terça-feira, 14 de abril de 2015

Violar os regulamentos é inteligente e não é por acaso, dizem eles

O treinador/jogador que nunca pediu cartões que se acuse. É frequente acontecer, e por vezes até dá direito a aplausos nas bancadas, como aconteceu com Maniche e Jorge Costa contra o Partizan. Isto num jogo da Liga dos Campeões. O que não é nada habitual é um treinador admitir que o fez deliberadamente.

A história da «intenção» é sempre subjetiva, por mais flagrante que possa ser. Os jogadores mais inteligentes matam um contra-ataque ou puxam um adversário para sacar o cartão, outros fazem-lo à descarada ao demorar a marcar bolas paradas. Como foram por exemplo os casos recentes de Talisca e Nani. Num futebol onde os regulamentos não são apenas uma formalidade, ambos teriam sido suspensos.

O problema está sempre na subjetividade. Porque facilmente se arranja a desculpa de dizer que o jogador demorou a bater a bola parada para queimar tempo, como os guarda-redes tantas vezes fazem. Mas que desculpa vão arranjar para Jorge Jesus ter admitido que o Benfica decidiu violar normas do regulamento disciplinar?


«Não foi por acaso que o Eliseu viu o amarelo antes e não foi por acaso que Maxi Pereira viu o amarelo hoje. Vamos continuar assim, gerindo um jogador de cada vez. Se tivesse que fazer gestão, fazia por detrás. Foi isso que fizemos, fizemos primeiro com o Eliseu e hoje com o Maxi Pereira. A primeira linha não pode estar carregada de amarelos, porque é preciso agressividade, é preciso ir à luta e se houver muitos jogadores carregados de amarelos eles vão-se poupando. Por isso optámos por limpar primeiro os laterais e deixar de fora dos avançados. Neste momento temos o Samaris, o Jonas e o Salvio e a ideia foi essa: optar por limpar primeiro atrás», Jorge Jesus, 11-04-2015, MaisFutebol. Conclusão: Jorge Jesus diz que o Benfica até consegue decidir quando é que os seus jogadores veem ou não cartões. Disciplina divina.

Pelas palavras de JJ,
Maxi deve ser suspenso
Aqui vemos o treinador do Benfica a afirmar que os jogadores planeiam quando vão levar cartões. À luz dos regulamentos, se Maxi Pereira viu cartão propositadamente, não jogaria nem contra o Belenenses nem contra o FC Porto. Mas como a subjectividade está presente, os regulamentos são usados conforme o jeito que derem. Faz lembrar um FC Porto x Benfica de 2009. Lisandro simulou penalty, é verdade, mas foi preciso uma pontaria do caraças para torná-lo no primeiro e único jogador a ser suspenso por simular uma grande penalidade. Aqui os regulamentos deram jeito.

Houve portistas que estranharam o facto de Danilo e Herrera não terem visto cartões e estarem assim em risco para defrontar o Benfica. Não há nada a estranhar, tendo em conta que Lopetegui não limpa cartões. Curiosamente, não se vê (quase) ninguém a questionar o cartão amarelo a Maxi Pereira e Jorge Jesus a admitir a violação da norma disciplinar em causa, mas não faltou quem debatesse a razia de suspensões que o FC Porto sofreu antes de ir ao Bessa. Danilo, Alex Sandro e Casemiro: nenhum deles provocou a amostragem de cartões contra o Vitória de Guimarães, mas da imprensa a comentadores não faltou quem dissesse que Lopetegui estava a limpar os cartões. Nem com Lopetegui a protestar contra os cartões, ao contrário do que fez Jorge Jesus, que admitiu a manipulação dos mesmos.

Mas que se pode esperar do burgo? Isto foi o que o Record escreveu quando Nani forçou um cartão. «Nani foi protagonista de uma situação, no mínimo, caricata. Caricata mas, diga-se, inteligente para o "infrator" (...) É mesmo caso para dizer que Nani foi inteligente, pois sabe a importância de estar presente no Minho». Ora para um dos principais títulos desportivos do país, que se dedica a fazer semanalmente uma Liga da Verdade, violar os regulamentos é ser inteligente. Auto-explicativo.

14-04-2015
Assim vai a forma como se trata o futebol português, com o mesmo jornal a juntar-se à campanha sem escrúpulos e vergonha do colinho que regula a Liga Aliança. «Benfica levado ao colo», em letras gordas. Adeptos brincarem com isso nas redes sociais compreende-se. Quando um jornal desportivo acha perfeitamente normal ironizar com isso, é a falência moral completa.

Mesmo com a forma forjada como o Benfica se aguentou largas semanas na liderança, a 6 jornadas do final o FC Porto ainda está na luta pelo título. Por isso está na hora de formar a onda vermelha, que não é um fenómeno de bancada, é um fenómeno de imprensa. O Benfica tem sempre mais adeptos, não é segredo para ninguém. Mas será que não há 2 dedos de testa para associar as (quase) enchentes na Luz às promoções de bilhetes que têm feito?

FC Porto, e até o Sporting e outros clubes, certamente teriam muito mais gente nas bancadas se tivessem bilhetes à venda por 2 euros. O Benfica tem sempre mais, mas a diferença não seria tão larga. Mas o que sentiria quem paga lugar anual para depois andar a ver adeptos irem para as bancadas a 2 euros? Vale tudo para chegar ao título que apare a razia que vai chegar no verão.  O FC Porto está desde Setembro a correr atrás do prejuízo e a lutar contra tudo e contra todos (mas infelizmente, não com todos - e o problema está aqui). Se isto não honra e reedita os pergaminhos do clube, não sei o que o fará.

À margem deste pobre campeonato português, o FC Porto luta amanhã por mais uma página dourada no futebol europeu. Vencedor de sete títulos internacionais reconhecidos por FIFA e UEFA, um dos recordistas de presenças na Liga dos Campeões e agora perante o desafio de defrontar aquela que é muito provavelmente a melhor geração de jogadores alemães desde a queda do muro de Berlim. Estar entre os melhores era o objetivo. Sermos ainda melhores é a tarefa do dia a dia. Ser melhor do que os melhores, a ambição e o desafio de amanhã.

27 comentários:

  1. É por isso que venho aqui todos os dias !!!! Estava a ver que ninguém falava nestas declarações escandalosas do JJ !!!!

    Comentei no MenosFutebol o facto de se tratar de uma irregularidade e o meu comentário foi, simlesmente, censurado.

    Obrigado TDD pelo teu trabalho!

    ResponderEliminar
  2. A inoperância em relação ao escândalo com o Belenenses...diz tudo!
    O Fcp anda manso demais, de cuzinho trilhado!
    Eles gozam à cara podre...pois foi sempre isto que pretenderam! Verdade desportiva sempre foi um logro para terem tudo controlado!

    ResponderEliminar
  3. Que grande artigo! Uma exposição de factos perfeita.
    Se formos ganhar à luz e ficarmos na liderança, eu quero ver o que vão arranjar para voltarem eles ao topo da tabela.
    DS

    ResponderEliminar
  4. Em relação as assitências....as estatisticas mostram que o benfica não precisa de campanhas para encher o estádio. Basta ver as estatisticas da época passada. Até os lagartos tiveram mai assitência que voces.

    Em relação aos amarelos propositados, concordo. O JJ quando abre a boca pra se gabar de qualquer coisa, só faz m*rda. Mas qual é a equipa que não recorre a esse sistema?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Com bilhetes a 2€ e #colinho, ao Sábado à tarde, até deviam ter vergonha... em gabarem-se! Mas vindo de vocês, nada, absolutamente nada surpreende!

      Eliminar
  5. "Seis milhões" ao colinho, deve ser recorde mundial rsrs..... Foi por estas e por outras que o Mourinho na altura deu um valente muro na mesa e disse mais ou menos isto : "contra tudo e contra todos, vamos ser campeões" - e assim aconteceu.

    ResponderEliminar
  6. Excelente análise. Somos Porto!!

    ResponderEliminar
  7. Em que artigo se encontra esse regulamento?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. http://www.fpf.pt/Portals/0/Documentos/RegimentosRegulamentos/CO%20N.%C2%BA%20466%20-%20Regulamento%20Disciplinar.PDF

      nº7 do artigo 146

      Eliminar
  8. Fantástico!

    É realmente uma pena que o FCP que é tão profissional, tão dedicado e esforçado para se sobrepor às dificuldades e com isso tenha ganho que que ganha.
    Não seja capaz de denunciar estes trafulhas e deixe os seus adeptos e o bom nome do clube à mercê de qq rafeiro!

    Pior, para processar o MST, que apesar de todos os defeitos quando fala de treinadores, jogadores, contratações ou tácticas, não deixa de ser dos nossos e que mts vezes nos defende como poucos, não houve perna manca... já outros cospem dia sim dia sim no nosso clube e ninguém faz nada....

    ResponderEliminar
  9. Mais um excelente artigo, como sempre.
    Não tive conhecimento dessas declarações (porque será?) mas é apenas mais uma vergonha a juntar ao rol deste ano. Vale tudo. E o curioso é que não se tem ouvido o visconde gordo, já repararam? O que interessa é "matar" o papão do norte.

    ResponderEliminar
  10. Fala em falência moral? Para haver falência era necessário que antes houvesse qualquer coisa. Moral? Para eles é um erro ortográfico, pois escreve-se mural. Entendamo-nos. Aquilo a que chama de títulos mais vendidos não passam de prostíbulos onde se escreve de forma manipuladora e falaciosa para satisfazer clientelas, contra ou a favor da causa, com a curiosidade de, se necessário, arranjarem argumentos, teoricamente, justos. Não vale a pena enganarmo-nos, contra o FCP vale tudo, mas mesmo tudo e, enquanto não tivermos uma verdadeira estratégia comunicacional, daquelas onde a manipulação possa ser necessária, arriscaremo-nos a um atraso relativamente aos rivais com eventuais perdas desportivas. JJ é só um bom treinador a quem a vida ensinou a ter a esperteza própria dos sobreviventes, mas jamais deixará de ser um estúpido ignorante a quem tudo é perdoado em favor da causa. Amanhã é dia de esperança.

    ResponderEliminar
  11. Pessoalmente já estou cansado de falar disto tudo. Porque é que eu hei-de estar a preocupar-me diariamente, a cansar-me sobre tudo o que tem sido este campeonato e tudo o que o rodeia..se o clube nada faz e nada diz ?

    ResponderEliminar
  12. Boa noite, venho por este meio pedir se podia adicionar o meu site "Planeta FC Porto" http://planetafcporto.com à sua lista de blogs.
    Muito obrigado. Saudações Portistas.

    ResponderEliminar

  13. @ anónimo das 15h09

    está plasmado no Regulamento Disciplinar da FPF, a pág. 71, aquando do ponto 7., art. 146.

    pensava que tinha sido o único a tomar consciência deste facto. felizmente que somos poucos, mas que estamos atentos.

    Miguel | Tomo III

    ResponderEliminar
  14. tive a ver o tempo extra ...eles perderam a vergonha toda....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O FCP ou alguém por ele deveria nestes casos reagir.
      Não se pode deixar passar tudo.

      E não faltam argumentos , basta conhecer a historia dos mais de cem anos do futebol português e da "visão" ferozmente centralista que predomina no país.

      Eliminar
    2. E o que aconteceu no tempo extra que anda a blogosfera porrista louca com o Rui Santos?

      Eliminar
  15. Não concordo em nada com a afirmação dos "bilhetes a 2 euros" acho que revela um bocado do sindrome de clubite por parte do autor pois está a atacar uma campanha que sinceramente só me faz comichão não a ter no meu clube (ou uma semelhante).
    Como sou de Lisboa digo-lhe que, na generalidade dos adeptos do clube rival (mesmo aqueles com lugares anuais), esta campanha foi recebida de braços abertos pois na prática mete pessoas em lugares que em condições normais estavam vazios (exceptuando obviamente jogos grandes).

    Não esquecer que este tipo de campanhas leva pessoas com mais dificuldades económicas a ver os jogos da liga.

    Eu como sócio (por correspondência) fico é chocado com as constantes benesses que os super dragões (por exemplo) tem em relação bilhetes face ao adepto comum, não por bilhetes a 2/3/4 euros que por ventura podiam existir em zonas que em condições normais nunca estão ocupados.

    Conhece algum sócio com lugar anual do Benfica que tenha lugar no mesmo sitio deste tipo de bilhetes? Prefere ter um estádio com mais adeptos ou assistências a meio gás só para não chocar velhos do Restelo?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Penso que o TdD quis dizer foi que um sócio com Dragon Seat que paga mais de 200€ por ano (entre o lugar e as quotas) teria direito apenas a ver os jogos grandes em relação a um adepto que apenas fosse ao futebol numa campanha dessas.

      Quem perderia seria o clube, pois muita gente poderia abdicar dos lugares, sabendo que podia ir ao futebol por um preço bem mais barato.

      A questão que fala dos SD é muito parecida (adeptos que obtêm bilhetes a preços abaixo do preço de sócio) por isso a sua opinião devia ser a mesma.

      Eliminar
    2. Mesmo que consigas ver todos os jogos pelos bilhetes da campanha (que é difícil diga-se, até pelo numero de lugares existentes) quem tem lugar anual vê de maneira substancialmente diferente o jogo comparando com quem compra os bilhetes "low cost".

      Será que os adeptos do Benfica com lugar anual (que suponho que devem pagar mais ou menos o mesmo valor) vão deixar de pagar porque um outro sócio paga 2/3/4 euros para ver o mesmo jogo no 3º anel por trás de uma baliza? Acreditas mesmo nisso?

      Quem fica a perder? É o clube claramente pois tem fraca assistências.

      A questão dos SD é substancialmente diferente, até porque ganham dinheiro ao vender os bilhetes por trás...fora as viagens à borlix que tem para todo o lado (ou quase).

      Estou convencido que o nosso clube tenha outras maneiras de dinamizar a sua relação com os adeptos (a campanha do jantar no dia dos namorados foi uma boa ideia por ex) no entanto na globalidade acho estamos atrás do nosso rival o que é pena.

      Por ultimo não sei qual era a ideia do TD ao fazer a critica - posso ter entendido mal - mas qualquer das maneiras sou completamente a favor de campanhas que tragam mais adeptos ao estádio.

      Eliminar
    3. Caros Portistas
      Sou sócio do SLB e venho por este meio e de modo construtivo tentar ajudar a esclarecer um pouco melhor o assunto: os bilhetes da promoção do tempo de desconto destinam-se apenas a jovens até aos 25 anos e são limitados. Há um prazo relativamente curto para ligar para uma linha de apoio aos sócios do SLB para conseguir o "prémio".
      Bem haja para todos.

      Eliminar
    4. Obrigado pelo esclarecimento, essa dos 25 anos por acaso não sabia!

      Abraço

      Eliminar
  16. Os regulamentos da FPF aplicam-se a uma competição organizada pela LPFP?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, pois o Conselho de Disciplina está a cargo da FPF.

      Eliminar
  17. portistas e caro blogger do TD vejam isto e analisem https://www.youtube.com/watch?v=Tb6XRJt8csI&spfreload=10

    ResponderEliminar
  18. "Largos dias têm 100 Anos..."
    Acredito que estas situações não passem totalmente ao lado do nosso Clube e Presidente e no fim da época espero que haja uma reação da nossa parte, contudo poderá já ser tarde demais porque com certeza que ninguém irá retirar pontos ou fazer algo que seja para invalidar o título ao clube do regime.
    Excelente análise (como sempre), excelente blog...
    Só não entendo como é que os defensores do nosso clube na televisão não seguem o blog.
    Iam bem melhor preparados..
    Somos Porto

    ResponderEliminar

De e para portistas, O Tribunal do Dragão é um espaço de opinião, defesa, crítica e análise ao FC Porto, que aborda a atualidade desportiva e financeira de clube e SAD, bem como do futebol português.

Quem confundir liberdade de expressão com injúria, insulto, mentira ou difamação não passará pelo lápis azul. Todo o spam será apagado. Comentários anónimos são susceptíveis de não serem publicados. Nicknames são permitidos.