não são os dirigentes, embora Pinto da Costa seja o único presidente do mundo a ter direito a um cântico todos os jogos) serem alvos de incumprimento; ou o FC Porto desmente veementemente as acusações do jornal CM e reage com dureza a este atentado à credibilidade da SAD enquanto sociedade cumpridora. Até porque para um clube que se congratula pela confiança do mercado na emissão do empréstimo obrigacionista, de pouco vale se não tem a confiança dos seus profissionais no cumprimento dos vínculos acordados.

PS: Quem está mais preocupado com as transferências de Oblak, Garay e Markovic do que com esta acusação de que o FC Porto deve dinheiro a um profissional seu, então O Tribunal do Dragão definitivamente não será um espaço de eleição para si. Porque defender o FC Porto nem sempre é defender aqueles que agem em seu nome; e defender o FC Porto não é varrer para debaixo do tapete e criar tabus, mas sim combatê-los.

29 comentários:

  1. O tribunal do dragão também n devia alimentar boatos. Que se saiba o FCP n deve a nenhum jogador e o cm nunca foi um órgão de comunicação isento. Ainda para mais tratando.se do FCP...
    Os desmentidos virão nos tribunais.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lá está. Há adeptos que preferem centrar-se no mensageiro em vez da mensagem. Aqui, não é o caso.

      Eliminar
    2. O mensageiro da noticias falsas do nosso clube toda os dias. Se cada notícia do cm der 1 desmentido...

      Eliminar
    3. Tenho a certeza que é a primeira vez, em pelo menos 2 anos, que vê um jornal acusar o FC Porto de ter salários em atraso, excepção feita à invenção de um colombiano sobre os salários (salários, note-se) de Jackson Martínez. Por isso sim, é um tema que importa esclarecer.

      Uma SAD que desmente o jornal mais rigoroso no que toca a FC Porto (O Jogo) por uma coisa que era verdade tem a obrigação de desmentir o CM, dada a gravidade desta acusação.

      Se os adeptos quiserem aceitar que este silêncio é simplesmente por isto nem merecer credibilidade, estão no seu profundo direito.

      Eliminar
    4. De acordo com tudo, todavia ser apenas o CM a noticiar este fato cheira a esturro! Depois salários em atraso? Mas empréstimos não implicam o encargo destes ao clube que recebe o jogador? Depois outro blog que costumo ler, do dragão vila pouca afirmou que era para desviar atenções!
      Jà agora aproveito para dizer que CM tem um tratamento particular para com o nosso clube! E sempre com intenções de denegrir e deitar abaixo! 1o erao treinador que podia ir embora,2o não havida dinheiro para os reforços,3o sad não apoiava o treinador! Tudo isto foram manchetes deste jornal!
      Jackson é Gunner? Jimenez é o escolhido....
      Nastasic só se Mangala for para o City

      Clasie dificilmente:-/

      Eliminar
    5. Olá
      Pois eu sou dos que acredito que todos os clubes devem mais ou menos aos seus jogadores...e até a fornecedores.
      Cumprs
      Augusto

      Eliminar
  2. Os adeptos têm de exigir uma clarificação por parte da SAD.
    Aos casos mencionados pelo TdD em que a mesma andou a perder tempo, relembro o processo instaurado ao Miguel Sousa Tavares.
    É inaceitável:
    1) investir como se tem investido nesta época, estando em incumprimento salarial com qualquer profissional;
    2) estar em incumprimento como forma de pressão sobre qualquer profissional;
    3) aceitar que uma notícia destas não seja desmentida oficialmente, quando houve reacção perante os casos já descritos.
    Qualquer que seja a opção, é inaceitável.
    O FCP é uma instituição de renome e que se quer credível; se já basta ter má imprensa, o que for falso tem de merecer a mais veemente reprovação oficial.

    ResponderEliminar
  3. Por menos o Miguel Sousa Tavares teve um processo de 1ME. Já agora qual a relação familiar entre o Antero e o Afzal ?

    ResponderEliminar
  4. Se no caso do MST ainda consigo "arranjar" defesa para a SAD, ao texto nada tenho a apontar. Infelizmente algumas situações parecem recorrentes.

    A grande questão, é "A Pinto da Costa o FC Porto deve tudo...". Concordo. Mas ressalvo "Nada nem ninguém está acima do FC Porto ". Logo é a ele que devemos exigir algo e é dele que esperaria (wishful thinking) alguma intervenção. Falo em acção e não intervenção pública como por exemplo a de Janeiro passado.

    Continuo a acreditar, ou a querer acreditar que o Presidente conseguirá fazer o que de há 3/4 anos para cá necessita ser feito.

    Viva o F.C.Porto!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Subscrevo. Até porque, como disse, Antero e Reinaldo Teles estão em Horst a acompanhar a equipa na pré-época e a SAD mantém-se em plenas funções.

      Eliminar
  5. Não podes mudar a disposição dos posta? Sempre que respondesse a alguém a MSG n aparece no fim e torna-sr complicado andar sempre para cima e para baixo ah procura do conteúdo novo.

    ResponderEliminar
  6. A massa portista foi, é, e terá que ser sempre melhor que dos Benfas. A eles é que lhes mandam areia para os olhos. Quando a casa arde, sai um reforço de nome bonito e Amen. No FCP a exigência deve manter-se transversal. Rigor, luta e transparência. Sermos melhores, não pelo que fomos e pelo que ganhámos, mas pelo que somos e o sucesso que isso nos vai trazer.
    portanto, clarificar, desmentir e irradicar os eventuais comportamentos e ações aberrantes.

    ResponderEliminar
  7. sou só eu a achar que este alexandre pinto da costa é uma maça podre que ali anda a mexer em coisas relacionadas com o porto?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma maçã podre não imagino que seja, porque as maçãs podres no FC Porto, normalmente, costumam dar bons frutos. Mas o Alexandre não é um membro dos órgãos sociais da SAD e só pode fazer aquilo para o qual é mandatado, como aconteceu num dos empréstimos do Rolando para Itália, no Atsu para o Chelsea ou na vinda do Carlos Eduardo.

      Eliminar
    2. ...tal mandato, não fica bem a quem o deu....

      O dinheiro dos sócios tem que ter outro destino.

      Cumprs
      Augusto

      Eliminar
  8. Boas;

    Este é um tema, de facto, pertinente, porém, por vezes, o silencio serve de retiro espiritual para se tomarem decisoes e apanharem os adversários desprevenidos.
    Há várias coisas que não batem certo nessa historia. Supostamente o filho do Pinto da Costa foi com o sócio falar por causa do Rolando em representação do FCP, logo, como é que o nome do Antero e do outro sr. vieram à baila? Não faz sentido, porque ofender pessoas do seu próprio clube quando nada tinham a ver com aquilo? Faria sentido era ser a parte interessada do Rolando adizer isso, uma vez que os atritos com o Antero foram com ele, não?

    Depois, a ser mentira, a SAD e os supostos intervenientes tem que se insurgir contra o CM em sede propria, sede judicial, tribunal. Os jornalistas não devem gozar de imunidade á difamação e à injuria. Há que pagar pelo mal que causam aos outros, pois estas noticias a serem falsas afetam de sobremaneira a imagem de um clube e afeta os seus negócios, tanto como comprador como vendedor.

    Noutro ponto de vista, que verbas em atraso poderiamos estar a falar? Não conheço as especificidades do direito desportivo nem dos contratos do mesmo, mas em direito laboral há prazos de prescrição para reclamação das remunerações em falta,

    De qualquer das formas, é muito simples de se ficar sem dúvidas. Se o Rolando conseguir rescindir ou se interpuser uma acção em tribunal contra o FCP já se comprova a crença do mesmo na existencia da alegada situação, se não ocorrer nada, é porque é mentira.
    De qualquer das formas, Rolando a faze-lo não parece ser muito inteligente, pois estes litigios costumam arrastar-se durante longos periodos de tempo, sendo que ele ficaria sem jogar, uma vez que as instancias superiores nao deveriam aceitar a sua inscrição por outros clubes, ou mesmos os outros clubes não aceitariam correr o risco de pagar indmnização ao FCP; que neste caso provavelmente seria a clausula de rescisão, se viesse a ser dada razão ao FCP.

    Que venha masé o campeonato e os jogos. Quem quer estar que vá embora e o Rolando já mostrou muita ingratidão, só está a reciclar material.

    ResponderEliminar
  9. Nada é perfeito, o porto nunca foi, esteve la perto durante anos mas ja a alguns anos que cada vez tem mais falhas e muitas coisas ficaram por explicar e algo me diz que esta sera mais uma

    Parabens pelo blog está porreiro, desculpa comentar em anonimo mas nao tenho outra forma e só para veres como sou teu fã venho aqui 4 a 5 vezes por dia só para ver se ha artigos novos e para ler opinioes nos comentario :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O problema dos comentários anónimos é não perceber se estou a responder a um leitor pela primeira vez ou se se trata de um leitor frequente. Seria mais fácil para interagir se utilizassem um nickname, por exemplo.

      Eliminar
  10. O que vale é que PdC ja alertou JL, mal este chegou à invicta, para o problema dos nossos jornais desportivos,,,,, especialmente esse jornal, que tem pelos vistos diretores muito ferrenhos kkkkk

    ResponderEliminar
  11. Uma pena, se se confirmar este lamentável episódio... Seria uma mancha feia numa pré-época que aparentemente corre sobre rodas (lesão de Mikel à parte)
    De qualquer das formas, concordo plenamente.. A gravidade dos factos relatados merecia reposta rápida por parte do clube

    ResponderEliminar
  12. Olá
    Excelente post que, sem se «atirar» ao FCPorto e à sua SAD, coloca muitos pontos nos iiii. O meu aplauso por ter pegado neste assunto não se limitando a varrê-lo para debaixo do tapete só porque apareceu, como muitos dizem, no «Lixo da Manhã».

    Tudo indica que Alexandre Pinto da Costa, com o beneplácito do pai Jorge Nuno, se intromete em demasia no seio da gestão do FCPorto...ele e o clã Pinto da Costa. Resta saber até que ponto algumas deserções recentes de dirigentes do FCPorto, poderão ou não estar relacionadas com «tantas intromissões».

    Como portista, lamento profundamente que estas manchas tirem brilho a quem tanto fez pelo FCPorto...depois admiramo-nos da «monarquia»...

    Cumprs
    Augusto

    ResponderEliminar
  13. Olá...de novo

    Pois é, critica-se a CM de Lisboa e depois «não nos coibimos» de passar o S. João na companhia do seu presidente e do «outro lado» do Rio Douro, deixando um lugar vazio na mesa do presidente da autarquia portuense...um ENORME portista

    Não basta sê-lo...
    Cumprs
    Augusto

    ResponderEliminar
  14. Parabéns pelo seu excelente post.

    ResponderEliminar
  15. Olá
    A história...na «primeira pessoa»:

    http://comunidade.xl.pt/Record/blogs/bolanaarea/archive/2014/07/19/alex-pinto-da-costa-corre-para-a-cadeira-de-sonho.aspx

    A propósito, já foi desmentida esta história?

    Reparem na foto.....

    Cumprs
    Augusto

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como é que se desmente algo que foi gravado pelas câmaras do hotel?

      Eliminar
    2. Olá

      Sendo assim.....
      Vergonhoso!
      Começa a achar que muitas das histórias que se contam....têm mesmo um fundo de verdade.....
      ________________________________

      Oxalá as forças vivas da Cidade do Porto consigam «arranjar» uma candidatura à altura dos pergaminhos do FCPorto, quando Pinto da Costa tiver que abandonar a Presidência.

      Pessoalmente tinha muita esperança em Rui Moreira...mas escolheu outros «pelouros».
      Cumprs
      Augusto

      Eliminar

De e para portistas, O Tribunal do Dragão é um espaço de opinião, defesa, crítica e análise ao FC Porto, que aborda a atualidade desportiva e financeira de clube e SAD, bem como do futebol português.

Quem confundir liberdade de expressão com injúria, insulto, mentira ou difamação não passará pelo lápis azul. Todo o spam será apagado. Comentários anónimos são susceptíveis de não serem publicados. Nicknames são permitidos.