sábado, 14 de março de 2015

Ser preparado ou preparar-se

As conferências de imprensa são uma das coisas mais aborrecidas do futebol português. Diz-se que se espera um jogo difícil, que a equipa está confiante, que vão lutar pelos 3 pontos e elogia-se o adversário (se estiver no topo da tabela destaca-se esse factor, se estiver abaixo diz-se que a equipa vale mais do que diz a classificação). Todos os treinadores seguem este ciclo. Por isso é com agrado que vemos as refrescantes intervenções de Julen Lopetegui, que mostra a diferença entre preparar-se e ser preparado, que consegue sempre dar algum sumo além dos referidos clichês (que obviamente também usa).
Defesa à altura

Ser preparado encaixa-se na gestão gabrielana, construída com a experiência de 10 anos de assessoria na Presidência da República: o arcanjo escreve, o treinador ou o presidente leem. Tão simples quanto isso. E por estarem tão familiarizados com este processo, não faltou quem viesse desde já afirmar que Lopetegui se limitou a reproduzir aquilo que lhe disseram sobre o ex-ministro adjunto de Santana Lopes. Au contraire.

Lopetegui prepara-se em toda a linha. Quis saber quem era esse vice-presidente que atacava o FC Porto, o Braga e que é capaz de colocar em causa a integridade e seriedade do campeonato passando impune (não estamos a falar de um adepto/comentador, estamos a falar de um dirigente). Não recebeu um recado, pediu foi informação sobre o sujeito. E quando lhe contam que Rui Gomes da Silva já foi o responsável pela tutela do Desporto, como qualquer pessoa de bom senso que não conheça os meandros da política nacional só pode ficar escandalizado.

Adiante e pensando no que podemos controlar. Ganhando ao Arouca fazemos 61 pontos. São mais 12 pontos do que os que tínhamos à 25ª jornada da época passada. Mais até do que no primeiro título de Vítor Pereira, em dois dos títulos de Jesualdo Ferreira, no título de Co Adriaanse e em dois anos do penta. O nosso compromisso tem que ser a melhoria constante.

O que se passou na Luz, após a campanha de minimização ao SC Braga, foi natural e esperado. O Sporting foi a única equipa a ir buscar pontos à Luz e foi numa fase precoce da época, numa carambola. O Benfica sofre pouquíssimos golos e está a saber cativar e usar a massa adepta, instrui ex-dirigentes e espaços de opinião, pois sabe que só consegue ganhar com ruído. Será difícil combater isto.

Há sorte e há azar
Tiago Gomes infelizmente teve muito azar: já tem 10 anos de profissional, mas a primeira expulsão da carreira no campeonato tinha logo que acontecer contra o clube que o formou. E estamos a falar de um jogador que até este jogo nunca tinha visto mais que 3 cartões na mesma época. Já o dizia Lopetegui, há sorte e há azar. E falar em facilitismo contra o FC Porto quando o Braga nunca ganhou na Luz (no Dragão até já deu 3 e despediu um treinador) em jogos do campeonato mostra o quão selectiva e falaciosa é a argumentação que por aí vai.

Esta pressão é extremamente desgastante para os jogadores do FC Porto, que semana após semana sentem que vão sendo deitados fora dias e dias de trabalho, pois o rival não escorrega. Se Lopetegui consegue manter uma equipa concentrada e competitiva semana após semana, agora frente ao Arouca, só tem mérito pela gestão da condição anímica do plantel. Por mais simples que isto possa parecer, não é. 

Normalmente, um clube que tem a pior época desportiva em muitos anos, e uma sociedade anónima que apresenta o maior prejuízo da sua história, na época seguinte assume um «ano zero». O FC Porto não o fez, porque a sede de vitórias é intrínseca. Ninguém prometeu o título, nem Lopetegui nem a SAD, como nunca se pode fazer. Mas o compromisso com a vitória é um laço tão grande que é impossível de desfazer. É a vontade de ganhar que nos motiva a cada dia e é esse o objectivo que resta: 10 jogos, 30 pontos. Mas temos que reconhecer que o Benfica tem claro favoritismo e vantagem na luta pelo título. Tal como teve em 2011-12, tal como teve em 2012-13.

Mas a maior derrota não seria perder o título para o Benfica. Seria baixar a guarda e desviar-nos um segundo que seja do compromisso de luta até ao fim. Uma época sem títulos é admissível desde que estejam a ser criadas condições para uma equipa mais forte na próxima temporada e para um ciclo de evolução. Esta equipa tem dado provas de um crescimento constante e dá garantias de evolução para a próxima temporada, mas esta ainda não terminou. A luta continua amanhã, contra o Arouca.

PS: Favor puxar pelo Tello, que atravessa uma situação familiar difícil.

PS2: Monsieur Platini tem feito muitas coisas boas na UEFA. O fair-play financeiro, os incentivos para o futebol jovem, o crescimento dos prémios na Champions, etc. Mas quando o FC Porto ganhou a Liga Europa, em 2011, com 5 internacionais portugueses na ficha de jogo, esta foi a sua reacção:


Ora depois do PSG ter eliminado o Chelsea com um único jogador francês em campo, o sr. Platini só vê coisas boas. Sempre bom ver a estima que Platini tem pelos clubes portugueses quando comparados com os seus compatriotas.

15 comentários:

  1. td nenhuma resposta à bola sobre a notícia de que vamos pagar quase 3 milhões pelo Pepe?? Já disseram noutro blog que isto é falso

    ResponderEliminar
  2. As supostas coisas boas que o senhor Platini tem feito na UEFA, na minha opinião, não apagam as aberrações a que temos assistido ao longo de quase 10 anos de gestão na UEFA.

    O senhor Platini nunca explicou porque razão a Gazprom é simultaneamente patrocinadora da CL e de um clube participante nessa prova.

    As arbitragens na CL têm sido, ano após ano, cada vez mais aterradoras e sem ponta por onde se lhe pegue.

    A maior parte das decisões, têm tido em conta o beneficio de os colossos financeiros em detrimento de clubes de países periféricos como o FC Porto.

    O senhor Platini apesar de ser Presidente da UEFA também nunca se coibiu de dar os seus palpites em relação a possíveis vencedores das competições ou de troféus individuais como por exemplo a bola de ouro.

    Convêm também recordar as mudanças no modelo competitivo da CL que vão ser introduzidas já no próximo ano e que vêm alterar uma prova que sempre se tinha manifestado muito eficaz, solido e coeso no seu modelo de competição.

    Na minha opinião Platini, embora tenha uma boa imprensa por essa Europa fora, tem sido uma lastima à frente da UEFA.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas,

      o mesmo se passou com a Sagres e com o clube do regime...portanto, tudo normal.

      Saudações Portistas
      Carlos Torres

      Eliminar
  3. Estou me a passar com este João Gabriel, ele pensa que é quem? Este tipo é um pirômano, mas pior mesmo é quem lhe da destaque! O nosso treinador falou muito bem hoje, mas porra nao temos ninguém que cale esta Gabriela, é só o nosso treinador a dar o corpo as balas, o que anda lá a fazer o Antero e restante comandita, este tipo diz o que quer compra artigos de opinião no jornal AS para nos denegrir e ninguém faz nada, tudo calado, estou farto desta passividade, temos um treinador como muito nao via no nosso clube, e uma direcção de paspalhos.

    ResponderEliminar
  4. Péle e Dalcio contratados pelo benfica, acha que o Belenenses vai jogar com a equipa B contra o Benfica??

    ResponderEliminar
  5. Que se passa com a família do Tello?

    Relativamente ao Sr. Platini nada se estranha. Quando este indivíduo fala sobre o FCP já se sabe que será sempre para falar mal pois este nutre um ódio de estimação por nossa mui nobre instituição. Será uma forma estranha de remorso por aquela célebre final disputada contra o Porto?
    Vitor

    ResponderEliminar
  6. Bom trabalho. Parabéns pelo blogue. Muito bom

    ResponderEliminar
  7. O Titulo este ano está praticamente perdido. Para o ano o FC Porto na minha opinião precisará de um plantel ainda mais forte que este ano. Num campeonato como o português em que o nível médio das equipas é baixo e se Jorge Jesus continuar no Benfica, é necessário construir um plantel focado essencialmente nos aspectos ofensivos em que haja muitos jogadores com capacidade de desequilibrar. Digo isto porque penso que no próximo ano quem for campeão irá perder muitos poucos pontos , e cada precalço pode ser fatal.
    É obvio que o Benfica irá ser campeão com muita ajuda dos árbitros, mas tem o mérito de formar um plantel adequado ao campeonato que temos. Penso que o FC Porto deverá formar um plantel em que o maior número possível de jogadores tenha capacidade de fazer golos.

    ResponderEliminar
  8. Sorte e azar nada, o slb esta a ser levado ao colo desde a 1ª jornada quando o boavista viu um golo mal anulado, e daí para a frente têm sido assim demasiadas vezes para se poder atribuir o factor sorte a isso, é colinho declarado, esses coitados ja não são bi campeões à 30 anos e este ano a missa esta encomendada desde antes o campeonato começar, mas albuma vez eles estaríam em 1º lugar, se tivessem perdido pontos como normalmente perderíam? Esta consistência de resultados por parte deles é em grande parte devida às arbitragens, porque se os arbitros não lhes dessem sempre uma ajuda, seja em expulsões de adversários, foras de jogo completamente inventados, e faltas feitas pelos jogadores do slb que nunca são punidas com cartões e expulsões,onde é que eles estavam na tabela, provavelmente em 3º lugar atrás do scp.

    É um facto eles gozam de impunidade,e têm privilégios que + nenhuma equipa no nosso campeonato têm.
    Este campeonato esta viciado desde o começo, o FCP ja sabe disso e só têm é de continuar a fazer jogos consistentes e ir amealhando os pontos, lá fora longe da corrupção das arbitragens do nosso campeonato, o FCP brilha na Europa, e está nas 8 melhores equipas da Europa, (apesar de ter apanhado arbitragens nada justas como ainda agora se viu no jogo com o basileia) coisa que o slb só em sonhos é que conseguiria atingir esta época, bem se viu no jogo deles contra o Bayer 04 Leverkusen o banho de bola que levaram.

    Quanto aos comentarios do sr Rui Gomes da Silva, dali ja se sabe o que esperar o homem é um doentinho da bola em grau elevadíssimo que não consegue ser isento ao analisar lançes, basta ver o que ele diz no dia seguinte, é a negação completa dos factos sempre a favor do benfas, até irrita, e muito me surpreende como é que alguem que não consegue ser isento ainda ali esta a comentar.

    ResponderEliminar
  9. TdD, qual a tua opinião acerca das notícias que têm sido mandadas a público que o Carrillo tem um pré-acordo com o Porto?

    ResponderEliminar
  10. TdD , senão te importasses podias dizer onde encontras as estatísticas dos jogos da primeira liga, e também se fosse possível quem é a equipa com mais faltas do campeonato.

    ResponderEliminar
  11. Aprecio o facto de, passo a redundância, o Tribunal do Dragão apreciar as qualidades do nosso treinador!

    ResponderEliminar

De e para portistas, O Tribunal do Dragão é um espaço de opinião, defesa, crítica e análise ao FC Porto, que aborda a atualidade desportiva e financeira de clube e SAD, bem como do futebol português.

Quem confundir liberdade de expressão com injúria, insulto, mentira ou difamação não passará pelo lápis azul. Todo o spam será apagado. Comentários anónimos são susceptíveis de não serem publicados. Nicknames são permitidos.