quarta-feira, 11 de junho de 2014

Excesso de guarda-redes? Talvez não (e o Mónaco anda por aí)

O excesso de guarda-redes costuma ser algo presente nos quadros do FC Porto, mas a três semanas da pré-época 2014-15 Julen Lopetegui (ou neste caso Juan Carlos Arevalo) só tem garantido que terá três guarda-redes com quem trabalhar nas primeiras semanas - o número ideal, mas resta saber se com a qualidade que satisfaça um técnico que, tendo sido guarda-redes, naturalmente será exigente nesse aspecto. Um ponto de situação.

Helton só regressa
no outubro
Helton (36 anos) - Capitão, um dos mais bem pagos do plantel e titular desde 2006, mas ainda a recuperar de uma grave lesão que só deverá permitir que regresse aos relvados no outono. Tem contrato até 2015.

Fabiano (26 anos) - Competente na sucessão a Helton, o contrato até 2016 está em negociações para ser melhorado e renovado. Se Lopetegui o aprova como número um, só a pré-época o pode dizer.

Ricardo (31 anos) - Guardião experiente, maduro e de razoável qualidade (mas também com muito boa imprensa - nenhum outro jogador teve tantos artigos a reclamar um lugar na selecção nacional, algo que vai deixar de ter agora que chegou ao FC Porto), contratado à Académica sem a intervenção de Lopetegui. Tem a pré-época para convencer o treinador.

Kadú (19 anos) - Precisa de jogar com regularidade nesta fase da carreira e isso é algo que um clube da primeira liga dificilmente poderá oferecer. Tem contrato até 2017 e perspetiva-se que fique na equipa B. Na lista de inscritos para a Champions será «irrelevante», pois por ter menos de 20 anos não entra na lista de 25 inscritos na A, mas sim na lista secundária de jovens.

Bolat (25 anos) - Lopetegui pediu para vê-lo na pré-época, mas tem mercado na Turquia. Tem contrato até 2018 e chegou ao FC Porto através de uma oportunidade de mercado (pela mesma via de Mangala, Defour, Kayembe e Opare, e pela qual pode chegar outro nome ainda este verão), pois estava livre.

Stefanovic (26 anos) - Agora agenciado por António Araújo, tem contrato até 2015 mas vai deixar o FC Porto, sem nunca ter jogado na equipa A.

Matos (35 anos) - Contratação de zero relevância e interesse desportivos, deixa o FC Porto em final de contrato.

André Caio (20 anos) - Não teve espaço para evoluir na equipa B e está em final de contrato. Ficar a «fazer número» (pois não será o titular esta época) ou sair, eis a questão. 

Andorinha (18 anos) - Ainda com idade de júnior, mas já a justificar espaço competitivo na equipa B. Uma promessa dos quadros do FC Porto.

Com Matos, Caio e Stefanovic de saída, Andorinha nos sub-19 e Helton lesionado, o FC Porto tem, neste momento, Fabiano, Ricardo, Kadú e Bolat para dividir entre equipa A e B. Com a possibilidade de ainda sair um e com a necessidade de mesmo a equipa B precisar de dois guarda-redes, não está descartada a hipótese de chegar um novo nome, dependendo da avaliação de Lopetegui ao que já tem à disposição.

E porque o tema é guarda-redes, o Tribunal do Dragão ouviu que o Mónaco veio-o buscar um guardião a Portugal, mas à Segunda Circular. Leonardo Jardim está a trabalhar bem.

5 comentários:

  1. Sinceramente tenho dúvidas na capacidade do Fabiano em ser um guarda redes completo de equipa e na recuperação total do Helton, por isso ou o Bolat será reavaliado por JL ou então surgirá um novo redes.

    ResponderEliminar
  2. Ano passado a imprensa insistiu na ida do Patrício para o Mônaco, será que este ano vai mesmo ?

    O ideial para o PORTO, seria a saída do oblak.

    ResponderEliminar
  3. caio parece continuar na B... foi lhe renovado o contrato? por quantos anos?
    bolat nem a pre epoca faz pelos vistos
    stefanovic sai a dinheiro ou a custo zero?

    ResponderEliminar

De e para portistas, O Tribunal do Dragão é um espaço de opinião, defesa, crítica e análise ao FC Porto, que aborda a atualidade desportiva e financeira de clube e SAD, bem como do futebol português.

Quem confundir liberdade de expressão com injúria, insulto, mentira ou difamação não passará pelo lápis azul. Todo o spam será apagado. Comentários anónimos são susceptíveis de não serem publicados. Nicknames são permitidos.