quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

(Ir)relevância

Nem 2, nem 4, nem 6. Não há um valor mínimo para que a SAD seja obrigada a declarar as suas transferências de jogadores à CMVM. A regra é algo interpretativa: devem ser declaradas todas as «informações relevantes» na perspectiva do mercado.
A relevância no mercado

O que é uma informação relevante? Por exemplo, receber um jogador internacional do Real Madrid ou do Barcelona emprestado. Foi por isso que a SAD declarou Tello e Casemiro à CMVM. O que é irrelevante? Receber um jovem da Sampdoria ou do Atlético por empréstimo, nomeadamente Campaña e Óliver, que não foram declarados.

Nas transferências a título definitivo, ainda mais ambíguo. O FC Porto investiu 5M€ na totalidade dos passes de Evandro e Marcano, mas não foi declarado no momento da compra. O FC Porto contratou um jogador avaliado em 7,5M€, Otávio, por 2,5M€ por 33% do passe (agora a SAD só tem 32,5%), mas também não foi prestada informação. Em Aboubakar foi investido pouco mais a curto prazo (3M por 30%), mas neste caso já foi declarado à CMVM. Uma curta nota: nada disto invalida que o FC Porto ainda tenha a SAD dos 3 grandes que melhor informação presta em Portugal. De longe.

E com isto chegamos a Hernâni. Uma contratação irrelevante para o mercado. Ou era isso que se julgaria até o FC Porto emitir um comunicado que parece conter bastante relevância. É verdade que desmente que a transferência tenha batido nos 4M€. Atenção que desmente «o valor de aquisição», não a avaliação total do negócio. Sintaxe, sintaxe. Otávio também só custou 2,5M€, mas foi avaliado em 7,5M€, embora isto também não seja sempre proporcional. E o Guimarães, de recordar, na altura da venda de Ricardo ficou com direito a 20% de um menino que recentemente renovou até 2019 e em quem o FC Porto acredita muito.

Mas a informação mais relevante é esta, transmitida hoje num comunicado do clube: «Como a maior revelação da primeira metade da Liga não quis assinar pelos clubes predilectos destes dois jornais então diz-se que foi caro, muito caro».

Recapitulando: o FC Porto contratou a maior revelação do campeonato e Hernâni rejeitou Benfica e Sporting para poder assinar por nós. É a própria SAD quem o diz. Como é que isto não é relevante, é a questão que fica. Em 2010, Ruben Micael estava a ser a maior revelação do campeonato. Esteve quase a assinar pelo Sporting, o FC Porto antecipou-se e contratou-o por 3 milhões. Foi relevante? Foi, daí que tenha sido comunicado à CMVM.

E acontece que nem sempre os relatórios trimestrais ou anuais esclarecem todas as dúvidas (a entidade reguladora pode sempre pedir esclarecimentos, claro). Por exemplo, a contratação de Andrés Fernández. Aqui vemos o Osasuna a garantir que o vendeu por 1,6 milhões. No R&C do 1º trimestre, o FC Porto declara 7 contratações (Indi, Ádrian, Marcano, Evandro, Otávio, Aboubakar e Brahimi), não refere o nome de Andrés Fernández e diz que teve custos com «outros jogadores» de 1,175M€. Tendo em conta que Andrés só podia ser incluído ali, algo não bateu certo. A direcção do Osasuna mentiu? A avaliar pelo nosso R&C, Andrés foi mais barato do que o que o Osasuna diz. Então porquê a ofensa quando A Bola e o Record dizem que o Hernâni foi mais caro, mas se são dirigentes do clube vendedor a dizer que o FC Porto pagou mais do que a realidade no pasa nada? A imprensa especular e errar é normal. Dirigentes de clubes vendedores mentirem sobre negócios com clubes cotados em bolsa? De normalidade nada tem.

A SAD esclarece que ficaremos a conhecer os devidos detalhes do negócio Hernâni no 3º trimestre de 2014-15, o que é óptimo, ainda que nada disso invalide o mais importante: independentemente do negócio ter ou não relevância no mercado, Hernâni veio para ser relevante no plantel.

PS: Ádrian López fora da lista para a Champions. Apenas mais uma resposta cabal de que os critérios de Lopetegui não obedecem a preço, nacionalidade ou a quaisquer outros factores externos ao rendimento dentro de campo. Hernâni tem entrada directa na lista pois tínhamos uma vaga para jogadores formados localmente aberta, então Lopetegui sente que é mais vantajoso reforçar a defesa, neste caso com Reyes. E sente bem. No caso de Andrés Fernández, que não pode entrar na vaga de Ricardo Nunes, só tem a ganhar se for emprestado a um clube de um campeonato mais periférico, onde pelo menos jogue com regularidade. Croácia? Suíça? Roménia? Ainda há tempo para decidir.

23 comentários:

  1. Se os critérios do Lopetegui não obedecem a questões externas ao rendimento dentro de campo, porque razão o Casemiro é sistematicamente titular?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Talvez por Lopetegui entender que no curto prazo o Casemiro dá mais à equipa, enquanto Ruben Neves dará mais no médio-prazo. Podemos discordar, mas também podemos compreender. Uma coisa não incompatibiliza a outra.

      Eliminar
    2. nao sabemos dos treinos por exemplo, muita coisa se passa durante a semana e durante os jogos que não sabemos.. o casemiro tem o lugar mas nao acredito que seja cativo!

      importa lembrar que exceptuando raras excepçoes como jackson fabiano dani e indi todos têm lutado por lugares

      Eliminar
    3. @Tribunal do Dragão, se temos visto os mesmos jogos não podemos nunca achar que o Casemiro dá mais à equipa em alguma circunstância, já fez jogos perto do razoável, já marcou um grande golo, mas no geral desde que cá chegou que a mediocridade tem sido a ordem do dia...o Ruben Neves já provou em menos jogos que é superior e se o Campaña não chega para sentar o Casemiro, então gostava de saber porque é que o Porto não foi buscar um médio defensivo neste mercado de inverno em vez do Hernani...

      @Daniel, ele nos treinos até pode ser um Yaya Touré...e ele é uma dessas exceções, se tem lutado pelo lugar então disfarça bem.

      Eliminar
    4. Isso nao é verdade. O casimiro ainda no ultimo jogo quando saiu vimos o Paços a crescer com muito mais espaço para jogar com o ruben. O Casimiro fecha melhor, é melhor nas dobras. O Ruben é muito melhor a distribuir jogo e a atacar, é isto que eu acho, nao ha lugares cativos

      Eliminar
    5. O Casemiro dá mais "cabedal" ao meio campo que o Rúben dá...

      O Rúben dá classe, passe, visão de jogo, saída de bola, mas quando é necessário dar "pau" e assustar os adversários, o Rúben ainda lhe falta a "maldade".

      Contudo, em jogos em casa, o Rúben deveria ser sempre titular na posição 6 e em jogos fora, aceitava-se a titularidade do Casemiro.

      Eliminar
  2. Desta vez não concordo nada com o teu post. Qual a relevancia mesmo ? Corporacionismos só ficam mal Drac.. Ainda por cima quando dizes " A imprensa especular e errar é normal " só pode ser para rir.. Ate parece que estes animais erram por mero descuido ou engano, até parece que não fazem uma campanha diaria, de decadas, de insinuações, ultrajes, mentiras e puro ódio. A unica critica que pode haver a fazer ao comunicado, é que começamos a despertar já muito tarde nesta epoca. A unica coisa apontar, é o tempo que estivemos a dormir até agora. Tudo o resto que seja contra estes pseudo jornalistas nunca é demais.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. «Anónimo»,

      Para concordar ou discordar é preciso haver opinião. Neste caso não se trata de um texto de opinião, mas sim uma reflexão e uma questão sobre onde começa e onde acaba a relevância no que toca às informações prestadas pela SAD. Não se trata de corporacionismos, como diz, mas sim uma questão que há muito levanta dúvidas na bluegosfera, como aquela velha história errada de que só se tem que declarar à CMVM as transferências a partir de X valor. «A imprensa especular e errar é normal». Sim, normal, de norma. Tal como por exemplo Evandro foi anunciado por um milhão e picos na imprensa e custou o dobro.

      Abraço

      Eliminar
  3. Estava convencido que era a partir de 3 milhões que era preciso declarar à cmvm, obrigado pelo esclarecimento

    Em relação ao Adrian ou muito me engano ou depois desta exclusão no fim da época vai embora. Se o Mendes não tem problemas em arranjar clube para o chiclas.........

    ResponderEliminar
  4. a questão é que o Hernani não serve para nada. É um jogador de profundidade quando em 95% dos jogos os adversários estão atrás da linha da bola. Funcionava em guimarães quando havia espaço. No 1x1 é fraco e define mal a finalização. Portanto vai-nos dar muito trabalho formatar este jogador com 23 anos quando o Ricardo é um produto quase acabado.

    Uma contratação desnecessária, uma vaidade de alguém na prospecção. E há tantas na equipa B. Quem é que trouxe o Sami? Porque razão não se vendeu já os 30% do africano Aboubakar que é um jogador caríssimo para entrar o Paciencia? Porque é que o Pavlovski anda a tapar o Podstawski?

    Pois é, os de fora são sempre bons. É preciso continuar a fazer girar a roleta das comissões.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se há jogador que tem correspondido os poucos minutos com golos é Aboubakar. E com a mais que previsível saída de Jackson no final da época, não podemos ficar dependentes de um miúdo da B para o ano seguinte. Quando delegamos as responsabilidades de "ser Falcão" num miúdo chamado Kléber, sabemos o que aconteceu.

      Eliminar
    2. lembrei-me do Djalma que foi no seu tempo, a revelação do campeonato no marítimo... vai no 3º empréstimo a um clube imprununciável da turquia.

      Eliminar
    3. Haja pachorra... Ainda assim, tentemos:
      a) Parabéns pelo conhecimento profundo que tem do rapaz, sim senhor. E já agora, porque é que lhe parece que o Ricardo é melhor no 1x1 que o Hernâni? E o Ricardo não é um jogador de profundidade? Por fim, não será o senhor um daqueles prontinhos a esfarrapar as vestes se jogarmos com Brahimi e Quintero nas alas? É que lá se vai a profundidade...
      b) Antes de abrir a goela, informe-se. É que caso contrário, acaba a dizer coisas sem sentido. Um exemplo absurdo: ah e tal, porque anda um médio ofensivo estrangeiro a jogar no lugar de um médio defensivo português? Ai, espera, mas você disse mesmo isto! Ops...
      c) Por fim, tenha lá Paciência e deixe o miudo crescer mais um bocadinho. Ah, e no processo, aproveite para não bater no mais eficaz dos nossos avançados. Isso, o Abudabi, ou Babar, ou lá como se chamará, que você não é de ir à bola. Certo?
      Desculpe lá o TdD o fel, mas é irritante isto...
      Cumps.

      Eliminar
    4. Cuidado com as verdades absolutas, pois elas não o são.

      Nem o Hernâni "não serve para nada", nem as falhas que lhe aponta correspondem à realidade.
      Depois, o Pavloski estar a tapar o Tomas é o mesmo que dizer que Casemiro tapa o Quintero. São jogadores diferentes para posições diferentes, e considerando que o sérvio fez este fim de semana o seu primeiro jogo completo, é descabido achar que está a tapar seja quem for.

      Que me lembre (excepção feita ao Rossato), não me lembro do Porto contratar jogadores para os vender de imediato como você quer que se faça ao Aboubakar. Deixe o camaronês onde está, acredite que lhe dará ainda muitas alegrias.


      Caro TdD, a informação mais relevante (e infeliz) que acabo por encontrar aqui é:
      "E o Guimarães, de recordar, na altura da venda de Ricardo ficou com direito a 20% de um menino que recentemente renovou até 2019 e em quem o FC Porto acredita muito."


      AA

      Eliminar
  5. Lá foi preciso explicares uma segunda vez...
    A contabilidade financeira na faculdade lá me vai safando nestas matérias mas de qualquer forma este "mito" é absurdo, basta alguma lógica para perceber.
    As transferências no futebol não são um joguinho para animar a cs, são negócios em grande escala, e nós somos uma sociedade anónima e como tal estamos cotados em bolsa, tem de haver uma entidade reguladora e os accionistas e o mercado em geral têm de se poder informar sobre informações relevantes, ou seja, que o afetem minimamente.
    Se o Ronaldo viesse por 5 euros tinha de ser comunicado, se o André André vier por 8M, em principio nada justifica que o seja, a menos que por qualquer razão a CMVM o exija.

    Sem certezas, penso que tudo o que disse está correto, mas qualquer correcção é bem vinda.

    Continuação, abraço.

    ResponderEliminar
  6. Já reparei que não és o maior apoiante na contratação do Hernâni. Eu também acho que não era o sector mais importante a reforçar, mas também temos que ver que é um jovem com grande potencialidade e que o Tello é emprestado, o Quaresma já não vai para novo e o Ricardo vai ser lateral direito.

    A questão da relevância, acho que o FCPORTO devia emitir sempre os contornos de todos os negócios, mas já sabemos que nunca vai ser assim.

    ResponderEliminar
  7. Boas.

    OK, para o Porto não tem relevância mas para o Vitória tem muita relevância, foi transferido um dos seus melhores jogadores por um valor importante tendo em conta o seu orçamento.

    O Vitoria não seria obrigado a revelar o valor da transferência?

    Sobre o jogador... tem potencial, agora se tem qualidade para ser uma 1ª opção, tenho muitas duvidas.

    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho impressão que o Vitória não está cotado em bolsa logo não tem de prestar informacoes a CMVM.

      Mas posso estar errado.

      Eliminar
    2. Não porque não está cotado em bolsa..

      Eliminar
  8. Chamar ao Hernâni o maior destaque do campeonato não corresponde à verdade, na minha opinião. Há outros jogadores que são maiores revelações e são até mais novos.
    MEnckiona

    ResponderEliminar
  9. Todo o jogador que o nosso Clube contrate, é motivo para malhar! que bota abaixo crónico pá!

    Apoiem... Todos a Moreira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os portistas são bons é na critica.

      Eu sentadinho no sofá também faço tudo direitinho.

      E a VIDA NÃO é Quimicamente pura.

      Eliminar
    2. E não duvido que se este rapaz tivesse ido para um clube da 2ª circular estava tudo a maldizer os dirigentes por terem deixado fugie uma promessa lol...enfim

      Eliminar

De e para portistas, O Tribunal do Dragão é um espaço de opinião, defesa, crítica e análise ao FC Porto, que aborda a atualidade desportiva e financeira de clube e SAD, bem como do futebol português.

Quem confundir liberdade de expressão com injúria, insulto, mentira ou difamação não passará pelo lápis azul. Todo o spam será apagado. Comentários anónimos são susceptíveis de não serem publicados. Nicknames são permitidos.