segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Rafa

É o nome mais incontornável deste defeso, numa novela que se arrasta há semanas e que será pela primeira vez analisada neste espaço. Rafa pode, simultaneamente, ser uma boa adição ao plantel e um mau exagerado negócio no contexto atual. Um paradoxo, sem dúvida, mas que não é exceção (Hulk também foi uma excelente adição ao FC Porto, mas o custo do seu passe foi altamente sobrevalorizado). Tudo dependerá dos custos envolvidos. Rafa não vale 20 milhões de euros. E é difícil aceitar que valha sequer metade. Recuemos um ano no tempo.

A última Coca-Cola (?)
«Se (o Rafa) vale 20 milhões, se calhar o Gonçalo Paciência ou o Ricardo Pereira valem 25 milhões. E o Ivo Rodrigues valeria 20». Palavras sábias de Pinto da Costa, que admitiu o interesse no jogador, mas reconhecendo que pagar 10 milhões de euros na altura por Rafa (correspondentes a 50% do passe que o Braga detinha) era, citando, «uma burrice». 100% de acordo. Podemos gostar de Rafa, mas não estamos a falar de um jogador que valha nem sequer perto os valores que estão a ser veiculados.

Vejamos. Há um ano, Rafa era um suplente dos sub-21. Hoje, é um suplente da seleção A, que foi ao Euro 2016 para jogar apenas 1 minuto contra a Áustria. O Euro2016 não valorizou Rafa, a não ser que considerem que o simples facto de marcar presença nos bancos de um Europeu faz com que o valor do passe dobre.

No Braga, o que foi a época 2015/16 de Rafa? Objetivamente, foi muito melhor do que a época anterior. Valorizou-se, sim. Passou a 20 milhões de euros? Não brinquem.

Estamos a falar de um jogador que não tem propostas de Inglaterra, não tem propostas de Itália, não tem propostas de Espanha. Rafa teve uma proposta do Zenit, que não lhe suscitou interesse, e tem o convite do FC Porto, que há um ano não lhe despertava interesse mas agora, com perspetivas de titularidade e percebendo que não está a despertar o interesse de nenhum outro clube (nem com Jorge Mendes associado), já encara o FC Porto com bons olhos. 

Mas compare-se o rendimento de Rafa com o do seu colega de equipa Pedro Santos. Rafa, em 30 jogos na Liga, fez 8 golos e 2 assistências. Já Pedro Santos, em 23 jogos, fez 7 golos e 6 assistências. Há mais para além de golos e assistências, claro. Por exemplo, ver a eficácia e número de remates (1,9 e 16% por jogo), as tentativas de drible eficazes (38%), o número de situações de golo criadas por 90 minutos (apenas 1.2) e a eficácia de passe em zona de perigo (74%). E em todos estes aspetos, estatisticamente, Rafa perde em todos os dados para Corona, Otávio e Brahimi em 2015-16. 

Tendo em conta que o FC Porto, ainda que não controlando a totalidade dos seus passes, não chegou a pagar 20M€ por Corona, Otávio e Brahimi juntos, não faz sentido aceitar por Rafa tal avaliação, tendo em conta que Rafa não garante, no curto prazo, nada acima de Brahimi ou Corona. Tirando, sem dúvida, a velocidade. Mas como aproveitar essa velocidade?

Pensar em tirar proveito de um jogador veloz não pode ser pensar apenas em correr, caso contrário Hernâni hoje estaria aqui. Um exercício: abram um vídeo qualquer de Rafa, no Youtube, e vejam como e onde ele faz a diferença. Em 80% dos lances em que se destaca, Rafa sobressai pelas suas arrancadas. Quando arranca com bola, sempre coladinha ao pé, é quase sempre imparável. É essa a sua grande valia. Se tem espaço, arranca e não o param.

Comparando com Brahimi, que está de saída, a diferença é que Rafa é mais direto. É forte nas diagonais e as suas arrancadas são mais orientadas, procurando sempre a baliza, enquanto Brahimi, por exemplo, retia mais a bola. Mas Brahimi, mesmo entre as suas rotundas, acabava por rematar mais e melhor (2,9 remates/jogo, com eficácia de 29%), finta melhor (55% de eficácia) e passa melhor (86%) no meio-campo adversário. Rafa pode aumentar os seus números jogando num FC Porto de ataque? Sem dúvida que sim. Mas é um produto inacabado. E o FC Porto não pode entrar em loucuras por produtos inacabados.

O FC Porto não tem um jogador com as caraterísticas de Rafa no plantel, mas Rafa vai ter que se adaptar a uma nova realidade. Aqui não terá tanto espaço para jogar e vai sofrer marcações mais apertadas. Rafa não é um João Moutinho - o mais caro entre transferências de jogadores portugueses (Rafa não vale o que Moutinho valia em 2010) -, que tinha caraterísticas para chegar e encaixar na equipa. Rafa não poderá ser no FC Porto o que era no Braga. Muito menos o que era nos sub-21 ou na seleção A. Isto, claro, se o negócio se concretizar.

O Braga controla, neste momento, 80% do passe de Rafa, depois de se ter comprometido a pagar 4M€ para recuperar 40% do passe que pertenciam a Jorge Mendes. Esta recompra avaliaria Rafa em 10M€, embora isso nunca seja linear. Mas o Braga só terá que pagar essa recompra depois de transferir Rafa. Ou seja, António Salvador estará pressionado a vender nesse sentido - jamais iria já recuperar a % do passe se não fosse para vender. Mas António Salvador nunca, nunca deu um bom negócio ao FC Porto. Pelo contrário, o FC Porto já deu ao SC Braga uma dúzia deles.

O que tirou o FC Porto da ligação ao Braga na última década? Escolham se gostaram mais de Kieszek, de Andrés Madrid ou de Orlando Sá. O SC Braga foi sempre bem mais proveitoso para o Benfica. Benfica esse também atento a Rafa, mas só com disponibilidade para avançar se vender Carrillo e/ou Salvio. Mas o mais curioso é que, embora Jorge Mendes já não controle o passe de Rafa, pode indiretamente ajudar o Benfica, com propostas daquelas mirabolantes pelos referidos jogadores por parte de clubes como o Mónaco, Atlético ou Wolves. O Sporting também desejava Rafa, mas dependeria da venda de João Mário e outro jogador.

Rafa, concretamente, é um jogador com pouco mercado, o que por si só justificaria que o FC Porto jamais aceitasse entrar em loucuras por ele. É simplesmente impossível que o competente departamento de scouting do FC Porto não seja capaz de identificar jogadores com as caraterísticas de Rafa que custem um terço. E às vezes nem é preciso ir muito longe - todos viram o exemplo de Diogo Jota, que despontou no Paços, aos 18 anos, para fazer uma época superior à de Rafa no campeonato. O clube vendeu 60% do seu passe por 65 mil euros em 2014. Será que a Pacheco & Teixeira, que comprou 20% do passe por 30 mil euros, tem quem perceba mais de futebol do que o FC Porto? Certamente que não.

Rafa pode ser útil? Pode. Se vale 10, 15 ou 20 milhões de euros, então toda a Europa do futebol parece estar a dormir. É que entre clubes espanhóis, ingleses, alemães, franceses ou italianos, endinheirados, nenhum pareceu interessado em avançar por Rafa. Já o FC Porto, que vem de uma época de prejuízo colossal e não gerou as mais-valias necessárias (acima de 40M€), tendo manifestas limitações neste momento na capacidade de investimento (e ainda sem vender ninguém), é que parece ser o único clube a considerar que Rafa é a última Coca-Cola do deserto. O FC Porto ou, a bem da verdade, muitos dos seus adeptos.

Então: o FC Porto precisa de um jogador com as caraterísticas de Rafa... ou precisa mesmo do Rafa? Não há justificação possível para, neste momento, colocar Rafa num pedestal e fazer dele um dos jogadores mais caros da história do FC Porto e o mais caro da história do Braga. Se António Salvador puxa a corda, boa sorte a tentar conversar com outro clube. O FC Porto já esteve dependente de alguns jogadores que fizeram parte deste clube, como Madjer, Deco ou Hulk. Mas nunca esteve dependente de jogadores que não chegaram a ser contratados. 

Não será pela ausência de Rafa que o FC Porto deixará de ter menos hipóteses de lutar pelos seus objetivos. A não ser que todos os restantes clubes da Europa estejam condenados ao insucesso, pois, tirando o Zenit, aparentemente nenhum deles se lembrou de Rafa. Se António Salvador quiser continuar a esticar a corda, cá vai um refresco de memória do quão arriscado isso pode ser: em 2013 disse que recusou 23M€ por Éder e 14M€ por Douglão. Que grande desvalorização sofreram até à hora de saída.

Se não houver acordo por Rafa, por desacordo de verbas, não haverá problema nenhum, pois pelo preço exigido pelo SC Braga o FC Porto encontra - ou deveria encontrar - facilmente alternativas a Rafa. O problema não será se não vier Rafa: é se o FC Porto depositar exclusivamente as suas fichas em Rafa e, no final, não vier ninguém. Mas quem vier, já vem tarde, pois vamos para o play-off sem extremo, sem Rafa, sem Brahimi (que sentido faria jogar contra a Roma se não foi opção para a 1ª jornada?). Vão fazer falta? Esperemos que não. Nem quarta-feira nem durante a época. 

41 comentários:

  1. Há uns dias atrás comentei que o Porto faria bem em contratar rafa e Pedro santos. Hoje claramente optaria por Pedro santos. Sem qualquer dúvida.

    ResponderEliminar
  2. 100% de acordo com a análise do TdG. Rafa é um bom jogador, com boas perspectivas de evolução, mas não vale neste momento os 20 milhões nem a telenovela de verão. Acreditando na imprensa escrita, o meu Porto continuará a gastar dinheiro que não tem em jogadores medianos ou fracos, em detrimento de valores garantidos da casa. Basta apostar neles e valoriza-los. Especialmente porque jogam com amor á camisola que usam.

    ResponderEliminar
  3. Antes de mais nada gosto de ressalvar que sou um mero treinador de bancada e que não conheço os jogadores no dia a dia, na sua humildade ou falta dela e isso é muito importante para avaliar um jogador.
    Estou de acordo com o TdD, o Rafa tem qualidades mas já foi convocado para um mundial e um europeu e nos dois só calçou a espaços!
    É representado pelo homem que vendeu o Cavaleiro para o Mónaco por 15M!!!!!!!!!! E com tanta boa publicidade não o consegue vender para lado nenhum!
    De facto de Braga nunca vieram bons ventos e não me parece que seja desta! Para o estilo de jogo do NES acredito que o Rafa possa ser uma boa opção para jogos grandes ou fora porque tem mais espaço mas tudo que coloque o valor do seu passe acima de 10/12M é um absurdo completo.
    Por exemplo o Pedro Santos parece ter características bem mais apropriada para um grande!
    Precisamos de um extremo? (Brahimi é carta fora do baralho) sim, sem dúvida mas "sei" que para o nível do Rafa há opções muitíssimo mais baratas! O FCPorto tem contratado pouco e creio que à excepção do Telles, só contratou mesmo o que precisava por isso acredito que se deve optar por outra solução, colocar o Varela como 4a opção e olhar com olhos de ver para o Ismael Diaz quando ele regressar!
    Enquanto isso e fugindo ao tema, o Ricardo Carvalho continua livre, o nosso clube não tem dinheiro, está a ficar sem tempo e acredito que seria melhor contratar o jogador que nos ia dar rendimento do imediato, provavelmente terminaria a carreira no fim da época e entretanto teríamos tempo para pensar na sua substituição com calma.

    ResponderEliminar
  4. Boas

    Tenho acompanhado a novela na blogosfera, nos jornais, e com uma pitada de Mais Transferências, programa que vejo cada vez menos porque causa-me algum asco. Especulação + FCP hate = lixo televisivo.
    Confesso que o jogador causa mixed feelings, mas esta análise é definitivamente bem estruturada e muito conclusiva. E, mais a mais, de acordo com os últimos rumores do jornal a Marca, Oliver por 16 ou Rafa por 20, a decisão para mim estava fechada. Só me questiono o preço a pagar por este investimento. Já nos imagino a acabar a época de forma competente, com uma boa campanha europeia e títulos nacionais, e a ver-nos roer as unhas porque temos que vender uma mão cheia de titulares. Precisamos de cair na realidade para conseguir sustentabilidade.

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  5. Concordo.

    mas não vale a pena...o HYpe é enorme e isso no futebol conta imenso.
    Os jornalistas e comentadores dizem que ele é um grande jogador e para a opinião publica isso tornou-se num facto.
    Assim é fácil (sobre)valorizar jogadores.

    ResponderEliminar
  6. Demagogia e muita! Brahimi pós Can, teve um rendimento bastante inferior! Desaparece dos jogos...
    Tem atitudes de vedeta, quando passou por clubes como Granada!
    Aliás se vamos ver Rafa por esse prisma...Brahimi tem muito menos interessados!

    ResponderEliminar
  7. Comparar o Brahimi numa equipa altamente desequilibrada, onde ele era o único criar jogadas, sem qualquer apoio. O Brahimi apenas precisa de uma equipa que lhe dê os apoios e um treinador que lhe volte a mostrar como deve libertar a bola mais rápido. Nunca lhe vi falta de motivação, de correr, e luta. Mas perdeu a confiança na equipa, é o foco dos defesas, e com isso acaba por não ter grandes hipóteses. Mas acho que foi uma evolução mais por contexto do que por falta de qualidade.

    Em relação ao Rafa, mais do que a velocidade, é a sua capacidade de decisão que me agrada num jogador que pode ganhar muito numa equipa com ataque apoiado. Por isso não joga na selecção, porque é uma equipa de contra ataque. Por isso acho que as estatísticas dizem pouco do jogador. O Pedro Santos rende muito mais, mas é claro que não é jogador para um grande. Nota-se a limitação, que é compensada com aquela garra e espaço que os jogadores têm nas equipas pequenas. Quanto ao preço do Rafa, concordo totalmente, não vale nem de perto os 20M, principalmente porque não os temos, e porque com esses 20M se pode ir comprar bem melhor noutros mercados. Ou podia-se quando havia equipa de scouting que não eram comissionários...

    ResponderEliminar
  8. http://tribunaportista.blogspot.pt/2016/08/e-o-resto-e-paisagem.html

    ResponderEliminar
  9. http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/futebol-fc-porto-campanha-exclusiva-para-lugares-anuais-na-rececao-a-roma.aspx

    ResponderEliminar
  10. Eu nem optaria por Pedro Santos nem Rafa, mas sim pelo Diogo Jota, que aquilo sim foi incompetência pura da SAD deixar fugir uma pérola de apenas 19 anos pró Atlético onde será queimado como tantos outros jovens.
    Agora como o Diogo Jota não é possível, tanto o Rafa como o Pedro Santos seriam boas opções pró Porto.

    Aliás já o ano passado bastava ver uns jogos na Sportv do campeonato e via-se que o Diogo Jota e o lampião André Horta tinham grande qualidade...não é preciso ter olheiros para ver isto quando qualquer um pode ver na tv.

    ResponderEliminar
  11. A quantidade de vezes que o Rafa, só com o GR pela frente, falha, é critério suficiente para desaconselhar a sua contratacao; é bom para o Braga e afins, mas mais nada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vai para o Benfica...hoje dissiparam-me as dúvidas!
      Que corja!

      Eliminar
    2. O que me preocupa,é a nossa perda de capacidade negocial.
      J.Francisco

      Eliminar
    3. Filipe Sousa É bem melhor que aquele flop de milhões que compramos a época passada(Imbula)
      J.Francisco

      Eliminar
  12. Antes de mais, parabéns pelo trabalho que tem sido realizado por este Blog. Sou um leitor ávido, e gosto muito das análises que aqui são feitas, no entanto, acho que devem ser consideradas algumas coisas nesta... a primeira é que o Rafa é a "estrela" do Braga, daí eles não quererem abdicar da clausula de rescisão. O valor de 20Milhões é exagerado? É, sem dúvida nenhuma, mas esse é o caso de quase todas as clausulas de rescisão, e tal como o Porto já fez inúmeras vezes com os grandes da europa, e se mostrou intransigente, o Braga está a fazer o mesmo. E em segundo lugar, acho errado comparar o Rafa ao Moutinho, pois todos nos lembramos da forma como ele saiu do Sporting... não saiu, foi apelidado de maçã podre e empurrado para fora, e daí SÓ termos pago 10Milhões por ele (preço de saldo)...

    ResponderEliminar
  13. Concordando por inteiro com o artigo acrescento que ontem vi o jogo contra o Guimarães e homem não jogou peva! Abraço

    ResponderEliminar
  14. concordo, rafa e pequenino, fisicamente debil, joga essencialmente em contra ataque, nao vale 20M. Nao fazemos negocio porque as contrataçoes dos ultimos anos foram um fiasco ( brahimi, abou, herrera, evandro, marcano, layun, enfim quem quer estes jogadores a preços elevados? ninguem como se ve ). Precisamos de um def central, e dois medios mesmo bons ja que avançados nao queremos ter Paciencia porque sim. Ja agora quem de top quer jogadores mexicanos?? pouco racudos, acomodados, tristes mesmo??

    ResponderEliminar
  15. Em Portugal não há, hoje por hoje, um jogador que valha 20M, mas existem, potencialmente, meninos capazes de até valererem mais. Mas não é o caso de Rafa. O negocio Rafa, a realizar-se por aquele valor e só por ele (poderá envolver mais jogadores e eventuais trocas) será um acto de ensandecidos azuis e brancos. A maioria da Imprensa em Portugal transformou-se num imenso prostibulo, aonde, entre um copo e depois de uma queca, se determinam estrategias várias, empresariais, desportivas, politicas, etc. e se se decide tentar destruir uma instituição criam-se condições para que isso aconteça. O caso Rafa é uma delas, embora o objectivo seja muito mais abrangente (a pretensa guerra vermelha vs verde está há muito montada com resultados visiveis). Dizem maravilhas do jogador, nunca o criticam, sabem de dificuldades financeiras, conhecem a divisão reinante, percebem a ansiedade dos adeptos, metem, com a sua conivência, o inimigo figadal no meio e pronto, está criada a combustão perfeita para um bom incêndio.
    Por ultimo, Rafa é um jogador interessante mas pelo preço justo. Para jogar no Porto o Rafa titular do Braga é curto, muito curto.

    ResponderEliminar
  16. Dou luz verde ao negocio do Rafa, desde que não inviabilize o negocio Oliver Torres.
    Rafa é um pouco caro e uma novela que já enjoa mas considero que é um jogador com boa margem de progressão e que facilmente se vai adaptar ao nosso jogo e vai possibilitar ao treinador implementar o tão tentado 4-4-2 ou 4-2-4.

    Venha o Rafa e venha o Oliver!!!

    PS: eu de contas não percebo nada, mas como todos não gosto do actual estado financeira do nosso clube.

    PS2: Adoro o seu trabalho com este Blog!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nao gosta do estado financeiro, mas pede para virem? Sem qq venda? É que temos saldo negativo do semestre passado.

      Eliminar
    2. Gostava que viessem porque fazem falta!
      Esperar pelas vendas para comprar, não está a correr nada bem!!

      Há muitas formas de fazer negócios, espero que se escolham as menos danosas para o clube ao contrario do que se tem feito ultimamente.

      Eliminar
    3. Primeiro nuno nao quer implementar 442 ou 424 nenhum
      Segundo nao faz sentido vir rafa e oliver porque nao conseguiria encaixar os dois mais o melhor jogador do Porto até agora (otavio)
      Terceiro se as contas nao agradam nao vai ser a comprar jogadores de 18 milhoes que vao melhorar

      Eliminar
    4. Não compares o Óliver com o Rafa, o Rafa é muito superior ao Óliver.

      Eliminar
    5. Em sonhos....
      Rafa é um jogador de contra-ataque!
      Na Supertaça viu-se o clube que vai representar...

      Eliminar
  17. A Sad ou vai vender alguém inesperado..ou vai voltar a fazer os outros 50 por cento do Estádio!

    ResponderEliminar
  18. E pensar em ganhar a roma e mandar os rafas pastar?
    Pois...

    ResponderEliminar
  19. Esta novela já mete nojo, honestamente. Acho que só por ser esse "fuínha" do Salvador a vender já merecia que o mandassem a m*rda mais os 20M. O Rafa actual nao vale esses 20M e arrisco-me a dizer que com esses 20M podiamos comprar o central e o extremo que nos fazem falta. Nao dou sugestoes porque sinceramente nao vejo quase nada de futebol internacional para mandar uns bitaites, mas se temos "scouting" para alguma coisa serve.

    Aliás acho que se neste momento, por sua própria iniciativa o Porto dissese "thanks but no thanks" se pussese na alheta, o Salvador ia ficar entre a espada e a parede mais os seus 20M. Senao veja-se, o Benfica quer o Rafa se vender o Salvio e/ou Carrilho. O Rafa nao quis o Zenit e nao parece existir mais ninguém interessado.

    Nao existem outros valores seguros por menos de 20M? Nao ma acredito.

    ResponderEliminar
  20. Grande, grande post mais uma vez! Completamente de acordo! Até digo mais, até que enfim que vejo alguém com a mesma opinião que eu!!!

    Rafa não vale 20M, talvez 10? Tenho muitas duvidas e acho uma loucura esta ilusão á volta de um jogador banal que provou... 0!!

    ResponderEliminar
  21. Não precisamos de Rafa, temos cá Brahimi.
    É só fazer o trabalho mental naquela cabeça, e dizer-lhe que o que interessa é o FC Porto e não o Brahimi.
    Assim pode ser que ele acorde para a vida e venha a ser o "reforço".

    ResponderEliminar
  22. Um jogador com pouco mercado, em que só neste mercado conta com propostas de Porto, Benfica e Zenit. Também se fala no interesse do Tottenham e Sunderland. Recentemente observado pelo Bayer Leverkusen e Manchester United, e não há muitos meses foi rejeitada uma proposta considerável por parte da Real Sociedad.

    Quanto ao facto de estar sobrevalorizado ou não, só se for por jogar no Braga. Com o nível que apresentou na última época, se estivesse num dos três clubes do costume, provavelmente por esta altura estaríamos a discutir se 40M seriam o suficiente para o levar daqui. De outra maneira, parece que um clube de menor estatuto não pode de igualmente forma exigir um valor que coadune com a sua importância na equipa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Você tem razão em tudo o que comenta, menos quando "fala" sobre o nivel apresentado a época passada. Que nivel? 4/5 bons jogos se tanto?. Também moro em Braga, sou Portista, não vejo o SC e são os Braguistas verdadeiros (poucos) a referir aquilo. Diga lá: que importância decisiva teve Rafa na final da taça que fosse superior a Helton, Marcano ou Chidozie? E no jogo da Supertaça? E contra o Guimarães? Quanto ao resto, repito, toda a razão.
      Por aquele preço continuaria a ficar vestido de vermelho, mas o dos corruptos...

      Eliminar
  23. Parece que não há mais jogadores no mercado. O Marlos moreno foi para o city por bem menos de 20 milhões. O Pione Susto foi para o Celta por apenas 5 milhões.
    Também não perguntem ao Nuno se não vem outro depoitre.

    ResponderEliminar
  24. Continuo a dizer que se deveria concentrar esforços na aquisição de Oliver Torres, esse sim é o tal médio criativo de qualidade superior que tanto precisamos e assim manter o Otávio na ala que tão bem tem jogado.

    Rafa seria uma boa contrataçao mas nunca por valores superiores a 8/10M.

    Fica ainda a faltar um central, no entanto a prioridade deverá ser colocar os excedentes, temos vários casos pendentes.

    Neves




    ResponderEliminar
  25. Com os 20 milhões que se fala, o FCPorto de antigamente colocava na equipa 3/4 jogadores bons, em que pelo menos 2 seriam vendas fantásticas. Não seriam portugueses, é certo.
    António Salvador não só não vendeu o Rafa ao FCP, como tentou a todo o custo colocar o SLB na corrida. Rafa é um bom jogador e bons jogadores do Braga nunca foram para o FCPorto. Simples. Capas de jornais (A'Bola, Record) claramente compradas para dar um colorido maior a esta festa de transferência e aproveitar para colocar o nome do FCPorto mais uma vez mal, com uma possível transferência falhada.

    ResponderEliminar
  26. 1. Rafa sim mas apenas por 25% do preço da clausula e se não houver outra alternativa mais em conta, e só se Brahimi não ficar.

    2. Oliver sim, mas apenas se Herrera sair. Aliás com o regresso do Sérgio Oliveira alguém tem dar uma vassourada na quantidade de médios centro do plantel. E se contratam Oliver porquê terem ido buscar o Teixeira?

    3. Ainda falta O central experiente e uma alternativa credível ao Maxi.

    ResponderEliminar
  27. nem Rafa nem Oliver!

    contratar 2 centrais a sério e varrer casillas, herrera, reyes, chilodzie, marcano, Evandro, bueno, adrian Lopez, varela e os índios, josues e etc que andam a pastar na equipa b

    que manias de novo riquismo irritante, Rafa, Oliver, se fossem craques a sério já tinham sido contratados por algum barão.

    esta época que começou em abril, contratou-se pouco, mal e tarde, que triste!
    Filipe? Alex? layun? este belga?
    vai ser outro penar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. e o bruno Fernandes na sampdoria por empréstimo... andam a dormir estes da sad do FCP
      ou pior, não sabem que andam a fazer, porque não entendem nada de futebol

      Eliminar
  28. A novela Rafa já chateia e pelo preço que pedem podem ficar com ele pois nem metade vale.Oliver também escusa de vir pois é caro de mais e as suas características não são quanto a mim aquelas de que estamos mais necessitados.Pergunto antes pela opção válida ao Maxi (não me falem no Varela que é ridículo )e pelo Defesa Central de categoria comprovada, isso sim era o que nos devia preocupar pois não se veem movimentações para colmatar estas lacunas.E negócios com o Braga não faria nenhum eles que os façam com os seus amigos vermelhos.

    ResponderEliminar
  29. Portanto o Rafa nao vale 20M mas ficamos chocados quando nao nos dao 30M pelo Herrera ou Danilo. E ja se diz que o Andre Silva vale 40M. Esta bem, esta...
    E para po-lo no onze com o Oliver? Muito simples - tira-se o Andre Andre e o Herrera que nao sabem o que e criatividade e fica o Oliver a 8 (como jogava ha dois anos), o Otavio a 10 e o Rafa extremo esquerdo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. finalmente alguem a comentar com outra visao..
      o Rafa se for para comprar pelo FCP nao vale 20 milhoes...
      mas querem 30M pelo Herrera ou Danilo... muito bom
      e claro.. se for o FCP a vender o Rafa ja vale 35/40 milhoes ;)

      Eliminar
  30. A questão é mais simples - e nós temos que a interiorizar:
    O Salvador do Braga acha - e bem! - que nós somos o seu adversário na luta pelo terceiro lugar e correspondente à hipótese de chegar à Champions.
    Daí que prefira despachar o Rafa para o Benfica, em vez de reforçar um "concorrente directo".
    Só o senhor Pinto da Costa, mentalmente a viver no início deste século, é que acha que o adversário do Braga é o Guimarães.
    Onde nós chegámos!

    ResponderEliminar

De e para portistas, O Tribunal do Dragão é um espaço de opinião, defesa, crítica e análise ao FC Porto, que aborda a atualidade desportiva e financeira de clube e SAD, bem como do futebol português.

Quem confundir liberdade de expressão com injúria, insulto, mentira ou difamação não passará pelo lápis azul. Todo o spam será apagado. Comentários anónimos são susceptíveis de não serem publicados. Nicknames são permitidos.