domingo, 22 de março de 2015

Copo meio cheio ou meio vazio

Sempre que a Choupana está metida ao barulho é coisa para suspeitar. Há dois anos, o Benfica deixou lá dois pontos, no mesmo dia em que o FC Porto recebia o Olhanense. O FC Porto tinha a oportunidade de se isolar na liderança, mas não conseguiu ganhar em casa ao Olhanense. Nesse campeonato, o pontapé do Kelvin salvou o título. Mas desde então aquela máxima que diz que «o FC Porto não falha nos momentos decisivos» vai ficando tremida.

Ponto ganho? Dois perdidos
Marítimo, Benfica e Nacional, três jogos que nos custaram 8 pontos, por falta de eficácia, sorte e também competência, e não por factores externos. Já há um ano, é bom lembrar, foi no Estádio da Luz que perdemos a liderança, e nessa mesma época perdemos duas meias-finais contra o rival. Este ano, a Taça também se foi à primeira, contra o Sporting. É importante e urgente ir ao baú do clube descobrir a determinação que nos levava a não falhar nos momentos decisivos.

É tudo uma questão de perspectiva. A partir desta jornada o FC Porto depende matematicamente de si próprio. Quando perdeu com o Marítimo, estava em risco de ficar a 9 pontos. Mas não podemos ficar agarrados a ses anteriores. Esta era a oportunidade para ficar a um ponto da liderança. Era a jornada em que o Benfica tinha mais possibilidades de perder pontos. Depois disto, acaba por ficar mais difícil e vamos ter que pensar não só em 24 pontos como em golos, muito golos, pois não podemos confiar que um 1x0 chegue na Luz. Sabendo perfeitamente que a jogar como hoje nem esse 1x0 vai aparecer.

O Benfica vai ter 2 jogos consecutivos na Luz e 6 dos últimos 8 jogos vão ser disputados em Lisboa. Ficou mais difícil porque estávamos à espera de um deslize do Benfica, mas agora teremos que esperar por 2 ou acreditar numa reviravolta épica como na Taça de 2010-11 (não vale a pena pensar em 2-0 porque na Luz o Benfica nunca fica em branco no campeonato, logo será sempre necessário fazer 3 golos). Mas vencer o clássico por si só já seria difícil, agora tornou-se ainda mais. Um jogo para pensar e preparar depois, porque até lá faltam 3 jornadas e uma eliminatória com o Bayern, na qual o FC Porto não terá hipóteses de deixar uma boa imagem se jogar como hoje na Madeira.

Hoje há desilusão porque Lopetegui e os jogadores fizeram tudo e todos acreditar que era possível ser campeão, mesmo num campeonato sujinho. Mas para a história da 26ª jornada fica uma derrota do Benfica, com penalty e expulsão, e um jogo que o FC Porto não conseguiu ganhar por culpa própria. Fomos combatendo o que não podemos controlar, mas hoje falhámos no que estava ao nosso alcance. A luta não acabou, mas ficou mais difícil. Ficou mais difícil, mas ainda não acabou. Copo meio cheio ou meio vazio, certo é que temos que ganhar 8 finais até ao fim do Campeonato, ou morrer a lutar por cada final. Hoje nem ganhámos, nem lutámos o suficiente.





Sete golos na liga
Tello (+) - Fez mais ataques que Brahimi e Quaresma juntos, mais um bom golo e serviu de bandeja o 2-1 a Aboubakar, mas infelizmente Gottardi estava lá. Notou-se que teve dificuldades para arrancar naquele mau relvado, mas combinou várias vezes com Danilo e teve a objectividade e prontidão que Brahimi e Quaresma nunca tiveram. Não entrou bem na segunda parte, mas quem entrou?

Quaresma (+/-) - Uma vez mais, Quaresma não é capaz de meter uma bola de primeira na grande área, está sempre a fugir para a linha com o defesa em cima em vez de jogar rápido, é lento soltar a bola e não tem velocidade para ser o extremo do FC Porto que rompe no ataque. E uma vez mais, dito isto, volta a ser o mais inconformado, o mais interventivo, por muito que demore a cruzar a verdade é que meteu boas bolas na grande área e agitou o jogo. Está em melhor forma que Brahimi, e já que ainda ninguém percebeu para que foi Hernâni contratado em Janeiro, então que se aproveite ao máximo o bom momento de Quaresma.





Não deu para perceber (-) - Não sei se Casemiro pediu para sair, nem se Quintero tem treinado com grande intensidade no Olival ou se se passou o contrário com Óliver. Lopetegui é homem de convicções fortes e há-de ter tido as suas razões para gerir o jogo como geriu. Mas de facto as alterações feitas nada trouxeram ao jogo. Com a saída de Casemiro perdeu-se a dimensão física no meio-campo. Quintero não jogava há um mês e é o jogador mais lento do plantel, era suposto ser ele o abre-latas tendo Óliver no banco? E por fim, Aboubakar não consegue estar simultaneamente a jogar fora da grande área e a chegar a tempo dos cruzamentos. Faltava presença na grande área, faltava a ajuda de Gonçalo. Mas Lopetegui já tinha feito 2 alterações, e o que se diria se tivesse deixado Quaresma no banco? Quaresma devia ter entrado antes e a última alteração devia servir para meter Gonçalo, para arriscar, ou segurar o resultado após fazer o 2-1. Foi o jogo em que Lopetegui pior mexeu esta época, ou pelo menos aquela cujas alterações menos proveitos deram (nenhum). Não houve plano B e estivemos 90 minutos à espera que algo acontecesse.

Carrossel para lado nenhum
Levar a bola para casa (-) - Lopetegui confiou até ao limite que Brahimi ia sacar qualquer coisa da cartola. Mas hoje Yacine nem uma finta ou um cruzamento conseguiu acertar, quanto mais um momento que pudesse decidir o jogo. Tem uma coisa boa, que é mesmo jogando mal consegue segurar a bola e arrastar marcações. E quando isso acontece tem que aprender a soltar a bola para zonas interiores. Brahimi pode jogar mal, mas tem que aprender a jogar mal.

Pela milésima vez ... (-) - Já estive mais longe de fazer um levantamento do aproveitamento nos pontapés de canto. E arrisco dizer que o FC Porto é a equipa que pior aproveita os cantos no Campeonato. É bola na área de qualquer forma, para o molho, e quem quiser que lá chegue. Não há lances estudados, não há movimentações padrão, não há ninguém que se destaque ou seja referência ao primeiro e segundo postes. Se este é o calcanhar de aquiles de Lopetegui, a equipa técnica tem urgentemente que ser reforçada com alguém ou algo que potencie as bolas paradas, porque não há memória de um FC Porto tão fraco nestes lances. Que marquem cantos curtos ou devolvam a bola à primeira fase de construção, porque de bola directa não há uma que funcione.

Ingratidão para Aboubakar (-) - Aboubakar não esteve bem, não. Mas não é fácil fazer o papel de Jackson (que falta fez...), ao alcance de poucos no futebol mundial. Já evoluiu muito nesse sentido, mas hoje foram visíveis as dificuldades em jogar de costas para a baliza, longe da linha defensiva, e simultaneamente ter que chegar a tempo e às zonas certas na grande área. Tirando um cruzamento de Tello para Aboubakar, não houve mais nenhum lance assim. Precisava de apoio, mas Quaresma não podia ficar no banco e o sacrificado foi Gonçalo. De certeza que Lopetegui não voltará a cometer este erro nas substituições. Alex Sandro, Evandro e Herrera pareciam rebentados fisicamente e isso impediu-os de tomar as decisões mais acertadas. Jogo mal conseguido.

A culpa não é
do treinador
Queres sair? (-) - Quintero é menino para ter ficado chateado no dia do parto da mãe. Não dá para compreender, rapaz. Desde o primeiro que treinou no Olival, dizia quem via: «Tem um potencial fenomenal, mas julga que é craque e não leva os treinos a sério». Nós já te vimos fazer grandes coisas, Quintero, já vimos a bola sair dos pés com olhinhos. Mas hoje foi mais uma demonstração do porquê de não ter mais oportunidades. Lento, sem garra, sem se assumir sem bola, chateado com o mundo. O FC Porto investiu mais 4,5M€ no seu passe esta época, e desde então nada se viu de Quintero. Se não quer jogar no FC Porto, então que o seu futuro vá à mesa no fim da época. Mas se o jogador não tem sido opção, era hoje que Lopetegui esperava uma reação de Quintero? Certo é que não funcionou e foi uma substituição queimada. E uma vez mais vemos muito potencial a ser queimado, com culpas próprias. Está mais perto de ser o novo Iturbe do que o novo James.

Pausa para as Selecções. Não há equipas que passam de bestiais a bestas, mas é possível passar de jogos bons a jogos maus. Hoje foi um mau dia, coincidente com o desperdício da oportunidade que há muito ansiávamos. Não estamos obrigados a ser campeões, mas quem veste a camisola do FC Porto está obrigado a suar sangue por esse objectivo. Não fizemos a segunda parte, então ficamos mais distantes da primeira. Dia 2 há nova visita à Madeira. Nem quero saber da Taça da Liga: quero é que corrijam a miséria que têm sido os jogos do FC Porto na Madeira. Quem os viu na Madeira a festejar... Nós é que já não lá festejamos há um bom bocado. Já é hora, FC Porto.

44 comentários:

  1. Foi uma desilusão este empate, sobretudo quando se aproxima um calendário tão difícil e desgastante para nós.

    ResponderEliminar
  2. Boa noite,

    Portistas ponto prévio só dependemos de nós, seja por 3 ou meio golo só dependemos de nos para sermos campeões! Não podemos ganhar 2, 3 na Luz? Claro que sim! E vamos ganhar!

    Quanto ao jogo o que me pareceu:
    Achei a equipa triste apática, Sorteio Byern! pode ser a resposta, está nos olhos de toda a gente que esta equipa joga de uma maneira para a liga dos campeões e de outra para o campeonato, ex: Brahimi espero que não se tenham intimidado por jogar contra a equipa alemã..

    Nunca deixem de acreditar ainda vamos chegar à Luz em igualdade pontual, ou até com 1 ponto de avanço, Guardem está última frase.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Nunca deixem de acreditar ainda vamos chegar à Luz em igualdade pontual, ou até com 1 ponto de avanço, Guardem está última frase."

      Amigo António Gomes estamos a falar do campeonato português e acha sinceramente que até o jogo na Luz o Benfica vai perder mais pontos?? Com 2 jogos seguidos em casa e depois fora com o clube satélite Belenenses que não pode jogar com os melhores jogadores contra o Benfica

      Jornada 27 Benfica vs Nacional
      Jornada 28 Benfica vs Académica
      Jornada 29 Belenenses vs Benfica

      Eliminar
    2. É bom pensar assim, eu penso assim muitas vezes, mas temos também que ser realistas.
      Não gosto do Benfica nem um bocadinho, isso é uma certeza, mas sei ver que irá ser muito dificil.
      Hoje o Benfica perdeu pontos que ninguém estaria à espera, uma equipa que em 50 jogos só tinha ganho 3 vezes ao Benfica, mas não é normal, e não vejo o Benfica a deixar-se perder por 2 golos.
      Pode acontecer e seria óptimo, ou até irmos lá só controlar o resultado se já não fosse preciso a vitória, mas é melhor não nos iludirmos.
      Vamos esperar para ver o que nos reserva esta recta final !

      Eliminar
    3. Ė so um feeling igual ao que tive para o jogo com o Rio Ave e vale o que vale... Mas acho que o slbosta vai perder pontos com a Academica! Somos Porto e vamos acreditar que a equipa tambem!

      Diogo

      Eliminar
    4. Que assim seja.
      Estaremos aqui certamente a recordar estes feelings :)
      Abraço Portista !

      Eliminar
  3. Hoje mais uma vez falhamos quando tinhamos tudo para aproveitar o deslize do adversário directo .
    Quanto ao rendimento individual concordo praticamente com tudo o que referiste.
    O Quaresma joga desta forma, não é um extremo tipico de cruzar logo, leva quase sempre a bola até á linha para o fazer e hoje fez bem, o que realmente deveria de ter entrado muito mais cedo, sendo que o Brahimi hoje não conseguia sair, não conseguia fazer uma finta, um passe, faltou tudo a este jogador hoje.

    Não compreendo mesmo do porquê do Danilo ter jogado, quando se via ao longe que ele não estava em condições de jogar, não feio nem de perto nem de longe aquele ala que nos habituou, que vai ao apoio e bem, que está em campo com a máxima força, concentrado e com toda a garra que lhe pedimos, mas lá jogou.

    Ainda faltam muitas finais...
    Eu acredito que seja possível.
    Ou conseguimos bem, ou vamos sair muito mal na fotografia, tanto no campeonato como na champions.

    ResponderEliminar
  4. Hoje ficou provado que esta equipa não tem estofo de campeão. É frágil emocionalmente. Perdemos a oportunidade de ouro de ficar a 1 ponto do líder e fazer com que eles tremessem de verdade e aconteceu o contrário ficaram só com o susto e talvez com uma motivação extra para ganharem o bi-campeonato. Há jogadores claramente "rotos" fisicamente: Danilo, Herrera (é o caso mais gritante à vários jogos), Alex Sandro e Brahimi, até o Aboubakar hoje já demonstrou muito desgaste a meio da 2ª parte. A cara de Quintero no final do jogo disse tudo: estava todo rebentado e só jogou 25 min!. Não se iludam que vamos ganhar 2-0 ou 3-1 ou 4-2, etc na Luz, porque será muito dificil ganhar sequer pela vantagem mínima. Enfim, hoje tivemos o pássaro na mão e deixámo-lo voar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. amigo anónimo das 02.56 você é benfiquista?
      é que tanto desalento só pode ser de encomenda!

      Eliminar
    2. Não sei se o anónimo é benfiquista mas tem razão porque eu também vi na TV que o Quintero estava rebentado! Via-se na cara dele fiquei admirado pois não é habitual.

      Eliminar
    3. Para mim o problema do quintero é falta de atitude e de competitividade. Agora porem tudo em check por causa deste jogo não me parece justo

      miguel

      Eliminar
  5. Cansaço físico? Ou cabeça?

    Marcano, aboubakar, quintero... são dos que têm menos minutos nas pernas.

    O problema foi sobretudo mental. E na Madeira não nos damos bem, já há algum tempo.

    ResponderEliminar
  6. Frustração. É a palavra que define o que ainda sinto.
    Não sei o que se passa nos voos para a Madeira, mas assim não dá.

    Vi uma equipa pouco intensa, nervosa, ansiosa. Os putos que tão boa conta têm dado de si caíram à terra, acusaram a oferta de Vila do Conde e bateram-se como putos que são. Porque nos esquecemos muitas vezes que grande parte desta equipa são isso: putos com 20 e poucos anos, se tanto.

    A equipa pareceu ter sido vítima dum AVC, tal foi o desfasamento entre a ala direita e a esquerda. Dum lado, Danilo e Tello (mais tarde Quaresma) a criarem as oportunidades e a olharem para a baliza, do outro Alex e Brahimi trapalhões, desajeitados, complicados. A estes juntaram-se Herrera e Aboubakar, esforçados mas onde a bola queimava. Quintero já nem vale a pena, não sei quem é este Juanfer que por cá anda, mas não é o mesmo que cá chegou.

    Somos a equipa com mais cantos na Liga: 199. Penso que convertemos em golos menos que aqueles que já sofremos em contra-ataque.

    A partir de agora, há que considerar uma outra variante: temos de marcar mais golos e sofrer menos. Ficar a pontos e pontos depois da Luz significa uma corrida aos golos, e partimos em clara desvantagem: Não só temos uma diferença de golos inferior (em 3) como teremos ainda 3 jogos a mais que o Benfica durante a semana. Acalento ainda a esperança que percam pontos, tal como acreditava antes, mas duvido que o façam antes do clássico. E quando o fizerem, nós não podemos voltar a fazê-lo. Tem que haver mais cabeça, antes, durante e depois desse jogo para sermos campeões.


    PS. Num outro escalão, esta defesa teria passado o resto da noite a correr à volta do campo de castigo...


    AA

    ResponderEliminar
  7. Não há desculpa para este plantel/equipa técnica. Perderam pontos que não podiam perder (Boavista e Benfica em casa) e estiveram fora da corrida. Por milagre conseguiram ter a oportunidade de voltar à luta e falharam de novo...

    E isto é duro porque isto não é o Porto. Até podíamos ter vindo com o empate mas com a sensação que demos tudo para ganhar...mas ao invés disso a sensação que fica é que temos um plantel de meninos mimados que não querem saber do clube e apenas se importam com os jogos da champions para poder garantir uma transferência...

    Desses pseudo-craques (Brahimi, Alex Sandro, Quintero) não quero, obrigado!! Por mim, podiam mesmo ter ficado na Madeira...

    Por fim Lopetegui...mostrou ontem a sua face "Paulo Fonseca"...perdeu as laterais (também com Alex Sandro em campo, qualquer jogador do distrital parece um Robben ou Ribery...) e perdeu o meio-campo....isto à vista de todos menos do espanhol...e foi incapaz de ler o jogo...

    Em suma, não vamos (certamente vamos chegar à luz a 4/5 pontos) e não MERECEMOS ser campeões

    PS - desejo que se esqueçam as comissões de transferências e se forme um plantel com jogadores dispostos a dar tudo pelo Porto...nem que tenham de vir de uma futebolada solteiros x casados...pseudo-vedetas fora ontem sff!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cuidado que com tanto pessimismo ainda dizem que és benfiquista.

      Eliminar
  8. Uma equipa assim que desperdiça toda e qualquer oportunidade que lhe aparece à frente não merece ser campeã. Esse sim é que é o maior castigo.não consigo compreender como é que um treinador entra em campo sabendo que o principal adversário sofreu uma derrota e não é capaz de incutir nos seus jogadores que tem de entrar em campo e comer a relva se preciso fôr? Como é possível? Foi este o treinador campeão da Europa de seleções jovens? Como? Com motivação não deveria ter sido com certeza. Mau. Muito mau mesmo. Substituições que não se compreende. Nervosismo infantil. Não foi o Porto que recuperou (pouco) terreno. Foi a associação recreativa e cultural do Alto dos Moinhos que ganhou uma motivação extra. Motivação que acredito que nem eles próprios sabiam existir. Este Porto nos momentos decisivos chega a roçar o vergonhoso. Longe vão os tempos de um Porto aguerrido. De um Porto que dizia antes dos jogos que iam e ganhavam mesmo. Como o Porto do mourinho que antes do jogo com o Sporting em Alvalade disse que ia ganhar e chegados ao jogo impos se e acabou por ganhar um zero com um golo de costinha. O Sporting respirou? Nem se lhe viu a cor. Será possível que ninguém da estrutura do Porto chamou atenção ao treinador da frustração que é os portistas saberem que o campeão poderá ser o único clube que não o pode ser nem sonhar em ser? Será que tem noção que num dia como o de hoje quem se está a rir são eles e não nós? Será que sabe o que isso representa para nós? Não acredito que saiba. Há treinadores que o destino deles num clube como o Porto deveria pagar para poder treiná lo tal como aconteceu com co adriense. Foi campeão e ainda pagou uma indeminização.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tantos disparates seguidos! O que acham , que são favas contadas? não são... se não qualquer de nós seria o melhor treinador do mundo. Uma equipe prepara-se trabalha e há uma gestão dos seus. Depois, chega uma notícia como esta: vamos jogar contra o Bayern, e os jogadores viram o capacete! Não há nenhum treinador que consiga inverter isto numa equipe forte e traquejada, quanto mais numa equipe jovem...

      além disso, agora só dependemos de nós... em vez de ficarem contentes ficam a vaticinar a derrota do porto contra o benfas !!!
      Se vocês são adeptos do porto, eu sou D. Afonso Henriques!!

      Eliminar
    2. D. Afonso Henriques, explica-nos como é que a notícia do Bayern, é má notícia? pode ter virado o capacete?

      Eliminar
    3. Que exagero Luis...

      Ontem o Porto esteve efectivamente mal e o Treinador também acompanhou, mas não nos podemos esquecer do trabalho muito positivo que tem feito.

      Às vezes acontece, há jogos assim. Concordo que depois da derrota do nosso rival que a mensagem deveria ter sido no sentido de dar tudo mas sair com os 3 pontos, mas nitidamente que a equipa não correspondeu, claudicou perante a pressão, mas isso também é consequência da juventude que temos (não só em idade mas também em anos de clube, identidade).

      O trabalho está a meio, acredito que estes jogos também têm muita importância, ajudam a crescer. Vamos dar tempo ao projecto, pois poderemos não ser campeões este ano, mas estamos a construir uma equipa forte que nos possa dar muitas alegrias no futuro.

      Todos têm dias menos bons, o treinador ontem teve um, e do que se viu antes (i.e. na primeira metade da época), depois apareceu sempre mais forte.

      O nosso papel é apoiar, e ainda há esperança, no fundo, por mais difícil que seja, dependemos apenas de nós!!!

      Quanto à cronica do TdD, mais uma vez resume muito bem os acontecimentos, embora eu aponte outra falha ao Lopetegui (além das mencionadas) que foi, na segunda parte e em vantagem, com a equipa nitidamente desgastada, não ter dado ordem para que os laterais deixassem de subir para proteger a defesa em vez de atacarem e descompensarem a defesa como efectivamente acabou por acontecer...

      Vitor

      Eliminar
  9. De que adianta os discursos (lamechas) sobre as arbitragens se depois não se aproveitam as oportunidades que surgem? O copo não está meio cheio nem meio vazio. Ao que diz respeito ao campeonato está completamente vazio. Esperemos que alguém o consiga encher.

    ResponderEliminar
  10. Como estou irritado com um " F " só digo, porque não adianta de outra maneira, que continuo a ver o copo meio-cheio. Fuck!

    ResponderEliminar
  11. É preciso te calma, ir à madeira é sempre complicado, pode ter a ver com o clima, ou altitude, é difícil ganharmos lá, essa é a realidade e deve ter explicação, não jogamos assim tão mal, duas bolas nos ferros uma boa defesa do gotardi, mas a brincar a brincar se o Lucas joão não tivesse aquela mesinha de cabeceira em vez do pé direito, podia ter sido bem pior! Olhando para o calendário o Benfica tem vantagem, joga agora duas vezes em casa, mas chamo a atenção para três jogos, com a acadêmica, com o porto claro é em Guimarães, do nosso calendário salta à vista o facto de termos o bayern, onde se na primeira mão não ficar resolvido vai ser bem apertado e se por ventura perdermos em casa e lopetegui gerir o plantel corremos o risco de enchermos o saco, o quer marca sempre uma equipa! Quanto aos jogadores, Quintero nunca será jogador, pelo menos de futebol 11 tem qualidade, é caro, mas por favor, que azia, faz falta jogar uns jogos na B...bom para o ritmo e para a saúde do menino, entrou e 10 minutos depois já estava morto!
    Não compreendo para que serve a equipa B quando campanha, reyes, ricardo, Quintero, estão com poucos minutos nas pernas e não calçam na equipa secundária.

    ResponderEliminar
  12. Em função do que tem sido a época, na minha opinião há alguns jogadores que preferia que para o ano não continuassem aqui e vou explicar porque.
    Começando por Alex Sandro, penso que é unanime que é um jogador tecnicamente evoluído mas falta-lhe garra e concentração competitiva. Depois no meio campo Quintero é um caso flagrante de quem não entende o futebol moderno, jogador super lento sem intensidade tanto ofensiva como defensiva, assim não tem perspectivas nenhumas de ter sucesso no FC Porto. Por fim Herrera que tem coisas boas mas tem outras que deixa muito a desejar, fundamentalmente a nível de passe curso e de intensidade defensiva, por vezes parece que defende com os olhos.
    Já em relação ao treinador provoca-me uma sensação de duvida se é o homem certo.
    Tem a seu favor uma liderança forte, a capacidade de recrutamento de jogadores como Casimiro ou Tello fruto da sua influência, mas negativamente nos jogos de maior pressão falha a nível das substituições, o jogo de ontem já não foi o primeiro, como que é possível meter Quintero num jogo que estava a ser competitivo.
    Se Jesus continuar no Benfica, o Porto terá de ser cirúrgico na constituição do plantel do próximo ano para voltar a ter uma equipa com estofo de campeão. Com isto não digo que não poderá ser este ano mas na minha opinião é extramente difícil, até porque tem o calendário mais difícil, não esquecer que tem de ir a Vila de Conde antes de ir a Luz, e o Benfica o jogo mais difícil até ao fim é com o Porto.

    ResponderEliminar
  13. Se há coisa que acho que não foi é falta de sorte. Podia falar-se de falta de sorte se tivessemos criado oportunidades. Mas a verdade é que tirando a bola do Danilo (a do Maicon foi de livre, não se torna tão flagrante), até foi o Nacional a ter as melhores oportunidades.

    Hoje era jogo para Oliver e os minutos finais pediam o pé quente do Gonçalo. Ainda assim, notou-se que o Lopetegui estava receoso de estragar por completo o desleixo do Benfica. E se por um lado me revolto com essa ideia, por outro, e da forma como estava o jogo, se calhar até foi bom não ter entrado em loucuras.

    Só queria deixar três ressalvas: Tello em crescendo e a atingir os níveis que esperava no início da época; HELTON! Tão bom ver o "menino" a tomar conta das redes, tão bom ver tanta serenidade quando a bola chega às mãos do guarda redes, tão bom ver a serenidade dos centrais com a bola nos pés, tão bom não ver o guarda redes a desmanchar-se quando tem de jogar com os pés;
    a última ressalva prende-se com o Brahimi. Horrível. Mesmos vícios do início da época e já perdeu o fator surpresa. É lembrar o jogo com o Benfica e a estratégia para parar o argelino. Curiosamente, só o Basileia não meteu o Brahimi a ser marcado a todo o campo... e foi aí que apareceu. Mas aqui também se tem de culpar o Lopetegui que não é capaz de fazer trocas entre extremos (aconteceu uma na primeira parte e pareceu-me só para dar um puxão de orelhas ao Brahimi).

    Ah, Danilo a capitão é tão bom de ver! :D

    Como hábito, obrigado pelo bom trabalho e pela possibilidade de se discutir futebol a sério, concordando ou não com as ideias. Continuação!

    ResponderEliminar
  14. Eu fico lixado de ler certos comentário a muita gente por essa net que simplesmente não querem que se critique a equipa! Mas estamos a gozar? Então depois de estar á semanas e semanas á espera que o nosso rival perdesse pontos, quando os perde, nós nem conseguimos aproveitar e ficamos contentes? Contentes com uma equipa que nem a derrota dos Benfas lhe deu ambição, garra ou vontade de comer a relva é isso? Jogadores que se arrastaram pelo campo, Brahimi foi uma autentica nodoa, Herrera, bem Herrera é melhor nem comentar a ridícula exibição do mexicano. Foi uma vergonha e das grandes, duvido muito depois do que vi ontem que se consiga chegar ao titulo (espero estar enganado). Foi uma autentica desilusão, mas pior do que o empate foi não ter visto um Porto com vontade de ganhar. Era imaginar a pressão que os vermelhos iam ter conosco a 1 PT... e claro, como quando tem mérito á que reconhecer, hoje também tenho de dizer que Lopetegui entregou o ouro ao bandido! Foi a forma como não conseguiu motivar a equipa, foram as péssimas substituições, enfim... num jogo em que tínhamos obrigatoriamente e no banco haver algum rasgo, infelizmente ainda foi ao contrário!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Jogo menos conseguido do Lopetegui (também para mim foi uma desilusão a falta de atitude da equipa), mas também não se pode crucificar o homem por um jogo menos bom.

      Já se sabe que o Lopetegui é um treinador em formação, aliás como toda a equipa, e por isso aparecem por vezes deste tipo de erros, tanto na abordagem como na gestão dos encontros, mas também não é por isso que passa de bestial (pelos grandes jogos que orientou a equipa , nomeadamente contra sporting, braga , basileia e arouca) a besta por este deslize.

      Evidente que no Porto não estamos habituados a desaproveitar as oportunidades que nos aparecem, mas temos que ter confiança e, acima de tudo, apoiar a equipa e principalmente o treinador, que já demonstrou qualidade e que seguramente (este ano até poderemos ficar em branco...) nos irá proporcionar muitas alegrias no futuro.

      Vitor

      Eliminar
  15. Fonix que perdida, logo quando tinha dito a uns amigos ferrenhos benfiquistas que o Porto não costuma escorregar nos momentos decisivos. Mas ontem não sei se houve falta de oxigénio ou lá o que foi, na segunda parte os jogadores bem se esforçar mas já não dava mais,,,, Bem no entanto em 2011 e contra o meu pessimismo da altura, houve uma reviravolta na taça de Portugal, indo o FCP vencer à luz por 3-0, depois de ter perdido em casa por 2-0. Quem sabe não haja uma nova surpresa destas,, Pelo menos estamos peritos em recuperações de resultados, e não é só no futebol lolololol

    ResponderEliminar
  16. Alguns elementos da equipa a acusar desgaste, o que é natural dado o ciclo de jogos muito exigentes ( Sporting,Braga, Basileia, Arouca ) e já estamos quase em Abril e a época começou em Julho.

    Na 2ª parte e a ganhar, Lopetegui tinha de controlar ainda melhor o meio/campo e aconteceu o contrario, sobretudo depois da entrada de Quintero.

    E Quaresma deveria ter entrado mais cedo.

    Apos a saída de Casimiro ( tinha amarelo e o técnico receou o que se compreende) a dimensão física, de um Mikel em forma, tinha talvez dado um jeitão.

    Prefiro Carlos Eduardo ou até mesmo Tiago Rodrigues, que um Quintero, pouco competitivo. Mas estava lá Oliver...

    Que é feito de Pavloski (excelente jogador) ???!!!

    Com jogos (muitos) fortes a realizar em Abril, alguma rotação, impõe-se.

    Desta vez Lopetegui não esteve bem, mas a vida continua.

    Força FCP.

    ResponderEliminar
  17. Peço desculpa por intervir outra vez mas parece que, o numero de comentários, aumenta quando a coisa corre mal. Toda gente está chateada e tem direito a opinar, mas por em causa o treinador.... francamente....Para terminar por hoje, amanhã direi o que penso sobre Quinteto...

    ResponderEliminar
  18. Boa Tarde,

    Gostaria de fazer uma pergunta ao autor do blog que leio assiduamente.

    Se antes dependíamos de outros e se agora só dependemos de nós próprios porque é que se te tornou mais difícil?

    A meu ver só se tornou mais fácil. É difícil ir à Luz ganhar? É! Mas nos últimos 4 anos ganhamos 2 jogos (por 1 golo é certo) e no empate que tivemos, por 2 vezes tivemos na liderança do marcador.
    Podemos marcar mais golos e ter melhor diferença de golos? Sim. (apesar de este ser só o 4º método de desempate)

    Mas se só depende de nós próprio eu digo, ficou mais fácil!

    A menos que quiséssemos continuar a 4 pontos para no final dizer que este campeonato foi ganhou à custa dos árbitros e não por defeito ou culpa própria, pois isso não aceito, não quanto podemos ser nós a ganhá-lo.

    Bem Haja.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito Bem, concordo com o seu comentário, estamos melhor que há 5 meses, e a gente só adepta das vitórias, um campeonato e isto mesmo, se formos competentes até ao final do campeonato, ficamos em 1.

      Deixo uma pergunta quem é o grande vencedor da jornada o Porto ou o Benfica? Se calhar preferiam estar a 4.

      Eliminar
    2. Claro que é melhor estar a 3 do que estar a 4, mas a teoria de dependermos de nós próprios só se aplica se estivermos mesmo a pensar ganhar os jogos todos até ao final, jogo na Luz incluído, com viagens à Madeira (TL) e Alemanha (CL) pelo meio. Espero que sim, espero mesmo, mas as probabilidades de isso acontecer não são assim tão grandes.

      Reduzir a desvantagem para 1 ponto nesta jornada era obrigatório, por tudo e mais alguma coisa, daí um sentimento de frustração e desilusão acima do normal. As coisas não ficaram mais fáceis depois deste empate.

      Eliminar
    3. E são maiores se tivermos a 4?
      Não percebo essa teoria, mas se me conseguirem explicar e ela fizer sentido dou a mão à palmatória.

      Eliminar
    4. «Era a jornada em que o Benfica tinha mais possibilidades de perder pontos.» Havia quem depositasse esperanças no Braga. Eu depositava mais no Rio Ave. Era a jornada em que havia MAIS possibilidades de perder pontos. Não a única, mas aquela em que havia MAIS. Não é teoria, é opinião.

      Eliminar
    5. Mas o caro refere que agora fica mais dificil.
      O que é mais dificil e improvável:
      1- Estar a 3 pontos e ir ganhar 3-0 na Luz ou 3-1 e liderar e depender só de nós?
      2 - Estar a 4 pontos e ir ganhar 1-0 na Luz e depender de outros resultados do Benfica?

      Eliminar
  19. Que pessimismo porque não vemos pelo lado positivo? Só dependemos de nós estamos melhor que ha uma semana atrás, e como referi é acho muito relevante SÓ DEPENDEMOS DE NÓS querem melhor motivo ? para os nossos estarem mais motivados, para o que resta do campeonato?, escrevam o que vos digo este Nacional vai sair da Luz com pontos, Temos de fazer a nossa parte, estou de acordo com o Comentário do António Gomes, e ainda acrescento jogar com o Byern M. Só pode servir de motivação. Eu acredito, não sou adepto de Vitórias sOu adepto do FC Porto SEMPRE.

    ResponderEliminar
  20. Boa tarde,

    Acho que a minha leitura do jogo contra o Nacional é idêntica ao TdD.

    O Brahimi deve passar para o meio campo (se jogar a titular), já que jogando na linha tem tido muitas dificuldades para fazer a diferença. O Quaresma está em boa forma e tem sido o desequilibrador da equipa há vários jogos, por acaso esperava que fosse titular. Também não percebo porque o treinador não aposta por vezes no 442 no decorrer dos jogos, acho que teria sido o ideal, visto que o Aboubakar,sozinho estava a ter muitas dificuldades.

    Quanto à matéria dos cantos critico imediatamente o marcador de cantos, pois o Tello na maioria dos cantos a favor é o marcador de serviço. Ora, um jogador rápido e que nem faz a "diferença" na marcação de cantos deveria participar no processo defensivo pois devido à sua rapidez poderia cortar possíveis contra-ataques da equipa adversária. Coloquei diferença entre aspas porque realmente é difícil conseguir algo mais, quando realmente dá a sensação que não há trabalho efectuado nestes lances. Faz lembrar os jogos entre amigos, bombeia-se a bola para a área e logo se vê o que acontece...

    Esteve mal o treinador neste jogo e a condição física de alguns jogadores (ou terá sido falta de atitude??) meteu impressão.

    Contudo ainda acredito que o Benfica irá escorregar no campeonato.

    ResponderEliminar
  21. Jogo vergonhoso! Notou-se o cansaço acumulado de grande parte dos jogadores!
    TdD por que é que fizeste um post a elogiar a forma física dos nossos jogadores !? Deu azar ! lol

    ResponderEliminar
  22. como previra na ultima jornada, mais do mesmo, o porto nao e consistente com este treinador, ainda nao o foi, nao se admite nao ter ganho, nao arrenjem desculpas. A equipa nao tem dimensao para ganhar jogos que tem de ganhar, imperdoavel. Quaresma e o costume, o meio campo sempre foi o problema com este tipo de futebol, falta algoao treinador que quer demasiado protagonista e falta algo a equipa, uma pema estar a 3 pontos e o mesmo que a 4, nao ganhamos na luz por 2, temos dificuldade fora em controlar as partidas, tinhamos tudo e quase nada, quer me parecer que os holofotes da champions atraiem mais certos jogadores. O TREINADOR GOSTA DE SER O PROTAGONISTA E ESSE E UM DOS SEUS DEFEITOS PRINCIPAIS. Dificilmente agora ganharemos o campeonato.

    ResponderEliminar
  23. Faz algum tempo que não venho escrever umas palavras, embora esteja cá pelomenos uma vez por semana por ver estas sabias palavras.

    Pela corrente positivista quase me escuso a cada semana a tecer qualquer comentário, como já tive oportunidade de dizer, não conheço o(s) autor(és) destas palavras, mas revejo-me quase na integra nas opiniões e analises aqui feitas.

    Desta vez porém, apercebo-me que numa analise meio cá, meio lá, muita gente aproveita para pisar e repisar, a todos os que lêm as minhas palavras eu relembro o que disse Lopetegui, o FCP depende dele próprio para atingir o título, não é da forma que se pretendia, mas estamosd definitivamente na corrida.

    Também sou da opinião de que Quintero não deveria ter jogado, mas não estou diariamente com a equipa para opinar antes do desfecho, como quem está no banco tem que fazer, ou seja, como diz o ditado, não faltam padrinhos depois do batizado realizado.

    Perante tão negativa onda lembro, estamos melhor agora do que na 6a feira, para assobiar, aqui ou no dragão, já bastam os adversários, lembro que estamos na competição das competições, a liga dos campeões, para alguns na 6a faltavam 20 km para chegar à vitória, no sábado todos estavam empenhados em discutir a parte final do campeonato.

    Bem sei que custou não ganhar na Choupana, mas nada se perder, antes plo contrário, ganhou-se a possibilidade de sonhar, algo que nos vinham subtraindo de forma pouco limpa, alguém acha que perdemos na luz? Os lampiões vão tremendo cada vez mais, e por aqui vejo derrotismo?! Mais vale meterem a cabeca debaixo da areia. Dizia um benfiquista com quem jantei no sábado, bem afinal ficou tudo na mesma, não, não ficou,eles sabem que não ficou, mas muitos azuis parecem ter perdido ontem o campeonato... não entendo.

    Na verdade não creio que o Benfica ganhe ao FCP na luz, acho que podemos e devemos ganhar, ganhando, podemos e devemosnganhar por mais do que um, claro está na hipotética possibilidade de se manter a atual distância, será que os vermelhos vão ganhar sempre até lá? Eu acredito na possibilidade de haver uma distancia encurtada até ao jogobda luz, não tenho duvidass que há mais quem assim pense, infelizmente parecem ser maioritariamente adversários.

    ResponderEliminar
  24. Quem quiser saber mais sobre a historia do FCP e suas figuras:

    http://www.estrelas-do-fcp.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  25. Há novidades do Jackson? Diz-se que só volta a jogar em Maio, posto isto não deve voltar a ser titular com a nossa camisola.

    ResponderEliminar

De e para portistas, O Tribunal do Dragão é um espaço de opinião, defesa, crítica e análise ao FC Porto, que aborda a atualidade desportiva e financeira de clube e SAD, bem como do futebol português.

Quem confundir liberdade de expressão com injúria, insulto, mentira ou difamação não passará pelo lápis azul. Todo o spam será apagado. Comentários anónimos são susceptíveis de não serem publicados. Nicknames são permitidos.