terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Pior que o colinho, só o assobiar para o lado

Diria que 95% dos árbitros ou auxiliares não agradam a nenhum adepto. Todos se lembram de pelo menos um lance em que o seu clube foi prejudicado, e agarram-se a ele até os árbitros encostarem o apito. Por isso é que discutir arbitragem torna-se cada vez mais inútil, redundante, até incoerente e desprovido de sentido. N'O Tribunal do Dragão, são raras as vezes em que a arbitragem é tema. Por isso tem que ter acontecido algo de extraordinário para hoje ocorrer o contrário.

Benfica com Capela:
11 jogos, 0 golos sofridos
E aconteceu. Na 18ª jornada da liga, o Benfica vai sentir o que é ser um felizardo nos 5%. Tudo saiu bem nas nomeações. Bruno Paixão no Paços de Ferreira x Benfica (onde Urreta não vai jogar, por ter provocado o 5º cartão amarelo na jornada anterior - já leram isto em algum outro lado?), João Capela no Marítimo x FC Porto. Tendo em conta que daqui a 3 jornadas o Benfica vai a Alvalade, num dos jogos onde haverá mais possibilidades de perder pontos, a almofada dos 6 pontos (na prática 7) teve uma bela companhia.

Mas o que mais incomoda grande parte dos adeptos do FC Porto não é as nomeações, mas sim a passividade com que o FC Porto, nomeadamente os seus dirigentes, tem assistido a isto. «Porque é que ninguém diz nada?», perguntam muitos. A resposta é simples. O FC Porto, nos últimos 30 anos, falou quase sempre a uma só voz. Três grandes excepções: Pedroto, José Mourinho e Jesualdo Ferreira, que atacavam e contra-atacavam todas as semanas, fizeram uma acérrima defesa ao clube nas suas intervenções públicas. Quase não era necessário Pinto da Costa acrescentar mais nada.

Ora nos últimos 3/4 anos Pinto da Costa deixou de ser interventivo como em tempos o foi. O papel do presidente do FC Porto foi mais ao encontro de três pilares: mediação, supervisão e delegação de tarefas. Em suma, Pinto da Costa estava a ensinar o FC Porto a gerir o dia-a-dia sem ele. Algo que o levou a dizer em 2012 «está na altura do clube ganhar sem mim». O presidente resguardou-se cada vez mais, as aparições públicas são menos frequentes, as entrevistas também. Para ler uma bicada, só ocasionalmente na Revista Dragões. Actualmente Pinto da Costa já admite avançar para o 14º mandato e no último verão teve um papel activo na reconstrução do papel e nas mudanças na SAD. Mas quanto à postura pública permaneceu tudo na mesma linha: silêncio. Como o FC Porto sempre falou a uma só voz, não estamos habituados a reagir se não for o presidente a fazê-lo, excepção feita aos comunicados no site (alguns bem lançados, como a necessidade de varrer a porcaria, outros absurdos, como a estátua Cosme Damião). Se Pinto da Costa não fala, quem falará? Antero Henrique? Adelino Caldeira? Urge rever a estratégia de intervenção e aparição pública.

E voltamos a Bruno Paixão. Nos últimos 6 jogos com Paixão, o Benfica ganhou 5 e empatou 1. E empatou esse jogo porque Cardozo conseguiu falhar um penalty no último minuto contra o Gil Vicente. Não podemos tirar directamente a ilação que esses jogos foram ganhos por causa do árbitro. Só quero é compreender que tipo de Conselho de Arbitragem mantém um árbitro que é excelente para apitar o Benfica, mas não serve para apitar o FC Porto. Como?

FC Porto sem paixão há 3 anos;
Benfica invicto desde então
Nos últimos 3 anos, desde o assalto à mão-armada em Barcelos que deu a única derrota a Vítor Pereira, Bruno Paixão não apitou nenhuma vez o FC Porto. E apitou 6 o Benfica. Há mais: nos últimos 2 anos, também não arbitrou nenhuma vez o Sporting. De que serve ter um árbitro que só serve para arbitrar 1 dos 3 grandes? Eu sei para o que serve: serve os interesses do único clube grande que apita.

E com isto vamos a João Capela, o árbitro com quem o Benfica nunca sofreu golos (em 11 jogos!). Já conseguiu manter a baliza mais vezes a zeros do que o Roberto! Quanto ao FC Porto, nos últimos 5 jogos com João Capela... ganhou um. Sim, apenas um, em Setúbal. De resto derrotas contra Braga, Nacional, Académica e um empate contra o... Marítimo, nos Barreiros.

Depois de olhar aos números de Bruno Paixão e João Capela, uma questão difícil de colocar: porque é que o Sporting tem a capacidade de vetar os árbitros que considera benfiquistas, mas o FC Porto não?

Há um ano, no jornal do Sporting, foi dito que o clube recusava 4 opções para arbitrar o derby com o Benfica: Duarte Gomes, Manuel Mota, João Capela e Bruno Paixão. O Sporting disse que se tratavam de árbitros «reconhecidamente benfiquistas» e que «sistematicamente prejudicam os seus rivais». Nenhum dos árbitros, nem sequer a APAF ou o CA, decidiu usar o direito de resposta. Por isso, se uma afirmação grave como foi a do Sporting era mentira, só restava desmentir. Como não foi desmentido, assumamos que é verdade.


Dito isto, depois do Sporting ter rejeitado estes 4 árbitros...

Quantas vezes João Capela voltou a arbitrar o Sporting? Zero.
Quatas vezes Bruno Paixão voltou a arbitrar o Sporting? Zero.
Quantas vezes Manuel Mota voltou a arbitrar o Sporting? Zero.
Quantas vezes Duarte Gomes voltou a arbitrar o Sporting? Uma.

O Benfica tem a capacidade de ter toda a sorte nas nomeações e pertencer aos felizardos 5%. O Sporting, pelos vistos, tem a capacidade de expor publicamente as cores clubísticas dos árbitros e com isso praticamente evitar todos eles durante um ano inteiro. E o FC Porto, no meio de tudo isto, como fica? Calado na Capela, com memórias de como Pedroto se insurgia aos roubos de igreja há 30 anos.

Não podemos evitar que este seja o campeonato do colinho. Mas podemos e devemos evitar que este seja o campeonato em que o FC Porto ficou a assobiar para o lado, à espera que Lopetegui e os jogadores recuperem daquilo que não podem controlar. Os adeptos já deram o seu grito de revolta. Lopetegui e os jogadores estão a crescer e a vencer. Falta o resto, FC Porto.

25 comentários:

  1. Excelente. Já vai, com a devida referência, para o meu facebook.

    Cumprimentos.

    ResponderEliminar
  2. O problema está, precisamente, no facto do clube estar calado. Parecemos um bando de masoquistas que gosta de levar porrada.

    E este excelente trabalho não devia ser feito pelo Tribunal do Dragão, ou qualquer outro blog. Era o clube que se devia chegar à frente. Porque, por muito importância que um blog possa ter, nunca terá a força e o impacto do clube.

    ResponderEliminar

  3. concordo com tudo obviamente. só quem não sofrer de Amor pelo azul-e-branco é que irá discordar.

    só uma achega:
    Jesualdo Ferreira defendeu o Clube como poucos pois, nessa altura, o nosso Grande Presidente estava suspenso por um ano e uns trocos, por causa do processo 'Apito Final', instaurado pelo bosta do Ricardo Costa.

    abr@ço
    Miguel | Tomo II

    ResponderEliminar
  4. Excelente post, mais uma vez. Confesso que, por momentos, pensei que fosses o meu pai dado que ele está sempre a dizer +- isso! lol
    Eu concordo que Pinto da Costa deve começar a retirar-se lentamente, o que acho é que falta um líder definido para o substituir! Ele próprio poderia sugerir alguém ! Quando ele se cala ninguém tem essa iniciativa e isso só nos prejudica.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se calhar até é! Aconselho-te a fazer o teste de ADN.... lol

      Eliminar
    2. O TDD não me parece que tenha idade para ser meu pai ! lool
      Só mesmo por isso é que não faço o teste!

      Eliminar
  5. Dos melhores posts que já li aqui. E nem gosto de discutir arbitragens, mas há limites.

    ResponderEliminar
  6. Bravo, bravo, subscrevo e sublinho!

    Abraço,

    Jorge Vassalo | Porto Universal

    ResponderEliminar
  7. Estou farto disto, o FCP não diz nada, prefere estar calado. Eu gosto muito da nossa equipa e estou de alma e coração com ela à espera que ganhe, mas recuso-me a voltar a ver jogos depois desta nomeação.
    Quando alguém se pronunciar, eu voltarei a ver o FCP, até lá sinto muito mas para mim basta!

    ResponderEliminar
  8. Autor do blog, quem seria para ti o presidente ideal para o Porto?
    E porque é que achas que quando o Pinto da Costa se cala ninguém se chega "à frente"?

    ResponderEliminar
  9. Resta dizer que és um génio TDD.

    Nunca deixes de escrever pf.

    ResponderEliminar
  10. É notório que, de há uns anos a esta parte, existem 2 tipos de carreira para os árbitros em Portugal: ajudam os vermelhos ou vão para baixo.
    São testados na Liga normalmente em jogos de afiliados em Aveiro ou na Madeira, antes de serem postos a teste directamente na Luz. Se passam o teste, tornam-se regulares, senão vão bater ao CNS outra vez, não é verdade sr. Pacheco?

    De 9 árbitros internacionais, só o Capela e o Xistra servem para arbitrar jogos deles. Bruno Esteves, Jorge Ferreira, Manuel Mota, Nuno Almeida, Manuel Oliveira, Rui Costa, Paixão, esses sim é que são bons. Preenchem a agenda toda em ciclo e quando é preciso algum para os clássicos, colocam-se os já condicionados: Jorge Sousa pelo passado que se diz ter e Proença pelo passado que lhe imputaram.

    Aliás, o caso do Proença acabou por funcionar a bem do futebol português. Num jogo em que vimos Cardozo a jogar vólei dentro da sua própria área, ele acaba por ser "banido" pela sua própria equipa por um erro milimétrico do seu auxiliar. Acredito que Vítor Pereira tenha vindo a público criticar Proença porque sabia da sua reforma e tem medo de ser substituído por alguém que foi crucificado sem ter culpa. Alguém que tenha interesse em acabar com esta vergonha que reina no CA.


    AA

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro AA,
      excelente comentário, com muito conteúdo interessante.
      Gostei particularmente de ficar a saber que dos 9 internacionais, so 2 apitam a equipa do regime.
      Permita-me apenas que acrescente que nesse mesmo jogo em que como diz e bem, que o Proença foi banido pelo seu próprio clube do coração, além do lance de vólei de Cardozo (que Proença vê perfeitamente, conforme mostram as imagens da tv), há outro lance na 1ª parte de um penalti evidente do Luisao sobre o Lucho, pois isto não é encosto de ombro! Mas o universo vermelho e a imprensa amiga trataram de branquear os 2 penaltis e transformar o fora de jogo milimétrico no lance que deu o titulo ao Porto.
      Não nos podemos calar nunca! E o que se passa este ano merece o mesmo. Nao nos podemos calar nunca!
      https://www.youtube.com/watch?v=HoP5t3x6be4

      Eliminar
  11. Olá
    Valha-nos o Bernardino Barros e o Porto Canal, entre outros.
    Pena mesmo é não chegarem a «muita gente».
    Até a larga maioria dos «paineleiros» do FCPorto que participam nos programas desportivos deixam muito a desejar pela impreparação que revelam.
    Cumprs
    Augusto

    ResponderEliminar
  12. Acredito que este silêncio se deve porque a direcção está com grande confiança na equipa e no treinador, e que vão conquistar o campeonato!
    Também é verdade que o FC Porto está a apoiar a liga e a esforçar-se para credibilizar a liga.
    No fundo estão a tentar ter uma postura correcta no futebol..
    Mas realmente já estão a aconteceu coisas a mais para continuar com este silêncio.

    ResponderEliminar
  13. Nem sempre estou 100% de acordo com os seus textos, (o que só pode ser considerado normal pois não temos todos de pensar da mesma forma sobre todos os assuntos). Mas hoje estou absolutamente alinhado. Texto perfeito, desde o escândalo desta nomeação de duplo ás de trunfo na mesma jornada, ao silêncio enervante dos nossos dirigentes.

    ResponderEliminar
  14. O Vítor Pereira , no segunda época cumpriu e bem todos os parâmetros comunicacionais e defendeu o clube das circunstancias (negativas) que todos conhecemos, como poucos.

    Sem ter melhor ( e não era fácil) hoje é claro que o FCP só perdeu com a sua saída.

    ResponderEliminar
  15. EXCELENTE POST!!!!!!

    E que tal colocar no facebook, partilhar,...temos as redes sociais â mão do adepto anónimo!! Não podemos esperar pela nossa SAD!!

    Pedro

    ResponderEliminar
  16. Isto é uma afronta ao nosso grandioso FCP, acho que as claques tem um papel muito importante nesta situação, levem lençois para as bancadas para divulgarem esta pouca vergonha. Cumprimentos

    ResponderEliminar
  17. Pegando neste excelente post sobre arbitragens (também não sou dos que vêem em cada árbitro um gatuno, mas que os há, há!), e que tal uma sondagem levezinha na bluegosfera sobre o sucessor do nosso grande presidente?
    Fica lançado o repto e não vale nomes como Vitor Baía e António Oliveira....

    ResponderEliminar
  18. Ora bem que nem de propósito... E ainda vamos no intervalo.
    Cosme Machado consegue, em 10 minutos, expulsar Reyes com 2 faltas, deixar o bracarense que pisa a mão de Evandro 2 minutos depois em campo, não expulsar o Sasso por uma falta pior que a do Reyes no minuto seguinte e ainda expulsar o Evandro por dar um toque na bola.

    Admito que quem tem responsabilidade no departamento da comunicação da SAD deve ter uma paciência de 3 santos, porque não sair ao ataque depois deste jogo é dar permissão para qualquer coisa.


    AA

    ResponderEliminar
  19. Fui obrigado a mandar um mail a SAD :Boa noite, venho pedir a SAD do meu clube para tomar uma posição clara sobre o que se passa na arbitragem portuguesa, isto é muito grave , o andor vermelho no seu melhor , no campeonato ao cabo de 16 jornadas...é o que se vê... Esta noite assisti a uma arbitragem vergonhosa do Sr cosme machado , isto nao pode continuar...! Para o proximo fim de semana as nomeações...é coisa de loucos! Bruno paixão em paços e o sr capela...para o maritimo x fc porto?! De capela nao tem Nada aquilo jà nao Sao roubos de igreja como dizia pedroto...é roubos de catedral para a catedral...!! Chegou a hora de dizer basta! Nao podem faltar ao respeito ao nosso clube !! Muito obrigado ! Delfim martins socio numero 84799

    ResponderEliminar
  20. Penso que isto era o que precisavamos neste momento dificil, este blog esta feito com muito profissionalismo .
    Se eu ja andava muito desconfiado ontem fiquei com a cert eza de que algo anda programa do para roubar o nosso clube.
    Que o nosso Presidente e o nosso treinador estejam orgulhosos dos nossos 9 herois nos adeptos tambem estamos ,e muito , muito orgulhosos defenderam um verdadeiro clube Portugues quase ate ha morte ,so tenho Pena nao ter havido alguem que entrassespelo relvado dentro e partisse os queichos ao CROMO com um apito na boca.
    Eu Sinceramente espero que os dirigentes nao deixem passar isto ao esquecimento e que batam o pe em Lisboa , somos grandes de mais para sermos umilhados Pelos CROMOS deste Pais,se nao houver reacao da nossa parte receio bem que seja a volta Aos anos 60s.

    ResponderEliminar

De e para portistas, O Tribunal do Dragão é um espaço de opinião, defesa, crítica e análise ao FC Porto, que aborda a atualidade desportiva e financeira de clube e SAD, bem como do futebol português.

Quem confundir liberdade de expressão com injúria, insulto, mentira ou difamação não passará pelo lápis azul. Todo o spam será apagado. Comentários anónimos são susceptíveis de não serem publicados. Nicknames são permitidos.