quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

O que vale um clássico e Lopetegui (texto de opinião de Pinto da Costa incluído)

A época 2014-15 é particularmente importante para o FC Porto por dois motivos: responder desportivamente a uma das piores temporadas da era Pinto da Costa; recuperar financeiramente do maior prejuízo da história da SAD e sustentar o maior orçamento de sempre. Normalmente, a vertente desportiva e financeira estão interligadas no FC Porto. Mas não necessariamente este ano.

Com o apuramento para os 1/4 na Champions, caso se confirme, o FC Porto supera as expectativas orçamentais e na Champions supera também as desportivas. No que toca ao campeonato, vencer o clássico no Domingo deixa o apuramento directo para a Champions 2015-16 praticamente garantido. Simultaneamente, o principal activo do FC Porto mantém-se com cotação alta (Jackson Martínez), outros valorizaram-se nos últimos meses (Danilo, Herrera, Brahimi) e começaram a aparecer nomes de presente e futuro (Rúben Neves e Gonçalo Paciência os principais rostos). Financeiramente, está tudo encaminhado para os objectivos serem cumpridos.

Em termos de campeonato. Do último 11 que foi campeão nacional o FC Porto só mantém 3 titulares (Danilo, Alex Sandro e Jackson). O Benfica mantém mais (Maxi, Luisão, Salvio, Gaitán e Lima). O Benfica mantém o mesmo treinador há quase 6 anos, o FC Porto mudou a equipa técnica. Em termos de investimento, os custos operacionais, despesas com pessoal e investimento em contratações são pouco superiores aos do Benfica. O Sporting, como é defendido desde o início, não tem treinador, plantel e estrutura para competir a curto prazo com Benfica e FC Porto. Pode intrometer-se na luta pelo título (tirou pontos aos 2), mas não ser campeão.

Depois há os factores externos, que Lopetegui e os jogadores não podem controlar. Psicologicamente, é extremamente desgastante andar jornada após jornada a tentar recuperar do prejuízo, sabendo que do outro lado não deixam cair quem treme. Que os adeptos do rival procurem sobrepôr o mérito às circunstâncias, é normal. Que os portistas ignorem as circunstâncias na hora de avaliar o mérito do FC Porto, não.

Fonte: zerozero.pt
Olhando para esta tabela, o FC Porto tem o melhor ataque desde os anos do penta e uma das melhores defesas dos últimos 20 anos. Podemos falar nos pontos perdidos contra o Boavista ou contra o Marítimo, mas podemos resumir tudo isto a um jogo: o clássico com o Benfica. Ganhando, teríamos o melhor ataque dos últimos 20 anos, uma das melhores defesas nesse período e ainda a liderança isolada, frente a um dos Benficas mais fortes das últimas décadas. E por força não falamos necessariamente de qualidade de jogo ou de plantel. De todo. O tempo dos campeonatos em piloto automático, com dois dígitos de pontos de avanço, acabou.

Isto diz tudo da importância de um clássico. Domingo há que ganhar, pois é a única forma de continuar a lutar pelo título. Financeiramente, ganhando ao Sporting os objectivos ficam praticamente todos cumpridos. Mas isso não é desculpa para se continuar a assistir serenamente ao assalto desportivo na temporada 2014-15. Lá porque financeiramente estará tudo cumprido, não significa que desportivamente as coisas não possam ter uma nota negativa. Sobretudo face à passividade com que a SAD tem assistido ao desenrolar da época. 

O objectivo do FC Porto ainda é, ou devia ser, o sucesso desportivo, não o financeiro. A componente financeira ajuda a reforçar as condições para o sucesso desportivo. E o sucesso desportivo por sua vez retribui com activos para reforçar a condição financeira. Está tudo interligado. Esta época, o FC Porto pode cumprir os objectivos financeiros e ficar curto nos desportivos. Poderá ser considerada uma época bem sucedida?

Há dois objectivos fulcrais para já. Um é ir aos 1/4 da Champions, o que seria um atestado de qualidade para Lopetegui e para o plantel. No Campeonato, ninguém pode excluir da equação como foi forjado o líder ao fim de 22 jornadas. Em condições normais, o FC Porto seria líder. Mas isso não invalida que seja necessário fazer um pouco mais, a começar por vencer o clássico de Domingo. É que 4 clássicos consecutivos sem vencer, 3 deles no Dragão, torna-se difícil de justificar.

O projecto de Lopetegui não se esgota numa época. Se é um projecto de 3 anos, o treinador não pode ficar refém do saldo do primeiro ano, sobretudo dadas todas as circunstâncias já enumeradas acima. Há um motivo para o FC Porto estar a disputar a passagem aos 1/4 da Champions, invicto, enquanto o líder do campeonato português fez a sua pior Champions de sempre. E não é apenas, nem sobretudo, devido à diferença de qualidade entre as equipas nas fases de grupos. 

Sendo cedo para fazer o balanço desportivo, Lopetegui já deu provas mais do que suficientes da sua valia. É verdade que desconhecia o futebol português, abusou da rotatividade e não consolidou o sistema no início. Mas o que se tem visto desde então é um treinador a adaptar-se às circunstâncias e a evoluir.

Conhecimento do futebol português? Existe cada vez mais, daí a contratação de Sérgio Oliveira, Hernâni e André André. Aposta na formação? Muito acima de qualquer outro treinador neste contexto (no verão teremos cerca de 10 portugueses, pelo menos, a fazer a pré-época). Rotatividade? Acabou. Tanto que o melhor central, Martins Indi, não entra no 11 pois Marcano e Maicon estão a atravessar uma boa fase e mexer na dupla de centrais é sempre delicado. Espanholização? A nacionalidade não obedece aos seus critérios de escolha, tanto que Andrés e Campaña quase não são opção. Discurso? Começou por ser cordial, mas percebeu que mais ninguém iria defender o FC Porto do que tem sido a desvirtualização da Liga; mudou o discurso, passou a contra-atacar e marcou uma posição firme, cada vez mais identificado com o que precisa de ser um treinador do FC Porto (daí que seja cada vez mais um alvo). Gestão de balneário? Sem casos, sem indisciplina, a ponto de dizer quem sabe que Quaresma é hoje um dos melhores profissionais do FC Porto e que não há quem não leve os treinos a sério (coisa que não é tão simples como possa aparentar). Qualidade de jogo? Podia ser melhor. Mas a apresentada é suficiente para estar na luta pelos 1/4 da Champions e devia ser suficiente para liderar o campeonato. Para primeiro ano e dadas todas as circunstâncias, é um nível bem aceitável. 

Na próxima época será melhor. Domingo é dia de dar mais uma forte razão para acreditar nisso.

PS: O Tribunal do Dragão partilha abaixo o texto de opinião de Pinto da Costa, via JN, que sairá na próxima Revista Dragões e que merece subscrição quase total. E sobretudo que lhe deem eco.

13 comentários:

  1. Então podemos assumir que André André é uma certeza para a próxima época?

    Acho que Lopetegui tem convencido cada vez mais os adeptos, ao longo destes últimos meses tem-se ouvido menos críticas, uma vez que o seu esquema tem sido melhor assimilado pela equipa. Concordo plenamente com a o tópico "Espanholização?"), ao início estava um pouco renitente face a tantos espanhois, mas só jogam os que, de facto, acrescentam alguma coisa à equipa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Lopetegui ainda nao convenceu por completo os adeptos por causa da derrota com os lampioes...se no domingo o nosso FCP perder muita gente vai pedir a saida dele vais ver

      Eliminar
  2. Com exceção do Andrés (desnecessário) e Adrian Lopez (caro e não justificou), os "espanhóis" parecem me todos contratações acertadas, até o campana mesmo jogando pouco, mostrou qualidade.
    Quanto a lopetegui, gosto do modelo de jogo, poderia estar mais afinado neste fase época mas considerando a sua 1' época e o plantel novo, compreende se.
    Se atingir mos os 1/4 final da Champions e assegurar mos a entrada directa penso que a época não será negativa apesar de ser "estranho" acabar uma época sem títulos mas como alguém dizia, ganhar a Champions é possível, já o campeonato...

    Neves

    ResponderEliminar
  3. .Talvez isto seja um pouco inventivo demais, mas que me parece plausível parece. Não puderá o silêncio da direção ter motivos estratégicos? É que se repararem, a direção está silenciosa mas claramente também não denota nenhum desagrado com a atitude do treinador, bem pelo contrário. Não puderá esta imputação ao Lopetegui desta responsabilidade ser uma maneira de tentar unir os adeptos a ele? Adeptos que como sabemos lhe torceram muito o nariz, e com razões: primeiro porque não se lhe descortinava no currículo experiência para estas danças, e depois porque os pisões inicias doeram, e alguns doeram bem. E uma coisa há que reconhecer, se era esse o intento, resultou, e de que maneira! Claro que também porque alicerçados numa equipa mais consistente e que menos estremece perante as dificuldades. Claro que há aqui muito wishful thinking, e há-o porque todas as outras hipóteses que me surgem que possam explicar este silêncio são bem mais negras e pressagiantes dum futuro muito desagradável e de poucos títulos..

    Jaime Silva

    P.S. - Hoje tive uma epifania e pensei que os meus comentários não estariam a ser publicados por não assinar. Espero que assim seja, também porque gostava de agradecer ao tribunal pelo vosso excelente trabalho e perguntar se me poderiam dizer onde conseguiram os dados estatísticos relativos aos jogos do benfas e do Nosso Clube com o Vitória?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É um bom ponto de vista, faria sentido se fosse um silêncio de hoje, mas como sabemos é um silêncio de à mt... ficaram "castrados" desde o Apito... e não vejo razões suficientes para tal... pelo contrário, sempr evi razões, para quem quem sabe mais que qq um de nós, deite cá para fora! Não o fizeram e com isso deixaram que o nome do nosso clube fosse mal tratado... pior, abriram a porta à canalhice que assistimos todos os fins de semana...

      Eliminar
    2. estatísticas oficiais da liga:

      http://matchcenter.wtvision.com/

      Eliminar
    3. Carrela, eu nem sempre presto grande atenção a futebol, pelo que não sei quão longo este silêncio tem sido, mas se de facto dura desde o apito dourado leva a prognósticos bem mais nocivos para nós...E tens toda a razão, falar do caso seria muito melhor, porque todos sabemos que havia ligações a todos os clubes, o problema é que ter toda a comunicação social contra nós tem estas desvantagens: há outros que se sentem à vontade para desmentir tudo porque as provas já não existem....Mas de qualquer modo, obrigado pelo site e pela elucidação!

      Jaime

      Eliminar
  4. Lopetegui está a satisfazer a maioria dos adeptos porque ainda estamos na luta, mas no próximo deslize no campeonato ou quiçá com o basel, nao faltarão vozes do contra. Mesmo que nao vença o campeonato (esta mais para isso do que para outra coisa) merece a continuidade. Como foi dito no texto esta muito melhor hoje do que quando começou.
    Se nos mantivermos assim podemos sempre que foi o campeonato da vergonha, se voltarmos a falhar por culpa própria ja é dificil explicar. Assim como falhar novo duelo com o sporting. So pode dar vitoria domingo.
    Ps: o ultimo paragrafo da cronica do presidente é incrível.

    ResponderEliminar
  5. Bem, hoje vou defender o Lopetegui. Ataquei-o quase desde inicio, e com razão, mas hoje retrato-me parcialmente.
    Ele cometeu vários erros na fase inicial e só depois daquela derrota estrondosa é que começou a carrilar para bons caminhos. Calculo que tenha existido um forte puxão de orelhas por parte da famigerada estrutura.
    Veio para Portugal aplicar uma tatica manifestamente espanhola, o 4 2 3 1, curiosamente o mesmo que o P. Fonseca aplicava, com os resultados que se viram. Embirrou com o Quaresma, o que até parece que lhe fez muito bem, e contratou montes de espanhois, o que até faz sentido, pois era os jogadores que ele conhecia, podemos é não gostar. Por fim, tinha um grande desconhecimento do futebol tuga e pensava que aqui ainda se jogava futebol com uma pedra, enganou-se.
    Dito isto, atualmente, gosto do nosso tipico 4 3 3 que tantas vitórias nos deu. Gosto do futebol de posse, mas pragmatico e dirigido à equipa adversário ( ainda pode melhorar muito ), Tem adquirido muito conhecimento do futebol portugues e está a preparar o FCP para o futuro com inteligencia. Aplaudo a apostas na formação com o R. Neves, Paciencia, Ivo. Aplaudo as contratações de Hernani, S. Oliveira e André André. Gostaria de ver o Raphael Guerreiro, Anthony Lopes e Rafa, mas será impossivel face aos valores e aos interessados.
    Independentemente do resultado que o FCP apresente no campeonato penso que o Lopetegui merece a continuidade na próxima época, ai sim, já em condições de mostrar o seu valor total.

    Quanto ás saidas, tal como já disse, eu vendia o Jackson, Herrera e Danilo. Tentaria a manutenção do Oliver. Tello tem pelo menos mais 1 ano e abdicava do Casemiro. E também importante, venderia/dispensava muito dos emprestados: Rolando, Abdoulaye, Licá, Kleber, Rolando, Bolat, Ghillas, C. Eduardo, etc. Tem que dar no minimo uns 12\15 milhoes.

    Joel

    ResponderEliminar
  6. Acho o futebol de Lopetegui muito melhor que o de VP of PF. Devo dizer que este ano voltei a acompanhar os jogos pela televisao com gosto. Antes aborrecia-me ver o fcp jogar mm com hulk, james, moutinho etc.
    Este ano ha uma dinamica muito mais agradavel para espetaculo. Receio e que o futebol portugues seja demasiado de retranca e que a tentativa de jogar bom futebol seja penalizada.
    Outro problema e que sem oliver a equipa nao consegue funcionar, e lopetegui vai provavelmente tentar brahimi nessa poscao este domingo.
    No jogo com o boavista nao consegiu progredir com bola pelo centro do terreno ja que Quintero teima em nao evoluir.

    Quanto as arbitragens: Temos que ganhar os nossos jogos, especialmente para os rivais. Julgo que a classificacao actual corresponde ao que os clubes fizeram ate agora. O fcp esta a crescer e pode ultrapassar o rival.

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  7. Julgo que este post vem um pouco cedo demais, tendo em conta que nem os 4ºs de final nem o segundo lugar estão ainda garantidos. Mas de qualquer maneira seria necessário existir um qualquer cataclismo para se abortar um projecto de 3 anos logo no final do 1º. Portanto o treinador será sempre para continuar na próxima época, aconteça o que acontecer. Se se confiou nele no inicio, não vai ser agora que se vai desconfiar, porque eu ainda acredito que sorriremos no final do campeonato.

    Permita-me agora caro TdD que lhe diga que tenho sentido não apenas aqui, mas nos portistas em geral, bem como no discurso do presidente uma certa resignação, parece que está tudo já a mentalizar-se para aquilo que será um benfica campeão devido às muitas ajudas.

    Ora eu creio que isso devia ser aproveitado para motivar ainda mais a equipa e os adeptos, Todo o clube aliás. POrque se eles vão à frente é apenas e só porque no FCP-SLB tudo nos correu mal e a eles tudo bem. Senão, nem com ajudas nem com meias ajudas. E creio que devia ser este o discurso. Se chovesse um qualquer castigo também não seria muito grave portanto creio que o nosso clube devia responsabilizar claramente a arbitragem pela inversão dos papéis, de forma e galvanizar o clube não deixando que a resignação se apodere de nós.

    Porque de facto neste momento, somos claramente a melhor equipa e será tremendamente injusto para este grupo se isso não se verificar na classificação ao fim das 34 jornadas.

    Um plantel de futuro, que a meu ver será o inicio de mais 5 ou 6 anos em que nos manteremos na linha da frente do futebol nacional e europeu, não tem a obrigação de ser campeão, tem o dever de lutar para ser campeão. E isso tem sido feito. Mas é sempre melhor ir ganhando...

    Para concluir, mesmo que nos próximos jogos percamos pontos, como é possível que aconteça tendo em conta os adversários que iremos defrontar, não podemos desesperar, porque há-de vir um dia em que os lamps não terão a mãozinha por baixo a segurar e vão cair e nessa altura vamos cair-lhes em cima. Se não me engano o penultimo jogo deles é em guimarães, quem sabe se o ivo o sami e o otávio não dão o mesmo jeito que deram kelvin e atsu em rio ave... Faltará sempre ganhar na luz, mas como temos provado ao longo da história isso não é de todo impossivel. Aliás não acontecerá outro jogo igual ao da primeira volta durante muito tempo, por isso vamos a eles que desta vez a bola vai entrar.

    Mais um vez obrigado por continuar a prestar um excelente serviço ao nosso clube, espero que assim continue.

    Cumprimentos

    João Reis

    ResponderEliminar
  8. Não haverá nenhum portista, como eu, que não subscreva a crónica do Presidente, no entanto, penso um pouco pior. O que se deve pensar quando, jornada após jornada, se beneficia um e se prejudica outro de forma reiterada, visível e controlada? Deve-se pensar em "errar é humano" ? Porquê haver árbitros, denunciados como benfiquistas pelo Sporting, que arbitram o Porto e não os de Alvalade? A minha opinião é esta: erra-se prepositadamente, Vítor Pereira é neste momento um fantoche e a nossa Sad comporta-se, aparentemente, de um modo incompreensível, pelo menos para mim! E lembro-me muito bem de haver anos onde fomos mais beneficiados mas nunca, nunca, desta maneira. Vejam o comportamento, ontem, com a "B". Não ficarei admirado se, um dia destes, houver uma sarrabulhada das antigas. Domingo é mais uma final mas acredito muito.

    ResponderEliminar

De e para portistas, O Tribunal do Dragão é um espaço de opinião, defesa, crítica e análise ao FC Porto, que aborda a atualidade desportiva e financeira de clube e SAD, bem como do futebol português.

Quem confundir liberdade de expressão com injúria, insulto, mentira ou difamação não passará pelo lápis azul. Todo o spam será apagado. Comentários anónimos são susceptíveis de não serem publicados. Nicknames são permitidos.